PplWare Mobile

Como obter qualquer versão do Windows e Office…gratuitamente


Autor: Pedro Pinto


  1. GM says:

    Portanto, “Como obter qualquer versão do Windows e Office…gratuitamente”, é ilusório, ou percebi mal? No final do artigo, é dito “Depois, para que tudo fique operacional, é só registarem o produto com uma chave válida.”. O que significa que a chave de produto terá de ser adquirida, certo?
    É que estava a achar “fruta” a mais, a MS oferecer os SO e OFFICE sem pagar. Habitualmente, compro os produtos, seja de forma física, seja a chave, fazendo o download das aplicações e registando posteriormente com a chave.

    • Pedro Pinto says:

      Não percebeste mal. Obter gratuitamente. Depois é preciso a chave. Em vez de andar a sacar este tipo de material em sites ilegais, tens aí uma forma segura de o fazer…e até consegues aceder às versões Insider.

    • zé tuga says:

      querias dado e arregaçado, não é preciso ser nenhum génio que o artigo se referia apenas ao donwload do software gratuito e não das respectivas licenças que são adquiridas fora parte a pagar…

    • Nuno José Almeida says:

      Para ajudar o GM mais um bocado, o título correcto tendo em conta o conteúdo seria:

      Como obter qualquer versão OFICIAL do Windows e Office

      • Vítor M. says:

        Não, como está está corretíssimo. Até porque o que está demostrado é como se descarrega este software e se usam ferramentas estratégicas para permitir uma melhor utilização. O resto, fruto da imaginação, não é o que estava destinado. São ferramentas e links úteis para os fins a que se propões a informação. 😉

        • Carlos Sá says:

          Não concordo com o título e pareço não ser o único. Da forma como está escrito induz a ideia de que se obtêm agora “gratuitamente” algo que dantes não o era (de onde se entende que se centra a pertinência da notícia). Eu sempre consegui descarregar gratuitamente ISOs com o Windows para um período experimental. Mas depois ou pagava por uma licença, ou fazia-o por rede.
          Em todo o caso o título não é de todo o melhor.

          • Vítor M. says:

            O titulo está correto, pode não ser o melhor mas nunca ninguém conseguirá fazer algo que agrade a gregos e troianos, isso é garantido. Se viram (os vossos olhos) algo diferente, como (descarregar de gratuitamente o Windows licenciado e o Office com chaves à borla) isso já é a interpretação livre de cada um. Então os exemplos comparando isto com os carros é do além 😀 😀 😀 é que este download gratuito permite usar sem pagar, basta ter um sistema operativo mais antigo elegível para update (mas é outra coisa que os autores dos exemplos dos carros não conseguem vislumbrar, deve ser do sol) 😀 fora isso, tem ferramentas e guias práticos sobre o assunto incluso, colocar o sistema operativo numa PEnUSB para, por exemplo, instalar em várias máquinas ou numa situação onde só dessa forma seja possível correr o SO.

            Antes a Microsoft não disponibilizada os downloads desta forma, mesmo já o fazendo à algum tempo, para muita gente (como vimos nos comentários) é algo novo e basta um aproveitar para fazer todo o sentido o escrevermos e nunca em caso algo os outros, os que dominam tudo, nos condicionaram a não o fazer. Porque basta um precisar e pelos vistos foram dezenas ou centenas a usar estes links que disponibilizamos 😉

            Obrigado Carlos Sá o seu comentário e critica.

    • Paulo Portas says:

      Portuguê é sacana 😀

  2. zé tuga says:

    muito bom dá muito jeito…

  3. Luís says:

    Uso profissional permitido?

  4. PG says:

    Então mas a chave válida para registar, não tem de ser comprada?

    • zé tuga says:

      evidentemente que tem, esperavas que fosse gratuita, tens o download do software gratuito e funciona, mas para ter windows e office a funcional totalmente em pleno e não capados, tens de comprar uma licença válida…

    • André Meireles says:

      Sim, mas neste caso tens acesso ao .iso da versão que queres (por vezes com a ferramenta da microsoft descarrega uma versão mais antiga) sem ter que correr riscos a sacar de sites manhosos! Com a versão insider penso que nem sequer é preciso chave para registar, já que passas a ser um beta tester…

    • Ricardo Freitas says:

      Sim, tem.
      Mas, software é uma coisa, a chave de registo do produto, é outra coisa 😉

  5. Paulo Correia says:

    “Depois, para que tudo fique operacional, é só registarem o produto com uma chave válida.”
    Ok, e como é que se obtém essa chave válida?
    Agradeço desde já a informação.

