Quantcast
PplWare Mobile

Vídeolog Pplware – Reconhecimento automático de música

                                    
                                

Autor: Hugo Cura


  1. hmx says:

    para quê essa app se o google tem um widget que busca músicas?

  2. Telmo Viana says:

    Hmm posso estar a ser ingénuo mas parece-me que grande maioria dos utilizadores conhece o Shazam (está no top das apps) e sabe para que serve.. o que me veio à cabeça foi “um posto só para isto? o.O”

  3. Profect says:

    Prefiro o SoundHound, mas também já usei o Shazam.. e agora o próprio android já tem um sistema desses incorporado..

  4. says:

    Agora o google now faz isto e muito bem…

  5. Rui Marques says:

    E os que não conhecem, não têm direito?

    • Paulo Pinto says:

      Não, não têm.

      pplware, favor de só efetuarem post sobre aplicações que eu tenha conhecimento. Para que quero saber de aplicações que não conheço?

  6. Sam says:

    Boa tarde,

    Sou visitante assíduo do vc site que pessoalmente acho muito interessante. Por norma não comento, mas desta vez não pude deixar de reparar que na imagem principal do artigo está escrito “Reconheçe”. Pois bem está aí um erro ortográfico.

    Espero que aceitem esta crítica, como constructiva e continuem o bom trabalho!

    • Profect says:

      Boas 🙂

      Não me parece erro, isto porque acho que aquilo é o ” ´ ” do estÁs .. se não seria “Reconhece o que estas a ouvir”

      Abraço

    • Hugo Cura says:

      Sam, todas as críticas são aceites de bom grado e agradecemos sempre os reparos que levam a melhor os conteúdos.
      Neste caso concreto, discordo pois a palavra não está escrita da forma que refere.

    • guilherme santos says:

      É o assento agudo no “a” da palavra “estás”, que se encontra por baixo da palavra “reconhece”!
      Já agora, Sam, na tua frase: “Espero que aceitem esta crítica, como constructiva e continuem o bom trabalho!”, deverias ter escrito “Espero que aceitem esta crítica como construtiva (e não constructiva…) e continuem o bom trabalho”. Não há lugar ao “c” no meio desta palavra.

      • Profect says:

        Já que estamos numa de bom português.. “Não há lugar PARA O “c” no meio desta palavra.”

        :p

        • guilherme santos says:

          Agradeço o teu comentário mas penso que ambos estão correctos, depende do sentido que se quer atribuir à frase.
          Neste caso concreto, parece-me que se se escrevesse “não há lugar para o “c” a ideia seria “não haver espaço” para o “c” (o que não é, obviamente, o caso). Aqui parece-me que a ideia prevalecente é “está errada a utilização do “c”.
          Seguem 2 “links”, recolhidos “à pressa”, de entre vários outros, com exemplos da expressão “não há lugar a”:

          *http://www.publico.pt/opiniao/noticia/tem-de-haver-lugar-ao-sonho-1596212
          *http://www.linguee.pt/portugues-frances/traducao/pode+haver+lugar.html
          De qualquer modo, é sempre bom que se tentem esclarecer as dúvidas!

          Ab.º

        • See Mee says:

          Tá bonito…isto vai deixar de ser um post sobre as aplicações Shazam & TuneWiki para se falar em bom português… LOL

        • See Mee says:

          Infelizmente não consigo responder ao teu último comentário sobre o “Ta bonito”, mas tinha que te dizer que com essa não estava à espera…conseguiste com que tivesse um sorriso aqui em frente ao PC.

          É preciso gente assim…bem disposta!

          Força aí nos “posts”.

          • Profect says:

            Thanks 🙂

            btw uma questão a nível da base de dados desses serviços.. sabes como é que funciona? é que cada vez temos mais serviços com isso.. usam todos a mesma BD? se não.. qual será a nível de BD o maior?

        • See Mee says:

          Não! Cada um possui a sua base de dados… Por isso é que algumas músicas são reconhecidas por uns e por outros não.

          Cada vez que fazes um “tag” de uma música, ele tenta recolher 10 segundos e depois faz uma pequena “impressão digital” para poder efectuar o upload para a sua base de dados para comparações.

          O algoritmo do Shazam tem como das principais funções realizar espectrograma 3D, onde é identificado nessa frequência todos os picos e com mais algumas formulas conseguir elaborar uma comparação com o ficheiro enviado e a sua base de dados.

      • guilherme santos says:

        Estive à espera até agora e, nesta “onda de bom humor”, ninguém reparou no meu (propositado, juro…)”assento” agudo! Mas é melhor esclarecer antes que chovam comentários. Claro que é…
        “acento” agudo. Fiquem bem!

  7. Ricardo says:

    Hm, no windows phone há reconhecimento de músicas nativo através do botão de procura.
    Para ver letras ao mesmo tempo que a música uso o musixmatch, é bastante fixe.

  8. Vítor Hugo says:

    Porquê ter dois programas quando se pode ter só um?

    MusiXmatch

  9. elsaldanha says:

    O wp8 tem esta funcionalidade incorporada ba ferramenta de pesquisa. E não podia ser mais simples: bastam dois toques e temos o sistema a identificar aquela música que está no ar.

  10. Nuno Vilaça says:

    Se eu estiver a ouvir a musica a partir do mesmo telemovel, tambem funciona?

  11. rodrigo says:

    Só falta mesmo um reconhecimento de filme por falas ou contar um pouco a historia isso era brutal assim saberíamos o nome do filme 🙂

  12. Gato Guga says:

    SoundHound Pro é melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.