PplWare Mobile

Qual é o smartphone mais rápido a carregar a bateria?


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. JBM says:

    Este estudo ignorou por completo, nem sequer menciona, que o iPhone 6 tem a possibilidade de ser carregado mais rapidamente usando outro carregador.

    • JJ says:

      Mas dá para carregar o iPhone 6 com dois carregadores, é?

      • JBM says:

        isso é sono ou uma tentativa de ser engraçadinho!?
        O iPhone 6 pode ser carregado bem mais rápido com o carregador de 12W da Apple, em vez do de 5W que eles usaram no estudo.

        • rui says:

          O teste acho que tem que ser feito com o carregador original ou um igual para todos.
          Podia nestes testes é aparecer um WPhone.

          • JBM says:

            o teste deverá ter sido feito com o carregador que vem na caixa, mas não é esse o objectivo do estudo que é mencionado. O que é mencionado é a capacidade do aparelhos para ter carregamentos rápidos.

          • JBM says:

            correcção.
            Eles nos comentários acabam por confessar que se deram ao trabalho de com o Lg G4 usar um carregador diferente do da caixa para ter carregamento rápido e ver como se comportava.
            Por isso claramente que a comparação com o iPhone poderia ter sido mais justa, no mínimo mencionar a capacidade.

          • Zaark says:

            WP fica de fora pois faz parte de uma cultura zen e não de uma cultura bélica de competição. Deve ser isso :p

          • Paulo says:

            O meu lumia 820 carrega em cerca de 1h45. Não sei precisar ao minuto…

          • viT says:

            O samsung galaxy S6 é lider a destruir e reduzir a vida útil das baterias. Quanto mais rápido é o carregamento maior é o efeito negativos na baterias.
            O asus têm uma boa técnica de carregamento, durante a fase inicial fornece mais corrente electrica dpois reduz gradualmente à medida que esta vai ficando carregada

        • JJ says:

          Mas isso é o mesmo para todos!
          Se carregares um qualquer telemóvel como um carregador de 12W, carrega mais rápido.

          Independentemente disso, se eles usaram o de 5W para todos, todos tiveram em pé de igualdade, logo se usassem o de 12W para todos, os resultados seriam os mesmos. (Claro com temos de carregamento mais baixos.)

          Afinal quem anda com sono!?

          • JBM says:

            Por favor, não atires coisas para o ar que simplesmente não sabes! Eles não usaram carregadores de 5 W para todos, seria até impossível carregar tão depressa com um carregador de 5W. Por exemplo a capacidade da bateria do Galaxy é cerca de 9,7Wh, o que a carregar com um carregador a fornecer 5W constantes demoraria no mínimo cerca de 116 minutos e não 82 minutos.
            O que eles usaram foi muito provavelmente os carregadores que vinham nas caixas dos equipamentos, como se pode depreender quando falam do carregamento do Galaxy S6.

          • JBM says:

            correcção.
            Eles nos comentários acabam por confessar que até se deram ao trabalho de com o Lg G4 usar um carregador diferente do da caixa para ter carregamento rápido e ver como se comportava.
            Também confessam que para o iPhone não tiveram esse cuidado.

        • Realista says:

          Realmente é injustiça!
          Deviam ligar o iPhone 6 a um powerbank e apenas contava o tempo de carga desde os 99% aos 100%.

        • Miguel Pestana Nóbrega says:

          Também podes usar um carregador mais potente em qualquer outro telefone, embora eles tenham um carregador mais fraco por alguma razão….

          • JBM says:

            Puderes usar em qualquer telemóvel não quer dizer que carregue mais depressa do que com um carregador de 5W, por exemplo. O carregamento rápido depende da tecnologia usada no telemóvel.
            Nem os outros casos invalidam que o teste ignorou a possibilidade de carregamentos rápidos no iPhone, ou que houve dualidade de critério no escolha de carregadores usados para cada aparelho.

      • Maurício Sousa says:

        Não é a questão de ser 2 carregadores, eu uso o carregador do iPad air e carrega super rápido. Se meter em modo voo então…

    • Mikes says:

      Isso acontece com todos.
      Que mau perder.

      • JBM says:

        acontece com todos? que eu saiba quase todos os outros que no estudo usaram os carregadores que permitem carregar mais depressa.

        • JJ says:

          Sabes porque?
          Porque essa tecnologia, já vem de origem com o equipamento, ou seja, eles limitaram-se a usar os carregadores que acompanham o equipamento.

          Que culpa tem eles do carregador que acompanha o iPhone não é o de melhor desempenho?

