11 dicas para poupar a bateria do iPhone


Destaques PPLWARE

106 Respostas

  1. Arcadiy Kulchinskiy says:

    Em resumo, para poupar a bateria, desligue tudo aquilo que compõe um telemóvel, tire-lhe a bateria e ande com um tijolo no bolso, assim a batt nem gasta . =)

  2. MIguel.L says:

    Em resumo desligando tudo ficamos com um drone…Pagámos 600 euros e ficamos com um telemóvel igual aos outros de 40 euros.

    Sei que quantas mais funcionalidades mais bateria é necessária mas os operadores é que têm que precaver isso.
    “Tome lá um ferrari mas ande a 50 à hora para poupar gasolina” Não faz sentido.

    • Vítor M. says:

      Volto também a perguntar, qual parte não percebeste, do exemplo de uma situação excepcional?

      Depois, cada um, pode á sua maneira usar uma, ou várias, para adaptar o melhor perfil de utilização. Ou não é assim?

      Não me digas que um smartphone só faz sentido se tiver tudo ligado mesmo não estando a ser necessário? 😉

    • Alexandre Miguel Morais Fonseca says:

      Tome lá um ferrari… e vai poder conduzir a 300kms/h… mas caso não haja nenhuma bomba de combustível perto é melhor não passar dos 50.

      Para mim faz todo o sentido :)

      • cum caraças... says:

        Concordo… é essa a ideia…
        Ninguém falou em desligar tudo e sempre. Se pretendam poupar bateria basta ligar quando se precisa e desligar quando não se precisa…simples! E depois existem multiplas apps que permite desligar a internet ou wifi quando se desligar o ecrã (por exemplo)

        • Bruno Miranda says:

          Só tenho um acrescento aos comentários… supostamente um telemoves….agora smartphone ….. supostamente é uma ferramenta de trabalho …logo deveria tirar dores de cabeça …

          vamos lá refletir … se um dia inventaram ferramentas estas foram para ajudar o Homem… ou seja:
          a varinha magica ….. ajuda arrelar alimentos
          o aspirador …. ajuda apanhar lixo
          o barbequim… ajuda a fazer furos
          o elevador… ajuda a subir pisos sem esforço das pernas
          o telemovel.. ajuda na comunicacao….
          etc etc

          logo um smartphone deveria ajudar e nao a ser um centro constante de preocupaçoes…. agora deixa ver tenho pouco sinal vou desligar….agora vou ligar para ver se tenho rede…ahh agora ta um sol desgraçado deixa m por mais luz que nao vejo nada….ahhh agora…agora…agora

          de certa forma compreendo as duas opinioes mas na era destas tecnolgias …( e sou amante apple MBP e IP5)…nao entendo como o IP5 dura tao pouco a bateria….. e precisamente ferrari pa mostrar que anda tanto quando o fiat uno do vizinho e vai aos mesmos sitio….baaahhh

          • Vítor M. says:

            Dura tão pouco? Dura tanto como outro qualquer… todos os smartphones modernos sofrem do mesmo problema. Não individualizes sff 😉

          • ze says:

            eu se fosse a ti ia arrelar com a varinha magica ou usar o barbequim…

            com tanta tecnologia, era melhor teres um corrector ortografico mais evoluido…

  3. Ricardo Teixeira says:

    Creio que se esqueceram da 12ª dica:
    Desligar o iPhone :).
    Se vamos desactivar todas essas funcionalidades para que queremos um smartphone?

    • Rúben M. says:

      dia 8 “…Se está num local onde não precisa de estar com o smartphone ligado e sabe que tem fraco sinal de rede telefonica, desligue o telemóvel….” lol ja disseram 😛

      • Vítor M. says:

        Poderá em SOS ser necessário usar o que se poupou quando estava desligado 😉

        Pensem nisso!

        Por isso refiro e é necessário ler tudo, que algumas podem ser usadas em situações muito excepcionais e outras no dia a dia.

  4. Duarte Mechas says:

    Para poupar bateria… desligue o telefone!
    Comprar um gadget para ter tudo desligado… mais vale poupar o dinheiro e não o comprar!