  6. Paulo Coelho says:

    Obrigado pelas ferramentas, vai-me ajudar muito na empresa, mesmo na horinha.

  7. DGR says:

    Realmente é uma forma mais “saudavel” de se sacar os SO e o office. A key dos produtos depois arranja-se facilmente.

  8. Hugo Gomes says:

    Fogoba gajos que nao percebem um chavelho. Quem quer chaves do windows e offices vai a Net comprar ou lojas de Informatica. Quem quer iso e tem alguma chave do windows ou Office e nao tem nenhum cd deles vai a estes sites e pode tirar qualquer versão de forma oficial. Como se tem a ferramenta para tirar o win 10 também tem tambem o creation media tools para tirar o win 8. Mas com o win 7 ja nao era assim. Agora a,malta quer o Windows ou Office oficial com a chave oficial de borla. Peçam ao pai natal talvez ele tenha la umas dos pcs das renas

  9. Guilherme says:

    Pedro Pinto, até tu! Entrando na onda dos posts para chamar leitores e engajarem em discussões. Isto tem funcionado muito em toda internet e funcionou aqui também 🙂 Parabéns!

    Todos sabemos que não existem Softwares como Windows 7, 8, 8.1 e 10 ou então Office 2007, 2010 , 2011, 2013, 365 ou 2016 Gratuitos. (Salvo outras versões) .

    A chave de registro é OBRIGATÓRIA! SEMPRE!

  10. Jorge Cunha says:

    Com tudo isto ainda há alguém que não fique “apaixonado” pela Microsoft?

  11. ABC says:

    Ou seja obtens o software gratuitamente e totalmente funcional durante 30 dias (não tenho certeza do tempo). Depois passa de gratuito a pago porque terás que adquirir a chave para continuar a usá-lo.
    Mais um titulo engraçado…

  12. Asdrubal says:

    E assim é que deve ser!
    Uma forma de combater a pirataria e o malware, e com preços acessíveis para os serials, torna tudo mais fácil.

    Em termos de office, os preços deviam ser mais acessíveis, uma vez que existem já diversos dispositivos numa mesma habitação. E eu pessoalmente não gosto das versões 365.

  13. TekMan says:

    Atenção, o executável “Windows ISO Downloader” NÃO é um programa oficial da Microsoft.
    E como não usei, não sei se a transferência das ISOs é feita de forma transparente dos repositórios da Microsoft.

  14. Correia says:

    O Windows é sempre a sacar, nem ligo quando aparece este tipo de isco…

  15. Francis says:

    O Win7 que esta para sacar é a ultima versão de todas?

  16. Novidades says:

    Esta é a alternativa melhor a quem confiava o download das ISO Microsoft antigamente a partir da página da Digital River

  17. Rui Marques says:

    Onde posso adquirir a chave?

  18. José Rodrigues says:

    E para win server e restantes produtos?

  19. Pedro says:

    No ScdKEy pode-se comprar barato. é tudo online
    https://www.scdkey.com/sk/ValidMSKEY

    • Jose says:

      Já compraste nesse site?
      É seguro e as chaves funcionam?
      è que se der algum problema não temos onde reclamar (vamos reclamar ao “Totta”, como se costuma dizer)

  20. Alessandro says:

    Em suma, para quem comprou a chave do windows ou office o download oficial vem sempre no e-mail por isso para quem compra o software de forma legal tem sempre o download de forma legal e gratuito.

  21. luizlmarins says:

    O título seria melhor assim … COMO BAIXAR QUALQUER VERSÃO ORIGINAL DO WINDOWS E OFFICE …
    Do jeito que foi feito tem se a impressão vem com licença grátis.

  22. Diogo Ferreira says:

    eu comprei windows 10 pro, será que a chave da para windows 7?

  23. Fernando says:

    Nada a ver… toda a gente faz isto ja desde q saiu o windows 10

  24. joao terra says:

    é uma optima ferramente, já utilizo esta ferramente para instalar qualquer versão do windows, é mais pratico que a creatontool´s

  25. Renato says:

    Por acaso a MS em algum lugar cobra os download??
    Claro que não!
    Os downloads são sempre gratuitos. O que é cobrado é a licença.

