PplWare Mobile

Gmail – Desligar o Google Buzz


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

31 Respostas

  1. André says:

    esta gente aproveita qualquer coisa para aparecer!

    ainda que possam ter razão, pediam para desligar…ainda estava em beta!

    tenho dito,

    abraço

    • Vítor M. says:

      Sim dou-te razão, mais ainda sendo o povo americano e as suas manias de perseguição. Não obstante, devo também admitir que o Buzz apareceu de forma invasora… e tudo o que ande nessa patamar, ligado aos endereços bem no miolo do correio electrónico, é suspeito. 🙂

  2. Ganondorf says:

    OFF-TOPIC: Desculpem eu perguntar mas tenho ideia de ter havido um post sobre sniper bidding aqui, no pplware. Caso tenha havido, sabem me dizer qual era?

    Cumps.

  3. Artur says:

    Boas,

    De facto a invesão de privacidade é um elemento chave que nos permite andar anónimos ainda num mundo tão exposto com certas redes sociais.

    O que não faz sentido é o porquê de dizer-mos no inicio que não queremos e depois automaticamente fica em activo na nossa conta.

    É como uma lista de contactos de telemóvel, não andamos por ai a dar os contactos pessoais/profissionais a todos e mais alguns…

    Cumps

  4. mcosta says:

    OMG reviws pls

  5. Jose says:

    A Google está cada vez pior, no que toca a privacidade.

    • says:

      Se queres fazer algo que não queres que se saiba, talvez não o devas fazer… (palavras de alguém da Google)

      • Jose says:

        Não tenho nada a esconder, mas quando se cria uma conta no google, tem um contrato, e a Google não o anda a cumprir, se foram acusados é bem feita. Por mim o unico lugar onde tenho conta da google é no youtube, mesmo assim não tem nada de especial lá.

  6. Blizard says:

    Infelizmente não chega esses passos…

    “Kill Buzz Dead

    Gone through all this and still don’t like what Buzz has to offer? You’re not alone. Unfortunately, truly getting rid of Buzz takes some doing.

    This link will turn off Google Buzz, but you’ll need to do more to kill it completely.You can disable Buzz by scrolling down to the bottom of your Gmail page and clicking the tiny turn off buzz link, but that won’t get rid of it completely–you’ll still have followers and connected sites, you just won’t see them from the Gmail page. (Logging in through the mobile Web app, for example, should still work fine.)

    Before you eliminate Buzz entirely, you need to go through a few steps. From the main Buzz page, click the Following X People link and unfollow everyone; then click on the X followers link and block everyone. Next, you need to delete your Google Profile: Go to Google Profiles, select View My Profile, Edit profile, scroll down to the bottom of the screen, and select Delete profile.

    Once you’ve done that, disable Buzz from the Gmail window. You’ll have successfully killed your Buzz.”

    Retirado de: http://www.pcworld.com/article/189249/how_to_use_google_buzz.html

  7. Garanto que já andava há procura de algo do género. Utilizo redes socias, mas agrada-me poder ter mais hipoteses de restringir o que o resto do mundo consegue ver da minha intimidade.

    E nesse aspecto o buzz, talvez por ainda estar verdinho, deixa muito a desejar pelo que em cima está explicado.

  8. Armando says:

    E que Faz ao certo aquele: “Desactivar totalmente o Google Buzz” com um sinal manhoso?

    Alguém já lá clicou?

  9. L.Mata says:

    É com cada tiro no pé… xiça. Quem os viu quem os vê.

  10. d05 says:

    O twitter é melhor. Ainda bem que a google fez o buzz é sinal que já não compra o twitter.

  11. Alguém says:

    Este sistema de comentários é muito estranho… Publiquei uma resposta e reparei que o formulário ainda estava pronto para outra resposta ao mesmo comentário.
    Cliquei em cancelar, porque não queria responder novamente e desapareceu a resposta que tinha…

    Respondi outra vez e apareceram duas.
    Queria eliminar a última, cliquei em “cancelar” e desapareceram as duas…

    Escrevi uma terceira e última vez e apareceram três comentários.
    Acho melhor eliminá-los todos e cliquei em “cancelar”, quando nenhum deles foi eliminado.

    Agora ficaram três comentários idênticos e não posso “cancelar” um único.

  12. João Campos says:

    Tenho a dizer que o Buzz foi a pior decisão que a Google tomou nos últimos anos. É tão óbvio que este Buzz não tem capacidade para concorrer com os já existentes. Se tivesse sido há mais tempo… Prai 2 anos.

  13. Eu acho que por defeito o google buzz deveria estar desactivo, e só quem quisesse activar o fazia.

    E quando activa aceitava os termos do buzz, do tipo “aceito partilhar os meus contactos…”

    Acho que seria a solução ideal.
    Mas o google é o google e lá saberão porque fizeram assim certo?

  14. Miguel Oliveira says:

    Provavelmente, durante o teste interno que efectuaram, pensaram que isto era muito útil e que teria um sucesso imediato.

    Realmente foi um grande tiro no pé porque as pessoas não gostaram do serviço.

  15. constantino says:

    Acho que o tutorial está incompleto. a opção escolhida apenas faz desaparecer o icone da página do gmail, mais nada (está lá escrito na descrição).
    Acho que a melhor opção é DISABLE GOOGLE BUZZ. Assim desactiva completamente o Buzz e todas as suas funcionalidades.

  16. Glink says:

    Obrigado, já me livrei do buzz!

  17. logotipo says:

    O Buzz pode ter aparecido duma maneira inovadora, mas também acho que foi invasor demais. O facto de as pessoas precisarem pesquisar e ler um post sobre como se livrar do Buzz no Gmail é prova disso. E depois há aquelas questões da privacidade e assim… e o logotipo do Google Buzz faz-me lembrar o do UNO…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.