Mundo Linux – Esmiuçando o Linux Mint 14

O Linux Mint 14  é baseado no Ubuntu 12.10 e é o resultado de 6 meses de árduo trabalho levado a cabo pela equipa de desenvolvimento, sempre com o objectivo de produzir a melhor, mais estável e mais avançada distribuição Linux.

A versão 14  inclui algumas atualizações de software e novas funcionalidades, que garantem, ao utilizador, sempre a melhor experiência. No entanto os problemas de performance e falhas que afectavam o acesso à Internet (ver aqui) obrigou que a equipa responsável pelo Linux Mint lançasse a versão 14.1. Hoje deixamos neste artigo opinião e experiência do nosso leitor e elemento da Comunidade Pplware@Linux, César Ribeiro.

mint_00

Depois de andar as “turras” com o Linux Mint Cinnamon (ver aqui), desta vez vou dar-vos a minha (sincera) opinião sobre o Linux Mint 14. Esta é, sem duvida, a versão modificada mais mediática e conhecida do Ubuntu, desta vez derivada do Ubuntu 12.10… e é chamada de Linux Mint 14 “Nadia” (Ugh! O nome não é assim tão… elegante… e o “motto” do Linux Mint é… “From freedom came elegance”… o que nos espera? Vamos ver!

Nota: Como a placa gráfica do PC de testes está na “lista negra (entenda-se, falta se suporte ao nível de drivers)”  há alguns anos, não vou aprofundar-me muito nos problemas que forem aparecendo como fiz da última vez… bem, claro que vou ajudar a resolver eventuais problemas surjam, comum a muitos utilizadores do Linux Mint 14 Cinnamon, mas não vou alongar-me muito.

Quanto à instalação, é (e ainda bem) outra vez  Simples mas eficaz. É quase como instalar um programa: Seguinte, seguinte, seguinte… concluir!

A inicialização do computador também é muito rápida: no meu (fraco) computador, demorou apenas 30 segundos a primeira inicialização… excelente!

mint_01

A primeira coisa que fiz foi instalar os drivers proprietários. Para  isso escrevi no menu “Restricted Drivers” e não me apareceu nada… descobri após algum tempo que para instalar os drivers proprietários temos de escrever no menu “Software Sources”, ir ao separador “Additional drivers” e seleccionar (pelo menos no meu caso, mas provavelmente é igual para vocês…) a que diz “Using experimental NVIDIA binary […] nvidia-experimental-304 (proprietary)”

Esperar que a instalação acabe e reiniciar a vossa máquina… “et voilà”! Têm o vosso sistema a funcionar de forma rápida e sem “engasgões” :D

mint_02

Software Instalado

O Linux Mint 14 vem carregado com uma mão-cheia de software pré-instalado: Isto inclui aplicações como o Gthumb e Gimp para os gráficos, Pidgin como IM e para a reprodução de áudio e de vídeo temos o VLC, o Mplayer e o Banshee.

Vem ainda com Flash Player, Java e codecs instalados por omissão (ou não se chamasse Linux Mint…) para que possamos navegar na web e reproduzir todos os nossos vídeos e músicas com facilidade!

Para instalação de software e atualizações, vem com o seu próprio software center e update manager. Pessoalmente acho que  a equipa de desenvolvimento podia aliviar alguns programas desnecessários, porque temos temos vários programas que realizam a mesma função, como é o caso do VLC, Banshee e Mplayer…

mint_03

Cinnamon

Como muitos de vós devem saber, o Linux Mint 13 Cinnamon sofreu muitos problemas de estabilidade (ver aqui), o que naturalmente me fez entrar de pé atrás neste novo Cinnamon 1.6… mas fiquei surpreendido com a agilidade, produtividade, beleza e estabilidade que este Cinnamon oferece!

Sim senhor, agora sim! Ainda não fiz nenhuma atualização, e ainda não me “crashou” uma vez que seja! Já mudei o wallpaper e o tema “n” vezes, customizei o painel e até mesmo o calendário (!!) e ainda não tive um crash! Fantástico, 5*!