          • JBM says:

            não vir na caixa com o melhor carregador não retira a possibilidade e capacidade de ter. E tendo o tipo de estudo feito e as ideias que são apresentadas ao longo do seu texto, então no mínimo deveriam ter mencionado a capacidade do iPhone para ter carregamentos mais rápidos.

    • Paulo Martins says:

      Verdade que com o carregador por exemplo do ipad ele carrega mais depressa… Mas o teste só faz sentido com o carregador original…

      • JBM says:

        O teste faz sentido com os resultados dos dois carregadores.
        Se fores a ler o estudo feito o que eles pretendem é verificar a capacidade dos aparelhos para carregamentos rápidos, não estabeleceram qualquer critério extra sobre usar o carregador que vem na caixa ou não. As conclusões até falam em usar os carregadores apropriados para tirar partido desta capacidade.

      • JBM says:

        correcção.
        Eles nos comentários acabam por confessar que se deram ao trabalho de com o Lg G4 usar um carregador diferente do da caixa para ter carregamento rápido e ver como se comportava.
        Por isso claramente que a comparação com o iPhone poderia ter sido mais justa, no mínimo mencionar a capacidade para ter carregamentos mais rápidos

    • Necroman says:

      O iPhone e todos os outros telemóveis, obviamente.

    • RuiP says:

      Assim como todos os outros equipamentos, todos eles carregam mais rápido com carregadores mais poderosos. A malta das maçãs têm sempre umas palas proporcionais ao dinheiro que gastaram a comprar o seu equipamento.

      • Daniel Pinto says:

        Sabes que o equipamento também controla o processo de carga certo?

      • JBM says:

        A diferença é que os outros neste teste usam esses carregadores, e o iPhone 6 não!

        • JJ says:

          Não usam, porque o iPhone não tras de origem esses carregadores.

          Se alterassem o carregador que vem de origem no iPhone, tinham de também o fazer nos outros. Porque existe sempre melhores carregadores do aqueles que vêem de origem. Assim sendo, os resultados, quase de certeza seriam idênticos, mesmo que as diferenças pudessem não ser tão grandes.

          • JBM says:

            continuas a atirar coisas para o ar sobre o que não sabes!
            Primeiro que tudo, não há carregadores que permitam carregamentos mais rápidos para por exemplo o Galaxy S6, pois o seu carregamento rápido não só é proprietário como é controlado pelo telemóvel, não pelo carregador. Os carregadores apenas suportam a tecnologia da bateria do telemóvel.
            E por último, mudar de carregador foi exactamente o que fizeram para o teste do LG G4.

      • Safrane says:

        Só que usaram os normais no iPhone, já nos outros, não…

        Este gente não quer ver mesmo…

        Acham que estes sites vivem a pão e água? Acham que os leitores da Toms Hardware são como a minha mãe que usa o Internet Explorer e não tem Ad Blocker?

        As receitas têm de vir de algum lado…

  2. JJ says:

    A foto apresenta um Lumia… mas nos testes não foi usado nenhum equipamento com WP.
    Ao menos faziam um teste com equipamentos dos diversos SOs.

    • rmcrys says:

      Este estudo näo é mais que meramente filosofia. Faltam vários SO, falta ter em conta que 80% da bateria nuns telemóveis corresponde a muito menos mAh, e possivelmente (por ex.) como num Asus 80% da bateria dá para uns 2 dias de uso, e uns 80% num iPhone nem chega ao final do dia.

      • Marisa Pinto says:

        E a filosofia foi de onde nasceram todas as ciências, para além de que é o amor pela sabedoria. Se o estudo é mera filosofia, então acho que éum bom estudo 🙂

      • JJ says:

        Já estas a misturar coisas.
        A questão aqui é, qual era o mais rápido a carregar, não questões de durabilidade da bateria.

        • rmcrys says:

          Tu é que näo estás a ver o panorama.

          Se queres determinar qual a bomba de gasolina mais rápida, vais fazer como??? vais determinar qual mete mais L/minuto, ou vais ver qual enche o depósito mais rápido em que uma tem um carro com depósito de 50L e outra um de 70L???

          Além disso acho que se esqueceram do que é mais importante para o CONSUMIDOR: com um carregamento de 1h, com qual telemóvel fazem X tarefa durante mais tempo. Se um telemovel X demora 50% menos a carregar mas a bateria dura 60% menos que o telemovel Y, acho que todos preferem o Y.

          Outro aspecto é quantos ciclos completos aguenta a bateria em carregamento “rápido” vs. “normal”, e se calhar esta vantagem…näo é täo vantajosa.

