PplWare Mobile

Dica: Como enviar fotografias no WhatsApp sem perderem a sua resolução original


Autor: Pedro Simões


  1. Elkido says:

    Muito boa dica… costumo enviar vídeos grandes pelo WhatsApp Messenger porque no Facebook Messenger só consigo mais pequenos

  2. Rafael Freitas says:

    Excelente dica, obrigado.

  3. PGR says:

    Obrigado Pedro.

  4. Francisco Ricardo says:

    Muito bom, obrigado

  5. Tomaz says:

    Esta opção é apenas para Android, não dá em iOS, correcto?
    Se assim for, o título da noticia deveria ser corrigido passando a explicitar que apenas trabalha em Android.

    • Rafael prado says:

      Funciona em iOS, o procedimento é similar. Testei em meu iPhone 7 plus

      • Tomaz says:

        Como acedeu ao “Camera Roll” ?
        Eu só vejo as seguintes 3 opções em Locations:
        – iCloud Drive
        – On My iPhone (2 ou 3 pastas de alguns programas que nada têm a ver com fotografias)
        – Recently Deleted

        iOS 12.4

  6. Rafael prado says:

    Cuidado, porém, com vossa privacidade! Ao enviar desta forma, os dados EXIF presente nas fotos (tais como localização GPS, entre outros) serão enviados ao destinatário. Ao enviar pelo modo convencional, apesar da resolução ser alterada, o Whatsapp remove todas informações EXIF das fotos para preservar sua privacidade. Ao enviar desta maneira, sua privacidade pode ser exposta, caso tais dados estejam presentes na fotografia (algo por padrão adicionado em fotos feitas por smartphones)

    • Luís Ramos says:

      Vcs com essa mania da perseguição. Os dados exif não tem grande informação são coisas como posição da fotografia, se tem flash, o tempo de exposição. A informação mais pessoal que se encontra é a localização e a direção em que a foto foi tirada.
      E o que é que interessa para as pessoas saberem que tiraste uma foto em x sítio?
      Entendo a parte de proteger a privacidade mas há coisas que são um exagero. Até parece que vai andar alguém atrás de vocês pra saber onde vocês andam ‍♂️

      • Pedro Sousa says:

        Cuidado… A informação EXIF que falas é a mais básica e que está acessível normalmente.
        No entanto tens centenas de campos EXIF que não são mostrados em programas normais mas vão na mesma nas fotos…
        Não que isso seja ou não um problema, mas o EXIF a que normalmente tens acesso é só a ponta do iceberg…

  7. PABLO ALESSANDRO BIANCHI says:

    Eu prefiro criar uma pasta compartilhada no Google fotos. Assim meus amigos recebem o álbum todo em alta resolução!

  8. José santos says:

    E os vídeos sabem

  9. Pedro Sousa says:

    O problema é a resolução ou a qualidade?
    É que as últimas que eu mandei pela via normal não mudaram a resolução mas foram comprimidas e perderam qualidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.