PplWare Mobile

Joomla! 1.5.9 Vatani


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. É uma “estrutura modular” (por módulos) e não uma “estrutura modelar” (por modelos) 🙂

    Bom artigo. É algo que podem instalar no alojamento gratuito da WebLive – http://www.weblivehosting.net 😉

  2. Muito bom post aliás como é costume.
    Ja uso o Joomla ha muito tempo e recomendo vivamente.

  3. n3XXuS says:

    Se quiserem uma boa alternativa para uma plataforma gamer têm o webSPELL ou o Nuked-Klan.

  4. Jorge Moreira says:

    Um CMS semelhante é o Drupal. http://www.drupal.org.
    Conta já com uma lista considerável em módulos e themes. Já fiz um site com o Drupal versão 5.x e funciona 5 estrelas. Em termos de segurança, a equipa do drupal vai lançando correções. Como é um CMS bastante usado o suporte é bom. Drupal agora na versão 6.x.

  5. Offtopic
    Existe algum addon para Firefox do género do Inprivate do IE8?
    E com se faz para enviar um atalho para o Ambiente de Trabalho com o Firefox?
    Desculpem estas perguntas mas mudei só agora para este browser.
    ___________________________
    http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/

  6. RwR says:

    Já trabalhei (brinquei 😛 ) com o Joomla há algum tempo, e na altura era diferente mas não deixava de ser muito bom. Para quem quer criar uma página mas não percebe nada daquilo, usa uma coisita destas e fica muito bem servido 🙂 E tem muitas extensões que só o fazem mais interessante.

  7. Paulo Pereira says:

    Desafio para viciados web: conseguem identificar os 7 browsers representados nas imagens? E não estão cá todos mas coloquei dois menos conhecidos e que provavelmente serão os vossos futuros browsers (e não são apenas browsers, são um mundo à parte). Mais tarde farei artigos sobre eles… mas vamos a ver que é que os usa (estou a falar do 1º e do último ecrã). Um rebuçado ao primeiro que acertar!

  8. Paulo Pereira says:

    Jorge Moreira: por isso listei logo os CMS concorrentes… e pela ordem de relevância de concorrência (não significa de qualidade):
    “Os seus principais rivais dão pelo nome de Drupal, CMS Made Simple, XOOPS, SPIP, e107, TYPO3, phpNuke ou Plone.”

  9. Blizard says:

    Digo apenas isto…
    Vejam como é feito o site de uma das grandes empresas portuguesas…

    http://www.critical.pt/administrator/

    http://truquestelemoveis.blogspot.com/

  10. Paulo Pereira says:

    @Blizard
    o link a indicar é: http://www.critical.pt/

    Esse endereço é a entrada de administração para o site. E não existe nenhum problema em ter essa entrada acessível ao exterior!
    No entanto é pena (e menos seguro) que ainda utilizem o Joomla na versão 1.0 .. e ainda por cima não seja a versão portuguesa.. mas não é de admirar já que quem o construiu é uma empresa inglesa!

  11. BESTCINE says:

    Muito bom post… Eu pessoalmente prefiro o WordPress, mas não deixa de ser uma boa alternativa…

    Abraço,

    ———-

    http://www.best-cine.com/

  12. Podem instalar também ( sem ser no weblive) no x10hosting.com que oferece mais espaço em disco (300 mb) sem publicidade .. entre muitas outros serviços similares …

  13. @Miguel Marinho

    Põe o link completo para as pessoas poderem clicar: http://www.x10hosting.com

    Parece-me uma boa alternativa sim senhor. O único “drawback” que vejo é ser inglês (não sei como é o suporte) e ter o tráfego limitado a 10GB, mas também tem quase 10x mais espaço em disco e usa o cPanel (para algumas pessoas parece que é um factor preferencial).

    Como tal, as pessoas devem analisar e escolher o que mais se adequa a elas, mas o nosso público-alvo (da WebLive), como já foi referido, não são as pessoas que procuram o máximo (espaço em disco) sem pagar nada, mas quem está disposto a pagar uma relativa ninharia por um excelente serviço, com um suporte que é constantemente elogiado, entre outras vantagens que só quem experimenta conhece.

  14. António Coutinho says:

    Paulo Pereira,

    Konqueror e Epiphany?