    • Vítor M. says:

      E se lessem tudo? 😉

      Umas para situações excepcionais, outras para o dia a dia. Faz sentido verdade?

      • pixar says:

        Deixa lá!
        Tá visto que uma boa parte dos utilizadores de smartphones preferem ter tudo ligado (nos tais casos excepcionais), mesmo que depois isso signifique ficar sem bateria para fazer (ou receber) uma chamada importante. São opções…

  5. Pedro Pinto says:

    Desligamos o que não precisamos! Têm 11 dicas à escolha.
    Por exemplo, SIRI, não usam…desligam.

    Isso são pequenos “tweaks” que são transversais a todos os equipamentos…sem isso a bateria vai-se rapidinho

    • Nuno Ribeiro says:

      Estas dicas são excelentes, muito obrigado.
      Pena é que as pessoas não percebam que ter recursos ocupados sem estarem a ser usados só lhes é prejudicial.

  6. Sergio says:

    A dica sobre o serviço de localização é errada no meu entender. O gps so fica activo qd uma App o usa, ou seja em casos pontuais.
    A dica devera ser sobre como configurar que apps tem acesso ao gps

    Relativamente ao push email nao é consensual. Sinceramente nao seu o que consumira mais bateria: manter um socket ou estabelecer uma nova conexão a cada 15 minutos

    Sempre que vejo a sugestão do desligar o telefone em zonas com sinal fraco vou aos arames. Eu tenho um telemóvel para estar contactável

    E depois a grande questão: para que se quer então um smartphone?
    Eu sei que ao enumerar 10 medidas nao se esta a dizer para implementar as 10. Mas quando se sugere desligar a função telefone…

  7. Abílio says:

    Esta dicas são fáceis no dia a dia mas com JB…
    Sai de casa desligo Wifi e ligo Bluetooth (para o carro),vibração,localização e 3G. Chego ao trabalho desligo tudo e volto a ligar o wifi. Bateria dura uns 2 dias.
    Sem ajuda do NCsettings não havia paciência.

  8. Jardim says:

    Faltou uma dica muito importante, que é o facto de vez em quando fechar as aplicações abertas em memória, ou seja, quando as fechamos normalmente elas continuam abertas para facilitar o tempo de carregamento ao entrar quando lá voltarmos. Isto consome muita bateria, ja que chegamos ao ponto de termos tudo aberto sem sabermos; no caso do Ipad 3 com isto tudo fechadinho, em vez das habituais 8h de carregamento passou-me a 5 já por 3 vezes.

    Basta então carregar no botão home duas vezes seguidas, carregar algum tempo em cima de qualquer aplicação até que comecem a mexer e fechar no (-). É tipo o gestor de tarefas no pc.

    Cumps

  9. João Trindade says:

    12 – Agora que desligou tudo, desligue também o telemóvel.

    Seriously… que raio de dicas são estas?

    • Manuel Rocha says:

      8 – Desligue o telefone em áreas de sinal fraco

    • Vítor M. says:

      João Trindade, podes não acreditar, mas 90% dos utilizadores de smartphones, não tem boas praticas de poupança de recursos e desconhece algumas destas dicas.

      Tu és um felizardo, um bafejado pela sorte, pelo que parece já conhecias todas elas.

      Mas o saber, não ocupa lugar 😉

      • João Trindade says:

        De facto sou um felizardo : ) mas por muitas razões que de longe ultrapassam a vulgaridade deste assunto.
        Se vamos publicar mais um artigo sobre o tema, que pelo menos contenha alguma informação útil, alem de regras de senso comum.
        Não queria estar a trabalhar por vocês, mas…
        Não faltam por aí sugestões de poupança de energia, de longe mais interessantes e menos óbvios do que os que foram referidos. Alem disso que acarretam menos handicaps na utilização do telemóvel.
        Desligar o equalizador.
        Utilizar a aplicação Carat da UC Berkeley que identifica apps com bugs que afetam a bateria.
        Há quem sugira que a bateria descarrega mais rapidamente em lugares quentes e que não guardar o telemóvel no bolso das calças pode contribuir largamente para um aumento da duração da bateria.
        Ciclos de carga? Descarregar tudo? Carregar sempre que possível?