  3. José Gomes says:

    Seria interessante juntar também testes de duração de bateria, para obtermos resultados tipo: 30m a carregar dão para x horas no G4, X horas no ZenFone etc… Em testes de duração o S6, Iphone 6 e OnePlus TWO, costumam estar mesmo muito acima do ZenFone 2. Ou seja se tivessemos uma tabela tipo 30m de carga vão nos dar para x horas , e 1h carga dá para y, iamos ter resultados muito diferentes mesmo.

    • JJ says:

      Mas leram o estudo? Eles analisaram, qual deles carrega mais depressa, não a durabilidade da bateria.
      Não misturem as coisas…

      • Francisco says:

        Responderia à pergunta: quantos minutos são precisos para quantas horas de uso? Acho que até era mais útil que uma mera percentagem, só dava mais trabalho/tempo fazer.

  4. Miguel says:

    Um equipamento de 800€ com uma maça é pior em tudo 😀

    • rmcrys says:

      No fim do ano (Natal, ou Q1 2016) é que vai ser:
      1) W10 Mobile
      2) Android M
      3) iOS 9.x

      Neste caso todos os SO trazem melhorias fabulosas, e só na altura é que vamos ver o que todos os aparelhos novos (Note 5/Edge+/iPhone 6s/Lumia, etc) säo capazes.

      Verdade seja dita a maior parte das pessoas quando compra um topo-de-gama näo está a comprar Samsung, Apple etc, mas sim *o melhor* Android, ou *o melhor* iOS.

    • Daniel Pinto says:

      Eu já tentei, mas nunca consegui compreender o porque desta “guerra” 😀

  5. Edgar says:

    Acho que há aqui um aspecto que ninguém tomou em conta ainda. As baterias de lítio partilham todas a mesma tecnologia, em todos os dispositivos. Mais capacidade ou menos é a mesma coisa. O que acontece é está provado é que, quanto mais rápido de recarregar a bateria menor será a sua vida útil. Penso que este sim é o ponto essencial.
    É claro, há outros factores que influenciam a vida útil de uma bateria, mas este é sem dúvida um dos mais importantes. Ora o que é que os testes provam, a Apple sabe disso e preocupa-se com a vida útil da bateria dos seus dispositivos, ao contrário da samsung por exemplo.

    • JJ says:

      Isso é um facto.

      Tendo em conta que a tecnologia das baterias esta “estagnada” e é igual para todos, o facto de carregar mais rápido, reduz a vida útil da bateria.

    • Bob says:

      As baterias de lítio, continuam a ser alvo de melhorias. Cada mês, descobrem algo novo, que permite ter mais tempo de vida, ou diminuir em muito, o tempo de carga, etc.
      Mas ainda não chegou à produção em massa, anda tudo em testes 🙂

    • Tiago Branco says:

      não diria que quanto mais tempo demorar mais tempo aguenta. é uma questão da potência do carregador em relação com a capacidade da bateria.
      depois a maneira como utilizamos o equipamento vai também reflectir no tempo de vida da bateria – e com isto também refiro as apps que correm em background.
      na minha ignóbil opinião acho que isto é um estudo muito vago com muita capacidade de suscitar argumentos :p

      • JBM says:

        ele está a falar do número de ciclos de carga/descarga que se consegue ao longo dos “anos” de uso da bateria, sem grande perda de capacidade.

  6. Paulo Pinto says:

    Pois…esqueceram-se do OPPO Find 7 / 7a que custa um terço dos equipamentos apresentados e em cerca de 20 minutos consegue carregar +50% com o carregador que vem de origem.

  7. Nuno says:

    Loool Nexus 6 quase 2 horas??? Só mesmo com os carregadores normais, o carregador de origem carrega a 100% +/- numa hora

  8. Bob says:

    E o “quick charge” da Xiaomi? (que é da Qualcoom e usado em mais marcas)

    Existe a versão 1 e a 2 agora. E penso que nenhum dos aparelhos testados tem este função.
    (podem ter outras, claro)

    Gostava mesmo de ver o resultado prático do Quick Charge 2.0. Às vezes só preciso de ter uns 40% ou 50% até ir para outra reunião ou assim, e chega para não ficar “offline” 🙂

  9. Benchmark do iPhone 6 says:

    “O teste de velocidade de carregamento de baterias foi realizado com o intuito de perceber até que ponto os smartphones que têm fast charging conseguem igual os smartphones com baterias “normais”.”

