Quantcast
PplWare Mobile

Comparação: O Futuro dos Web Browsers – V2

                                    
                                

Autor: Ricardo Ferreira


  1. Nastase says:

    Muito interessante este comparativo. Parabéns pela elaboração do mesmo. Eu sinceramente tinha algumas dúvidas de todo o mal que se dizia do IE. Não qeu o utilize mas mais por acreditar na facilidade da maledicência.

    No entanto com gráficos tão esclarecedores… começa a cheirar a churrasco para os lados do internet explorer…

    —————————————————
    http://www.revolucaodigital.net

  2. Muito bom teste sim senhor!!

    Gostei mais deste, foi mais completo em opções e testes.

    Para a próxima testem também o Epiphany 😀 (depois para isso tinham de testar o k-meleon, etc. às tantas, mas não era mal pensado)

    Abraços e continuem

  3. Malamen says:

    Fui surpeendido pelo Opera.

    Se calhar vou usá-lo mais vezes.

  4. STinho says:

    Sim Sr.

    Gosto muito do Opera.

    Muito completo e prático.

    Abraços

  5. Pedro Cerqueira says:

    alguém consegue aceder ao hotmail com o google chrome?
    a mim aparece-me uma mensagem para actualizar o browser :S

  6. Pedro Almeida says:

    Parabéns pela iniciativa, a equipa do pplware nunca dorme!

    Continuo a gostar bastante do Opera, embora o firefox ainda me prenda devido Às extensões.

    Já o google chrome, ainda estou numa fase de análise, vamos ver o que nos vai trazer no futuro!

  7. pirata says:

    @Pedro Cerqueira,

    A mim também apareceu uma vez, fiz retroceder e tentei de novo o acesso e já apareceu os emails =)

    Cumpts
    http://soupirata.net/

  8. Nuno says:

    Hum…

    E falam mal do IE. Pelo que vi é o melhor deles todos, pena ser “pesado”. É esse o meu único motivo para não o utilizar.

    FF 4 Life!

  9. BlinZk says:

    A média aritmética, é facilmente afetada por um valor extremamente alto, ou extremamente alto.
    Assim de repente e olhando “na diagonal” para os gráficos, parece-me que o Firefox dos (se não “o”) mais equilibrado.
    Só no primeiro quadro é que ele perde claramente. Nos outros, fica sempre entre os primeiros e ganha em um deles.
    É de salientar que muitas vezes os primeiros lugares estão separados por valores pequenos.
    E…. o que são 5 ou 10 milisegundos para o olho humano? 😛

  10. BlinZk says:

    Correcção: “… extremamente alto, ou extremamente baixo.”

  11. Ana Narciso says:

    Grande comparativo sôr Ricardo 😀

  12. Gil Esguichador says:

    Concordo inteiramente com o BlinZk!

  13. Agora sim um comparativo completo e de valor.

  14. paulf says:

    Também digo, agora está um comparativo completo. Cinco estrelas!

    Opera não dá hipótese 🙂 Só a wand do Opera já faz com que não mude nem para Chrome, Firefox ou Safari!! Quanto ao IE, os resultados estão muito abaixo do esperado…Será que na versão final haverá melhorias significativas??

  15. luis says:

    Ainda alguém defende o IE? Pelo que vi o Firefox é o mais equilibrado, devido as suas possibilidades de extensão é o meu favorito. No entanto, nota 10 para o Chrome, o Safari e o Opera.
    A minha segundo opção recai obviamente sobre o Chrome, rápido que nem um bala.
    Falando do IE, não sei o que anda a empresa do Sr. Gates a pensar, mas vale mais dedicarem-se ao word porque é a unica coisa em que eles são mesmo muito bons!

    Cumps

  16. paulf says:

    Agora que analisei os gráficos com mais cuidado, a diferença na prática entre o IE e os browsers que tenho usado não é assim tão estrondosa como aqui está espalhado…a navegação é agradável… Só não uso também por causa de ser o mais atacado e por ser mais pesado, porque em termos de velocidade acho que na prática não é um browser desastroso,
    que dizem?

  17. xarouz says:

    sim senhor, teste muito bom!
    pelo que vi o google chrome tem poucos dias de vida mas já começa a dar um ar de sua graça.
    por enquanto continuo com o firefox por causa das extensões mas daqui por uns tempos acho que mudo para o chrome.

