PplWare Mobile

AirMenu – O atendimento personalizado sem espera


Autor: Vítor M.

Destaques PPLWARE

  1. Pedro says:

    Não funciona como é esperao. Experimentei este fim de semana num espaço aderente e depois de já ter saido da mesa, andei uns 50 mts e conseguia efetuar pedidos como se fosse um novo cliente.
    O design da própria aplicação é bastante fraco e pouco convidativo para a usar durante toda uma refeição.
    Existem templates que poderiam ter comprado por uns meros 10€ bastante mais atrativos.

  2. Marcelo Barros says:

    Já tinha tido uma ideia similar, mas fico contente que alguém tenha a ideia e avance.

    No final de contas tenho que admitir que sou um “idiota”, ao longo da vida já tive muitas ideias que acabei mais a frente de ver alguém desenvolver uma ideia idêntica.

  3. JJ says:

    Acho que isto seria útil, se a própria mesa do café/restaurante tive-se um pequeno tablet para o efeito.

    Mas, tinham que começar por algum lado. Já é bom.
    A tempos tinha ouvido falar de uma empresa que andava a fazer isso numa reportagem, não sei se era a mesma… mas deve ser lol

  4. lustdj says:

    Ainda só tem uns 8 locais onde se possa utilizar…nenhum em lx, 5 no porto, 1 em viseu e 2 no algarve( 2 hoteis sendo um deles dos mais exclusivos do pais) assim não vai muito longe…mas a ideia é excelente 🙂

  5. ta_158 says:

    Também estive há uns dias no Black Coffe e experimentei o AirMenu.. bela m*rda, crashou-me logo o telemóvel. Instant delete app… Ainda me gastou tráfego 3g além de ser super lenta.

    • antonio says:

      A ideia tem bastante potencial, e é de aplaudir quem nesta época põe o mercado a mexer!
      Agora só espero que quem vem para aqui dizer que a app é uma m###a, que “cracha” e tal e tal se ao “trabalho” e ajude e ajude dando feedback para que esta possa melhorar, de preferência directamente para a empresa por exemplo (dei-me ao trabalho de ir ao site procurar) aqui está o formulário de contacto: http://info.airmenu.com/contacto-airmenu

      Não estou de qualquer modo ligado à empresa referida..

  6. luislelis says:

    Acho a ideia um espetaculo.
    Commo App nao posso avaliar pois nao tive oportunidade de experimentar.
    Agora como abertura para um novo mercado (que julgo estar muito proximo) e de limar as arestas de imediato e começar a massificar.
    Afinal e o sonho do consumidor “mais rapido e com menos erros” “quero tacitamente o que pedi”.
    Na prespectiva do patrao: “Nem preciso de tanta gente a trabalhar aqui” “nada foi para o lixo por erro no pedido”.
    Para a economia:Empregados -50% na sala +25% na preparacao, pessoal novas tecnologias 2 no minimo (as coisas nao aparecem na internet por magia) aumento de rendimento + satisfacao do cliente +30%.
    Conclusao: O Passado do Coelho fica a saber do app e quer ganhar mais do que o gajo da ideia.
    Processa-o obriga a anexar um ficheiro, para controlar o q o gajo anda a ganhar. Mete-o em tribunal, por ter andado a fugir ao fisco estes anos todos(sim porque se teve a ideia nao foi agora. Teve de a ter trabalhado por muitos anos sem pagar impostos).
    A patente perde-se pq o gajo tem que a vender a um estrangeiro qualquer, para pagar um advogado ou nao tem dinheiro para patentear internacionalmente(esta a espera da ajuda do estado… sentado).
    Mas eu como sou optimista acho que o APP vai ter sucesso.
    Parabens pela ideia e aceitem aquele abraco.

  7. Hugo says:

    Uma ideia excelente.

    Testei num movimentado café de Matosinhos, onde me serviram bastante rápido, mesmo estando à pinha. Até ouvi, no sistema de som do café, o sinal sonoro a notificar que alguém tinha feito um pedido. Foi muito boa a sensação que tive quando vi a minha cerveja a chegar à mesa automaticamente. Espero que cada vez mais estabelecimentos integrem este serviço e que beneficiem da publicidade e da eficiência que ele traz.

    Têm de experimentar.

  8. Tiago Simão says:

    Gosto imenso desta ideia, principalmente quando passei meio ano a matar os neurónios para desenvolver “PratosLimnpos”, aplicação esta muito semelhante e que foi o projecto de final de curso de Engenharia Informática do ano 2011/2012. Vocês podem perguntar o porque de não ter dado continuidade, pois foi por falta de apoio e tempo, pois após terminar um curso o mais importante é arranjar trabalho, o que deixou este projecto arrumado na gaveta e na biblioteca do IPG. De qualquer das formas não ponho aqui nada em causa pois pode ser pura coincidência, principalmente, quando é utilizado o QRcode nas mesas para efectuar automaticamente o pedido, será ou não ideia original dos criadores do AirMenu, quem sabe… O único ponto que me deixa triste é que esta aplicação (após ter utilizado) se encontra muito incompleta e pareceu-me que foi implementada em modo “relâmpago”, enfim só desejo que prospere e dê créditos a quem a fez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.