Tutorial: Todo o processo para desenvolver uma plataforma

Por Diogo Mateus para Pplware.com

Destaques PPLWARE

44 Respostas

  1. Lino Lisboa says:

    Grande Artigo. Parabéns e mais artigos como este sobre abordagens de arquitectura de plataformas, ou mais a fundo sobre boas práticas de construção de plataformas são bem-vindos.
    Obrigado ao Diogo Mateus

  2. bola says:

    Excelente artigo os meus parabéns. Isto sim merece a pena.

  3. Line6 says:

    Estes artigos são sempre bem vindos

  4. J.Frazão says:

    Muitos parabéns. Excelente conteúdo.

  5. Miguel Machado says:

    Bom artigo. Parabéns

  6. RVO says:

    Muitos Parabéns!
    Excelente Artigo de partilha de experiencia e conhecimento.

  7. cesar_panter says:

    Óptimo Artigo.
    Continua o bom trabalho 🙂

  8. Luís Ribeiro says:

    Parabéns ao criador desta plataforma. Bom trabalho

  9. Marco B. says:

    Bom Artigo esse do onesignal da jeito!
    Precisamos de mais artigos destes.

  10. Alvegasat says:

    Nao sou cliente, mas vou dizer: MUITO….MUITO…..MUITO, BOM , a ATITUDE.
    O ARTIGO, parece-me BOM, mas nao tenho conhecimentos na matéria para AVALIAR com JUSTIÇA, mas a ATITUDE de quem o escreveu é TOP.
    Eu nao conheço a Srºa, nunca a comentei, mas apenas COMPARO , com um artigo recente sobre a APPLE, que nao quer que OUTROS mexam nos seus produtos, questões de segurança…….tretas.
    Esta Sra, deve ter perdido horas a estudar, executar, ERRAR, e no fim…DÀ tudo de BORLA, ao pessoal.
    Sim Senhora, podem nao gostar, de mim, mas eu gosto de apreciar quem merece.

    • OPortonaodorme says:

      Sra. ….??? Bem, se leu o artigo, com a mesma atenção, que detectou O Autor…deve ter sido mesmo uma confusão.
      O autor do artigo foi o Sr. Diogo Mateus. A Sra. , Marisa limitou-se a publicar na plataforma.
      O seu, a seu dono!

    • Pérolas says:

      Ainda assim, mesmo com uma “partitura” 5*, é necessário ter unhas para a executar e toca-la na perfeição, o que não está ao alcance de todos. Parabéns ao autor.

  11. Luis Henriques says:

    Excelente artigo. Continuação do bom trabalho ☺☺

  12. Filipe Teixeira says:

    Muito bom artigo. Parabéns.

  13. Ricardo Tavares says:

    Sugestão: Podiam dizer qual a ferramenta AGILE (tipo JIRA, etc) que usaram (se é que usaram alguma) neste projeto?
    Podem fazer um ranking das ferramentas AGILE mais usadas fazendo a distinção entre as pagas e as open-source.

    • Diogo Mateus says:

      Boas Ricardo!

      Neste projecto, como fui responsável por quase todo o desenvolvimento da plataforma, acabei por não utilizar nenhuma, mas se tivesse utilizado teria optado pelo JIRA.

  14. Rui says:

    São artigos destes que trazem os leitores diariamente ao pplware. Parabéns.

  15. Luis Santos says:

    Excelente trabalho.

  16. Vasco leandro says:

    Excelente artigo. Parabéns e boa continuação.

  17. Coisinho says:

    Excelente artigo e uma boa fonte de inspiração. Obrigado ao Diogo Mateus pelo trabalho e à Marisa por ter feito chegar a nós este magnifico artigo. Que venham muitos mais!

  18. Diogo says:

    Excelente artigo! Fiquei a conhecer serviços que desconhecia e que me irão ajudar em futuros desenvolvimentos.

  19. Luis Borges says:

    Parabens!

  20. Miguel Santos says:

    Muito bom, por acaso não existe repositório publico para se ter ideia da integração e etc?

    • Diogo Mateus says:

      Não existe repositório público, mas tenciono publicar algumas bibliotecas que tive de desenvolver (para o OneSignal, por exemplo). Entretanto, disponho-me a esclarecer quaisquer dúvidas que tenhas.

  21. Jeckla says:

    Parabéns pelo artigo.!É pena serem muito poucos …

  22. João says:

    @Diogo Mateus
    Sobre o uso de ferramentas cross plataform nativo nunca usei o Xamarin, mas costumo usar o Qt. Tens alguma experiência com Qt, queres partilhar um comparativo sobre os dois ?

