Quantcast
PplWare Mobile

Análise iRobot Roomba 880… cuida do lar e até do ar!

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. chicosoft says:

    Um dia ainda vou comprar uma porcaria destas…

  2. jaquim says:

    Não entendo porque teimam em colocar baterias de Ni-MH (da idade da pedra… portanto), em detrimento das Li-ion, em aspiradores do género.
    Quanto às funcionalidades parece excelente… mas infelizmente, a bateria… 🙁

    • Cristiano Alves says:

      Talvez pelo medo que ainda existe em alguns fabricantes no uso de Li-ion para algumas utilizações.
      Eu já vi uma a arder e não é engraçado.

      Mas percebo o teu comentario, são mais leves, mais pequenas e menos problemáticas com as rotinas de carregamento

  3. Cento says:

    Esse “i” no inicio me faz lembrar uma marca que conheço…

  4. Knight says:

    Boa tarde a todos.

    Estou de olho nesse aspirador aliens a 6 anos, venho observando sua evolução, e eu quero 3 desses aqui dentro de minha casa, o que sei é que esses aspiradores irão virar mania mundial, essa é uma tecnologia muito bem vinda, espero você Roomba em breve, as portas de minha casa estará aberta.

    Perfeita a matéria parabéns PPLWARE.

  5. jaime says:

    So lhe falta ter um deposito ‘grande’ incorporado na estação de carga, ha semelhança de um outro que ja testaram…ou este não tem por ser versão light?
    Gostei do teste ao pelo de cão 😉

  6. Miguel says:

    Alguém sabe se este robô já possui algum tipo de inteligência que não seja do tipo reactiva?
    Ao preço que andam os sensores já podiam ter feito algo que tivesse um pequeno sonar e soubesse o sitio por onde já passou…

    • Ricardo Moura says:

      E sabe, o algoritmo de navegação da irobot, diria que é dos melhores que existe neste momento. Pode parecer que são movimentos aleatorios, mas no final da jornada, não fica nada de fora.

  7. nuno says:

    Boa noite
    Tenho um 770 e só posso recomendar a todos. Aspira muito bem e geralmente não me deixa ficar mal pois consegue achar a base para se recarregar.
    O único problema é que, para ser eficiente, exige uma certa adaptação em termos de arrumação geral , principalmente cabos espalhados.
    Valeu cada cêntimo, principalmente porque consegui comprar numa boa promoção online.

    • Francisco Almeida says:

      Olá Nuno.

      Não se enrola com os tapetes? Tem facilidade em aspirar se ter de o ajudar?

      • Hugo says:

        Boas Francisco

        Tenho exactamente a mesma série e confirmo que não se enrola nos tapetes…. aliás sobe os mesmos sem dificuldade.
        Como já foi referido tem é que se ter uma casa em que ele consiga manobrar e ir a todo lado. (moveis suspensos é o ideal e cablagens todas bem fixas)
        Aconselho a toda a gente a ter um… principalmente que tem animais de estimação (gato, cães, furões….)

    • Cristiano Alves says:

      Sou um gajo que deixa bue coisas no chão… roupa e afins… isso é um problema certo?

  8. Arsenio says:

    Bem ele faz um calculo de area mas não é muito eficaz. Tenho o 780 na minha empresa e o 880 em casa e é um grande salto no desempenho. Agora se queres uma coisa a sério, espera talvez até ao Natal e podes desembolsar cerca de 900€ na série 900. Já está à venda na América e é um must. Quem quiser espreitar o link é este: http://mstore.irobot.com//irobot-roomba-980/product.jsp?productId=68167956

  9. Realista says:

    Tenho um 760 e vale bem a pena, até a assistência técnica é 5 estrelas!

  10. Francisco Almeida says:

    Ando há uns meses a ver o que existe neste mercado.

    Reparei que vocês fizeram análise a dois modelos de marcas diferente, qual na vossa opinião é o melhor?

    Que dizem dos da Vileda?

    Óptimo artigo, obrigado.

    • Vítor M. says:

      O da Vileda não conheço de testar, conheço de uma amiga ter um e diz que cumpre, mas pessoalmente acho que está longe deste campeonato… só testando.

      Este, dos vários que testamos, para mim é o melhor até ao momento.

  11. RL says:

    Cabe-me dizer que o 880, contém sim na caixa, 2 virtual lighthouses\walls.

  12. Pedro Amorim says:

    Tenho este modelo lá por casa há cerca de um ano, e digo-vos que é um descanso, principalmente para quem tem animais. Não tenho nada a reclamar quanto à aspiração que faz. Não é o robot mais inteligente, funciona melhor divisão a divisão, isto é, não faz as divisões todas da casa, perdendo-se um pouco se o pusermos a andar pela casa toda. No entanto acho esta análise um pouco desatualizada, ainda que bastante válida para a maioria das pessoas, uma vez que o novo modelo, o 980, acabou de sair e este sim promete imenso! O Roomba 980 é mais “inteligente” a nível de mapeamento de divisões uma vez que já traz uma câmara. Tem também ligação à internet e uma app que o controla remotamente via web. De qualquer forma parabéns pela a análise e atenção aos preço que adquirem o equipamento, pois paguei menos 90 euros do valor indicado, há um ano atrás.

