Quantcast
PplWare Mobile

AIMP v2.60.551 – Provavelmente o melhor player

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. avlis rotiv says:

    O titulo, na minha humilde opinião, é ridículo… 😆
    Não é provavelmente, mas sim, O MELHOR! Isto na minha opinião…
    Sou muito de experimentar softwares, mas como este, nunca vi, ou nunca me agradou tanto quanto este!

    Ter este é como ter sistema operativo, para mim… 😆
    E logo eu que adoro música, é inespensável…
    Mas pronto, isto não passa de uma opinião, mas quem duvidar da mesma eu recomendo a experimentarem, visto que pode ser portabilizado, não necessita de instalação!
    EXPRIMENTEM mesmo!.. Vale bem a pena… 😉

    Bom post, sem muita novidade, mas é na mesma bom de referir… 😉

  2. a Friend® says:

    Este faz-me recordar os bons velhos tempos do Winamp!…

    Sem duvida dos melhores alguma vez feitos…. Aimp ressuscitou essa tradição, o que para mim fá-lo automaticamente ser o melhor da actualidade 😉

    Ps. Só não gosto muito é do design das bordas, parece um bocado largo demais (e faz parecer assim..para o gordo..lol).. mas nada que uma skin não resolva 😉

    • avlis rotiv says:

      Como mesmo o disseste, nada que uma skin não resolva, a não ser… Que a faças tu mesmo! 🙂
      Altamente, para além de ser muito personalizável (skins, cfgs, addons) também podemos fazer a nossa própria skin, com o AIMP2: Skin Editor… 😉

      • a Friend® says:

        Pois é…esse editor é excelente!

        Obrigado por partilhares… vou aproveitar para levar o “default skin” à faca e perder aquele “kilo” amais… 😉

  3. Volpix says:

    Um player excelente, mas seria ainda melhor se houvesse uma versão para linux =S

    Alguém conhece algum idêntico para o linux?

    • avlis rotiv says:

      Podes usar este mesmo utilizando o Wine
      Segundo o Youtube, compensa… 😉

      • wolfytuga says:

        Olá!

        Pode mesmo ser usado em Linux por meio de Wine e para confirmar basta ver aqui. Funciona mesmo bem, claro que tem alguns consumos acrescidos pelo simples facto de não ser uma aplicação nativa do sistema ;).

        Cumps

    • Guilherme de Sousa says:

      utiliza o mpd + sonata em linux;)

      o mpd é um daemon q é extremamente leve, duvido alias que possa existir um ‘player’ mais leve.
      o sonata é uma gui para utilizares este daemon.

      quando o configuras indicas a pasta das musicas e ele organiza tudo por generos, cantores, etc. dps tem funçao de pesquisa instantenea (indexaçao).

      da mais trabalho q um player dito normal a instalar, mas acredita q compensa e muito.
      neste momento estou a ouvir musica e o mpd esta a gastar uns meros 8.4MB de RAM.

      cumps!

  4. César says:

    Pela forma como o descrevem deve ser bom 🙂

    Já vou experimentar 😉

    Abraço;)

  5. Setnom says:

    O que eu gosto mais neste programa é a capacidade de ter “playlists” em separadores (as chamadas “tabs”). Dá-me um jeito que nem imaginam. Que eu saiba, é o único leitor de ficheiros áudio que faz isso. Ou estarei enganado?

  6. Miguel says:

    Já o uso há imenso tempo !

    Recomendo completamente !

  7. Pedro Pinto says:

    Já agora, alguém com o problema de não aparecer no explorer o reproduzir com o Aimp? Ja verifiquei nas opções->integração e esta tudo ok.

    Esta opção dá mesmo muito jeito!!

