Portugal: novas actualizações às imagens StreetView


Destaques PPLWARE

41 Respostas

  1. Johnny says:

    Não acho certo a Google andar a tirar fotos de caminhos onde passa pessoas e muito menos tirar fotos sem perguntar a pessoa se pode fazer-lo ou não.. Mesmo que tapem a cara, a pessoa não é obrigada a aparecer na foto.. Para alem de que a Google tira foto ou passa com um carro e nem sequer avisa que vai fazer isso ou seja é só tirar e por no google tapar a cara e se a pessoa não quiser aparecer no mapa? Imaginem que uma pessoa tava mal disposta e pronto estava mal disposta na rua o google ia gravar fica muito mal da parte deles fazerem isso se vão fazer devem pedir autorização a pessoa se podem tirar fotos ou não.. Não é por causa da privacidade e sim tambem é por causa disso mas é a questão de pedirem autorização de nos tirar fotos na “rua”

    • Nuno says:

      Tu desvias-te das cameras dos ATMs? É que essas estão assinaladas e dúvido que o faças. Quando vais ao hipermercado fintas as mesmas?

    • Sérgio Monteiro says:

      lol

    • djx says:

      A “rua” é um local público. Podes pedir à Google para remover uma determinada foto. Se fosse assim também os jornalistas tinham que pedir autorização a toda a gente que passasse na rua quando estão a dar reportagens em direto. Acho este caso pior que o da Google.

    • Eu mesmo. says:

      Teorias da batata doce, está com a mania da perseguição este….

    • João Gaspar says:

      … vai tomar os comprimidos.

    • Pgs says:

      Johny, segundo essa tua teoria deixas de poder tirar uma fotografia na praia ou no estádio de futebol…
      E que tal multar os turistas na praça do comercio que tiram fotografias e não pedem autorização a ninguém! cambada de presunçosos…

    • Nffa says:

      Johnny enquanto a google não acabar de filmar tudo o que precisa para actualizar o street view nao saias de casa.
      e depois se for preciso queixam-se que “a e tal a tecnologia não evolui e que em Portugal não se faz nada de jeito”.

    • Darth says:

      Hahaha… Ja nao me ria tanto ha bastante tempo… Haha

    • Paulo says:

      Tanto quanto sei.. Caras e matrículas são ocultados. Enfim

    • PahAssimTodosJáSabemOmeuNome says:

      Nao percebes que a google é mais que os outros? uma pessoa se tirar uma foto a uns bofias corruptos vamos para esquadra e fazem o hard reset ao telemovel, e ainda podemos levar um excerto de porrada. A google? So nao grava enquanto comes a tua mulher porque ainda nao distribui em massa o glass.

    • sóvisto says:

      Concordo contigo Jonhny! devias comprar uma Burka quando sais à rua! Então a Google tinha que avisar centenas de milhares de pessoas a pedir autorização para tirarem a fotografia da rua!?? Compra a Burka!!!

    • Pedro Azevedo says:

      Caro Johnny vivemos num big brother e basta ver pelos comentários à tua mensagem que a canalhada gosta disto. Privacidade? Está tão conspurcada ainda para mais com as novas gerações que só vivem dos youtubes e dos videos que eles já não sabem o que é isso e ainda gozam quando alguém questiona…

    • Bruno says:

      Estou mesmo a imaginar os gajos do carro da google a pararem constantemente e perguntar às pessoas que deambulam na rua a pedir-lhes autorização para tirar fotos!
      Não faz sentido nenhum! Acho o serviço Street View fantástico, não percebo como é que há gente que gosta de meter entraves à evolução!
      Opa, se não querem ser filmados, andem com máscaras.
      Como disseram aí em cima, sempre que entrem em bancos, hipers, etc, também estão a ser filmados, e agora? vão esconder-se e andar junto às paredes para evitar as mesmas?! por favor…

      • Pedro Azevedo says:

        Mas quando vais a local privado, sujeitaste às regras do mesmo. E sim, a privacidade está tão conspurcada que até nem sabes que não podes tirar fotos se essa pessoa não te autorizar. Mas mesmo assim ha leis que por exemplo em vigilãncia proibem que filmes para a rua, etc. Mas pronto, as pessoas gostam deste big brother, por isso mesmo é que evoluimos bastante. Nota-se pelo estado actual cá , na europa e no mundo. Mais filmagens é que o precisamos para fazer evoluir a economia.

        • Bruno says:

          Pedro Azevedo, então vamos supor que vou de viagem visitar locais novos e que os meus filhos lá atrás no banco, põe-se a tirar fotos aos monumentos da rua e apanham “sem querer” pessoas que vão a caminhar nos passeios.
          Eles publicam isso no facebook deles. e agora? são punidos por crime à invasão de privacidade? não pois não? então, voltamos ao mesmo. 🙂

          • Pedro Azevedo says:

            O que acontece é que cometemos com esta histórias dos videos e imagens muitas violações à privacidade, mas como normalmente as pessoas não se importam ou nem estão para se chatear que pensamos que podemos fazer o que queremos. Dou-te como exemplo este link(http://www.forumfotografia.net/topic/3-direito-%C3%A0-privacidade/) de fotógrafos onde se fala nisso, com questões pertinentes. Há muitos factores a considerar no dominio das privacidades…mas entre vários:

            Artigo 79.º
            (Direito à imagem)
            1- O retrato de uma pessoa não pode ser exposto, reproduzido ou lançado no comércio sem o consentimento dela; depois da morte da pessoa retratada, a autorização compete às pessoas designadas no n.º2 do artigo 71.º, segundo a ordem nele indicada.