  26. Komodoro says:

    Isto já parece aquela velha questão que levanta algumas discussões que tudo o que é Open Source é automaticamente free (as in free beer). Para isso existe a denominação FOSS. Boa cena e bom artigo. Acho que a Microsoft nunca disponibilizou os sistemas operativos pelo medo. Agora devem tar a fazer milhões com o Azure e lá algum gênio do GitHub lhes deve ter ensinado como é que podia ganhar mais e deixar de “vender” pacotes com cd’s e/ou keys de download pro site. Elevam a fasquia, do lado deles, para a segurança do utilizador de certa forma como a sua também.

  27. ruca says:

    Blablabla mentecapto para aqui mencapto para ali, tal como quem escreveu o artigo, pois no final da conversa só interessa uma coisa TEM DE SE COMPRAR A CHAVE. Espectáculo

  28. Afonso Gonçalves says:

    Tanta coisa e logo as versões que eu queria (Windows 10 Enterprise e Office 2016 Professional Plus) não estão disponíveis…

  29. Helder Coelho says:

    Para bem ser, era permitir baixar o XP Sp3 também.

  30. fakir says:

    Na amazon.es por 6(seis) euros compra-se o Win10 e mais seis euros o Office 2016, com chaves e ativações da Microsoft.

  31. Nuno Serra de Almeida says:

    Se anunciam software gratuito não podem dizer ” Depois, para que tudo fique operacional, é só registarem o produto com uma chave válida.”.

    Não podem chamar gratuito a um software que necessita de uma licença para ficar legal. Também há imensos sites que oferecem GTA, CoD, Photoshop, etc. de forma tão gratuita como a Microsoft, e só depois pagar uma chave para ficar legal.
    É a mesma história de quando começou a TDT vários operadores de TV tinham anúncios disparatados onde diziam e tinham escrito “4 canais gratuitos por 4,99€ por mês.” (Realmente isto ainda era mais grave, eles ofereciam uma coisa gratuita, os 4 canais de sinal aberto. Muitos velhotes caíram na esparrela.)

    • Vítor M. says:

      Poder pode e faz sentido. Vamos imaginar que tens uma chave válida do Windows 8. Ainda podes descarregar esta versão do Windows 10 e fazer o update. O Windows 10 é gratuito porque tens uma chave do 8. Daqui a algum tempo já não o poderás fazer, deixa sim nessa altura de ter esta componente. Por isso, sim, está correto o título.

      • A. Martins says:

        Bom dia Vitor,
        Estou a tentar este software no Windows Vista (não sei se é disso) e depois de selecionar o iso que quero (neste caso Windows 10) na caixa “select Edition” não deixa fazer nada!! Será que pode dar uma dica para resolver!?
        Obrigado.

  32. Esperançado says:

    Não será uma forma da Microsoft para saber quem fez o download dos produtos???

  33. Diogo Ferreira says:

    alguém pode disser se a chave do windows 10 pro da para windows 7?

  34. luis manjerico says:

    e preciso chave vai te lixar pedro pinto para a proxima pense e depois escreva

  35. Henrique says:

    Como posso conseguir uma chave valida sem compra um CD

  36. Santos says:

    Dá para corrigir seu link do techBench, pois ele não leva a download algum?
    Eu tenho este que funciona: https://tb.rg-adguard.net/index.php
    Pelo menos vai direto ao assunto aqui falado.

  37. hilda says:

    boa tarde.
    eu chego a conclusão que não existe pacote office grátis.kkkkk
    kkkkk

  38. Afonso says:

    Boas
    Eu tenho um Lumia Microsoft 535 que tinha instalado o Windows 8.1 em que usava o oficce, permitindo escrever, salvar, etc.
    Atualizei o telemóvel para Windows 10, já que cada dia perdia acesso a uma aplicação e agora só me permite visualizar os documentos em oficce que tinha no telemovel, não me deixa editar(escrever), para isso disse que tenho de adquirir o oficce 365. É mesmo assim? Para além do telemóvel ficar muito lento ainda fiquei sem acesso ao oficce? Alguém me ajuda a contornar esta situação?
    Obrigado

  39. Fernando Lopes says:

    O título é claramente enganoso. Depois, a justificação para o titulo é capciosa. Dessa retórica estamos fartos. Efetivamente, o que é pensado inicialmente pelo leitor é que pode obter um produto da Microsoft de forma legal e gratuita, sem necessidade de ter de comprar absolutamente nada, designadamente uma chave. Vir fundamentar o engodo com a ideia da descarga asséptica de sites fidedignos é tola, porque isso, para o caso, é irrelevante. A generalidade dos produtos, de um modo de outro, pode ser obtida diretamente de sites da Microsoft, precisamente comprando-os e descarregando-os. Que vantagem se retira de descarregar produtos com o Windows ISO Downloader sujeitos a registo posterior? Que se ganha, diferentemente de fazê-lo de outro modo?