    PPinto

    • avlis rotiv says:

      Sim, já tive esse problema… A opção não aparecia no menu de contexto, e mesmo nas opções a opção estava restringida, como se fosse na versão “não instalada” (portable), no entanto actualizei para a nova versão e ficou resolvido…

      Dá mesmo muito jeito…

  8. M.Oliveira says:

    “…afavelmente inseriram o Português do Brasil.” Isso é falso, fui eu que primeiramente o traduzi para português (PT), um chico-esperto brasileiro usou o meu trabalho em proveito próprio. Apenas não figura a linguagem em PT porque enviei tardiamente. Basta pegar na versão beta e ela está lá…

    Quanto ao programa, é de facto muito bom, traz ainda os utilitários à parte (que se encontram no site) que permitem a conversão de som, entre outras coisas.

    Consome muito pouca memória e faz o trabalho bem feito.

  9. Guilherme Trigueiro says:

    olá, gostaria de saber se algum de vcs sabem como fazer para a função “reproduzir todas” do windows seven abrir todos os arquivos de uma pasta na lista do aimp?
    obrigado

    • avlis rotiv says:

      No AIMP, nas Opções; clicas em Sistema; e na “Integração do Sistema” seleccionas as opções todas, se assim pretenderes… 😉
      Mais dúvidas ou outra coisa qualquer, aqui! 😉

      • Guilherme Trigueiro says:

        oi brodagem, valeu pela ajuda, mas nao pegou, quando eu aperto reproduzir todas ele abre o media player, mesmo estando o aimp como default.

        • avlis rotiv says:

          O menu “Reproduzir todas” penso que pertence mesmo ao WMPlayer…
          Faz antes assim:
          Seleccionas as músicas que queres, botão direito; no menu de contexto Aimp; clicas em Reproduzir…
          Easy! 😉

          Também podes utilizar drag-and-drop, basta seleccionares as musicas/pastas e “empurras” para dentro do softwares…
          Easy! 😉

          😆

  10. djx says:

    Ó Pedro, não cheguei a perceber uma coisa,
    ele irá catalogar as músicas, mas essas catalogações poderão ser aplicadas nos ficheiros de música ou ele cria uma base de dados só para o programa?
    Cumps,
    djx

    • avlis rotiv says:

      Não sei bem ao certo o que quiseste perguntar, mas ao organizar as tua musica, ele cria um ficheiro “temporário”…
      Mas também podes guardar essa tua lista de musicas, fica num ficheiro único, com extensão .plc; .m3u; .m3u8 ou ainda .pls, conforme para o que queiras abrir…
      Se no caso for unicamente para o AIMP, qualquer uma serve…

      Neste caso penso que é a tal “base de dados”… 😉

  11. joaozx says:

    Relativamente á qualidade de como o som é reproduzido , comparando com o Foobar2000, é melhor? Quais as diferenças ?
    Cumps…

    • avlis rotiv says:

      Entre o Foobar não te sei dizer, mas se compararmos ao “grande” Winamp, é bem melhor…
      Isto, na minha e na de muitas, opiniões… 😉
      Mas experimenta, é tão fácil e nem precisas de instalar… 😉

  12. SoldJah says:

    eu já uso este player há muito tempo, que por sinal eu fiquei a saber dele pelo pplware 🙂

    devo dizer esqueci completamente todos os outros, como winamp, xion e até o foobar. este player é muito porreiro e recomendo a quem o inda não experimentou, que experimente e duvido que se arrependa 😀

    ah e já agora, o site da homepage não está correcto, é http://www.aimp.ru e não http://www.aimp2.us 😉

  13. InfamousFern says:

    É possivel usar o shoutcast no aimp?

    • avlis rotiv says:

      Sim, penso que com um plugin do Winamp (visto que são compatíveis) funciona, no entanto à pouco mais de uma semana, retornei naquela de “ter uma rádio”, mas não consegui voltar a fazer-lo…
      Mas se tiveres dedicação de certeza que o fazes… 😉

      Pesquisa no Googuinhas, algo como “aimp shoutcast dsp plug-in”, e está lá tudo do que precisas… 😉
      Se tiveres mais duvidas passa no fórum! 😉

  14. avlis rotiv says:

    [Off topic]
    Porque raio ás vezes aparece assim coisas viradas para o idêntico do esquisito? Tipo isto (agora mesmo), e isto… :S

    • Vítor M. says:

      Ui… o teu computador está possuído!!! Que cena marada!!!

