Apple regista Patente de protecção do nosso perfil de utilizador

A Apple tem uma estrutura de trabalho que vai muito mais além do simples “criar dispositivos”, quem conhece e usa um sistema com vários dispositivos e serviços sabe que há um interesse contínuo na satisfação do cliente e na fidelidade do mesmo para futuro. Não admira que a Apple tenha intenções para proteger o perfil do seu cliente quando este navega na Internet. São dados privados que alguém deverá salvaguardar.

São conhecidas imensas tentativas para “impermeabilizar” os dados que necessitamos para navegar na web e que acabam nas mãos de “serviços” não fidedignos, desencadeando spam e muitas outras manobras menos lícitas de aproximação do consumo do utilizador.

Surgiram agora evidências que a Apple registou uma patente para protecção do nosso perfil de utilizador na web.


Apareceu recentemente na web uma nova patente da Apple que, estando longe de apresentar qualquer dispositivo ou aplicação, mostra um sistema nada convencional para proteger os nossos dados pessoais quando navegamos pela Internet. A ideia é criar clones da nossa identidade pessoal de forma inteligente para que os serviços da Internet os valide como os nossos dados habituais.

Este sistema funciona criando vários clones do nosso perfil e funde os dados verdadeiros com dados falsos para gerar outros dados que sejam confundidos com os nossos reais. As páginas da rede recolhem esses dados falsos, protegendo os nossos hábitos e identidade. Desta forma estaremos longe do alcance dos serviços de publicidade não solicitada.

Desta forma, estes dados colectados seriam de difícil crivo e deixaria de ser vistos como fidedignos para aqueles que, de forma danosa e sem autorização, recolhem dados para apurar a publicidade dirigida e que nos inundam as nossas contas de mail e serviços conexos.

Como podemos ver no esquema da imagem em cima, a patente faz sentido, no entanto ainda não passa disso, eventualmente até será já usadas pelos funcionários da Apple, no browser Safari, mas faz sentido que o futuro traga mecanismos protectores da vida privada das pessoas. Cada vez temos mais “vida” na web e é necessário que os nossos dados sejam salvaguardados. [via]

Será possível esta patente criar um sistema seguro de navegação?




  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


17 Comentários

  1. A Apple a fazer o que faz de melhor, registar patentes é sempre bom ver esta empresa no activo.

  2. Boa ideia.

    Mas visto de outra maneira, quem passa a saber os nossos habitos é apenas a Apple, assim so eles podem brincar com os nossos dados\registos\etc… e terem eles a receitas..

  3. Boa noite,mas esses dados que os sites aproveitam são obtidos dos denominados Cookies de controlo,ou vai,muito para além disso?
    Cumprimentos,João Lopes.

    • Também. Mas há outros indícios que são recolhidos. Um utilizador deixa várias pistas: o browser que usa, o tempo que está com a máquina ligada, o sistema operativo que usa, o seu IP e região de saída desse IP, o tipo de resolução de ecrã, etc… depois, adicionando os cookies e muita informação adicional que lá aparece, empresas especialistas traçam perfis de consumidor baseado nesses e nos dados sobre as páginas visitadas, etc…

      Tudo é vasculhado e tratado para vender às empresas de anúncios online.

  4. Arcadiy Kulchinskiy

    Acho óptima essa ideia, assim teremos a certeza que os nossos dados não estão a ser usados por uma empresa de marketing qualquer.
    Estou é um bocado preocupado com o futuro desta patente. Se os dados da nossa identidade é patenteada, será possível que futuramente, caso a Apple assim dicidir, que nós teremos que pagar para ser nós mesmos ou seja, para podermos usar os nossos dados na internet?

  5. Um dia destes a apple regista o meu nome e lá vou eu ter que mudar de nome

  6. Na Apple tudo é patenteável, isto hoje em dia é uma guerra.

    Em vez de manter este processo em segredo, o que o tornaria ainda mais seguro, não, vai de patentear, o que faz com que acabe cá fora pra toda a gente ver como funciona e arranjar forma de hackar.

  7. Se criaram algo, há que proteger a sua invenção…

    Já agora, Apple Haters a criticar a Apple por tudo e por nada…se fosse outra qualquer empresa a fazer isto não haveria stress hehe

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.