  18. Manuel says:

    @BlinZk

    Pois…tens alguma razao…o facto d no V o google ter um valor muitissimo superior aos restantes, a média fica mt desequilibrada, porém se observares os outros valores e fizers a média em percentagem do resultado mais elevado, logo pior, o google continua a ganhar, e tambem é o mais equilibrado com menor desvio padrao dos seus resultados

    mostro-t os resultados, claro k o metodo de calculo é discutivel, nao é uma média pesada, e os valores sao aproximados
    Sendo que 100% é o pior, evidentemente o IE, tá aí a tabela

    safari opera mozilla ie google
    média 42% 41% 31% 100% 23%
    stdev 35% 35% 29% 0% 19%

    abraço

  19. CáVai says:

    @paulf: Ainda bem que mais alguém percebeu isso (sinto-me mais aliviado agora)…
    Os testes são realizados em milisegundos (MILISEGUNDOS!!!), ou seja, aquilo que nos gráficos se mostra como uma diferença abismal na prática é imperceptivel!
    Isto aplica-se mesmo ao IE e ao seu péssimo desempenho!

    Além disso, como alguém já referiu, a média aritmética é facilmente afetada por um valor extremamente baixo ou extremamente alto.
    O que me leva a pensar que temos pelo menos 3 browsers maduros e cheios de funcionalidades que conseguem tão bons resultados como aquele que tem vindo a ser apregoado como sendo o mais rápido dos rápidos…
    Meus caros, o paint também é mais rápido que o photoshop tal como o notepad é mais rápido que o word. 😀

    Notem também que estes testes variam bastante de sistema para sistema (eu próprio já realizei alguns e não obtive os mesmos resultados).

    Sei que quando as pessoas arranjam um brinquedo novo têm uma tendência natural para preferirem esse a mais nenhum mas neste caso acho que isso só vai piorar a reputação de um produto com muito potencial.
    As pessoas vão realizar tanto testes que ainda vão chegar à conclusão que o crome não é assim tão bom como se pinta, e aí quem fica a perder?

  20. rbn says:

    Excelente comparativo! Os meus parabéns ao Ricardo pelo seu óptimo trabalho. Pessoalmente, tenho todos os browsers aqui comparados instalados no meu PC para usar aquele que me apetecer, quando me apetecer. Mas os que uso mais são o Safari, o Chrome e o Firefox. Tenho a dizer que desde que comecei a usar o Chrome fiquei muito surpreendido…pela positiva. É um browser muito bom. Como já foi aqui dito, o Firefox só me conquista pelas extensões porque,de resto, não é nada de extraodinário. Quanto ao Safari, é aquilo que se sabe, também muito equilibrado.

    Continuem o excelente trabalho.

    Abraço.

  21. Miguel Jeri says:

    Os resultados são imperceptíveis se forem menores a 400 ms. Daí para cima começam a ser perceptíveis, e tanto mais quanto maior for a nossa exigência na rapidez do trabalho. Eu não deixei de usar o IE8 por ser da Microsoft (embora no me toca a mim isso também fosse razão) mas, na verdade, foi pelo grande atraso na abertura de novas tabs que incomoda imenso. Na verdade, o atraso é de um segundo ou talvez menos, mas é o suficiente para me exasperar, principalmente caso esteja a fazer um trabalho demorado e não queira perder tempo.

    Muito bons gráficos e comparação, mas como dito no comentário acima e apenas a título de exemplo, o 1º gráfico mostra o Opera como vencedor digamos, em termos “académicos”, mas na prática são todos iguais, e mesmo o desvio do FF e do IE são imperceptíveis. Por outro lado, no Mesh Transform a diferença é significativa ao utilizador: 400 ms para 2,7 segundos.

  22. Ricardo "RwR" Lopes says:

    Acho que não deviam já começar a aconselhar o Chrome a ninguém, visto ser uma versão beta e ainda ter alguns erros de segurança (já andam umas notícias por aí).

  23. Pedro says:

    Excelente teste comparativo. Mais uma vez parabéns PPLWARE.

    Continuo a utilizar o Firefox por causa das extensões, mas o Google Chrome parece-me (a olho) mais leve e rápido na abertura das páginas. Contudo, pela blogosfera fora já há relatos de alguns bugs de segurança detectados por alguns especialistas.

