PplWare Mobile

O Android M vai chegar já este mês, na conferência I/O da Google


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

39 Respostas

  1. Pedro Peixinho says:

    Com o Windows 10 a chegar penso que mtos portadores de android irao passar para windows ate porque usam pc em casa com este instalado e esta integrado assim como o iphone no osx. Ja o android apesar de ser um bom SO n tem ecossistema em pc (chrome os ninguem usa, nem a google).

    • Mota says:

      True, conheço casos que compraram WP pq tinham no pc. O importante é ter cada vez mais e melhores S.O. Felizmente temos mercado para isso.

      Pessoalmente prefiro android e windows no pc. Mas obviamente não odeio IOS ou Mac.

    • Paulo Marques says:

      Verdade o windows para mim tb e melhor. a unica coisa que começo a achar demais e as licensas anuais para o office, nao tarda ate o o windows ira ser anual e se isso acontecer, bye bye Microsoft para mim.

    • Filipe Coelho says:

      Sim, mas por exemplo, no Windows 10 a tua possibilidade de sincronizar os ficheiros é com o OneDrive, apenas (pelo menos que eu conheça, poderão haver mais).

      No android podes por a que quiseres, tanto OneDrive, como GDrive, MEGA, Dropbox, etc… No android embora não tenhas um ecossistema definido, tens como criar o teu próprio ecossistema com o teu “set” de apps, não precisas de usar aquela que a marca que proporciona…

      Mas este Windwos 10 parece que vai trazer muitas novidades, estou mesmo ansioso por ver o impacto dele, principalmente no mercado móvel. Ainda por cima com os lançamentos do DX12, .NET open source, Hollowlens e o minecraft, acho que a Microsoft este ano tem muito por onde evoluir e marcar a diferença!

      • Mikes says:

        No WP podes usar outras clouds além do OneDrive que sincroniza também. 🙂
        Claro, não é nativo no sistema e acaba por ter menos recursos que o OneDrive – além do mais, o OneDrive é das clouds mais avançadas actualmente, portanto, para quê encher o tlm com outras?!

        • Filipe Coelho says:

          Questões de espaço. Tu no MEGA tens 50 GB livres, totalmente encriptadas, não existe outra cloud com esse sistema… Eu por acaso tenho um S2 e ando a pensar trocar, e ou troco pelo Mi4i ou por um dos novos Windows Phones, estou à espera que saia o Windows 10 para ver como ficam 😀

    • LP says:

      Lol!
      O chrome é o mais utilizado e por uma grande diferença!
      Usam PC em casa… onde recorrem ao motor de busca da Google, ao Maps da Google, ao Gmail, ao Drive, etc.

  2. chicosoft says:

    Ainda nem todos tem o 5, ja querem enfiar mais um na rua para fragmentar ainda mais…

    • Miguel says:

      Cada um sabe de si eu tenho o 5 mal saiu. Compra uma marca/modelo decente que tenha suporte de varias teams. Equipamentos Google tens logo na hora, e existe muitas outras como xiaomi, etc… que tem suporte de teams que fazem port para o teu equipamento.

      A Google não tem culpa que a marca xpt0 não faça updates, a google tem obrigação de fazer o que esta a fazer que é lançar open source depois cada marca sabe de si!

    • Rafael says:

      Concordo…

      • Ricardo Correia says:

        A culpa não é da Google.

        • Filipe Santos says:

          A culpa também é dos fabricantes sim mas eu tenho um nexus 5 que ainda está com a versão 5.1 e está “C@gado” de erros… Para não falar no memory leak que me tira do sério…

          • Ricardo Correia says:

            Essa é a versão final!
            Não há nada que possas fazer em relação a erros.
            Apenas podes esperar por novas versões do Android, como é o caso deste M.

          • Luis Miguel Lopes says:

            No 5 não sei mas no Nexus 7 já há o 5.1.1.

        • Anónimo says:

          Discordo!