        Se testassem ou investigassem alguns como estes, que tão controversos e pouco obvios prestariam de certo um melhor serviço publico xD

        • Vítor M. says:

          Se lesses o artigo todo saberias que já falamos nisso e muito mais, mas… não lestes, deverias ter seguido alguns dos links que deixei que terias alargado o conhecimento nessa e noutras matérias…. até na questão da temperatura. Já falamos há anos nesse assunto 😉 há muitos anos.

          Não precisas de trabalhar para nós, agradecemos, contudo, as tuas sugestões.

  10. Tito says:

    Eu fiz algumas alterações que me parecem poupar 10 a 15% da bateria diariamente e não afecta nenhuma funcionalidade fulcral.
    Em :Definições -> Privacidade -> Serviço de localização
    No fundo de tudo existe a opção chamada “Serviços do sistema”.

    Nestes serviços apenas deixei activo:
    – Calibragem da bússula
    – Definir fuso horário
    – Redes móveis

    Outra opção que podem desligar e me parece que também consome bateria é o facto de a Data e hora ser automática.
    Assim em:
    Definições -> Geral -> Data e hora
    desactivei a opção “Automaticamente”.

    É um pouco ridículo da parte da Apple que esta ultima funcionalidade tenha efeito no consumo de bateria mas parece que a actualização da hora é feita com tanta regularidade que no final do dia pode fazer alguma diferença no consumo da bateria. Assim terão de ser vocês de vez emq uando a activar e a desactivar esta opção para que pelo menos 1 vez por mês o relógio se acerte.
    Esta opção não interfere com a mudança de horário,o telefone continua a actualizar para os horários de verão e inverno.

  11. Tito says:

    Lembrei-me de mais uma que apenas surgiu no iOS6.
    Em Definições -> Geral -> Informações -> Publicidade

    Devem activar a opção “Limitar seguimento”. Parece que a Apple propositadamente criou uma opção que de forma intuitiva parece que estamos a activar o seguimento da publicidade quando no entanto estamos a fazer a contrário.
    Ora activar esta limitação impede que o telefone envie dados sobre a nossa localização para a Apple nos direccionar publicidade. Desta forma também é garantido que se poupa algum consumo na bateria.

  12. El iTunes says:

    São dicas, dependendo da utilização que cada um dá ao seu iPhone, para uns fará sentido desactivar algumas enquanto que para outros fará sentido desactivar outras.

    No entanto, acho que deixaram de parte uma das mais recentes features do iOS que permite poupar e muito a bateria – Do not disturb me. Bem configurado, permite que durante 8+ horas o telemóvel não vibre, faça som, obtenha mails, receba notificações de apps/fb/etc. Irá apenas fazer o essencial, alarme e mensagens/chamadas de um grupo restrito e importante de pessoas (quando configurado).

    • Sergio says:

      Atenção que a função não incomodar não significa que não continuarás activo. Continuarás a receber email, não és é notificado, mas o mail está lá. Tal como as chamadas, apesar de estas serem logo canceladas.

  13. José Júlio Silva says:

    Há cerca de 1 mês tive de fazer uma viagem de avião com uma ligação. Sai de madrugada e só cheguei ao destino noite dentro. Tive que fazer a gestão da bateria durante esse dia. Chama-se a isso “situação excepcional”, porque não ando de avião todos os dias.

  14. Miguel says:

    Em vez de desligar o iphone em sítios com rede mínima não é melhor meter antes em modo voo? Sempre se liga mais rápido :)

  15. dashboard says:

    Serei o único a pensar que todas estas dicas servem para qualquer smartphone? Não percebi porque razão se referem apenas ao iPhone…

    • Vítor M. says:

      Caríssimo, se reparares em muitos dos casos refiro-me aos smartphones e noutros ao iPhone em especial. Claro que quase tudo se pode aplicar aos smartphones e mesmo a tablets em geral, mas o conjunto, o pack total, refere-se aos iPhones.

      Depois, como os nossos leitores são extremamente inteligentes e perspicazes, filtram o que se adapta ao seu smartphone.