Vemos melhorias ao nível da taskbar e do hot corner… quanto à primeira, está mais responsiva e mais modificável (brilhante!); quanto ao hot  corner, agora podemos dar nomes às nossas áreas de trabalho, mas acima de tudo, a animação está mais suave, não ocorrendo os tradicionais “engasgos” do Cinnamon 1.4… Só tenho uma coisa a apontar: talvez seja do meu sistema, mas o menu demora um ou dois segundos a abrir… também vos acontece o mesmo?

mint_04
Uma função que eu achei muito útil e interessante é o “queixinhas”, como eu lhe gosto de chamar: é semelhante ao centro de ação do Windows, que nos permite visualizar alguma mensagem importante que nos tenha escapado. Muito bom!

mint_05

Recursos utilizados

Com apenas um Intel Core 2 Duo e 2GB de RAM, devo dar os parabéns à equipa por esta distribuição. Mesmo com o LibreOffice aberto e música a tocar, o consumo de recursos é sempre muito baixo… Fantástico!

mint_06

Em suma…

É verdade que o software pré-instalado é muito útil para utilizadores recentes, mas carregar o computador com 3 ou 4 programas que fazem a mesma função é no mínimo ridículo…

O Cinnamon está ainda a amadurecer, por isso ainda não está bem “redondo”… há que dar uns pontos positivos para a configurabilidade, mas ainda está longe da “user-friendlyness” do bom e velho Gnome 2… há que dar tempo ao tempo!

Quanto à performance, fiquei agradavelmente surpreendido: consumo mínimo de recursos, ao contrário do Cinnamon 1.4… a este ritmo e a seguir esta lógica, mal posso esperar pelo “próximo” Cinnamon! (que deverá ser o 1.8, segundo a ordem de numeração estabelecida pela equipa de desenvolvimento).

Apesar de não gostar da fragmentação originada pelas mais variadas distribuições baseadas em Ubuntu, este Linux Mint merece os meus parabéns.
Quanto aos problemas apresentados (eu avisei que ia ser superficial…), tenho de “reclamar” da velocidade do ponteiro do rato: muito grande, mesmo tendo ido ao menu mexer nas configurações, estou a ter dificuldade em adaptar-me à velocidade do ponteiro. Quanto ao touchpad, o que tem em velocidade não tem em precisão… felizmente uso mais vezes o rato do que o próprio touchpad, por isso…

E crashes?? Nem um!

Gostei tanto desta distribuição Linux, que (se a equipa do Pplware me permitir…), criei no Gimp (para verem as potencialidades deste software gratuito) um  “símbolo de qualidade certificada”, vejam:

mint_07

Espero que tenham gostado deste artigo. Fico a espera dos vossos comentários!

Sendo o Mint uma variante do Ubuntu, o que acham do sucesso do Mint?





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


59 Comentários

  1. tenho tido problemas com o mint num portátil que estive a reparar: além do menu iniciar apresentar alguns problemas na atualização dos elementos, ainda não descobri como desativar de vez a opção mirror off de forma ao monitor não me obrigar a ter a resolução máxima de 1024×768 e poder usar a resolução nativa de proporção 16:10.
    Além disso caso alguém procure um sistema totalmente em português terá dificuldades de o ter no linux mint que há vários elementos que não estão traduzidos

  2. Bom artigo!

    tenho o mint 13, como faço para fazer o update para o 14?

  3. Entrei no mundo linux á uma semana e o mint mate foi a que instalei estou muito satisfeito apesar de ainda ser um zero á esquerda foi fácil instalar andei a pesquisar primeiro como devia particionar o disco não sendo dificil pois existe muita informação e apoio o que é de louvar,a instalação foi de raiz dizendo adeus ao xp que estava nesta velha máquina p4 3ghz 1 de ram
    o que está a fazer-me um pouco de confusão é a ausência do antivirus a firewall penso que não esteja ligada,como o pessoal do forum do ubuntu diz que não há necessidade para o meu perfil que neste pc só vai servir para acesso net:pesquisa,emaill,youtube,office e pouco mais pois quem vai trabalhar com ele vai ser a minha filha que anda no 10ºano,
    Bom post
    com os meus cumprimentos
    Fernando

    • Antivirus e firewall em Linux não se usa, pois o sistema é seguro o suficiente…

      • Firewall é importante em qualquer sistema, não se deve contar asneiras às pessoas.
        Quanto ao Antivirus para Linux, não se usa em caso de uso optimizado como servidores geridos por profissionais, mas embora não tenha existido até hoje virus para Linux, recomenda-se por outras razões a utilizadores menos virtuozos.