    A guerra aquece entre os browsers e quem ganha com tudo isto são os utilizadores.

    PEDRO
    ———————————————————————————————-
    Portal dos Sites – http://portal-sites.net (agora também no Brasil)

  24. MiGuEl says:

    Isto até parece interessante mas alguém me sabe dizer qual deles consegue aceder á área “My Vodafone”? É que já usei o opera, o IE e o Firefox e só o Firefox é que consegue entrar lá os outros 2 não conseguem xD

    Cumps…

  25. bytewax says:

    Parece-me que o Chrome é 1ª escolha. Mal instalei recuso-me a utilizar os outros. Muito limpo, rápido, muito fácil, não desvia a atenção no que realmente queremos ver: as páginas. Ah. E é bonito.

  26. ZeX says:

    O Firefox pode não ser o mais rápido, o mais bonito ou o mais badalado mas as extensões e o nível de personalização que elas trazem tornam-o num caso à parte.
    Quanto ao Chrome é nesta altura a nova coqueluche das reviews mas como não corre aqui no W2K da maquina de “guerra” pessoalmente nem sequer é uma opção. (Também não fazia grande sentido começar a usar um browser da Google quando já não dispenso a “CustomizeGoogle” mas isso já é outra conversa que, não duvido, ainda deverá vir a dar muito que falar 😉 )

  27. alexsandro says:

    Boas…
    Pelos resultados dos teste so tenho uma coisa a dizer…opera, safari, firefox e Google Chrome sao boas opções…
    Internet Explorer é um tiro no pe…

  28. Cesar says:

    Pessoal, disseram que milisegundos não são perceptíveis???? Um caso recente de melhoria extraordinária em performance por causa dos MILISEGUNDOS é o próprio GMAIL, que melhorou a performance de algumas de suas rotinas em milisegundos e gerou uma melhoria extraordinária em velocidade… MILISEGUNFOS sim fazem muita diferença… fiz um teste GROTESCO nos navegadores IE7, FF3 e Chrome…. um simples javascript com um LOOP de 1 milhão, e o resultado??? IE7 média de 687 milisegundos para processar, FF3 média de 444 milisegundos para processar e o Chrome?? nossa.. esse levou apenas a média de 35 milisegundos para processar…
    Não sou fã da Microsoft, muito menos do Google, mas eu trabalho com desenvolvimento WEB a mais de 5 anos… e o IE sempre foi uma droga (desculpem a expressão), eles nunca conseguiram fazer um Browser bom, experiência própria…
    Bem, queria só deixar minha opinião sobre MILISEGUNDOS, pois a diferença acima que vocês viram é pequena, porém, é um LOOP somente… agora imaginem um sistema WEB 2.0 que utiliza AJAX (que é Javascript)… Vão notar com certeza a diferença, assim como notei no email do Google…

    Abraço…

  29. eu testei alguns sites como o celtic kane e tive os mesmos resultados no chrome e no firefox: 170MS, corri varias vezes em cada um, dava sempre 180, 190, 170, 173 etc. nos dois browsers.. no opera a mesma coisa. e no fim do site vejo la 1900 ms e o caraças ? estes gajos do celtic com que porcaria de pcs andam a fazer os benchmarks ? 4.8.6 ? telemoveis ? lol

    http://celtickane.com/webdesign/jsspeed.php

  30. zp says:

    Uso o firefox 3 todo quitado quer ao nível das extensões, quer no registo about:config e acho-o muito rápido. De jeito nenhum eu mudo para outro!

  31. Nuno Paiva says:

    bem…. excelente trabalho… 😀

    ta visto… IE ta a ir pa cova…

    nunca pensei que a 1ª versao do google chrome obtesse tao bons resultados… 😮

    por enquanto continuo a usar o firefox 3… mais pa frente talves o chrome ganhe pontos em consideracao 🙂

    cumpz 😉

  32. Vítor M. says:

    Certamente não me enganarei, até ao final do ano o Firefox estará em menos máquinas, terá sido substituído pelo Chrome. Será um fim rápido, o Firefox está condenado a acabar.

    Quem utiliza o Internet Explorer não se sentirá apaixonado pelo Chrome, como não de apaixonou pelo Firefox, então dificilmente o Chrome destronará o IE na sua cómoda cápsula de segurança que é a inclusão no Windows.

