PplWare Mobile

Android Oreo ainda não chegou a 1% dos smartphones


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. zé tuga says:

    nada de novo os fabricantes já fazem de propósito pois interessa, é vender equipamentos as actualizações de software que se lixe, o que vale é que existe a comunidade como alternativa…

  2. Hugo Gomes says:

    Eu acho é que a google devia de disponibilizar uma ferramenta própria para esse efeito. Se depender mos das marcas so vemos o oreo daqui a uns anos se o tivermos. Para mim era o melhor. As marcas podem impingir a comprar telemovel novo mas o povinho ja nao é tao parvo assim. Ou entao as marcas fazerem como faz a maça. Temos actualizaçoes ate 5 anos depois deixamos de dar suporte. Agora enquando houver esta palhaçada no Android eu ca ando no windows 8.1 😀 e para o que preciso chega caso va para Android mais tarde que é de certeza fico no que me deram com o equipamento

  3. Ricardo says:

    por isso é que desde que experimentei nexus/pixel nunca mais quis mudar .. Por vezes quando sai uma atualização nova parece que tenho um telefone novo.
    A ultima foi agora no 8.1.0 adicionaram uma opção para colocar bonecos de realidade virtual na app da camera. Muito fixe.

    E o google assistant é top . Uso todos os dias para me ligar desligar as lâmpadas LIFX. ligar para alguém etc etc ..
    Em contra partida tenho de usar o telefone em inglês para ter sempre tudo . Mas isso não me incomoda a mim, mas a outros deverá..
    Infelizmente portugal vai sempre ficar a trás . é uma língua muito difícil para a AI aperfeiçoar.

    Outra novidade recente foi o facto de o assistant usar a tua camera para conseguir ver o que vês. é impressionante o que os captchas de imagens da google ajudaram a criar.

  4. Mario says:

    Já rola no meu XPERIA Z 😉

  5. LG says:

    Estou curioso será para as próximas versões (mudança do Android Oreo > Android P)… Sei que a adopção ao Android Oreo pelos fabricantes vai ser a história de sempre… mas uma vez tendo o Oreo, a coisa deve acelerar bastante com a grande ajuda do Project Treble

  6. rodrigojds says:

    Tem de haver alguma maneira de Google obrigar as varias fabricantes de telemoveis a actualizar os seus equipmantos para utilizar o SO mais recente possivel.

  7. Papa Joe says:

    Não disponibilizam…não se instala…

  8. Emanuel Vitorino says:

    Claro, com fabricantes estúpidas a lançar os telemóveis com o android 7.1.1 propositadamente para não terem de suportar o project Treble, é óbvio que o Oreo não irá atingir os 1% ou mais tão facilmente.

  9. Esperançado says:

    Acho uma vergonha para a Google não ter uma manheira fácil de se poder atualizar as diversas versões do Android, recorrer aos fabricantes não é viável!
    Imaginem se fosse assim nos computadores com o Windows.

  10. Ângelo says:

    O meu Samsung Galazy Note 3 deixou de ter actualizações a partir do 5.0.

    Mas a verdade é que continua a fazer bem e fluidamente aquilo que esperava dele quando o comprei em 2013. Talvez versões mais recentes possam não correr tão bem em telemóveis mais antigos.

    Para mim, isto só será problema quando começarem a haver aplicações não compatíveis com a versão do android no meu telemóvel. Até lá, tá-se bem.

  11. Nuno Correia says:

    Uma palavra: IOS

  12. Joao Reis says:

    Android, tem de comprar um telefone novo.

    Se fizerem as contas à média por ano do que gastam em Android, e ao que um utilizador iPhone gasta, vão ficar surpreendidos.
    Os meus iPhones duram 4 anos nas minhas mãos e depois ainda continuam a funcionar nas maos de familiares.
    iPad outro que tal, dura e dura, ainda uso um iPad 2 com tudo de origem nunca troquei nada é só fazerem as contas.

  13. Luís Ferreira says:

    No Redmi 3S já cá canta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.