PplWare Mobile

inSSIDer 2.1.6.1394 – redes Wireless sem interferências


Entusiasta do software, tudo começou com uma programação de Basic no Spectrum 128K do irmão mais velho! Desde aí, nunca mais parei!

Destaques PPLWARE

  1. nnexuss says:

    Expliquem-me esta parte sff
    “Poderá verificar e certificar-se que o seu vizinho não se está a aproveitar da sua rede como uma «carraça» roubando largura de banda para descarregar conteúdos que nada tem a ver consigo.”
    Obrigado.

    • Fail says:

      Serve sim para verificar o(s) canal/canais em que as redes dos vizinhos estão a utilizar. Isto torna-se interessante para despistar possíveis problemas de alcance e lentidão da sua rede.

    • Deus says:

      Eu concordo com nnexuss, podiam explicar melhor isso pois eu acho que alguém anda a fazer de carraça na rede dos meus sogros.

      Obrigado

      • Pedro Pinto says:

        Boas Pessoal,

        Basicamente esta aplicação serve para avaliar o espaço de comunicação e verificar se há outros equipamentos a operar na frequência que definimos também para o nosso router/AP Wireless.

        Um exemplo para se perceber melhor a coisa…imaginem que estão ao ouvir no carro, em movimento, a radio Limite que emite na frequência dos 89.0 e até vai a tocar Shakira. No, num determinado momento, vocês deram conta que outra radio sobrepôs-se a radio Limite…ora, isto que dizer que houve uma “interferência”. No mundo do wireless, o cenário é idêntico…se vocês têm um AP a transmitir no canal 6 e o vosso vizinho também tem o AP dele no canal 6…então a probabilidade de existirem interferências é grande.

        O que esta ferramenta faz é unica e exclusivamente avaliar o “espaço de comunicação” e informar em que canais (ou seja em que frequência especifica) os equipamentos presentes estão a transmitir. Olhando para o “mapa” de frequências, os canais ideais a serem usados são o 1,6 e 11 porque estes não são overlapping (ou seja, não se sobrepõem). De referir ainda que os canais usam um intervalo de 22 Mhz e o espaçamento na frequência entre os canais é de apenas 5 Mhz.

        • says:

          Podes explicar melhor o facto de os canais 1, 6 e 11 não serem overlapping? Pensei que a questão das interferências fosse minimizada por questões de adjacência de canais (e nesse caso o 1 continuava a ser boa escolha).

        • pixar says:

          Boas,

          “Um exemplo para se perceber melhor a coisa…imaginem que estão ao ouvir no carro, em movimento, a radio Limite que emite na frequência dos 89.0 e até vai a tocar Shakira. No, num determinado momento, vocês deram conta que outra radio sobrepôs-se a radio Limite…ora, isto que dizer que houve uma “interferência”. ”
          Estou de acordo, mas só em parte. Vamos por partes: não podemos comparar sinais analógicos com digitais. No caso do sinal analógico, é mais que certo que se for emitido outro sinal com a mesma frequência haverá interferência.
          No caso dos sinais digitais (não te estou a dar novidades) cada pacote de dados tem o endereço do remetente e destinatário, tanto no protocolo IP como UDP. Logo, cada dispositivo vai rejeitar todos os pacotes que não lhe sejam dirigidos.
          As interferências poderão existir quando os sinais têm fraca potência e, por falta de controlo de erros do protocolo UDP, haja sobreposição de dados.
          Em sinais fortes, existe sempre alguma perda de tempo (irrelevante) porque cada dispositivo irá verificar se cada pacote é dirigido a ele. Numa LAN por cabos, todos os sinais são emitidos na mesma frequência e nem por isso há interferências de relevo.

  2. Nuno says:

    Este tema veio a calhar. Alguem pode aconselhar uma antena de alto ganho. Quando vou a terra o meu primo deixa-me usar a rede dele mas como a casa dele fica a coisa de 50 metros tenho dificuldade em ter sinal

  3. noosphere says:

    A minha dúvida ainda está por tirar…. Como é que vejo se o meu vizinho não se está a aproveitar da minha rede…. Como é que vejo isso com este programa? É que não estou mesmo a ver como….

    • Mário Sousa says:

      noosphere, uma dessas possibilidades pode ser pela análise de trafego, ou seja, se não não estamos a usar a rede ou estamos em «serviços mínimos» e mesmo assim a actividade da mesma continua com picos ou movimentações anómalas, então algo de estranho se passa…

      • nnexuss says:

        Boas Mario,
        Desde já obrigado pela ajuda.
        Diz-me só onde posso analisar o trafego neste prog?
        Não vejo nenhum sitio com contagem de pacotes.
        Thanks.
        noosphere

  4. Gonzalez says:

    Amigo, gostei da matéria mas queria mesmo saber qual é o software que você utilizou para fazer o vídeo. Estou procurando algo assim há algum tempo e esse me pareceu interessante pela demonstração que você fez. Grato pela atenção. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.