  16. João Reis says:

    Parabéns, é mesmo o que é necessário.

    O problema é que deixamos de ter smartphone para ter apenas telefone.

    SBSettings integrado no iOS também faz falta à muito tempo. Irei fazer jailbreak novamente ao iOS 6.1 daqui a pouco tempo precisamente por essa razão.
    Sim o JB está só dependente que saia a versão final 6.1 já tem exploit pronto para sair ao público mas não querem lançar antes da versão final, entende-se.

    E as baterias tem de dar um salto evolutivo, creio que tech está estagnada precisamente por falta de algo que venha substituir as baterias convencionais. Falta algo novo para vir mudar esta treta de carregar o telefone a toda a hora do dia. Ainda ando com um nokia antigo que dura 4 ou 5 dias, agora parece que caminhamos para trás.

  17. xoxota says:

    Para fazer isto comprava um Nokia dos antigos

    • Vítor M. says:

      Para fazer o quê xoxota? Tens noção do que está em causa? Não pois não?

      Queres que explique novamente?

      • PTDennis says:

        Vítor eu acho que tens razão na tua indignação em relação à quantidade de comentários a este artigo questionando sempre a mesma coisa, sem compreenderem a sua essência. Mas também acho que devo fazer um reparo. Já não é a primeira vez eu vejo alguém fazer um comentário sem muito nexo a algum artigo e vocês respondem de forma agressiva. Lembrem-se que quem dá a ‘cara’ pelo site são vocês, pelo que deveriam ser vocês a dar primeiro o exemplo. E não o contrário. Mas é só a minha opinião.

        • Vítor M. says:

          Naaa estás enganado 😉 nada de agressividade, tudo na paz. As palavras não traduzem as emoções, nós é sempre na tranquilidade.

          Compreendemos que por vezes não percebem o conceito do post, e explicamos ou tentamos passar a mensagem de que se deu trabalho e não foi pouco, muita gente o aproveita, portanto… peace and love.

          • afrsa says:

            Na paz tudo bem… mas que as respostas são a roçar o agressivo, isso são. Assim como diz o PTDennis, eu também acho que as vossas respostas são muitas vezes agressivas. Fica também a minha opinião… nunca um representante de alguma coisa deve perder a compostura! Abraços!

          • Vítor M. says:

            É impressão tua e muitas vezes é a tua forma agressiva de ler e interpretar que te gera esse pensamento. O ler pode ter qualquer interpretação. E nós não somos de forma alguma agressivos, somos uns “porreiraços”.

            Muitas vezes podemos é ser mal compreendidos… é do canal.

            Por exemplo, tu caro afrsa, não disseste nada sobre o post e viste este comentário e pensaste “eh pá vou chatear os tipos, mas só porque eles são uns tipos porreiros e eu acho que tenho o direito de os ir aborrecer, até porque nem sei de que fala o artigo, mas quero ir trolar um pouco” e cá estás tu, verdade? 😀 na paz… com tranquilidade 😉

            E nós percebemos isso, sabemos que tens essa tendência e não nos importamos, é pacifico. Paz!!!

            Abraço.

  18. mks says:

    já todo mundo sabe estes passos todos. já nem sei quantos artigos o pplware já criou sobre este assunto de como poupar bateria. lool

  19. CF says:

    Percebo a questão da situação excepcional e por vezes dava-me jeito. Sou bombeiro e por vezes preciso mesmo é de ter bateria e nenhum desses serviços me faz falta. Apenas quero telemóvel e bateria. O maior problema é ter que ir a cada um destes locais mudar os settings um a um… e depois ter que repôr tudo no fim. Aqui é que seria bom ter uma espécie de perfil de settings…

  20. Alexandre Miguel Morais Fonseca says:

    E que tal em vez de transformarem um smartphone num telémovel, terem por exemplo um carregador em casa, um carregador no trabalho (ou apenas o cabo de dados) e um carregador no carro? No ebay compra-se qualquer um dos artigos que referi ao preço da chuva… e escusam de andar com um tijolo no bolso. Caso andem sempre na rua é mais complicado para quem tiver um iphone… mas se for outro smartphone basta terem mais uma bateria de reserva.

