PplWare Mobile

Surface Pro 3 bate concorrência directa em testes de performance


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. LP says:

    Se a Apple tivesse lançado o surface, arrasava a conocrrência toda! Assim vem com o MacBook, que até mete dó… as desvantagens de um portatil + as desvantagens de um tablet + 1 unica porta USB + sei lá que mais, a preço de ouro…

  2. Bruno Antunes says:

    em preço tb deve ganhar

  3. Hélder says:

    LOL!

    Bem se vê que não sabem o que andam a testar…

    Sim, deve ser o mais rápido…

    Mas também o mais caro (de longe), o mais grosso, o único que tem ventoinha, pior bateria em relação a outros tablets, menos aplicações touch, o único com TouchID (e aplicações que usem o TouchID), etc…

    Tá bem… quanto é que a festa custou à Microsoft?

    Ou mais importante, e o Surface non-Pro?

  4. knom says:

    comparar um cpu da categoria do i5 com um cpu arm32/64 bits não é justo

  5. JBM says:

    Os valores que apresentam para os iPads são muito estranhos. O iPad Air e iPad mini 3 têm processador idêntico e têm duma forma consistente dado resultados próximos nos testes do Geekbench. O resultado do iPad Air 2 é também fora do normal pois a olhar para as reviews que foram saindo, o resultado do Geekbench tem andado sempre à volta de 4400-4500 e não 4000.

    • rmcrys says:

      Bom, a performance näo diz tudo e há várias coisas a ter em conta:
      – o SP3 é um PC em forma de Tablet com uma espessura e peso para albergar um verdadeiro chip x86 i5; o iPad Air 2 é um monstro de performance “ARM” e ultra fino/leve;

      – o SP3 tem um verdadeiro Windows 8.1/10 e o iPad um iOS com todas as suas espessas limitacöes;

      O que ainda é uma grande vantagem do sistema iOS e dos (bons) chips Apple é a potencia do GPU + jogos.

      • JBM says:

        O comentário era acerca dos valores estranhos dos testes. Os valores que referi nem sequer punham em causa que o Surface ficasse em primeiro em performance.
        Quanto à vantagem da Apple, não é só para jogos. A última apresentação da Apple revelou bem como é que a Apple quer usar o Metal para retirar o máximo do poder do GPU+CPU em muitas mais aplicações e no desenho do próprio interface. Já tinha havido algumas indicações no ano passado sobre o aproveitamento do Metal para computação, mas agora ficou ainda mais evidente. As limitações do iOS não se vêem na qualidade e quantidade de aplicações feitas para este tipo de interacção, e ao que parece muitas dessas limitações vão se esbater na nova versão!

        • rmcrys says:

          O novo DirectX tem muito mais performance e ao nível da tecnologia da AMD/APPLE.

          Em todo o caso um sistema “universal” como o Windows é muito mais interessante que um sistema bloqueado.

          • JBM says:

            Não encontro informações e imagino que tu também não sobre o novo DirectX ter muito mais performance que a tecnologia da Apple, que não tem qualquer relação com a AMD. Creio até que as novas APIs do DirectX não se aplicam a computação. Para computação continuará a ser o DirectCompute.
            e como estamos a comparar dois aparelhos específicos, o que disse aplica-se a este caso em termos de vantagem por causa do GPU, que tu próprio apontaste.

    • Iurie Solomon says:

      mesmo k tenham cpu identico n ker dizer k apresentem benchmarks identicos, tens k considerar por exemplo tm o chipset, o modelo da ram, etc

      • JBM says:

        Se disse que têm duma forma consistente dado resultados próximos nos testes do Geekbench, é porque dão resultados próximos. Se tivesses visto a informação sobre os dois verias que têm hardware quase igual, variando apenas no ecrã, bateria e na regulação do processador.