          O Android que os fabricantes têm nos seus dispositivos não é o AOSP, é uma versão licenciada à Google a qual tem termos e condições contratuais (entre as quais a obrigatoriedade de trazer de raiz as apps da Google).
          Depende apenas da Google acrescentar às condições da licença a obrigatoriedade de fornecer actualizações ao SO (seja upgrade do sistema ou, pelo menos, as muito necessárias actualizações de segurança ao core do sistema).

          Mas claro está, o negócio da Google é o Big Data. As aplicações que a Google impõe na sua licença dão-lhes dados pessoais para vender, actualizar o SO não lhes dá nada.

          • Carlos says:

            Discordo!

            Asneira atrás de asneira, pensa la um bocadinho o que ia acontecer, se a google obriga-se a samsung a actualizar os galaxy ace? Pois eles em poucos anos iam mandar o android dar uma volta.
            Volta la a pensar o que e que ias fazer se o teu samsung ace funcionasse bem e fosse recebendo novas funções e actualizações, pois não precisavas de comprar o samsung que acabou de sair.
            O objectivo de qualquer industria é gerar lucro, e esta não é excessão.

          • Anónimo says:

            Estás a confundir actualizar com fazer upgrade ao SO.
            O fabricante devia ser obrigado a fazer os patches de segurança (mantendo a mesma versão do sistema) quando não pretende corrigir a situação com um upgrade para uma nova versão.

            Onde está o racional para justificar que telemóveis com falhas graves no core do SO (pex. FREAK ou os CVEs da stack de rede), os quais a Google até já corrigiu (não é preciso upgrade, está corrigido na versão do Android que o telemóvel tem), continuem com esses enormes buracos de segurança porque essa actualização nunca foi feita?

            Loucura!
            Não há qualquer justificação para isto, em termos comerciais podem sempre vender o novo modelo com o upgrade ao sistema (sem nunca invalidar que houvessem actualizações de segurança ao core).

          • Mrsz says:

            +1

            É a pura realidade, por muito que os fanáticos do costume não queiram ver…

            A Google não quer saber, desde que seja bom que chegue para empresas como a Samsung basearem o touchwizz nele e conseguirem vender em mercados como o americano, já chega, porque o Android, devido à política laxativa da Google, há-de ser sempre o mais barato, e isso é que interessa para milhares de milhões de pessoas…

    • Marc says:

      Esta conferência é orientada a developers é normal…

    • Slyzer says:

      o 5 já tinha sido anunciado neste mês do ano passado… a próxima versão vai sair mais ou menos na altura que saiu o 5 (1 ano depois)…

    • Imparcial says:

      Mais um pouco informado. Impressionante.

      Então, no teu ponto de vista, a Google deveria deixar de lançar novas versões do Android até a maioria dos equipamentos terem a versão actualizada, é isso? Hmm, vamos lá analisar isso.

      A Samsung tem pelo menos uma centena de modelos de equipamentos e muitos ainda estão nas versões 2.3 ou anteriores do Android. Para actualizar todos (!!!) para a última versão é preciso tempo (e dinheiro) para adaptar (drivers, kernel, touchwiz,…) dos equipamentos por causa dos diferentes hardwares. A coisa agrava-se porque teimam em personalizar o Android (culpa deles!!). Já viste o tempo que se iria demorar? Não é o mesmo que actualizar 4 ou 5 modelos de iPhones!! E só estamos a falar da Samsung.

      Agora vamos juntar todos os restantes fabricantes com os equipamentos na mesma situação. Já viste a quantidade de tempo que o Android ficaria estagnado se a Google tivesse de esperar por todos esses fabricantes? Os dispositivos de que a Google se “preocupa” têm já as versões mais recentes (Os Nexus e os Motorolas). O Nexus 4, p.e, é já bastante antigo mas recebeu a já o Android 5 mas o Galaxy Nexus não tem por opção da Samsung.

      Portanto, a culpa não é da Google nem a Google deve esperar que os fabricantes actualizem os seus dispositivos. Eles estão a fazer o trabalho deles. Os fabricantes é que não.

      Mas claro, iria preferir que todos os dispositivos, na medida do possível, tivessem as versões mais recentes do Android.