  15. vitor says:

    Utilizo o SilverStripe em http://www.silverstripe.org que também aconselho vivamente a testarem.
    Cmps

  16. Klassified says:

    @ Paulo Pereira

    O site da Critical Software não está em Inglês por ter sido feito por uma empresa inglesa. O site anterior, feito em OpenCMS por colaboradores da Critical, também já estava em inglês.

    Está em inglês porque é um website internacional para ser lido por toda a gente. Se reparares, o endereço http://www.criticalsoftware.com/ e muitos outros vão dar ao mesmo site.

    Os únicos diferentes são o http://www.critical-software.co.uk/ que é o da Critical Software Technologies (site da Critical em Southampton) e o http://www.criticalsoftware.ro/ (site da Critical na Roménia).

    Cumps.

  17. Paulo Pereira says:

    BESTCINE: O WordPress não é concorrente. Até se pode integrar no Joomla, ou seja o WordPress + Joomla ao mesmo tempo e num mesmo site. É tudo uma questão de objectivos do site e funcionalidades pretendidas.

    Miguel Marinho: Podes usar qualquer painel de alojamento, mas o CPanel é mais prático e mais popular. A questão do idioma nem interessa muito: instalas o Joomla em Português e não notas mais nada

    António Coutinho: nada disso!
    São dois browsers muito novos. Vão gostar de os ver a funcionar num próximo artigo pois trazem a casa toda atrás!

    Quanto ao Joomla e requisitos técnicos:
    Technical Requirements » – http://www.joomla.org/technical-requirements.html

    1 base de dados (depois de instalar são 500 kb .. depois vai crescendo, chegando normalmente a 3-5 Mb, depende do site.
    13 Mb só para o Joomla numa instalação padrão.
    Espaço para os ficheiros imagem/música/vídeo/PDF/Zip

    Elementos técnicos a procurar num servidor
    PHP5+
    MySQL 4.x
    GD Library
    Sendmail
    Extensão Apache: mod_rewrite
    Outras coisas podem ser necessárias dependendo do que pretenderem fazer.

    E propriedade dos ficheiros para o nome de utilizador da conta FTP

    Mas é melhor instalarem num computador local para aprenderem

    1ª instalação – Criar site em computador pessoal – http://forum.joomlapt.com/faq-instalacao/1299-1-instalacao-criar-site-em-computador-pessoal.html

    E há para todos os ambientes:
    Links para distribuições Apache/MySql/PHP
    * LAMP (Linux) – Quase todos as distribuições Linux possuem um servidor LAMP pré-configurado
    * WAMP (Windows) – http://www.wampserver.com
    * MAMP (Macintosh) – http://www.mamp.info
    * XAMPP (Multi-platform) – http://www.apachefriends.org/en/xampp.html – apenas para trabalho local

  18. Paulo Pereira says:

    Klassified: quando disse em inglês era relativamente ao sistema do Joomla, isto é a versão utilizada é uma versão em inglês… e é claro que eu preferia a versão portuguesa de base. Mas o pior mesmo é ser o Joomla 1.0 e não a 1.5 . Perdem muito na utilização.
    Quanto ao site podia estar em português e inglês (e quantos mais idiomas pretenderem). Existem pacotes de idioma para a navegação. Para os conteúdos traduzem cada artigo e gerem as versões de cada artigo com uma extensão Joomla (por exemplo Joomfish). Assim as pessoas entravam no site, escolhiam o idioma e teriam tudo no seu idioma. Coisas que um CMS faz sem grandes problemas!
    Num site de empresa internacional é obrigatório!

  19. Fabio Igor says:

    Já que falamos de Joomla. Alguem conheço alguma extensao para flash, ou dreamwever para criar templates para o Joomla?

  20. @Paulo Pereira

    O teu comentário foi muito bom, completo e cheio de verdades, mas tenho de desmistificar uma coisa:

    “O cPanel é mais prático”. Os clientes da WebLive que já usaram cPanel preferiram a simplicidade e intuitividade do ispCP. Muita gente usa outros aliás, como o Plesk (que pessoalmente nunca experimentei). A nível Administrativo, quando usei o cPanel a verdade é que ficava “limitado” aos updates de php/apache etc. que eles incluiam, ou então arriscava-me a que um update desse muito para o torto.

    Resumindo:

    – É o mais popular?
    – Sim.
    – É o mais prático?
    – É a tua opinião. A minha é contrária.

    O facto de ser o mais usado não faz dele o melhor.

    Cumprimentos

  21. António Coutinho says:

    Muito bem, aqui vai uma dúvida.