        • eles existir existem, basta uma pesquisa para saber que existem, não são é tão perigosos como em windows, e COMPARADO com windows são mesmo muito poucos, ja para não falar que a maioria dos virus em linux precisam de ter condiçoes especificas para correrem, por exemplo: a versão x do flash player, versão y do firefox e kernel versão z normalmente as actualizações ja corrigiram todas as vulnerabilidades dessas versões antigas…

    • A maior parte das distribuições linux vêm com o iptables pré-instalado, que é uma das firewalls mais potentes que existe. A instalação do iptables por defeito vêm configurada para bloquear qq ligação de entrada não solicitada, a não ser que seja configurada pelo utilizador. Portanto não deverás ter problemas com isso. Mas isso agora tb depende, não uso o Mint , não sei como vem pré-configurado. A configuração é um pouco “dificil” pelo que secalhar será melhor utilizar uma interface gráfica para o efeito (Ex. GUFW)

      Quanto aos antivirus, realmente não é costume usar-se em linux, eu pelo menos não uso nem em desktops nem servers.
      Mas é por exemplo nos servidores que poderá ser mais util. Por exemplo um mail server, em que o antivirus remove logo os virus para Windows presentes em alguns emails.

  4. Bom dia ,

    César Ribeiro fico muito satisfeito que a comunidade Linux do Pplware esteja a contribuir com artigos na divulgação deste fantástico Kernel , o Mint nunca foi uma distribuição que me agradasse muito , mas se existe interface gráfica que prometa neste nosso Mundo é de facto o Cinnamon , no teu artigo penso que te enganaste com a numeração do Cinnamon a próxima deverá ser a a 1.8 e não a 2.8 como escreveste no artigo .

    Excelente trabalho

    Aceita os meus sinceros cumprimentos

    Carlos Carvalho

  5. Está porreiro o Pplware Certification.

  6. Neste Mint o Cinnamon está 5*
    No anterior o cinnamon crashava imenso..
    É optimo ver que não desistem de apoiar o linux. Continuem o excelente trabalho :)

  7. Parabéns pelo Post, muito bom.

    Não gosto do Cinnamon, mas o pessoal do Mint esta a fazer um excelente trabalho no que diz respeito a inovar. Só tenho pena do Cinnamon e Mate estarem a ficar muito Windows-Like. É isso que me afasta dele…

  8. Eu instalei caraças! :D Mas estupidamente o VLC deixou de funcionar, imagem deixou de dar, só da som. Já desinstalei e voltei a instalar e fica igual :\

  9. estou a usar o mint com uma hd5650m existe alguma driver eficiente para esta placa grafica?

  10. estou a usar o mint com uma hd5650m existe alguma driver eficiente para esta placa grafica?

  11. Ricardo ,

    Bom dia abre a consola e instala através dela o VLC , logo verás se te falta alguma livraria que esteja em falta , caso isso aconteça instala o synaptic através do centro de programas copias o nome da livraria em falta e cola na pesquisa do Synaptic que te deve encontrar sem problema manda instalar e em principio já deve estar tudo a funcionar como dever de ser .

    Cumprimentos

    Carlos Carvalho

  12. Ricardo ,

    Segue este pequeno tutorial que te deixo

    1 / abre a consola e digita o seguinte comando :

    sudo add-apt-repository ppa:n-muench/vlc

    2 / ainda na consola :

    sudo apt-get update

    3 / ainda na consola

    sudo apt-get upgrade

    4 / último comando ainda na consola :

    sudo apt-get install vlc

    Espero que tudo fique a funcionar .