    E o que é o “fast charging”, perguntais vós? No essencial, permite usar carregadores de potência superior aos habituais, de 5W. Por exmplo, diz no link abaixo da 1ª imagem do post:

    ” Most manufacturers that promise faster charge times use Qualcomm’s Quick Charge 2.0, a freely available technology for any phone featuring one of the company’s popular processors. Quick Charge 2.0 takes advantage of the extra power from a 9-volt/1.67-amp power brick [Ou seja, 15 W]. A traditional phone power brick is a much smaller 5-volt/1.5-amp like those that come with the Apple iPhone 6 and iPhone 6 Plus [dá 7,5W, o carregador que vem é efectivamente de 5 W]”.

    Li o artigo e pasmo. Conforme diz e bem, o @JBM, nos outros usaram carregadores de maior potência. Que se perceba – para o iPhone 6 usaram o carregador original de 5W.

    Por que é que não usaram então o carregador para iPad de 12W, também suportado pelo iPhone? Carregava mais depressa – está comprovado sem qualquer dúvida.

    Frequentemente aparecem umas certas conclusões que deixam o pessoal do costume muito satisfeito, mas são conclusões da treta 😉

  10. Benchmark do iPhone 6 says:

    … no 2º parágrafo – “permite usar” não é o termo – “permite tirar proveito” (para carregar mais depressa).

  11. Tripax says:

    Nada que já não soubesse, mas penso que aqui se fica mais elucidado.

    http://www.gsmarena.com/charge_test-review-1239p4.php
    http://www.phonearena.com/news/Our-Samsung-Galaxy-S6-edge-battery-life-test-shows-flagship-worthy-endurance_id67631

    So para concluir que o Galaxy S6 mesmo com carregamento em Wireless , e mais rápido que um iphone 6.

    Aqui temos a potencia entre baterias https://www.youtube.com/watch?v=Bn90snxRd8U

    https://www.youtube.com/watch?v=CW5MYdua81s

    Aqui por ultimo deixo a comparação entre o Galaxy S6 que mesmo ainda tendo a versão 5.0.2 que não estava muito optimizada como a actual 5.1.1, mesmo assim da para tirar duvidas, este vídeo e mais relacionado a um video que entre o Note 5 e o Iphone 6 , e sim porque todo o Hardware que o Note 5 trás e o mesmo no Galaxy S6, dai eu ja ter dito num post anterior que se eles esta assim com esse problema, dentro de dias fica resolvido o problema com uma actualização.

    https://www.youtube.com/watch?v=pZsgVrzLLBk

    • JBM says:

      Fazem exactamente a mesma coisa, que é ignorar que o iPhone 6 também tem carregamento rápido usando outro carregador.
      E em duração de bateria pega no iPhone 6 Plus e em benchmarks em que têm o cuidado de realizar o mesmo trabalho e verás que a coisa não é bem como pensas!

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Pareces encartado no assunto. Sabes-me explicar porque é que tem que se usar o carregador que vem com o equipamento?
      O do iPhone 6 é o de 5W (5V x 1A).
      Porque é que não fazem o teste com o carregador de 12 W do iPad que também é suportado pelo iPhone e que o carrega bastante mais depressa?

      Não achas que se o que está a ser avaliado é se carrega mais depressa – se devia usar o carregador, suportado, que carregasse mais depressa?

      • rmcrys says:

        “Porque é que não fazem o teste com o carregador de 12 W do iPad que também é suportado pelo iPhone e que o carrega bastante mais depressa?”

        Isso tens que perguntar à Apple porque se pagas um verdadeiro Premium, vem um carregador de 5W em vez de 12W. Acho que a verdadeira resposta seria “ok suporta e carrega mais depressa, mas näo daí a ser saudável para a bateria é outra coisa…”.

        Eu por norma só carrego os meus artigos de topo com o carregador fornecido ou com muito boa qualidade com menos potência. Posso dizer que por norma carrego quase tudo com um carregador de topo-de-gama de apenas 1A apesar da maioria dos meus aparelhos de topo-de-gama virem com carregadores de 2.0-2.1 A. Eu prefiro um bom e lento carregamento, e só faco um “rápido” se estiver meeeeeesmo a precisar urgentemente de carregar e sair.

        • JBM says:

          Isso tem que se perguntar a quem fez este teste. Para o LG G4 que testaram não usaram o carregador que vinha com o aparelho e foram buscar outro que permitia carregamento rápido.
          O tamanho do carregador de 12W, peso e custo também terão sido factores para não vir com o iPhone 6. A Apple assegura o funcionamento devido com o carregador de 12W, mas é claro que os riscos aumentam para que a bateria possa sofrer alguma degradação.