    • Diogo Mateus says:

      Olá João!

      Não sou a melhor pessoa para partilhar experiência nesta área porque não a tenho. Mas pelas pesquisas que fiz fiquei com a ideia de que o Qt permite partilhar mais código entre as apps que o Xamarin, mas oferece uma experiência menos nativa. Corrige-me se estiver errado!

  23. Luís Soares says:

    Parabéns! Grande projeto/ideia!

  24. LoganBitor says:

    Bom artigo. É evidente que tem muito trabalho e investigação por trás do desenvolvimento de uma app séria que pretende servir um propósito e uma clientela, embora nos estejam sempre a impingir a ideia de que é fácil fazer uma app da noite para o dia e ficar rico à custa disso (normalmente escrevem livros sobre como fazê lo e não enriquecem fazendo-o). Para os sonhadores: atentem a este artigo. Hard work right here. Hope it pays off.

  25. N'uno says:

    Excelente artigo e os meus parabéns ao Diogo Mateus! Atitudes como esta são TOP! E, claro, um muito obrigado à Marisa por disponibilizar a coisa neste canal! Vamos seguir e aprender com ele, claro, e participar nas boas discussões sempre! 🙂

  26. Mario Mateus says:

    Parabéns ao Diogo pelo artigo e à Marisa pela divulgação 🙂 qualidade de topo!

  27. MJC says:

    Boa tarde,
    eu precisava de desenvolver (ou que alguém desenvolvesse) uma pequena solução para o meu local de trabalho. Pedidos de componentes a nivel interno. (pedido ao armazem) a funcionar entre 2 tablets o mais intuitivo possível.
    Alguém me ajuda?
    Obrigado

  28. PMS says:

    Óptimo artigo! Parabéns 🙂

  29. CF says:

    Boa tarde Diogo,

    Antes de mais parabéns pela excelente aplicação e pelo artigo.
    Confesso que estou a entrar na área de desenvolvimento mobile e este artigo consolidou os conhecimentos que adquiri ao longo de algumas formações online que tive.

    Porém, coloco uma questão (que poderá ser muito básica): Relativamente ao backend, vi que escolheste heruku, consegues explicar-me a diferença entre usar ou não uma solução BaaS, nomeadamente a heruku, e para que serve na realidade? Quais as vantagens?

    Isto porque estou a fazer o planeamento da arquitetura para uma aplicação mobile híbrida e queria tentar perceber se devo usar uma solução dessas e que vantagem me traz.

    Espero ter sido claro na questão 🙂

    Mais uma vez parabéns pelo artigo.

    • Diogo Mateus says:

      Boas CF!

      O heroku não é um BaaS, é um cloud platform-as-a-service. Basicamente permite-te alojar aplicações web. Utilizei-o para alojar a web app spring boot.

      Um BaaS (backend-as-service) permite-te não ter de desenvolver uma solução backend. Ficas com base de dados, API’s para leres e escreveres na tua base dados, alguns oferecem push notifications, autenticação de utilizadores, etc. Neste artigo falei sobre o Parse (que já fechou), mas tens muitas outras opções como por exemplo o Firebase, que já usei e aconselho.

      Como decidir entre desenvolver um backend ou usar um BaaS? BaaS é útil quando não precisas de processar muito os teus dados, isto é, quando apenas queres enviar dados para a base de dados e depois ler. A partir do momento em que precisas de algo mais complexo, como eu no desenvolvimento dos pagamentos, tens de ter um backend à tua medida.
      Se não for um projecto pequeno e tiveres tempo e conhecimentos, aconselho-te a desenvolver o teu próprio backend. O principal benefício de ter um BaaS prende-se com evitar o esforço de desenvolver e manter um backend.

      Espero ter ajudado, qualquer outra questão, não hesites!

      • Carlos Ferreira says:

        Muito obrigado pela excelente explicação.

        Aproveito assim para colocar mais uma questão (que poderá ser muito básica), mas no meu caso em pretendia fazer o desenvolvimento de uma aplicação hibrida com recurso às framework ionic e cordova. Nesta caso, o que recomendarias como backend?

        Para este caso especifico pretendia ter base de dados, notificações e provavelmente autenticação de utilizadores.

        Peço desculpa por colocar estas questões.

        Uma vez mais muito obrigado.

  30. João Luís says:

    Muito bom 🙂
    Venham mais 🙂

  31. vrc says:

    Bem haja. Muito bom, parabéns.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.