    Quem poderá acudir o Firefox?

  33. Canelas says:

    Toda a gente critica o chrome por ser menos seguro, de passwords irem parar onde não devem, por uma demora na soluções de bugs e falhas de segurança. Contudo ninguém fala da falha que afecta esta última versão do FF3 e que se resume a umas incompatibilidades com java e flash, para não falar do excessivo consumo de memória.
    Contudo devo dizer que o chrome não é a minha escolha, mas sim o opera. Simples, seguro e leve.

  34. Ricantonio says:

    E a campanha continua. Quanto a mim, só um tolo ou um imaturo, tipo “vai com todos”, vai deixar o browser que lhe dá segurança e o satisfaz, por um outro que tentam impingir à viva força. Pode até ser bom mas se estamos satisfeitos com a “performance” do browser que usamos (seja ele qual for) porque “cargas de água” é que iríamos mudar? Um browser é um utensítilio com o qual temos de ter afinidade, confiança e, acima de tudo tem de nos satisfazer as nossas necessidades na “net”. Mudar para outro? nem pensar! Bem podem fazer as campanhas que fizerem, as comparações que lhes apetecerem fazer (e que serão sempre discutíveis, pois são feitas para atingir determinados fins), que, como eu, milhentos não irão a correr baixar o Chrome. Repito: só os imaturos é que assim procedem. Aliás, todos aqueles que nunca têm opinião própria e seguem sempre a opinião dos outros. Alguns, até chegam ao ridículo de vaticinarem, o fim de certos browsers, como se o Chrome fosse a Oitava Maravilha do Mundo, coisa que não é nem será. Dá até vontade de rir, embora seja ridículo e não nos devamos rir da pobreza de espírito dos outros. Mas é só vê-los!

  35. CáVai says:

    @Cesar: Também não sou fã da microsoft, nem tão pouco da google.
    E também desenvolvo para a web! 😉
    Repara que não era apenas o IE que eu estava a defender mas sim todos os outros, incluíndo o próprio chrome. E vou manter o que disse.

    Também já observei os resultados de um teste com um LOOP de 10 milhões e por incrível que te pareça o firefox foi mais rápido que o chrome (45 milisegundos contra 200 milisegundos)! Além disso o chrome foi o único que apresentou resultados inconstantes durante os testes…

    Ajax não é javascript como tu afirmas, embora seja o javascript a dominar esta tecnologia. De facto Ajax tem mais a ver com manipulação e interacção do DOM do que com cálculo processual do javascript.
    Quero com isto dizer que o Ajax além de necessitar, obviamente, de uma VM eficaz de javascript (que o chrome possui) também necessita de um motor de renderização de css e html eficaz.
    A maior parte das operações realizadas com ajax implica uma actualização e/ou modificação de uma ou mais secções de uma página web, logo maior exigência do browser a nível do seu motor de renderização (no caso do chrome é o webkit).
    Ora se reparares nos resultados vais ver que, embora o chrome obtenha excelentes resultados a nível de processamento de javascript, fica em penúltimo nos testes de css.
    De qualquer modo não acho que isso seja o fim do mundo pois, como já disse, a diferença não passa de uns milisegundos…

    Quando dizes que o IE é uma droga sou obrigado a concordar contigo, mas não acho que seja uma droga por causa do seu desempenho nos testes de velocidade, mas sim pela sua falta de suporte aos standards web.
    Mesmo assim tenho de tirar o chapéu à microsoft porque esta melhorou o seu browser em muitos aspectos da versão 6 para a 7 (nunca ví outro browser a melhorar tão significativamente no espaço de duas versões).

    Não quero com isto começar uma guerra, isto sou eu a defender a minha opinião tal como tu defendes a tua…

  36. paulf says:

    IE é o melhor!!!!