      • avlis rotiv says:

        😀
        Só pode… Não! 😀
        Ainda pensei naquela de uma publicidade em flash e tal, porque não vou voltar a ver por algum tempo, eis que pensei, que fosse do Adblock, que oculte isso, porque aparece como desaparece…

        Por acaso estes meus reflexos… 😆

        Mas ando à cuca… 😀

    • a Friend® says:

      O primeiro cheira-me que teve ai o Chuck Norris, e o segundo o Wolverine! 😀

      eheeh…

      Toma atenção que cá para mim instalaste um “spware” ou um “adware” que aparece de X em X tempo pra te chatear! 😉

      • avlis rotiv says:

        Pois se calhar… Não! 😆

        Dever ser algo como, “não faço a mínima”…
        E tem uma cruzinha para fechar, se for spyware, ao menos é simpático… 😀

  15. André D3S says:

    Muito Bom, Instalei na minha PEN Drive, estou a gostar bastante, muito personalizável (até oferecem a aplicação para desenhar novas skins) e muito completo (Editor de tags, conversor de audio, etc…)

    Muito Bom 😀

  16. Miguel Mota says:

    Sim, é uma verdade que por vezes levo uns minutos a dar com o tema, mas ok, também não sou preguiçoso.

    não é pregiçoso mas não organiza as músicas……

    só achei interessante a sequência

  17. Luis Laranjeira says:

    Saudações!!!

    Eu vou ser muito directo na pergunta!

    Entre winamp e AIMP qual o melhor?

    Cumprimentos e uma saudação ao director deste site que é fenomenal!!!

    Muitos parabéns…

    És o maior

  18. WiseMax says:

    O que é que isto faz que o iTunes não faça?…
    Podem explicar-me, s.f.f?

    Por exemplo, eu não uso o iTunes para ripar os CD para MP3, uso o Media Player para isso, é mais rápido. Será que este ripa mais rápido? Costumo ripar para 256…

  19. Fabio Porto says:

    Por hábito, gosto de testar softwares só para ver o que eles oferecem. E no quesito “PLAYER” ainda não vi nada parecido com o The KMPlayer. Para mim é o melhor. Seu ponto fraco é a biblioteca de midias que usa algo do Winamp. Não gosto muito, acho complicado e não muito funcional.

    Mas para isso utilizo o MediaMonkey, o melhor programa para biblioteca de audio. Fraco também no quesito videos, fica a desejar.

  20. Gilmar says:

    Endosso tudo o que disseram e dizem sobre este player. Tentei várias vezes utilizar outro, mas não há, hoje, quem possa competir com este! Simplesmente o melhor!!!
    Parabéns pela postagem!

  21. kamy says:

    Não se será o melhor…deviam fazer uma comparação detalhada com o foobar2000…um player sem palavras a todos os níveis…

    • MySeLf says:

      Também gostaria de ver uma comparação entre estes 2 players.

      Sou user do foobar a partir do momento em que o winamp se tornou bloatware (quando foi comprado pela empresa actual) e já por várias vezes me senti tentado a experimentar este.

      Sem duvida mais util do que um artigo artigo igual ou parecido sempre que sai uma versão “nova” do mesmo programa. Fica a sugestão.

      • avlis rotiv says:

        Talvez seja uma boa ideia para um tópico no fórum… 😉

        • MySeLf says:

          Ora… a curiosidade foi mais forte do

        • MySeLf says:

          Desculpem o double post. Acidentalmente postei o artigo ainda mal tinha começado a escrever. Por favor, peço, a quem compete, que o apaguem.

          Quanto ao que ia dizer…

          A curiosidade foi mais forte do que eu e lá instalei a versão portável do AIMP v2 e 15 minutos depois já estava desinstalada.