  40. António says:

    Depois gravo a imagem num dvd? Ao instalar não me pede a chave?

  41. Luiz L. Marins says:

    Ele não baixa em português brasileiro …

  42. Paulo Magalhães says:

    Na minha opinião o titulo é enganoso, mas não há problema, a ativação de um e outro é a coisa mais fácil de fazer…

    • Vítor M. says:

      Como assim enganoso? 🙂

      • Fernando Lopes says:

        Bom, creio que não seja necessário convocar o léxico para explicar, mais do que já o foi no meu comento, o sentido de enganoso, pelo que remeto para um qualquer dicionário online a verificação. Não há, para mim, nenhuma hesitação em classificar de ardiloso, falaz, o título, que promove e aguça primeiramente o apetite do leitor, para depois, em jeito despudoradamente cândido, rematar, num último curto parágrafo, que para completação e validação do processo basta adquirir uma chave e registar, o que é um desconcerto. Ou o artigo é para ignorantes – e não seria preciso acrescentar “gratuitamente”-, ou, não o sendo, piora e intensifica o artifício, já que até as explicações supervenientes veiculadas mais não fazem do aprofundá-lo, conquanto com inovação cavilosa (tal como “ferramentas estratégicas”, creio que a expressão é de sua lavra). Ora, em vez de uma retratação, V/Exas. tentam justificar-se – mal, do meu ponto de vista – repisando a ideia do acerto e genuinidade das parangonas. Um título correto deveria evidenciar algo assim: “como obter legalmente qualquer ISO do Windows ou Office sem registo prévio”. Não seria tão apelativo, não é? Mas evidenciaria o desígnio a que se propõem com o artigo, ou não seria? Em vez da realização de descargas de ficheiros piratas às cegas, ao menos as descargas sê-lo-iam adequadamente e legítimas. Porém, o meu propósito com a observação inicial foi desportivo, de passagem, já que tinha vindo parar ao V/site quase acidentalmente (procurava uma determinada ferramenta), tal como vim agora – e comecei a lembrar-me de ter então debitado um comentário. Eu não uso – à exceção de no trabalho – produtos da Microsoft; desde há alguns anos que apenas utilizo distribuições gratuitas de sistemas operativos Linux. Portanto, aquilo para que serviria o artigo pouco me interessou, senão mesmo a semântica díspar entre o título que classifico como engodo e o conteúdo.
        Cumprimentos.

        • Vítor M. says:

          Boa tarde Fernando. Não, nada disso, é o seu julgamento totalmente desfasado da realidade. Mas não vou explicar mais do que foi explicado, visto que muitas pessoas utilizarem a ferramenta deixada para usar gratuitamente o Windows e o Office dentro do período trial disponível. Cumprimentos.

          • Fernando Lopes says:

            Boa tarde.

            Eu só me ative, no essencial, ao texto do V/artigo e ao sentido das palavras ali plasmadas, exercitando-me em considerações em torno delas. Se algum “julgamento” houve, decorreu do que topei inicialmente como um sofisma com o título. Apenas isto. Não desclassifiquei a ferramenta e aceito a explicação do seu uso, com que topei após o meu comentário inaugural, Não tenho dúvidas de que seja proveitosa. Mas está bom de ver que isso não foi o mote dos meus comentários, senão mesmo, e repito-o e friso-o, a divergência de significação entre o título do V/artigo e a substância conclusiva do texto. Se quisermos, formalmente. Agora, quando vem dizer que o meu julgamento é TOTALMENTE desfasado da realidade, importaria que, com a acusação, entregasse logo a justificação, o que não fez. Não só é eticamente reprovável imputar a outrem características sobre o caráter e faculdades sem argumento, como é, outrossim, deselegante, no mínimo. Por isso, para a próxima, aconselho-o vivamente que, ao julgar a perceção de outros interlocutores quanto à realidade, venha munido de instrumentos demonstrativos daquilo que aduz, estabelecendo nexos de causa e efeito atendíveis, isto é, fundamentando prontamente o que adjudica a este ou àquele: “por isto e por aquilo, porque, etc”. Senão, não se é consequente.