    • Hélder says:

      Não, o mini 3 tem A7, o Air 2 tem A8X

    • Carlos says:

      Desconfio que o problema é do Geekbench, que é um teste “instantâneo”.
      A diferença de desempenho mesmo o SoC sendo o mesmo geralmente tem a ver com o arrefecimento.
      E como o Air 2 é maior que o Mini 3, provavelmente tem mais por onde dissipar o calor gerado pelo Soc e por isso menos necessidade de lhe reduzir a velocidade para evitar sobreaquecimento.
      Isso acontece também entre telemóveis e tablets que usam os SoCs da Qualcomm.

      • Nunes says:

        Isso explica a diferença de 2450 para 2600 que é o que se tem observado nos resultados reais do Geekbench entre as duas máquinas (Air vs mini3), não os resultados que são apresentados neste estudo.

      • JBM says:

        Tal como disse os resultados no Geekbench do iPad Air e do Mini3 têm sido consistentemente próximos, basta ir ver as reviews e as tabelas do Geekbench.
        O que dizes poderia explicar as pequenas diferenças que se têm visto nas reviews, mas não o resultado que aparece neste teste, que é uma diferença enorme que não faz qualquer sentido. O iPhone 5S, que tem o mesmo processador, também apresenta valores próximos no Geekbench a estes dois aparelhos.

  6. Benchmark do iPhone 6 says:

    Há aqui um passe de mágica que convém perceber, porque não é suposto o Surface 3 (Intel) ser comparado aos tablets iOS e Android (ARM) mas com os seus pares Intel (PCs e Macs).

    O segundo passe de mágica é dar ideia que há uma grande novidade – “O teste foi realizado pelo site britânico Which?”. O teste é uma aplicação, multiplataforma, de que quem quiser faz o upload publicado pela Geekbench numa tabela de resultados. Qualquer um pode pesquisar um equipamento (ou processador. Portanto, do que a “Wich?” fez alarido já muita gente tinha visto antes. A “novidade” está a em pôr um Intel junto com os tablets ARM. É o mesmo que por um Mac Pro. Não há nada de novo e indo às tabelas Geekbench fica-se melhor informado até porque tem resultados single-core (mais próximos da utilização normal) e multicore (os do “Witch?”).

    Em rigor, embora o Geekbench seja multiplataforma, os resultados comparativos têm mais significado dentro da mesma família – comparar, separadamente, a família Android e a iOS é mais rigoroso que entre eles,

    O link é para o gráfico (chart) do Android. Têm mais “benchmark charts” (iOS, mac processadores) e á direita o campo “search” para se pesquisar o que se quiser como, Surface 3 e que dá os resultados dos testes mais recentes em tabela.

    https://browser.primatelabs.com/android-benchmarks

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Já agora, recomendo que pesquisem por “Surface Pro 3”. Vão ver que há resultados para processadores i3, i5 e i7, com resultados (e preços) bastante diferenciados. O do post é i5, também dá para pesquisar “Surface Pro 3 Intel Core i5”.

      O resultado do post até é inferior à maior parte dos que aparecem na tabela – mas o ponto a que quero chegar é que não há nenhum interesse (exceto obter publicidade) em publicar um resultado individual, quando há porradaria de resultados de testes disponíveis .

      P.S. Já agora, no llnk que pus no comentário acima, sobre benchmarks Android, não deixem de ir até ao fim da lista para conhecer os “devices artificially boost performance while running Geekbench” 🙂

      • Gustavo Lima says:

        Qualquer Surface é melhor que qualquer iPad… Ponto!
        Se fosse um producto da Apple, já era a melhor coisa do mundo, mesmo sendo mais caro que os outros (Também mete qualquer um na gaveta).
        É o que dá ter umas palas nos olhos…..

        • Benchmark do iPhone 6 says:

          Tu vê lá “Carlos”, eu levo isto na brincadeira, não quero que tenhas uma apoplexia ou um problema qualquer no fígado com o que digo! Seriam alguns 200 nicks do pplware que deixavam m de existir 😉

          Quando aparecem comentários “Ah e tal, não se pode comparar o iPhone com Androids que custam menos” reconheço que é verdade – mas não para os Samsungs do topo que custam o mesmo, ou mais.

