Quantcast
PplWare Mobile

Tags: crédito

Cuidado, iOS 13 tem falha que revela dados do cartão de crédito dos utilizadores

Não tem sido fácil o caminho do iOS 13. A Apple parece ter lançado esta versão do seu sistema operativo móvel de forma apressada e com muitos erros presentes. Estes têm-se revelado e poderá ser a próxima versão a tratar destas questões.

Depois de vermos falhas nesta versão do iOS, surge agora uma ainda mais grave. Relatos recentes mostram que o iOS 13 tem uma falha que revela os dados do cartão de crédito dos utilizadores.

iOS 13 cartão crédito Apple iPhone


OnePlus – Fraude nos cartões de crédito afeta até 40 mil clientes

Depois de alguns relatos de fraude com cartões de crédito após pagamentos na loja da OnePlus, a marca chinesa iniciou uma investigação para perceber a origem destes incidentes.

Alguns dias após a identificação do problema, a OnePlus já descobriu as causas desta fuga.

oneplus-5t-pplware


Alerta: É possível descobrir dados de um cartão Visa em segundos

Os sistemas de pagamentos usados na Internet assentam na sua maioria em cartões de crédito, por serem aceites de forma global. A segurança destes é elevada e têm elementos que a garantem, conseguindo assim não ser comprometidos de forma simples.

Mas uma investigação feita por uma equipa da universidade de Newcastle vem deitar por terra esta segurança e garante que os dados de qualquer cartão Visa podem ser obtidos em apenas 6 segundos.

cartão Visa


Skype oferece videochamadas de grupo gratuitas por 12 meses

O Skype, ainda antes de ter sido comprado pela Microsoft, e se ter tornado o centro da sua rede de IM, tinha um conjunto de ferramentas adicionais à sua função básica. Estas estão reservadas aos clientes Premuim e é parte do seu modelo de negócio.

Mas o Skype, ao abrigo do Collaboration Project, está a oferecer chamadas vídeo de Grupo gratuitas.

skype_0


Ataque à Adobe maior que o esperado: 38 milhões utilizadores

No início deste mês a Abobe alertou todos os seus utilizadores para um problema de segurança que afectou a sua rede. Mais de 2.9 milhões de clientes viram os seus dados serem retirados da Adobe, sem que a empresa conseguisse evitar essa situação.

A Abobe agiu de imediato, alterando as palavras passe desses utilizadores, mas a situação era irreversível. Muitos dos dados obtidos era informação bancária dos clientes, bem como números de cartões de crédito.

Mas ao investigar esta intrusão a Adobe estima agora que o número de clientes afectados é muito maior. Dos 2.9 milhões esse número subiu agora para 38 milhões.