    Nos recentes tutoriais do Bruno Bernardino tem-se usado o ‘WordPress’. Eu tenho o alojamento, mas há um problema em relação aos uploads. Usando o WP ‘normal’ é só fazer o upload para o servidor (correcto?) mas no meu não dá porque tem que ser feito em FTP (tenho que fazer o upload á parte e então depois colocar o link – só testei com imagens e deu algum trabalho).

    Com Joomla como se colocam os conteúdos multimédia (imagens, vídeos…).

  22. @António Coutinho

    Esses problemas foram com o Alojamento da WebLive? Se sim, o ideal é abrir um Ticket, pois não deveria ter esses problemas (a não ser que os ficheiros sejam muito grandes para fazer upload por http).

    Quanto ao Joomla, tem um gestor de ficheiros mas também pode usar FTP.

  23. Paulo Pereira says:

    Bruno Bernardino:
    Quando falo em mais simples inclui sempre a facilidade de acesso à informação, guias, quantidade de pessoas com conhecimentos mínimos que possa dar umas luzes, etc.
    É como no software o conceito de TCO … aqui é o custo total de utilização da aplicação. Cada um pode ter o painel preferido (se eu visitar uma ou duas vezes por ano um CPanel é muito!).
    No meu trabalho estou habituado a falar para pessoas fora da informática e a ter de lhes arranjar soluções para elas usarem sozinhas, e por isso tenho vindo a definir melhor o que considero “programa simples”.
    Por exemplo se estiver só em inglês um programa fica logo muito mais complicado!

    Já um administrador de servidor tem outros objectivos em mente e por isso cada um tem de definir o que pretende.

    Para os que não estejam familiarizados com o Joomla: o Painel de alojamento é uma área em que nem é preciso visitar após a criação inicial da base de dados: um site joomla pode ser gerido (incluindo cópias de segurança) inteiramente no site/administração sem ter de aceder ao painel de gestão do alojamento ou a nenhum dos elementos ai constantes.
    Por isso, do ponto de vista do utilizador, é pouco importante o sistema que lá está! O gestor do servidor é que tem de saber o que escolhe.

  24. Paulo Pereira says:

    António Coutinho: os conteúdos podem ser enviados de duas formas
    – por FTP para a pasta images / stories / subpasta à escolha
    – Pelo gestor de média incluído na administração do site que permite o envio e colocação dos ficheiros nas pastas respectivas

    Se for para a criação de um artigo ainda tem uma terceira hipótese que é, directamente no editor de artigos, inserir uma imagem a partir do disco
    (nem todos os editores têm esta funcionalidade).

    Mas o mais simples é mesmo por FTP, especialmente para grandes quantidades de ficheiros.

    Instala localmente o Joomla para perceberes o seu funcionamento

  25. Klassified says:

    @ Paulo Pereira
    Não há nenhuma versão oficial do Joomla em Português. O que há é packs de tradução do core do Joomla em Português que podes instalar posteriormente.

    Quando o website foi desenvolvido, ainda não havia uma versão final do Joomla 1.5. Ainda só havia a versão beta. Como o suporte para a versão 1.0 continua, para além das eventuais funcionalidades a menos, não me parece haver outro problema em usar essa versão. Estou certo de que se esse suporte acabar, rapidamente migrarão o site para a versão 1.5.

    Aliás, há sites da Critical Software já em Joomla 1.5.9. Tens por exemplo o da Critical Materials.

    Cumps.

  26. Paulo Pereira says:

    Klassified: completamente errado sobre os packs portugueses:
    Existem packs individuais (para os estrangeiros poderem instalar idiomas adicionais) e um pack completo português (até com os dados de exemplo traduzidos no que é importante: menus, nomes de módulos, etc)

    Nisto atravesso-me à frente… :). Já são anos! Cada pacote completo tem em dois meses (o tempo de vida) mais de 5000 downloads. Muitos para múltiplas extensões e sem contar ainda com os pacotes de actualização entre versões que são sempre famosos.