  21. Tiago says:

    Parabéns pelo post, acredito que vá informar muita gente que se limita a usar o iPhone de “stock” de como poupar bateria.

    Penso que a mais importante de todas para poupar bateria são os serviços de localização e aposto que 90% dos utilizadores não têm necessidade alguma de andar com isso ligado o dia todo.

    Aproveito para colocar uma questão, é possivel importar os meus contactos do Gmail para a aplicação nativa de mail do iPhone? Obrigado.

  22. MEGA LOL says:

    Lendo o texto…arrependo-me de ter mandado fora o meu 3310….
    😀

  23. RM_Dragao says:

    Parabéns Vitor!

    Excelente post. Só quem já esteve numa situação de emergência é que consegue dar valor à necessidade de ter de parar todos os serviços que mencionas para poder poupar a bateria de forma a poder ter mais autonomia para as funções básicas de fazer e receber chamadas.

    Lamento a incompreensão que aqui foi demonstrada. Naturalmente, que, repostas as condições normais de acesso a meios de carregamento os dispositivos voltam a funcionar de uma forma normal.

    Uma pergunta: quantos dos que aqui escrevem não andam, por exemplo, com o Bluetooth ligado e não precisam dele para nada? Desligá-lo confere ao dispositivo mais 1H de autonomia (Battery Doctor), às vezes o tempo necessário para sair de uma situação difícil.

    Cumps,
    RM

  24. Raul says:

    Obrigado pelas dicas.
    Cá por casa faço igual, aparelhos domésticos que não estão a ser utilizados estão desligados.
    Tenhamos bom senso, são dicas uteis e quem as valorizar poderá tirar proveitos das mesmas, alertar que uma aplicação ativa sem ser usada só consome bateria, muitas vezes estão ativas sem darmos de conta e…é claro que não vamos desligar tudo…
    Força pplware!

  25. Power says:

    Mais uma excelente dica conflituosa. A malta não percebeu a parte do “excecionalmente”….

  26. Roy says:

    São boas dicas… muita gente não precisa de algumas ativadas, e é uma boa ideia relembrar de tempos a tempos.
    A dica do 3G/4G em especial porque ao contrário do que seria de esperar, a grande vantagem seria a encriptação (que deveria ser melhor que o 2G)… mas aparentemente alguns operadores nem sequer a ativam (e não há indicações disso) logo na pratica, se tiver boa rede com o 2G e só quer mensagens e telefonemas na pratica, na maior parte do dia, é boa ideia desligar o 3g/ 4G.

    Para quem quer tudo ligado e nem pensar desligar o que quer que seja, mas quer o telemóvel a funcionar mais tempo… pode sempre andar com uma bateria externa para carregar a bateria interna, mesmo quando não está ao pé de uma tomada (casa/ carro): http://store.apple.com/pt/browse/home/shop_iphone/iphone_accessories/power para os outros telefones inteligentes, provavelmente podem ter baterias internas extras… ou carregadores externos similares :p

  27. Tiago Santiago says:

    A nº 8 devia ser substituída pelo modo voo! desligar e ligar o iphone consome bastante bateria.

  28. Mario Junior says:

    Com uma bateria com capacidade ridícula de 1450mAh, tem mais é que andar com o aparelho desligado! kkkkkkkkkk

  29. Filipe Santos says:

    Gabo a paciencia do Vitor e afins que fazem estes artigos, para depois pessoas que não teem mais nada que fazer virem mandar postas de pescada e não dar valor ao que se escreve, não tendo inteligencia suficiente para discernir que existe muita gente que esta informação dá jeito a muito gente…e a outras não porque já estão informadas, mas não precisam de criticar quem cria o artigo por já saberem a informação exposta.

  30. Guz937 says:

    Quando temos pouca rede, é mais vantajoso desligar o telemovel ou metê-lo em modo offline? É que desligar e ligar o iPhone ainda consome alguma bateria..

    • Vítor M. says:

      Desligar é o mais sensato. Pois em modo offline o dispositivo continua á escuta, apenas não diz que o faz. Continua a alimentar os serviços em background e são muitos. É preferível desligar e voltar a ligar.