    Cumprimentos

    Carlos Carvalho

  13. Bom dia alguns addons que podem ser interessantes para o VLC :

    http://addons.videolan.org/?xcontentmode=903

    Cumprimentos

    Carlos Carvalho

  14. Eu andei a testar distribuições de forma a tentar ter uma distro completa que usasse poucos recursos, pois o Ubuntu com o Unity está a ficar muito pesado.
    Fui instalar o Mint 14 Cinnamon e fiquei desiludido, gasta me tantos recursos como o Unity e acho o Unity bem mais estável….

    Falta me testar o Mate para ver se vale a pena mudar.

    Por enquanto fico me com o Lubuntu….

  15. INSTALA, CARAÇAS!!! :D

  16. Boas, gostava de saber se sou o único com este problema! instalei o Linux Mint e correu tudo bem, fiz updates e sempre tudo bem mas quando fui testar a velocidade da net, nunca me dá o que devia que são 50 Mb, fica nos 20 Mb e sempre a descer! Isto tudo ligado com cabo. A minha placa de rede é uma Realtek RTL8102E/RTL8103E.

    Cumprimentos

  17. Ontem qd liguei o mint por HDMI ao televisor para ver o SCP-SLB só aparecia na TV o wallpaper, nem o browser aparece.
    Tenho instalado os drivers proprietários da nvidia.

    Alguém sabe o que devo fazer?

    Obrigado.

    • Paulo Gomes ,

      Tens de configurar no gestor da Nvidia , a distro não te está a detectar correctamente a tua TV na gestão da Nvidia terás certamente o segundo ecrã e é aí que deves configurar as linhas (1900×1080 por exemplo) .

      Espero ter ajudado

      Cumprimentos

      Carlos Carvalho

  18. Boas

    Tenho dual boot win 7 Xubuntu 12.10 graças a comunidade do pplware.

    Mas estou muito curioso em instalar este Mint.

    O processo de instalação é o mesmo?

    Após a instalação do mint fico com o grub?

    Obrigado pela ajuda e continuação de bom trabalho

  19. Muito bom artigo e muito bom SO.

    Instalei em dual boot com win7 assim que saiu a versão final e desde aí se arranquei em win7 5 vezes foi muito.
    Crashes nem vê-los a única coisa estranha que me acontece é que a primeira vez que abro o chrome abre sempre em num quarto da janela mas a funcionar como se tivesse a usar a janela toda.
    Fecho e volto a abrir e ele já está em fullscreen.

    Tirando isso 5 estrelas!

  20. o que desanima no linux é a falta de designe, os programadores só capricham no interior do software e a parte externa, como icones, barras de rolagens, entre outros elementos graficos sao deixados pra trás, quando começarem a caprichar mais na parte gráfica sem ficar copiando partes do “mac os” aí eu volto a usar o linux…

    • Existem milhares de temas e ícones… E cada vez são mais fáceis de instalar… E também depende da Distro que escolheres… Podias ir buscar mil e umas razões logicas, agora essa, lamento, cai um pouco no ridículo.

      • ridiculo sao os temas que aparecem para o linux que cada vez pioram sua interface gráfica, voce vai me dizer agora que com os ícones e temas certos o linux ficará como o windows 8!? eu não sou nem um pouco fã do windows eu uso ele porque é um sistema bonito e faz bem aos meus olhos…

        • Bem me parecia, estas a comparar o Linux e o Windows… Adivinha, o Linux não é o Windows !!

          E vir dizer que que o Windows 8 é mais bonito, é o mesmo que dizer que dizer que só conheces o Ubuntu, ou o Mint… E para mais, cada um tem o seu gosto.

          Uma coisa é estares habituado ao Windows e quando olhas para outros parecem estranhos, outra coisa é ver como as coisas são. Com Windows 8 ainda não vi ( como é logico ) mas já vi Distribuições iguaizinhas ao XP e ao W7…

          • voce tem certeza que sabe do que esta falando!? desde o inicio eu estou dizendo que a ‘INTERFACE GRÁFICA’ do linux é o que mata ele, a maioria dos usuários nao migram por não gostarem de sua interface…
            mas tudo bem, voce pelo visto é um daquele linuxistas doentes e chatos!