  13. kadu says:

    Eu tenho um idoitmyself de 1983. Limpa, lava, arruma, leva o lixo e passeia o cão. Muito fixe…

  14. DóiDói says:

    Estava mais a pensar num Dyson 360 Eye.

  15. Luissm says:

    Já conheço este equipamento desde o seu início, pois acompanhava a iRobot Corporation no NASDAQ ainda quando apenas desenvolvia equipamentos militares.

    É um bom começo esta entrada nos objetos de consumo doméstico. No entanto ainda está muito longe do que ambiciono.

    Só funciona divisão a divisão e tem de estar tudo preparado e livre para o seu trabalho, nada de portas abertas, cadeiras encostadas a paredes ou outros objetos que lhe impeçam o deslocamento.

    A “Maria” faz sempre um trabalho melhor e mais rápido.

    A ideia de sairmos de casa e quando chegarmos está tudo limpo e arrumado ainda não é para o iRobot ou outro equivalente.

    Nota-se que o novo modelo já evoluiu seguindo a tendência global (a internet das coisas) e isso é positivo, mas ainda não vai abrir e fechar portas (limpando o lixo a traz da porta) passando de divisão em divisão, deslocando cadeiras encostadas a paredes ou a móveis, apanhando uma peça de roupa deixada no chão…

    Do meu ponto de vista é ainda muito lenta a passagem da tecnologia disponível para o consumidor, não sei de forma propositada, doseando intencionalmente afim de permitir o lançamento de novos modelos forçando dessa forma o consumidor a comprar um novo modelo, ou se para ir construindo a habituação do consumidor à tecnologia.

    A verdade é que muitos dos equipamentos que possuo em casa já podiam estar ligados em rede e com controlo domótico no meu PC. E falo inclusivamente nos robots de cozinha que utilizo para cozinhar, que sendo programáveis, podiam muito bem ser monitorizados e controlados no meu PC/Tablet/smartphone.

    Veremos o que o futuro nos espera, mas ainda temos muito que desbravar, apesar de vermos uma crescente evolução ao nível da domótica!!!

  16. Armando says:

    Achei o anterior que aqui apresentaram, que até tem uma estação para descarga do lixo bem mais interessante e é mais barato 200 euros, não lembro agora a marca, é qualquer coisa que acaba em 79.

  17. Armando says:

    Há, fui ver acima e vi a marca, é o DEEBOT 7

  18. Hideraldo says:

    Minha única dúvida sobre este robô da série 800 em relação a serie anterior 700, é sobre este mecanismo novo (rolos em vez de escovas) diferente na série 700. Primeiramente ele é realmente durável, mantém a eficiência com o passar do tempo, não se deforma? Depois faz o mesmo trabalho de uma escova, digo de varrer o chão como uma escova e não como um artefato de “borracha” (seria como eu tentar varrer um piso fazendo uso de um rodo, por mais plano que seja o piso sempre existem irregularidades que a escova consegue atacar melhor, por ser composta por cerdas). Tenho vontade de comprar um desses robôs, mas eu fico sempre em dúvida entre a série 700 e a 800 devido a este fato. Eu entendo que a manutenção na serie 800 é melhor do que na serie 700 e a capacidade de aspiração também, por isso. É um sistema bastante inovador este de rolos, eu não vejo outras empresas com experiência na área a utiliza-lo (neato, dyson…), motivo da duvida. Caso alguém que tenha um dos robôs ou se tiver os dois, eu seria grato por uma análise neste sentido.

  19. Irene Soares says:

    Boa tarde
    Uma questão: e como é com as carpetes? Sobe-as?
    Esta é uma duvida que ainda tenho. De resto, estou convencida

  20. Luis Lopes says:

    boa tarde,

    Eu tenho o modelo 620 e posso dizer que estou muito satisfeito, superou as minhas espectativas realmente neste momento já não estou a ver a minha casa sem ele, já faz parte da família 🙂 e foi preparando a casa sempre a pensar no roomba (sofás com uns pé mais altos, menos cabos no chão, etc…)
    Fiz um pequeno upgrade no roomba e deve ter sido o melhor investimento que fiz. Comprei uma placa que o liga a internet e tem uma app que consigo controlar o roomba em qualquer parte. Essa aplicação também nos dá a informação se já temos o deposito do lixo cheio, podemos ter a opção de “Max Cleaning” que é uma limpeza até quase esgotar a baterias (no meu faz quase 2 horas de limpeza), podemos programar os dias de limpeza como as horas para começar, também tem opção de geolocalização para quando nos afastamos da nossa casa ele começa a limpar e quando estamos a chegar a casa ele volta de novo para a base… e tem muitas mais opções… e esta placa da para vários modelos da IROBOT
    http://www.thinkingcleaner.com/ gostei e acho que vale apena o investimento…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.