  31. Marcelo Barros says:

    Já agora levanto uma questão, que aprece que em Portugal a isso ainda acontece muito.
    Porque ter um smarpthone 99% do tempo em offline?

    Economicamente parece-me um mau investimento, devem existir soluções mais baratas para quem passa o tempo em offline.

  32. Bolinhazul says:

    O que estão a dizer é uma parvoice! O meu iPhone 5 tem tudo isso ligado e tem uma bateria excelente. A Siri (não é no masculino!) é bastante útil para alguem como eu, que sabe falar Inglês. Eu uso a Siri bastante!

    Cumprimentos

  33. Guilherme says:

    Parabéns pelo artigo!
    Tenho é uma dúvida. Se desligarmos os serviços de localização e se perdermos o iphone ou roubarem, conseguimos à mesma localizar o iphone?

  34. Paulo says:

    Em vez de desligar o telemovel, é sempre melhor meter em modo avião :) Mais fácil e prático, e tem o mesmo efeito

  35. GM says:

    Realmente, existe pessoal para o significado de dicas não deve ser o que está no dicionário. Para os utilizadores de SmartPhones, a duração de bateria pode ser mesmo problemática, e na verdade muitas vezes existem aplicações que nem sequer são usadas mas estão lá a comer recursos. Não tem nada a haver com comparar um SmartPhone, com o 3310. Trata-se de dar uso racional e usar o que é necessário. Por mim quem quiser pode usar todos os recursos e mais alguns e instalar todas as aplicações e deixar a correr só porque sim, depois não se queixem é que a bateria dura 5 horas, o IPhone aquece, ou o mais usual..o telemóvel estragou-se, ou a bateria está viciada.
    Algumas destas dicas podem ser usadas pelos utilizadores de sistemas Android ou por qualquer outro SmartPhone.
    O lema é:Se não está a usar porque estar a gastar???

  36. Pedro Cruz says:

    No iphone nem vale a pena desligar o 4g. Não apanha em lado nenhum. Lol

  37. Strato says:

    Isto nada como ter um smartphone com uma bateria de 3300 mAh e poder usufruir de tudo ligado…

  38. Luna Wolf says:

    Então e as magnificas baterias externas, nunca ouviram falar? Na amazon compra-se uma capa com bateria por cerca de 20€, e tem se sempre mais energia quando a bateria do iPhone acabar 😉 já há muito tempo que tenho uma e já deu bastante jeito.

  39. ELIZEU JANUÁRIO DE OLIVEIRA says:

    Excelentes dicas. Parabéns pelo apoio!

  40. Até aos meus 17 anos ninguém tinha telemóveis e o 1ª que tive pesava uns 700gr. Um siemens, na altura apenas existia uma operadora, quando estou no meu Iphone5 fico feliz com a evolução e a facilidade de chegar tão longe e tão fácil a tantas aplicações… Para mim a bateria è o menor dos problemas. O preço do equipamento è mais desmotivante e o facto não existir Wifi nas cidades mesmo com um valor simbólico ou seja que se paga-se um pequeno valor pelo serviço seria uma maravilha…poder consumir todo este conhecimento e coisas giras como ter uma coisa na palma da minha mão rápida e com tal poder …è para mim dos tempos do peão … Espectáculo

    • Azeiteiro says:

      Wi-Fi nas cidades era boa ideia… mas teria de se usar uma VPN porque de outra maneira era um perigo à espera de acontecer ligar a redes WI-Fi públicas!

      Aliás, a ZON e a MEO oferecem essa possibilidade de Wi-Fi um pouco por todo o lado! A Meo, vai passar a limitar o tráfego a 200 MB a 1 de junho e depois (FELIZMENTE) barra o acesso (pelo menos não querem deixar os clientes furiosos por ultrapassar o tráfego e ter de pagar sem se aperceberem de tal). A NOS não tem tal limitação, mas como a concorrência em Portugal parece funcionar bem (piada) não deve tardar muito à NOS a colocar a mesma limitação de (curiosamente) os mesmos 200 MB de tráfego… a menos que a NOS queira realmente marcar a diferença… sem grandes custos extra reais.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.