            É claro que isto já nada tem a ver com a matéria primeira que motivou a minha chegada a este espaço, tendo esta entrada até este ponto da escrita um tom altamente marginal, lateral. Todavia, é sob o manto do escrúpulo que aqui, derradeiramente, pespego estas palavras.

            Cumprimentos.

            Fernando Lopes

            P.S. – Agora, outra afinação. Não sei se a realidade em mente não teria sido atrair através do título potenciais interessados de uma determinada maneira em produtos Microsoft, título escusado depois no texto com uma dada aparência assética de legitimidade relacionando-a ao registo com chave válida, mas tendo-se, de facto, em vista relevar mesmo um aspeto daquele título – gratuitidade – para evidenciar um recurso que, no fundo, pode equivaler, de algum modo, a um truque, um contorno, para obter produtos extrapassando o mero teste ou aquisição de chave válida posterior; aliás, o registo prévio na Microsoft não tem peçonha (talvez por isso, alguns comentadores mais afoitos até viram, porventura realisticamente, interesse, uma vantagem em sacar uma ISO limpa, para tratarem depois por outros meios da ativação… de que alguns se gabaram de ser o mais fácil…!). Pois, o trial dos produtos que não se conhecem ainda não deixa de ter o seu benefício, é verdade…! Mas isso não se consegue farejar no corpo do artigo aqui em debate, surdindo agora intempestivamente, ainda que, obviamente, essa vertente fosse dedutível do próprio artigo, sem qualquer necessidade de explicitação antecedente. Contudo, e por fim, não encontrei em nenhum comentário qualquer feedback do uso “gratuito” do Windows e do Office dentro do período trial disponível, pelo que infiro que sejam V/Exas. então confidentes desses utilizadores, ou disponham de alguma linha especial para esses casos. Parece-me, sinceramente, caro Vítor M. que usa extemporaneamente um expediente argumentativo para dar alento serôdio ao título em crise. Ou seja, ao “gratuitamente”. Pois alguém tem atualmente dúvidas de que um trial seja gratuito?

  43. Luiz L. Marins says:

    Corrigindo minha fala anterior, equivoquei-me quando disse que “não baixa em português brasileiro”. Diferente do que disse antes, o Windows 10 tem sim esta opção. Estava, de fato, a falar do Windows 7.

  44. Hildelberto says:

    Solicito a vossa ajuda para a seguinte questão sff.
    Adquiri novo PC sem drive CD/DVD e pretendo instalar o meu Office casa e estudantes 2007 que comprei á já algum tempo mas não consigo encontrar em nenhum lado esta versão Office 2007 nem mesmo na solução que apontam.
    Previamente grato

    • GM says:

      Boa noite,
      No artigo é mencionado que com o MS ISO se pode obter o OFFICE 2007. Essa menção está sensivelmente a meio do artigo:
      “Ao nível do Office podemos obter o:
      Office 2007
      Office 2010
      Office 2011 para Mac
      Office 2013
      Office 2016
      Office 2016 para Mac”.
      Devo dizer que não experimentei, pelo que não sei se funciona.

  45. Hildelberto Santos says:

    Obrigado pela sua pronta resposta.
    Não funciona porque no MS ISO não aparece office 2007 mas sim só de office 2010 para diante até ao 2016.
    Se tiver algum site fidedigno onde possa descarregar o office 2007 casa e estudantes agradeço a indicação, tenho o cd e a licença mas o PC não tem drive CD/DVD.
    Cumprimentos
    Hildelberto

  46. luis says:

    Eu fiz o download logo qd sai o artigo , o Windows e genuíno, e nunca mais tive problemas

  47. luis says:

    Quanto ao Office 2007 saquei a versão de 2007 (Office enterprise) em ficheiro ISO e nunca tive problemas, ainda hoje o descarrego sem problemas tanto em português, português e em inglês, . O Windows 10 faz -me o update do Office e nunca detectou que e falso. Saqueio-o e saco do Pirate basy, o velhinho Pirate bay que ainda funciona na perfeição e preciso e saber encontrá-lo.

  48. Vitor C. says:

    Boa tarde, preciso de um office 2010 professional plus – português de portugal – versão original da Microsoft – e já não consigo tirar diretamente.
    Alguem tem algum ISO que posso colocar online com uma versão original da Microsoft?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.