    Mas eu uso o Opera 😉 lol

  37. Cesar says:

    Perfeito CáVai, nao quero causar conflito também, a final eu me empolguei e falei além dos milisegundos kkkk… Mas sim, concordo com vc em certas partes… até porque precisamos ver as máquinas que estamos fazendo nossos testes né? isso pode influenciar nos resultados hehe, inclusico o SO.
    Quanto ao Ricantonio eu discordo, ou pelo menos, eu não sou assim como você de ficar congelado em algo pra sempre (pelo que vc diz), muito menos sou imaturo… Eu gosto sim de novidades, não só do google, como de outras “marcas”, pois eu posso estar seguro, acostumado e adaptado a um browser sim, mas mesmo assim eu baixo e testo as ferramentas novas que surgem, com cautela óbvio, não vou sair usando meu Internet Banking no Chrome, não até que ele esteja seguro, mas não vou deixar de testar coisas novas… a ffinal, elas vem pra melhorar as nossas vidas… se fosse pra ir nessa onde de que o que está funcionando não se mexe o mundo não teria evoluido, muito menos os browsers… estariamos usando o IE3 ainda.
    Não estou causando conflio com vc Ricantonio, mas não quero ser qualificado como IMATURO por aderir a tecnologias novas… 😉

    E CáVai.. agradeço a explicação do Ajax 😉 hehe… mas eu estava me referindo mesmo só a parte de JS do Ajax :), com certeza com a manipulação do Html e CSS o Chrome não vai ser o melhor hehe.. e reforço que o IE é uma droga kkkk… realmente ele teve uma “melhoria” significativa da versão 6 para 7, mas também, a 6 é “pá cabá”… Agora, nós, desenvolvedores WEB, como “adoramos” sofrer, temos que desenvolver para o IE6, IE7, FF3 e ainda logo vem o IE8… é uma beleza conseguir deixar tudo funcionando em todos os browsers hehehe…

    Abraço a todos.. e bora discutir pra melhorar as coisas….

  38. Ricantonio says:

    Respeitando a opinião de todos embora possa estar em desacordo, não retiro uma vírgula que seja ao que atrás disse. Quanto ás “tecnologias novas” onde estão elas? Acresce que, com um browse,r a Google saberá mais da “vidinha” de quantos o usarem. Juntamente com o motor de busca, a Google saberá mais da nossa vida na Net que nós próprios. Por alguma razão, além da “guerra” com a Microsoft, a Google resolveu ter também o seu browser. Repetindo-me: Quem está satisfeito com o browser que usa, dificilmente irá fazer a troca só por ser novidade. Quanto a mim, só os imaturos assim precedem. Ninguém dá nada de graça a ninguém e a Google, como multinacional que é, tem de certeza intenções de se servir dos dados obtidos através do Chrome para enriquecer as suas Bases de Dados. Mas cada um é livre de ir atrás das quimeras ou “novidades tecnológicas” que entender. Como outros, de certeza, não irão assim tão depressa atrás das propagandas que todos nós, eu incluído, estamos a alimentar, para gozo e benefício da Google.

  39. Pedro Silva says:

    @ Paulo Ribeiro

    Com certeza que não reparaste que no teste deles do Firefox, o Firefox que usaram foi o

    Firefox 1.5

    Um PEQUENO pormenor… 😀

    @ Vitor

    Quanto ao Chrome digamos “substituir” o Firefox, para já, coloco algumas reticências… Até ao fim do ano duvido que roube muitos utilizadores porque entre os amigos da Google lançarem a API e o pessoal ir fazendo o “port” das extensões do Firefox para o Chrome, penso que muita gente ainda vai andando com o Firefox… e por algum bom tempo, penso eu!

    Quem realmente usar o Firefox, devido às extensões, vai continuar a usar… na minha opinião!

    cumps

  40. Jhuy says:

    Todos browsers são uma merda e este é o veredicto final.

  41. paulf says:

    Pessoal,

    quanto à privacidade na web, querem melhor povo em quem confiar do que o povo nórdico?
    Usem Opera!! eheh

    Porque Americanos são…Americanos…e isso chega, pelo menos para mim. Uso produtos deles, com certeza que sim, mas não é de fiar…

    Ah, uma coisa, quais são os browsers que têm sincronização com o browser do telemóvel?? É certo que os browsers sobre os quais estamos a falar n têm versão mobile, mas o que é certo é que o Opera sincroniza tudo o que temos no pc com o nosso browser do tlm 😀

  42. Morbus says:

    @ Jhuy

    Agora é que disse tudo 😆

  43. Morbus says:

    @ paulf
    Isso é que é xenofobia! 😆 Algo justificada, mas xenofobia na mesma. Nem todos os americanos são umas bestas nacionalistas e malvadas.