  3. CALÇA DE LATA says:

    A Google está a começar a entregar a alma no que diz respeito ao Android.
    Quer dizer, a partir do Jelly Bean, foi sempre a descer…
    O Android L , então é uma verdadeira desgraça.Ainda não conseguiram resolver os problemas do L e já estão a arranjar mais sarna para se coçar…

    • Anónimo says:

      O KitKat foi bastante bom!
      De facto, olhando para o peso do L, não me surpreendia se o KitKat viesse a ganhar o estatuto de “Windows XP dos Androids”.

    • Ricardo Correia says:

      Considero o 4.4.4 o melhor até hoje. Não me lembro de qualquer tipo de erros, no meu N5.

      • Tiago Santos says:

        Exactamente o 4.4.4 no N5 é simplesmente perfeito. Voa e sem nenhum erro. Agora no 5.1 tb já não tenho nenhum erro (apesar de ainda não ser a mesma experiência) mas no 5.0 pensei muitas vezes voltar ao 4.4.4. Acho que a google devia ter tido um pouco mais cuidado. Um gajo sair de um sistema perfeito para os bugs do 5 foi um bocado desilusão.

    • Mota says:

      O L foi mau?! Já trabalhas-te com o Lollipop??

      Eu tenho o L 5.0.2 e tou super contente. Fluido, rápido e bonito. Até o Kitkat é bom.

    • LP says:

      Diz quem não sabe…
      O Android tem melhorado tanto em estabilidade/fluidez como consequentemente na sua fatia de mercado. Tenho Android L e ainda não vi desgraça nenhuma… gosto bastante.

  4. SSilva says:

    Android Kitkat; Android L = Lollipop; Android M = Mars ou Marshmallow xD

  5. knom says:

    eu acho que é errado isso de querer fazer update do software só porque sim é bue podre
    o android 5.x-5.1.1 está cheio de erros e falhas…. a google não pode deixar isto assim
    trazer novas funções sim, mas melhorar a performance e fazer manutenção é ainda melhor

    eu prefiro ficar numa versão estavel e sem problemas do que ter todos os updates e ficar com bugs, lags e erros.. mas isto sou eu que penso de mais….

  6. João Grácio says:

    Eu penso que a google neste i/o apenas vai mostrar algumas novas features deste Android M e só o deverá lançar em Novembro. (tal e qual como fez com o “L”). Sendo assim as marcas deveriam ter tempo mais que suficiente para se preparar. O mal da fragmentação são as Marcas e não a google. As marcas não querem saber dos seus clientes no longo prazo o que interessa é vender no imediato e além disso ainda colocam uma skins sem sentido.

  7. Ivo Curado says:

    Tenho um OPO com o loriló e até agora está tudo perfeito sem erros nem complicações… Não tenho nada a dizer! Funciona tudo em condições! O pessoal dos OPOs que digam sr não é verdade!:)

  8. Raphael says:

    Enquanto a google ficar entregando os códigos do S.O para as fabricantes decidirem quando atualizaram os telefones e cheios de skins e coisas sem necessidade o Android corre grande risco com a Microsoft !!

    • pedrostrik says:

      corre risco com a M$ como, ai está a diferença, pois a M$ nunca vai expor o seu codigo, e logo os fabricantes nunca poderão personalizar as suas marcas, e apesar de não gostarmos desta fragmentação do android, é isso que o faz ser um ecossistema rico.
      A monotonia do WP para quem tem ou teve pura e simplesmente enjoa.
      Em relação ao lollipop, o 5.1 ou 5.1.1 está extremamente fluido e rápido, pelo menos no meu nexus 7” 2013, e para mim foi o melhor SO que alguma vez toquei (estou a falar em todas as características).

  9. AlexX says:

    No caso do Android, parece que a estratégia passa por evoluir o SO de forma que o hardware se torne obsoleto para corrê-lo de forma fluída passados os 2 anos de garantia ou o quanto antes (para quem desconhece as alternativas xda). Faz parte do negócio e isto anda tudo ligado…

  10. RODRIGO says:

    Pois e android m chegando e o lollipop nem chegou ao meu s4 da tim mas o grande vilao e a tim que nem tem presa em atualizar aparelhos ultrapassados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia