Quantcast
PplWare Mobile

Governo: 16 mil cartões de telemóvel para refugiados ucranianos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Memória says:

    16 mil cartões de telemóvel ?
    Mas para que servem sem Iphones novos?

  2. Jorge says:

    A minha tia com 86 anos tem uma reforma miserável de 200 e poucos euros. Também lhe vão dar um cartão?

  3. says:

    o lider dos ucranianos , pede armas , mais armas e se o não fazem , bate o pé chegando ao ponto de não querer receber o presidente alemão em conjunto com outros presidentes da regiao que o apoiam , só depois do alemao dizer que lhe dava armas é que… a união europeia no geral doou $$ … mas a maioria para compra de armas ou em forma de pacote de armas… américa idem aspas aspas…

    Por fim noticia de hoje , na visão de quem está lá bem perto : Acusação da Turquia. “Alguns países da NATO querem que a guerra continue”

    Parece que todos estão cegos exceptuando uma meia duzia que percebe o porque de este FOGO estar a ser alimentado em vez de ser apagado…

    • Mr. Y says:

      Ia combater como? Com cravos na lapela?

    • Jane Doe says:

      Em vez de armas devia pedir estes cartões de telemovel e depois incomodava tanto os soldados russos que querem invadir o seu país com chamadas, que eles iam embora para o país deles… boa ideia!
      Entretanto, se os países da NATO querem que a guerra continue, nada como o Putin lhes estragar os planos e terminar a guerra já amanhã, chamando as tropas de volta ao seu país.

  4. says:

    O ministro turco dos Negócios Estrangeiros afirma que alguns países-membros da NATO pretendem que guerra na Ucrânia perdure, de modo causar a erosão das capacidades da Rússia. Em entrevista à filial turca da CNN, Mevlut Çavusoglu lamenta a escassez de resultados dos esforços de mediação levados a cabo por Ancara.

    “Há alguns países no seio da NATO que querem que a guerra na Ucrânia continue. Eles pensam que, se a guerra continuar, a Rússia ficará enfraquecida. A situação na Ucrânia pouco importa para eles”, sustentou Çavusoglu. Çavusoglu

    • Jane Doe says:

      Porque é que o Putin não lhes estraga os planos e termina a guerra, que ele começou, deixando de erodir as suas capacidades?

    • Tom says:

      Uh… sim, basicamente é assim que se ganha uma guerra por atrição.
      Se um dos lados se der conta que está a perder força em geral pode considerar desistir do conflito para conservar forças para a defesa — Parece que ainda não aconteceu.

      Agora claro, alguém com o histórico cultural como esse senhor, teria de pensar que o objectivo é atacar a Russia em vez de suportar a Ucrania.

  5. Gut says:

    Se tiver algum custo, certamente será residual. Nada de mais. Fazem bem.

  6. JS says:

    Acho bem
    Não sera publicidade enganosa?
    Também os lucros são tantos e daí a oferta
    A nivel das reformas falam ai mas não sabem o que dizem
    Essa de descontar pouco voçes não sabem o que dizem
    Se agora os trabalhadores ganham o SMN daqui quando forem para a reforma ainda vão receber mais qualquer coisa do que 200€
    Primeiro informem-se e depois falem

  7. SANDOKAN 1513 says:

    “Números recentes revelam que em Portugal o número de ucranianos refugiados deverá rondar os 30 mil.” 30 mil ?? Já são 30 mil os refugiados ucranianos em Portugal ?? Esta é boa.

  8. says:

    Joe Biden afirma que Putin “nunca irá conseguir dominar e ocupar toda a Ucrânia”

    No entanto lider da ucrania avança com o Drama e o terror , “se não os pararem eles vão por toda a europa” como ele tantas vezes tem repetido.

    Só ficar atento para perceber os timmings das coisas

    • Jane Doe says:

      É assim tão difícil compreender que nunca irá conseguir dominar e ocupar toda a Ucrânia, precisamente porque estão a “ser parados”? É assim tão difícil compreender que se assim não fosse, a Ucrânia era totalmente ocupada e a seguir seriam outros?

    • Tom says:

      Timing? Como assim? Isso é sabido desde o inicio, mas com o passar da guerra e o choque a desaparecer parece que algumas pessoas se esqueceram do que está na balança.

      No mundo moderno como o conhecemos, tens uma das maiores potências mundiais a lançar-se sobre território alheio ocupado não necessariamente pela oposição mais fraca na Europa. Achas que se tomassem a Ucrania ficavam por ai?

      Compreendo a necessidade de ser o advogado do diabo, mas há alturas em que um devia tapar a cara; mas enfim, anonimidade da internet dá poder às pessoas para dizerem coisas estranhas.

      Longa vida caro Zé.

    • Tiago says:

      Já começam as teorias da treta. Para algumas pessoas tem que haver sempre uma realidade paralela.

  9. Técnico Meo says:

    #bad bot

  10. silverioacsilva says:

    E eu…não tenho direito a um telemovel,depois de descontar 43 anos,e ter uma reforma que não dá para o aluguer de casa,os outros fogem da guerra e nós queremos fugir da miseria e da fome.

    • JS says:

      Também Concordo
      Como aqui dizem em cima sem saberem o que dizem
      Claro que nesses anos ganhavamos pouco claro que vamos receber pouco,mas os iluminados acima referidos quando chegarem ao tempo deles de reforma a ganharem o SMN ainda vão receber menos do que quem descontou anteriormente foi com os nosso pais agora connosco e mais tarde com estes iluminados daqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.