  44. paulf says:

    @Morbus
    não sou xenófobo, mas que eles gostam de meter o nariz em tudo gostam. E gostam de controlar o mundo, disso também gostam… Se pudessem metiam-nos todos em reservas como fizeram com os Índios, estou enganado…? 😉

  45. Cesar says:

    Ricantonio, vc diz que a google coleta nossos dados, concordo com vc… nunca disse o contrário, e é claro que sempre vão querer algo em troca… agora vc vai me dizer que a microsoft, além de pagarmos caro pra ela, não coleta as informações assim como o google?? Se vc pensar assim então devemos voltar a máquina de escrever, pois muitos softwares, pagos ou não, coletam informações dos computadores… isso não é nenhuma novidade… ou como vc acha que eles melhoram os softwares? organizam as telas? acham bugs? bola de cristal? eles sabem cada passo seu, tanto no seu desktop quanto na web…

    Mas enfim, cada um tem sua preferência, não vou e nem quero colocar na sua cabeça que a Microsoft é a melhor ou que a Google é a melhor, eu utilizo ambas, cada uma tem seus prós, seus contras e seus objetivos.

  46. guga says:

    Como previsto, o Internet Explorer é uma boa merda. :p

  47. CarlosMC says:

    Jhuy:
    Evita-os! 🙂

    Pplware:
    Tenho um monitor «panorâmico», como muitos, e os artigos em si usam aprox. apenas 20% da largura deste; será possível formatar as páginas de forma a aproveitarem melhor o espaço disponível (ex.: artigo numa coluna, comentários noutra, alargadas segundo as dimensões da janela)?

  48. Mephisto17 says:

    Fantastico, já agora um tudo de bom para o explorer… O_o “Ou não”
    Na minha opinião pessoal continuo a preferir o firefox pois considero-o o mais equilibrado de todos os browsers

  49. Assombroza says:

    Acho que é muito cedo para dizer que o Chrome irá substituir o Firefox.
    Ainda prefiro o Firefox, utilizo bastante suas extensões.
    Ah, faltou fazer a comparação com o Flock.

  50. Já agora o Safari foi testado, foi utilizado em Mac ou PC? Pode não ter interferência neste tipo de testes, mas a navegação é completamente diferente…

  51. BlinZK says:

    @ MiGuEl

    Eu uso o FF3 e acesso ao “My Vodafone” sem qualquer problema.
    Deve ser algum outro problema na tua máquina/configurações.

  52. IceCube says:

    Resumindo e Baralhando
    Qualquer browser é bom desde que não seja o IE 🙂

  53. AIR says:

    @Vítor M.

    “Certamente não me enganarei, até ao final do ano o Firefox estará em menos máquinas, terá sido substituído pelo Chrome. Será um fim rápido, o Firefox está condenado a acabar. “; “Quem poderá acudir o Firefox?”

    É possível que o Firefox esteja em menos máquinas, assim como outro qualquer. Quem não está satisfeito com o browser que tem, certamente vai mudar. Parece ser a opinião de alguns que, aparentemente, gostavam do Firefox e o defendiam com unhas e dentes, mas na realidade não gostavam assim tanto… Não sei se será o teu caso… Agora, acho um pouco incrível (talvez radical, até) que faças uma afirmação dessas. Se calhar tens dados estatísticos que mais ninguém conhece. Oh Vítor, gostos não se discutem e tu sabes disso, julgo eu.

    Pessoalmente, desde que uso o Firefox ainda não me apeteceu mudar para outro, embora, goste de testar as alternativas disponíveis. Concordo que deveria ser mais rápido, mas as funcionalidades disponibilizadas e as extensões são demasiado porreiras para as trocar pelo google chrome.
    Tenho experimentado o google chrome na versão portable, mas não me convenceu nem um pouco. Se o google chrome mudar e me oferecer aquilo que o Firefox me oferece para melhor, então, pode ser que mude.

    Cumps e boas navegações para todos.

  54. Nuno José says:

    Alguém aqui sabe o que é o desvio padrão??????

    Uma análise séria estatística não é o simples uso de médias ok!!!!!!!

  55. Pedro Silva says:

    Li um comentário aqui, com o qual eu concordo inteiramente:

    “Todos browsers são uma merda e este é o veredicto final.”

    Uns são mais rápidos a fazer X, outros a fazer Y e outros apenas rápidos a comer ciclos dos nossos processadores para não fazer nenhum… mas há um denominador comum a todos:

    Segurança: 0 ou mesmo -1

    Não há um browser em que nós podemos dizer que a probabilidade de alguém conseguir executar código arbitrário na nossa máquina seja reduzida… Uns de uma versão para outra fecham umas portas, mas abrem outras… a verdade é continuam sempre portas abertas… escancaradas mesmo… penso que é um mal comum…

    cumps

  56. Manjerico says:

    A verdade é uma: a Google anda a navegar por mares nunca antes navegados, enquanto a equipe do Firefox, IE, Opera e Safari já andam aí há uns anos… As versões podem ser todas beta, mas o Chrome é o único que ainda vai na versão 0.x. Firefox já vai na 3, IE na 8, Opera na 9 e Safari na 4ª versão!
    Num estado ainda tão novo, é de louvar que um browser (sejá lá quem for que o esteja a desenvolver, não estou a falar por ser da Google) consiga fazer frente (e de que maneira) as outras empresas.

  57. António says:

    @Nuno José

    Porque não calculas tu o desvio padrão? Quanto muito calculava-se o intervalo de confiança para cada teste. Agora, desvio padrão?!

  58. TonY says:

    Por acaso ja experimentaram desinstalar o Chrome?…ja viram k dps d desinstalado permanece a pasta dele ainda com ficheiros e o Google update continua a trabalhar? …K é isto?

  59. KOISO says:

    Google Chrome = SPYWARE

  60. @TonY/KOISO

    Não deixa de ser irónico que quem tanto se preocupa com a privacidade ande a tentar descobrir password’s utilizando o Wireshark… 😉

  61. KOISO says:

    @Ricardo Ferreira
    lol..é desta forma d ataque*defesa k se desenvolve a nossa proteçao ;p

  62. BlinZk says:

    E o interface gráfico do Google Chrome… gostam?
    Eu pessoalment não uso muito o browser em fullscreen e gosto de ver a barra dos menus, bem como as dos meus links favoritos. Tambem gosto de ver a barra de estado em baixo.
    No Google Chrome, parece que se está quase sempre em fullscreen e a parte inferior, por não ter barra de estado, até parece que não termina, ou que saiu do ecran.
    Gostam disso? Eu pessoalmente acho horrivel.
    Depois, ao abrir as preferencias para tentar personalizar alguma coisa, fiquei espantado com tão pouco… é quase como ir a um cybercafe e usar um browser sem personalidade.

  63. Fernando says:

    Eu uso os quatro.
    Mas mais o opera 🙂

  64. É por estes resultados que já uso o Opera desde alguns anos…

  65. Wllisses31 says:

    Eu uso várias versões do Opera pesnso que isso diz tudo e neste momento tenho 81 tabs abertos, qual é o browser que aguenta isto com o consumo de 238.100Kb de memoria ?
    Embora tenha limitações ao abrir o java e por vezes o video !

  66. Gustavo SF says:

    Opera não me surpreendeu 🙂 é um maravilhoso browser com uma penca de recursos…
    O que surpreende é que tem gente que ainda usa internet explorer
    masah fazer o que..;
    belo post!

  67. Miguel Guerra says:

    Como programador web, o IE não me surpreendeu nada… O que eu já sabia: uma autêntica desgraça!
    Surpreendeu-me o Ópera! Sabia que era muito bom, mas não tinha a noção que era tanto.
    Concordo com o Cesar. Milisegundos fazem muita diferença! E como o Cesar diz: O IE á uma droga! Como programador web, digo mais: é uma “bad trip”.

  68. paulf says:

    O Opera é simplesmente o melhor browser do mundo 🙂

  69. Ricardo says:

    Também acho o Opera o melhor browser. Nem é uma preferência minha, mas o caso é que ele é totalmente personalizável. Nem o Firefox com suas 4000000000 extensões consegue oferecer tantas opções. Quando muito, tem-se que alterar configurações no userchrome.css.

  70. Roger says:

    O único problema do OPERA é não fazer uma campanha de propaganda maciça comos os outros browsers fazem. Troquei o Firefox pelo Opera e não me arrependi!

  71. andre says:

    Finalmente um teste que não fique puchando saco do firefox muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.