          Tendo em conta que sou um utilizador (avançado) do foobar cheguei ali e parecia que me tinham atado as mãos e atirado e atirado ao mar.

          Passo a explicar, numa primeira apreciação a(s) janela(s) do programa são minúsculas para quem utiliza o foobar fullscreen 1920*1200 e consequentemente está ali tudo muito apertado, demasiadamente pequeno e nem sempre intuitivo.

          Pensei que talvez houvesse um modo fullscreen mas o mais parecido que encontrei foi o media library (que no meio de tantos “butõesinhos” uns em cima dos outros não se encontra um unico para o efeito) acessível a partir de um menu ou um shortcut no teclado.

          Decidi então mandar indexar o meu disco de Musica (200+ GB) para ver como é que ele geria a colecção. Não sei por ser um volume relativamente alto de Mp3 ou se o programa tem sempre este comportamento mas num Xeon 3520 (“core i7 @ 4.2Ghz) com 6GB DDR3 CL7 1600Mhz e um disco relativamente rápido dedicado só para o efeito, o programa só não crashou mas lá deve ter andado perto uma vez que fiquei sem acesso aos controlos do mesmo. Tanto no media library como nas outras janelas. Clicava nos menus mas não fazia nada, inclusivamente nos menus. Ao fim de ter indexado tudo fui forçado a matar a aplicação para conseguir ter controlo novamente sobre a mesma.

          Problemas técnicos à parte e depois de explorar um bocado as funcionalidades e opções cheguei à conclusão que o foobar permite fazer mais e melhor e com muito mais flexibilidade depois de bem configurado. Uma das coisas que mais me irritou foi falta de coisas básicas como o arrastamento da barra de scroll no media library (só fazia scroll com “a roda” do rato) e o facto de não conseguir redimensionar para uma largura mais conviniente. Compreendo que possa não ser muito usual mas eu gosto de organizar a minha própria colecção e consequentemente uso muitos directórios e sub-directórios. Tive ainda alguns bugs de renderização ao mostrar/escondar o eq na janela principal. Nota-se muito delay na gestão da library e ainda por cima tenho que carregar no botão de actualização da mesma sempre que ela é alterada (ou pelo menos foi com essa ideia com que fiquei).

          A janela de playlists é demasiadamente rudimentar, os visual plugins são muito reduzidos (a nível de quantidade, qualidade e resolução) e em fullscreen é de meter aos mãos à cabeça com tanta pixelização.

          Quanto à qualidade do som se preferirem um som mais agudo e estridente talvez seja melhor, eu prefiro (bastante) a qualidade de som do foobar (isto amplificado numa aparelhagem das antiguinhas Technics por módolus (dizem que é bom material) e reproduzido em 4 colunas de alta fidelidade (Technics + Philips).

          Testei com Mariza (fado), Mozart, Apocalyptica, Tiesto (PUM PUM PUM) e mesmo depois de alguns ajustes de DSP / EQ a coisa não melhorou o suficiente para ser equiparado ao som por defeito do foobar sem equalizações nem filtros.

          Tenho ainda a acrescentar que o facto de andar ali com tantas janelinhas, menus e sub-menus já é o suficiente para não gostar do interface em detrimento da aproximação unificada do foobar.

          Bem.. mas como não tenciono tornar isto uma análise exaustiva e sei que se torna uma leitura muito aborrecida caso seja demasiadamente extensa vou abreviar e dizer que na minha opinião, para a utilização que eu dou e daquilo que preciso num leitor de musica o AIMP não está à medida tanto a nível de estabilidade, rapidez, features, organização, interface. Assim sendo não recomendo a nenhum utilizador ávido do foobar a experimentar sequer uma vez que pode ser uma experiência dolorosa. 🙂

          Quanto aos utilizadores que queiram um programa que toque sem grandes customizações / complicações e seja parecido com o winamp, desde que não tenham uma livraria muito grande, este serve e até tem algumas funções e configurações por defeito interessantes. São exemplos o crossfade, auto resume on startup, auto add to library, entre outros.

          Desculpem-me a extensão do texto e o eventual erro ortográfico, não passei pelo corrector ortográfico.

          Cumprimentos,

          MySeLf

          • João Fernandes says:

            Boas,
            Como utilizador avançado do foobar2000 quais os dsp´s que utilizas para melhorar o som?

            Cumps…

          • MySeLf says:

            Boas,

            Na realidade não uso nenhum DSP. A equalização é feita depois de sair do PC através do equalizador da aparelhagem.

            No entanto os DSP’s que vêm por defeito já permitem bastante flexibilidade.

            Outro pormenor: Cerfica-te apenas que o output format corresponde ao melhor que a tua placa de som permite.

            Cumprimentos,

            MySeLf

  22. Melech says:

    Só não digo que é o melhor, porque não tem uma ou outra funcionalidade que o Winamp tem… Por exemplo, o auto-tag. É imprescindível para mim seleccionar dezenas de ficheiros, right-click, e Send to auto-tag. Foi a principal razão para ter voltado para o Winamp.

    • Gilmar says:

      Ô gente boa, se não se importa, pode nos dizer com mais clareza a respeito destas funções que existem no Winamp e não existem no Aimp, que voce cita aqui?
      Desde já, agradeço!

  23. dajosova says:

    vou experimentar e tirar as minhas conclusões!
    obrigado pela dica

  24. Tipsy says:

    Melhor player de sempre na minha opiniao. Experimentei quando aqui falaram pelas 1ªs vezes sobre ele e desde então que nao me separo do AIMP!

    😀

  25. Fred says:

    Eu sou sincero, já ouvi muitas vezes falar no aimp aqui no pplware, mas tava tao satisfeito com o foobar k nem me dei ao trabalho de experimentar. ontem á noite lembrei-me… e fiquei de boca aberta. simplesmente fenomenal!

  26. o_unico says:

    Experimentei esse tal player que tanto falam aqui, não achei nada intuitivo.
    A qualidade de som providenciada por esse tal algoritimo também não é nada.
    Escutei uma mesma música e o Foobar me deu resultados melhores.
    Para mim esse AIMP2 é só um winamp com plugins já pré-instalados.

  27. Delfim Mota says:

    “Gravador de áudio
    Permite gravar som de qualquer dispositivo ligado ao seu pc e guarda-o em formato mp3, ogg, wav ou wma”

    Será que se ligar 1 tlm ele grava uma conversação? Pergunto porque não testei (ainda).

    Cump’s

  28. Artur says:

    Ola pessoal, já uso este player há bastante tempo, gosto muito.
    Uma duvida, agora que fiz update pra nova versão o converter não foi instalado, alguem sabe onde o posso encontrar? Ja procurei no site deles mas não encontro.

  29. maviii says:

    E entre este e o foobar? Qual o mais leve?

    • MySeLf says:

      o foobar de origem é mais leve, sem adicionares components e etc. mas tudo depende daquilo que queres porque o foobar é tão flexivel devido ao sistema de compenentes modulares que se tu começares a fazer uma configuração realmente complexa pode passar a consumir bastante. No entanto é pouco provável! 🙂

  30. Hawk says:

    Já uso a algum tempo, principalmente para ouvir rádios online. Sem dúvidas é um excelente player.

  31. luan victor says:

    pq quando eu clico em outra coisa o AIMP nao some da frente do monitor?

    me ajudem ae galera por favor
    obg

  32. Sharp Random says:

    AIMP é um retorno ao melhor paradigma:

    O paradigma de usuário ou como se diz por aí, de utilizador !

  33. Igor Henrique says:

    Realmente ótimo, e prático!
    Único problema que encontrei foi que não consigo usar as teclas ‘fn’ do not, não sei se é configuração, ou realmente não funciona.

    Se alguém souber, por favor me responda !

    t.igoorr@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.