          Agora, vens-me com o Surface PRO vs. iPad. O iPad custa muito menos . Há tempos fiz um comentário, em que referia os preços do Surface 3, do iPad e do Macbok (modelo de 128 GB):

          “– iPad Air: €709
          – MacBook Air de 11″: €929
          – MacBook Air de 13″: €1029
          – Surface 3 de 12″: €899 + € 135 do teclado = € 1034”

          Há preços que mudaram e modelos novos, mas a questão é sempre a mesma – devido à diferença de preço, o Surface Pro (antes havia o RT, o Pro era para distinguir, porque tinha arquitectura Intel, agora é só Surface, porque o RT/ARM faleceu) não se compara com o iPad, que é bastante mais barato (parece que vai haver proximamente uma versão pro) – mas com o Macbook Air (agora também com o Mac “só”, porque saiu um novo Mac, no campo do MacBook Air, mas é só “Mac”).

          De modos que, se pensas que descobriste a pólvora – “Nem que seja com produtos da Microsoft, os gajos não se ficam a rir” – continuo a rir 🙂

          • Mikes says:

            Até em fóruns Apple tiram o chapéu ao surface e comparam-no ao macbook 2015… e deixam claramente a hipótese no ar que o surface vale a pena

          • Benchmark do iPhone 6 says:

            Comparem lá à vontade com os Mac e os resultados do Geekbench – e os preços respetivos

            Comparar com o iPad sem referir a diferença de preços é que é mais um passe de mágica.

    • Carlos says:

      Faltavam os esclarecimentos deste.

  7. NewJ says:

    Parece-me que o Surface não é diretamente comparavel aos outros tablets, porque se trata de um hibrido e é o único da lista que tem o processador refrigerado de forma ativa com ventoinha.

  8. rui says:

    Pena é não estar nenhum concorrente do surface na lista como:
    Dell Venue 11 Pro 7000
    HP Elite x2 1011
    Lenovo Thinkpad Helix 2
    nem o Asus t300 Chi apesar de este não ser a mesma gama por falta de acessórios como docking station e afins.

  9. Daniel says:

    Os resultados de geekbench para esses três aparelhos são:

    iPad Air 2 – 4528
    iPad Air – 2654
    iPad Mini 3 – 2480

  10. Joselito says:

    Que raio de comparativo é este? Não se deve comparar alhos com bugalhos!

    Speed Race envolvendo híbrido, tablets high-ends e tablet de supermercado pelo meio?! É como se comparasse uma corrida para ver que é o mais rápido entre um Ferrari, Audi A3 e Fiat 500. Logo a partida vemos que o Ferrari dá bailinho a todos outros, pois se trata de um supercarro! O Surface Pro 3 é um tablet híbrido, mas com características e componentes de portátil – luta desleal ao meu ver.

    Grande trapalhada… ou então cheira-me a “patrocínio” do gigante de Redmond…

  11. Carlos says:

    O surface pro n e tablet, e pc. Custa 1000-2000euros, ipad custa 500 e tem 4500 de geekbench e agr com multitasking e claramente o melhor tablet do mercado.

  12. Strato says:

    Os resultados do Surface Pro não me espantam minimamente, o que me espanta é considerarem o Surface Pro um tablet…enfim…

    • Hélder says:

      A mim espantam pela negativa…

      Um i5 que é só 20% mais rápido que o iPad, em casos reais, menos 50% de bateria e aí o dobro do peso e grossura…

      • Carlos says:

        (deixa cá atirar umas percentagens a ver se fico bem na fotografia)

      • Maraq says:

        o A9 da apple devera ultrapassar o i5 broadwell com geekbeench de 6000..se isso acontecer e com o multitasking o ipad torna se claramente o melhor “amigo do estudante” ganhando ao surface no unico vantagem que tinha

  13. FB says:

    Não vejo onde está a concorrência direta. O Surface Pro é um híbrido, os restante são tablets.

  14. Emanuel Vitorino says:

    Só para dizer que o Surface 3 bate o ipad. e não estou a falar da versão pro.