        • Benchmark do iPhone 6 says:

          Vamos lá ver. O “fast charging” é apresentado como a tecnologia que permite carregar mais depressa. Para carregar mais depressa, com uma diferença significativa, o carregador é superior a 5W (5V x 1W).

          Quando estás a comparar a velocidade de carregamento dos que têm a tal tecnologia “fast charger” – mas usando um carregador superior a 5W, com o iPhone 6 – usando um carregador de 5W, estás acomparar o quê?

          – A tecnologia, que há em cada smartphone, que permite carregar mais depressa?
          – Ou carregador que está a ser usado em cada um?

          Então, para se fazer uma comparação efectiva sobre a tecnologia:

          – Ou os carregadores têm todos a mesma potência, 5W (5V x 1A) digamos,
          – Ou cada um usa o carregador suportado – definido pela marca – que permite carregar mais depressa. E aqui não tenhas dúvida que a Apple não aponta qualquer reserva a que se use os carregadores do iPad, de 10W e de 12W no iPhone – e que o carregam mais depressa.

          Assim, a comparação do post, é que é uma trampolice sem jeiteira nenhuma.

          P.S. Mais por carolice/desconfiança, esse tipo de coisas, também prefiro 1A – o que significa que dou preferência ao carregador de 5W para o iPhone, mas é só a “desconfiança natural da pessoa”. Em casa, tenho ao lado um do outro um carregador de 5W que uso habitualmente para iPhones e um de 10W para iPad. Se o de 5W estiver a ser usado no momento não tenho qualquer problema em usar o do iPad.

          • rmcrys says:

            Bench, para isto ser mais correcto, o carregador deve ser sempre o fornecido pela marca com o aparelho. O meu Note 4 tem a opcäo de activar/desactivar o carregamento rápido, e tenho desligado. Já usei um par de vezes o carregamento rápido em emergência e é fantástico, a temperatura da bateria näo aumenta significativamente mas mesmo assim e enquanto näo surgir uma revolucäo nas baterias, para mim o carregamento rápido näo é mais que uma “injeccäo de adrenalina”, e que diminui a vida útil da bateria. Se é 3 ou 30% näo sei, mas acredito que sim diminui já que aumenta o stress no carregamento.

            De resto acho que o importante näo é (tanto) o tempo de carregamento, mas a duracäo da bateria, e se puderes ter um smartphone que com o teu uso dura 2-3 dias completos em vez de 1 dia e mal…

            Eu de aqui para a frente só troco de smartphone *se* alguma marca der um salto significativo na duracäo da bateria, e me dê uns 3 dias completos com um uso decente. Fora isso fico-me pelo Note 4.

    • Safrane says:

      É a descarregar, também vistes os testes?

      É engraçado, dizem que o melhor, é aquele que há mais queixas, e o pior, aquele que há mais pessoas a dizer bem…

  12. david.pt says:

    Ignoraram completamente a capacidade de cada bateria… Os ultimos 2 quadros não deveriam ser aplicados.

  13. Blueparty says:

    Existe forma fácil de receber um alerta de som no Galaxy S5 quando a bateria está completamente carregada?

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Não há necessidade:

      – As baterias dos smartphone trabalham melhor com a carga entre 40% e 80%.

      – Se carregar completamente – a bateria é suficientemente “inteligente” para parar de carregar.

  14. paulobraveheart says:

    isto anda tudo tonto.
    epa nao entendo a perda de tempo das pessoas com tempos de bateria,tempos de arranque etc.
    tanta coisa importante para se pensar, e a malta perde tempo com cagadas destas,e analises de caca.
    carrega?arranca?funciona bem? SIM…….entao ta bom .
    ainda mais me deixa perplexo,e pessoas a gastarem rios de dinheiro a comprar o ultimo modelo,quando muitas vezes tem um praticamente novo, recente, e sem problemas.
    enfim e a geraçao sem nada na tola que temos,e que nao da qualquer valor ao dinheiro.
    ou tem paizinhos com dinheiro que apenas tem isso mesmo,dinheiro.
    a quem nao encaixar a critica,parabens.
    a quem se sente ofendido,temos pena,cresce.

  15. Az8teiro says:

    Todos os telemíoveis que entraram no estudo foram descarregados completamente a 0? e foram carregados usando o mesmo carregador? Se não, o estudo vale zero porque carregadores diferentes carregam a diferentes amperagens logo isso faz variar o tempo de carga, a capacidade das baterias também faz variar o tempo de carga portanto….

    O estudo parece-me um bocado esquesito, sendo que ganharia sempre o telemóvel com a bateria de menos amperagem se comparam com a % de bateria carregada ao invès da amperagem da bateria..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.