    Isto é assim desde a versão 1.0.7 (na altura foi um belo trabalho traduzir a administração!). Normalmente sia no mesmo dia da versão inglesa (até ficamos à espera da saída oficial para lançar a versão portuguesa). A comunidade http://www.joomlapt.com é reconhecida como parceiro de tradução para o Português de Portugal e os ficheiros de idioma (completos e parcelares) são distribuídos pelo Joomla.org em paralelo com outros idiomas. Já a instalação portuguesa acompanha o pacote oficial (como outros idiomas)

    O pacote completo é o pacote A ! Instalas tudo em português!
    ——–
    Cito:
    Existem os seguintes pacotes para Joomla pt-PT 1.5.x

    – Pacote A – Completo pt-PT. Para Instalações novas, actualizações 1.5.x ou migração de Joomla 1.0.x para Joomla 1.5.x pt-PT
    = Migração 1.0.x, Instalação de raiz ou actualização completa a versões 1.5.x (Frontend, Backend, Installation)

    – Pacote B – Instalador Joomla pt-PT
    = Idioma de instalação. Pacote individual funcional. Incluído igualmente no pacote A e no pacote Joomla 1.5.x oficial

    – Pacote C – Dados de exemplos pt-PT
    = Dados de exemplo para novas instalações. Incluído igualmente no pacote A

    – Pacote D – Idioma de Administração pt-PT
    = Interface de administração. Pacote individual funcional. Incluído igualmente no pacote A

    – Pacote E – Idioma de Site pt-PT
    = Idioma Frontend. Pacote individual funcional. Incluído igualmente no pacote A

    – Pacote F – Actualizações pt-PT – Actualização de instalações Joomla 1.5.8 pt-PT para Joomla 1.5.9 pt-PT.
    = Adequado para instalações já existentes em versão pt-PT imediatamente anterior.

    – Pacote G – Idioma de Site e Administração pt-PT
    = Idioma Frontend e Admin. Pacote autoinstalável de idioma pt-PT. Incluído igualmente no pacote A. Inclui pacotes D e E

  27. Paulo Pereira says:

    Separei para não misturar asuntos pois este é muito importante:
    Utilizem apenas a versão Joomla1.5 mais actual (neste momento é a 1.5.9

    O joomla 1.0 já não é desenvolvido há mais de um ano e vai ser encerrado em Julho deste ano. As extensões para 1.0 está já em fase de desactivação e vão ser retiradas ainda antes.
    A ler: http://www.joomlapt.com/entrada/101-adeus-joomla1.html

  28. Quanto ao desafio, ninguém respondeu ainda…

    1. eyeNav ? (aquele do eyeOS)
    2. Safari
    3. Chrome
    4. IE7 (Vista)
    5. IE7 (XP)
    6. Firefox
    7. G.ho.st

    Quero o meu rebuçado!!

  29. Paulo Pereira says:

    Bruno Bernardino: em cheio!! Parabéns!

    Quanto a rebuçados…. http://www.coverpop.com/pop/flickr_candy/
    Passem o rato por cima e aguardem!
    Ora vejam se reconhece todos estes?

    Quem fez este trabalho deve ter ficado sem poder ver doces à frente!

  30. OLÁ, NA ESCOLA ESTAMOS A TENTAR COMEÇAR A NOVA MATÉRIA QUE IMPLICA UTILIZAR O JOOMLA MAS ESTE NÃO CORRE NO WINDOWS VISTA ALIAS NÃO DÁ PARA INSTALAR A LIGAÇÃO AO MYSQL, ALGUÉM PODE AJUDAR?

    THANKS

  31. Paulo Pereira says:

    Sydney Fernandes:
    Para dúvidas de utilização tens o fórum
    Quanto ao Vista é o mesmo que para outros sistemas. Primeiro tens de instalar o um simulador de servidor: por exemplo o JoomlaPC.
    Vê aqui informações:
    http://forum.joomlapt.com/faq-instalacao/1299-1-instalacao-criar-site-em-computador-pessoal.html

  32. andre_papito says:

    Desisti, mutio complicado tenho que assumir…
    como estava sem tempo e precisava de uma página completa acabei criando um fórum onde divido minha comunidade com muitas outras pessoas.

    Encontrei tudo que precisava em http://www.forumeiros.com/pt/criar-forum/invision.htm

    cara você pode começar por adquirir uma experiência em fórum através de um serviço gratuito, existem muito no mercado e o melhor é os forumeiros, onde você dispõe de até 4 versões, phpbb2, phpbb3, punbb ou Invision, e você pode mudar de versão quando quiser sem perder as informações do seu fórum. E ainda tem possibilidades infinitas de personalização através da edição de templates e CSS… só isso já dá para começar… depois é só partir pro profissional, neste caso, todos eles são bons…

    se precisarem de ajuda é so falar valeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.