    • JBM says:

      Geekbench
      Surface 3: 3400
      iPad Air 2: 4400

      • rmcrys says:

        Esses números não dizem nada, um motor 2.0 TDI num A6 e num A3 tem performance diferentes, e um A6 muito mais estabilidade, capacidade de carga, possibilidades, etc.

        • JBM says:

          Os número revelam o poder do processador, e já se sabe há algum tempo que os Atoms da Intel ficam atrás dos processadores que a Apple tem usado nos iPads. Se queres falar sobre capacidade e estabilidade melhor então começares a olhar para as aplicações feitas para tablet e no poder produtivo que já se encontra em muitas aplicações do iPad

          • rmcrys says:

            Quando olho para o poder produtivo nos Tablet “näo-Windows”, sem a menor dúvida que melhoraram mas näo há a mínima comparacäo possível. Se há sistemas algo mais próximos a esse poder säo os Tablet Android de gama alta.

            A mim os benchmark, blá-blá-blá näo me interessam: o iOS é um SO para consumo e produtividade de “desenrasca”. No presente momento näo há um sistema de ficheiros central, upload geral no web browser, uso de rato e I/O usados para produtividade/edicäo. Daí que funcöes super básicas de seleccäo de texto com multimédia näo funcionam, partilha e ediccäo/adiccäo de conteúdos entre programas “é um filme” e obriga sempre a *MUITO* espaco livre devido à copia de ficheiros entre Apps.

            Para os adultos a produtividade é muito importante, e o poder produzir em casa e no mesmo aparelho estar em qualquer lado em modo tablet e ler/editar é impagável. O poder estar de viagem e meter uma PEN USB, um HDD USB, muitos permitem com dock rede Gigabit por fio, etc é outra coisa. Isso permite um Tablet Windows ou (muitos) Android. iOS….nop. No pouco que faz consegues benchmark altíssimos? Who cares…

          • JBM says:

            tablets Android!? E as aplicações feitas para tablet!?? É nisso que estou a falar, o iPad continua a ser a plataforma com a melhor oferta de aplicações produtivas pensadas para o formato tablet e para o poder de processador que este oferece, não aplicações pensadas para telemóvel ou aplicações que obrigam a ir buscar o rato.
            No presente momento as pessoas têm soluções para trabalhar com os ficheiros, mesmo sem ser apresentado um sistema de ficheiros central pelo SO, sem ser preciso duplicação de ficheiros entre aplicações. O browser tem alternativas. Não percebo o que queres dizer com selecção de texto com multimédia pois não há qualquer impedimento em copiar texto com imagens…

          • Benchmark do iPhone 6 says:

            Quanto a diferenças de preço – nada?
            Só vale quando se compara o Apple Watch com o LG G 😉

            Pareces-me um adulto ainda muito infantil.

    • FG says:

      Coitado do Surface 3 contra um iPad Air 2…

      Então em jogos…

      • rmcrys says:

        Coitado nos jogos, sim, em tudo o resto arrasa e nem há comparação possível.

        Um chipzito ARM com um SO move, vs um x86 com um SO total… Lolol

        Uma mota com 150 CV não é o mesmo que um carro com 170cv. Anda mais rápido, mas está muito longe de ser o mesmo. Para ir dar umas voltas não é preciso mais …

    • Ricardo says:

      bate em que? um atom a 800euros nem no preco bate o ipad, agr vens com a conversa ah e tal mas posso instalar programas windows…no ipad tb tens apps que sao superiores aos programas windows e sem lag , sem virus, sem updates que fazem reboots, tudo fluido e rapido

      • cm says:

        lol, instalar programas? Nem um um programa de torrents da para instalar..entre tantos outros..a apple é mesmo um caso de estudo, como roubar com consentimento e deixa-los felizes…

        • Ricardo says:

          oi? Sabes que com jailbreak é possivel fazer download de torrents? Por 500euros tens um ipad rapido e fluido, um pc com windows nem por 1000 e fluido e sempre cheio de problemas como os updates do w8

      • rmcrys says:

        Aqui näo há “vir com conversa”:

        comparar o ARM Apple vs. Atom, é o mesmo que dizer um telemóvel “dumb” Nokia se liga mais depressa que um smartphone. O ARM Apple está a fazer uma tarefa, no mesmo tempo que o Atom (no Windows) está a “tomar conta” da ligacäo WIFI, meia dúzia de USB e HDD/PEN USB ligados *e a funcionar*, a controlar o SMB/rede WIFI e Ethernet, a deitar o olho à App da Impressora multi-funcöes e scanner, a deitar o olho ao A-V, ao Handbrake que está a converter com Quicksync a 80-120 fps, ao FreeFileSync que está a sincronizar um NAS com o outro, etc.

        Daí que um Tablet Win + Intel vs. iPad é como comparar um PC de Jogos vs. Consola: o PC de jogos serve para jogar e TUDO o resto, até produzir os próprios jogos LOLOL; a consola dá para “playback” (jogos, multimédia) e daí conseguir ser mais leve, barata, consumir menos. O iPad para “playback” está 5 estrelas e até sobre potenciado (Air 2), mas um Tablet Win + Intel é muuuuuuuuuito mais versátil ainda que (ainda) näo seja o ideal para jogos.

        NOTA: com o novo DX12 espera-se um bom ganho na framerate, e com a melhor optimizacäo do Win10 + controladores mais outro tanto. Eu vendi um iPad Mini 2 por um Tablet Windows Atom Z3745 e valeu bem a pena. E posso jogar muitos e bons jogos. Se quero mais tenho um “PC a sério”.

  15. Vitor says:

    Definição de Tablet: *Fonte: http://www.priberam.pt/dlpo/tablet

    tablet |táblèt|
    (palavra inglesa)
    substantivo masculino ou feminino
    [Informática] Computador portátil de pouca espessura e ecrã táctil. = TABLETE

  16. Fábio says:

    Completamente ridículo este teste.
    Se fosse comprado o surface 3 em vez do Pro, ai sim faz sentido. Agora o Surface pro 3 têm é de ser comparado como portátil e não como tablet, porque no fundo pode parecer um tablet mas os componentes usados são os de um portáteis comum.
    Um comparativo entre o surface pro 13 e por exemplo o apple macbook 12″ Já faz mais sentido

    • ricardo says:

      Ou seja, se meterem num smartphone um i7, gtx970 e por ai fora, ele vai deixar de ser um smartphone e vai passar a ser PC? E pelo interior que defines o produto? Enfim… Deixa de comentar e faz um favor a todas as pessoas.

      • rmcrys says:

        “se meterem num smartphone um i7, gtx970 e por ai fora, ele vai deixar de ser um smartphone e vai passar a ser PC”

        PC = personal computer. Se tiveres um smartphone (que já os há) suficientemente potente *e um SO que o permita* (iOS näo), e ligares o “smartphone” a uma Dock com teclado e rato, o teu “smartphone” passa a ser o teu Personal Computer. Daí a MS com o Windows Mobile 10 / Windows 10 estar a fazer algo assim.

        Eu já liguei o meu Note 4 à TV por HDMI, e usei um teclado e rato sem fio. Ora bem, naveguei “como” num PC Windows; escrevi no Office, editei fotos, e até acedi por rede a vários ficheiros “como” num PC Windows.

        Para teres um “smartphone-PC”, já tens tudo lá em Android e brevemente no WM10. A única diferenca é que um “PC” passou duma torre horizontal/vertical numa mesa -> Portátil -> Hibrido/Tablet -> brevemente smartphone-PC.

  17. Teclast says:

    A minha teclast x98 air II tem exactamente as mesmas specs que um ipad air II e custou ~190€.
    Corre Windows 8.1 Pro e Android 5.x com zero lag e traz 32 gb. Melhor que isto não se arranja, sem certeza nenhuma.

  18. enese says:

    acho que desta vês exageraramno que toca a fazer compareçoes parvas. Desde quando é que os ipads e nexus e kindles são concorrentes direitos do surface pro?
    que eu saiba os concorrentes do surface são os portateis conversiveis como o lenovo yoga…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.