            2- Não é necessário o consentimento da pessoa retratada quando assim o justifiquem a sua notoriedade, o cargo que desempenhe, exigências de polícia ou de justiça, finalidades científicas, didácticas ou culturais, ou quando a reprodução da imagem vier enquadrada na de lugares públicos, ou na de factos de interesse público ou que hajam decorrido publicamente.

            3- O retrato não pode, porém, ser reproduzido, exposto ou lançado no comércio, se do facto resultar prejuízo para a honra, reputação ou simples decoro da pessoa retratada.

    • Ricardo says:

      Segundo a lei podem ser tiradas fotos ou feitos vídeos e a sua consequente divulgação de locais públicos, sem o consentimento das pessoas que possam aparecer nessas fotos/vídeos desde que as mesmas não apareçam como ”plano principal”, mas sim os edifícios, monumentos, etc.

      Não se preocupe que ninguém quer saber da sua fronha.

  2. Gonçalo Silva says:

    Nice! Ainda bem que vão atualizar porque algumas das imagens já são de 2009 e já estão um bocado obsoletas. A parte boa é que já sabemos que em 2019 vamos ter outra atulização, digo eu…

  3. TeAs says:

    Venham de maskaras para a rua , assim nao teem mais problemas 😛 just a joke 😛

  4. B@rão Vermelho says:

    Há alguns que não precisão de mascaras basta só os elásticos
    ; )

  5. Joao says:

    Hoje por volta das 14:40, vi um destes carros da google parado no estacionamento de um restaurante nos arredores da cidade de Santarem..

  6. Jonnie says:

    Ate que enfim vao actualizar. Adoro o streetview, o melhor servico da google sem duvida

  7. Paulo says:

    apesar de útil, sou contra o street view. uma empresa PRIVADA não tem direito nenhum e fotografar tudo e todos. é demasiado poder num instituição que não obedece a estado português! e será que pagam ou pediram autorização a algum órgão governamental??

  8. Marco Costa says:

    Vendo o comentário do Johnny e respostas seguintes nem vale a pena dizer mais nada senão “ás vezes é melhor estar calado do que dizer asneiras ou barbaridades”

  9. AlGuidar says:

    Quem não quer qualquer tipo de exposição cibernetica, nem devia ter net…Esta mania da conspiração faz lembrar uma amigo meu que coloca fotos dos filhos e comenta online tudo o que faz, depois, anda com abaixos assinados e petiçoes contra a falta de privacidade do facebook.

    • Pedro Azevedo says:

      Claro. Quem não quer ser abalrroado ou ter uma acidente por um carro a 200km/h que não ande de carro. O código da estrada e leis que existem só atrapalham, esses tipos que vem com teorias da conspiração.

      Curiosamente, tudo o google apanha fica online, dando informações e imagens das suas casas, propriedades, acesso às mesmas, locais visitados e tudo e mais alguma coisa, mesmo de pessoas que nunca utilizaram internet na vida nem querem saber…também devem ser vitimas da “exposição cibernetica” virtual dos tempos modernos. Mamas de um jeito ou de outro…e não te queixes…é este o futuro…lindo…nota-se pelos belos exemplos de espionagem recente…e as pessoas acham normal, o que torna isto tudo mais rísivel.

  10. Julio Gui says:

    Fixe Fixe… finalmente vou conseguir ver a minha casa, sem vislumbrar o carro da minha ex-namorada à porta =)

  11. Ainda aqui há dias vi em Coimbra um carro da GMaps! Tenho que admitir que foi algo bastante engraçado já que foi a primeira vez que vi um ao vivo 🙂

    E passados dois dias a minha mãe viu um tambem! Pelos vistos, a cidade dos estudantes tambem está nos planos da google 🙂

  12. Pedro Monteiro says:

    Já passaram aqui por Vila Real, mal saiu a notícia não perderam tempo.

  13. Ricardo says:

    Andam pelos açores em carros alugados da ilha verde, mas confirmem por favor que as camaras são mais pequenas que estas tradicionais, uns pequenos discos que montam no tejadilho por ventosa e não tem mais do que a dimensão de um antigo disco de vinil. Fazem lembrar a ponte da enterprise do startrek http://starfleet.unblog.fr/files/2009/11/newenterprisefinal03.jpg
    Se não é isto é algum outro projecto, incluso tinham uma camara no tejadilho e deu-me ideia que o copiloto estava a gravar o percurso em audio.

  14. Tiago Correia says:

    É preciso quantos anos para voltares a actualizar o Street View?
    Pelos visto, este post já vai fazer 1 ano, e ainda só temos imagens de 2009.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.