          • Sim, sou “doente” por Linux, esta aquase a fazer 6 anos que uso…Mas uma coisa não sou, que é CEGO !!

            Continuo sem perceber essa do “a ‘INTERFACE GRÁFICA’ do linux é o que mata ele”, pelos vistos tu é que não sabes o que estas a falar amigo, pois no Linux existem muitas “interfaces gráficas” e algumas, repito, iguais ao Windows… A não ser que o Windows 7 ou anteriores também tenham uma “interface gráfica de morte”… Não usar Linux por causa disso? Mais um pouco vais dizer que o Windows 1.0.é que tem a “interface gráfica” perfeita ( lol )

      • Deivid ,

        De facto se escolheres KDE vais é ter dificuldade em decidires qual a customização que vais aplicar tanta é a fartura , ou então fazes como eu basicamente todas as semanas mudo assim não me canso .

        Um abraço e que não seja pelos temas que não voltas ao Linux

        Carlos Carvalho

  21. Alguém me arranja o wallpaper ai da senhora gostosa com o suporte para seios verde ? estou farto de lamber o google a procura disso e não encontro.Obrigado

  22. O nome pode não ser assim tão elegante, mas as mamas da Nadia… :D

  23. Muito bom este artigo.

    Já uso o 14 h+a algum tempo e estou a gostar mesmo do cinnamon 1.6.

    No fim de actualizar tudo está a funcionar bem e não crashou ainda :)

  24. O Mint geralmente gera simpatia na comunidade pela sua simplicidade, por isso tenho-o instalado no pessoal do windows….e dizem……já está?……tão rápido!!! e tem tudo……
    Pessoalmente e como gosto de computadores já com alguns aninhos……ainda prefiro o LXDE ou mesmo OPENBOX….
    Reconheço que o UBUNTU é unico pelo seu desktop e ainda bem, pois os outros são quase todos windows like…..prima pela originalidade e elegância…..pena ser guloso em recursos…….

    O mais importante não é o desktop pois isso vai ao gosto de cada um…..o importante é divulgar e ajudar a comunidade linux……..

    Pelo simples fato de poder reaproveitar os velhos PC’s que se arrastam com windows XP 7 e 8….e torna-los autenticos foguetes com linux….já vale a pena……Reutilizar, Reaproveitar, Reciclar…….os PC não envelhecem….apenas precisam de um OS linux…………….

  25. Um aparte ao wallpapper……até hoje ainda n encontrei um tão perfeito……pena a minha mulher não gostar….e depois desculpa-se com o miudo……….pois…pois….

  26. Boas precisava de uma ajuda, instalei o Linux Mint 14 e tenho um problema sempre que tento abrir um documento numa pasta mapeada o libreoffice deixa de funcionar.
    Alguém pode dar uma ajuda.

    Obrigado

  27. Boas a todos :)

    Bom dizem que o Mint sendo baseado no Ubuntu, trás as mesmas vantagens mas também os mesmos bugs, eu ainda não achei bug nenhum. Antes tinha o Ubuntu 12.10 e sinceramente acho que a Canonical tem andado de “cavalo pra burro”, demasiados bugs, um sistema pesado e uma interface que continua pouco ou nada pratica.

    Mudei para o Mint e na minha opinião não tem nada a ver com o Ubuntu a não ser a base de pacotes, um sistema limpo fluído atraente e até agora sem bugs. Recomendo Linux Mint

    Ainda por cima o fundador do movimento Software Livre Richard Stallman, riscou o Ubuntu das listas da Free Software Foundation declarando-o com Spyware

    podem confirmar no link:
    http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2012/12/fundador-do-movimento-software-livre-chama-ubuntu-de-spyware-e-agora.html

  28. Excelente Distro, gosto muito do Linux Mint 14, tenho preferencia pelo Cinnamon e aproveito e instalo o Gnome Shell.
    Muito bom mesmo…
    RECOMENDADO.

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.