PplWare Mobile

Apple acusada de ter roubado a tecnologia de câmara dupla nos iPhone


Imagem: iDropNews

Fonte: Scribd

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Mario says:

    Todas as marcas usam câmera dupla e até tripla e só a Apple e que infringiu? Cheira me que querem dinheiro fácil por a Apple ser a única empresa com status e dinheiro no mundo tecnológico. Vão trabalhar e deixem a Apple em paz.

    • Miguel says:

      Não direi “única” empresa com status e dinheiro, as vendas tem caído a pique e a marca tem vindo a perder cada vez mais valor e a perder até clientes fieis. A marca morreu quando o Steve Jobs morreu. O que alimenta a Apple são os fanáticos que não querem ver o que esta errado! Uma empresa que deve biliões de impostos a não sei quantos países, cuja receita fiscal é bem superior a concorrência e até na margem de lucro. Não é uma empresa que merece status e muito menos dinheiro!

      Apple já era…

      • Mario says:

        Na tua cabeça talvez, na realidade nunca teve melhor. IPad Pro, iphone, airpods, MacBook sao todos os melhores do mercado. O unico flop foi o HomePod . Quando lançarem um SÓ tao bom quanto Mac OS. e ios com o ecossistema igual ou parecido eu troco.

        • Pérolas says:

          Essa paixão “excessiva” pela a apple é admirável! Na realidade (certamente paralela) em que os demais vivem, a apple que conhecemos, é um bocado diferente…

        • Miguel says:

          São mentalidades como a tua que fazem com que a marca tenha perdido o rumo!

          Fanatismo no seu melhor 😉
          Usei todos as gerações até ao 7. Portanto sei do que falo!

      • rodrigo says:

        lol comentarios como o teu fazem me rir. obrigado

      • Fixo says:

        Diretamente e indiretamente (ou seja, somando o pessoal da Apple, de fornecedores e developers) tens ideias de quantas pessoas trabalham em produtos e serviços da Apple – só nos EUA?
        2,4 milhões de pessoas, quatro vezes o número de 2011 (ano em que Jobs morreu)

        Essa de que a Apple morreu com Steve Jobs está gasta. A Apple é a primeira nos tablet, weareables, e serviços das tecnológicas nesta área. Ter sido 3ª ou 4ª fabricante de smartphones no último trimestre tem uma importância relativa – deve ter ficado, mais uma vez, com a maior parte dos lucros de todos os fabricantes de smartphones.

        • Miguel says:

          Para isso basta olhar para a Samsung e o império que eles tem claro que de diversos ramos faz parecer a Apple uma miniatura no entanto são coisas diferentes.

          Basta veres os utilizadores fieis sem ser fanáticos pela marca que deixaram a marca precisamente não pela desculpa que a marca deixou de ser o que era mas pela falta de criatividade! Hoje em dia o iOS não serve de desculpa!

          Equipamentos com 2 anos começam a dar problemas, as Apps começam a ter problemas e as limitações para quem tem supostamente um monopólio tão grande a nível mundial seria de esperar mais! Pago 1200€ por um produto quase inferior em tudo? Não meu caro, dispenso dar dinheiro a uma marca que até a impostos foge em 12 países, que gere de forma agressiva as politicas baseado nos fanáticos porque a Apple se quiser podia ser muito mais e melhor.

          Eu como antigo utilizador já fui viciado em iOS, mudei para Android e ai sim vi a qualidade do mundo tecnológico seja em fotografias seja em que for, hoje em dia como a desculpa da fluidez e Apps não serve de argumento para iOS.

          Sejamos honestos, as pessoas compram maça pelo estatuto social e nada mais. Muitos nem sabem a diferença de iOS para Android. Eu uso o 7 Plus para fins de receita médica porque só existe essa App para iOS mas mal toco nele, aliás o iPhone XS do meu colega parece uma anedota ao lado do meu Mate 20 X e mesmo ele admite que a Apple deixa a desejar!

          Agora com o Note 10 + embora nem goste muito de Samsung também está a fazer uma frente enorme.

          Apple perdeu o lugar em quase todas as categorias e dispenso benchmarks porque isso não ditam nada no dia a dia! Camera inferior, limitações e problemas de interface… la vai o tempo em que a Apple era gloriosa. Miss those days!

          Agora cada um é livre de viver da marca. Conheco pessoal que faz a pré reserva todos os anos mal saibam que ta para sair um 😉 a isso chamo consumismo no seu melhor e claro fanatismo. Tentam argumentar que é melhor por X e Y mas na realidade.

          Samsung lidera 2018 com 19% das vendas e a tem liderado SEMPRE embora falamos de uma marca que vende desde gama de entrada até ao flagship enquanto a Apple se foca no chamado Premium que para mim de premium nada tem, tem é estatuto…. mesmo o MAC OS X… para mim pessoalmente nada me diz e tenho-o no meu MSI do qual mete qualquer MAC num canto.

          Apple = Overpriced e não vale a pena argumentar porque eles vivem à custa do zé povinho. Felizmente temos marcas que fazem frente e graças ao medo deles que existem as guerras entre os EUA e a China, mas esquecem se que quem lucra com isso é a Samsung 😉

          Nos dias que correm a Apple devia baixar os preços ou lançar algo realmente revolucionário, porque de evolução pouco teve! Basta olhar para a história, foram os primeiros a criarem o smartphone e a terem o melhor OS num telemóvel, actualmente esse facto morreu com o criador!

          Ele deve dar voltas no caixão se soubessem a roubalheira e a perda de inovação que a marca que ele criou tem!

          Mas são ideias minhas ofc.. cada um tem a sua! Respeito a tua!

      • Sujeito says:

        Ao evitares um extremo, foste para o outro.

        A marca tem cada vez mais valor. As tuas métricas não certamente as mesmas do mercado e isso é toda outra discussão. E subjectiva.
        A marca não morreu. Lá está, tem mais sucesso agora que antes. O caminho é diferente, e debatível, mas objectivamente está a crescer e não o inverso.
        Todas as empresas funcionam e crescem à base de dívida. Certo ou errado é outro assunto. A receita fiscal é irrelevante para o tópico pois com grandes ou baixas receitas, o suposto mal é o mesmo.
        A margem de lucro também não é superior à concorrência, apenas à tua percepção e designação de lucro.

        Como tenho dito, há muito por onde apontar à Apple, e pegam sempre em questões que não percebem o que estão a dizer e não vêm que são iguais aos outros, nos ditos aspectos.

    • João says:

      Mario, se um ladrao lhe roubar 1 euro e outro 1000, atras de qual vai?
      Todos estao sujeitos as patentes. A sua ultima frase e’ engracada, e’ como o mesmo ladrao o mandar trabalhar porque estando a usar o que voce ganhou com o seu trabalho 🙂
      PS: A Apple nao e’ a unica empresa com dinheiro, e status e’ coisa de tuga.

    • Rodrigo says:

      A Apple é tão boa que já foi ultrapassada em termos de vendas de smartphones pela própria Xiaomi.

  2. Jota says:

    Não me admirava nada!

  3. Fixo says:

    A cronologia:
    – 2017 – processou a Apple pelas câmeras duplas dos iPhones 7 Plus e 8 Plus,
    – 2018 – adicionou o iPhone X
    – 2019 – adicionou o iPhone XS e o iPhone XS Max. Nada de novo, portanto.

    Parece que em 2012 a Corephotonics abordou a Apple para uma parceria sobre câmaras. Falaram, interromperam em 2014, voltaram a falar em 2016, o que é facto é que o 7 Plus saiu com dupla câmara e sem pagamentos à Corephotonics. Isto são coisas para os tribunais esclarecerem.

  4. fgd says:

    Oh coitados, deichai cair sozinhos, assim é rápido de mais…

  5. Jorge Gomes says:

    A Apple nao sera facil cair, mas nada é impossivel, o que a Apple tem é um bom sistema operativo para pcs, e tem a melhoe assistencia pos venda, os telefones é quase tudo a mesma porcaria, publicidade enganosa, todos querem vender, a hawei vende porque tem parceria com a leica, porque caso contrario andava pelas ruas da amargura, mas a carl zeis nao tem inveja da leica, basta ver a melhor maquina fotografica tem lentes carl zeiss, é a Hasselblad.

  6. Eddy Parera says:

    Esta Apple já tem outras histórias de espionagem e infrigimento de patentes… Marca super fechada e cobra todos os acessórios a preço de ouro. Não cobrem as garantias e deixam que as lojas tenham de ficar com esses encargos de troca/reparação.

    Um telemóvel que custa 30-40 euros na produção e sai para o mercado a 1000€ e em termos de software só ganha na grande compatibilidade de vários gadgets (mais euros em “família apple”) e nada que outras marcas não consigam com menos valor no total sem perder em desempenho ou segurança.

    Só vejo miúdas de 10/11 anos a invejar os iPhones porque as amigas também têm um… Créditos para famílias para comprarem 1 telemóvel de 1200€ para a filha e não conseguem fazer seguro. Deitam-lhe a mão e ficam pais a pagar 1 ano de credito e têm de comprar outro se quiserem que a filha esteja contactavel (já vi esta história)… Só por causa da moda…

    Eu também vendo Apple e não descarto a marca, mas sei quando precisam de um e quando podem poupar com marcas Android, ou não se for pc’s no caso.

    • Sujeito says:

      Tudo boas questões, mas essa da produção ser baixa está completamente ao lado.
      Eles cobram o mesmo que qualquer indústria, as contas necessárias já estão estabelecidas há decadas.
      Os que cobram menos, gastam menos. Avaliares apenas a produção é como avaliares a qualidade final dum filme apenas pelo custo da produção. Há muito, muito mais envolvido para ter um bom produto final.

    • mlopes says:

      muito do que disseste se aplica a outras marcas que, tal como a apple, têm equipamentos a preços exorbitantes.
      acima de tudo há que ser um consumidor inteligente e isso faz toda a diferença do mundo.
      o oposto de um consumidor inteligente é aquele a quem uma marca consegue com facilidade criar uma necessidade que ele de facto não tem e ser (ou tornar-me) um consumista desenfrado.
      isto é verdade se a marca for a apple ou outra qualquer e se estivermos a falar de telemóveis, de roupa ou de outro tipo de produto.
      isto nada tem a ver com a apple ou outra marca, é um problema transversal no mercado atual

  7. Fulano says:

    Novidades, há?

  8. Luís Martins says:

    Não tenho nada a dizer da Apple ou da Samsung ou de outra qualquer marca que pedem mais de 700 euros por um simples smartphone. O mesmo falo dos MacBooks e dos portáteis da Microsoft, mas como já fui aldrabado algumas vezes no passado ( quando digo passado falo há mais de 32 anos atrás) fiquei vacinado contra as modas e produtos de luxo que pouco ou nada acrescentam de valor a outros produtos de ” linha branca” ou marcas menos famosas.
    Se fosse multi milionário era fácil gastar mil ou mesmo 5 mil euros num Smartphone ou 4 a 5 mil euros num portátil como sou um simples “tuga” que vive num país de atrasados mentais que adoram ser pobres e roubados com salários de miséria , não me posso de dar ao luxo de gastar mil ou mais euros num Smartphone que ao fim de 2 anos é quase lixo havendo alternativas excelentes por menos de metade dos preços desses smartphones super caros , eu não consigo perceber como o povo que vive na miséria gastar tanto dinheiro em smartphones pois apesar de eu ter um rendimento médio superior a mais de 90% dos Tugas recuso-me a desperdiçar tanto dinheiro em tecnologia que é puro lixo passado 2 ou 3 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.