PplWare Mobile

Snapchat: A rede social que não cresce muito nem dá lucro


Marisa Pinto

Editora no Pplware e psicóloga de profissão. Desde cedo que a tecnologia é uma paixão, interessando-se em particular com o impacto que esta tem na nossa vida e nos comportamentos que as pessoas adotam nas redes sociais.

Destaques PPLWARE

38 Respostas

  1. Joao says:

    short that crap

  2. Joao says:

    Infelizmente o Snapchat vai morrer. Não há volta a dar nisto.

    O Mark foi inteligente quando adaptou o Insta Stories, é um Snapchat integrado no Instagram que já era usado por milhões de pessoas.
    Acho que, em relação ao Messenger eles vão desistir da cena.

    Rip Snapchat 2013/2018

    • André says:

      As stories do Facebook já estão mortas porque ninguém usa (tenho mais de 1000 amigos e só uns dois é que colocam lá histórias). O do Messenger ainda há quem use mas não se compara ao Instagram.
      Mas tenho pena que o Snapchat morra assim. Foi o primeiro e os outros roubaram as ideias.

      • PMS says:

        Ia comentar exatamente o mesmo… Não percebo como as pessoas dizem “bem feito!”

        Eu não uso snapchat praticamente e “tanto me faz”…

        mas fico triste que uma empresa tenha tido uma boa ideia (Snapchat), tenha tido a “alma do seu negócio” plagiada, a sua propriedade intelectual que com tanto esforço foi criada, desenvolvida e testada no mercado…. chega outra empresa já líder do mercado, rouba a ideia e fica com os lucros enquanto a inovadora vai à falência…

        Sinceramente, acho isto mesmo triste

        • Hugo Silva says:

          Lamento mas isto tem 0 de propriedade intelectual. É uma empresa de software que não inventou nada de novo (usam uma camera e colocam filtros em cima, algo que já era feito por outras apps). A única coisa verdadeiramente nova foi a das imagens se auto-destruírem. Algoritmos não podem ser patenteados (excepto alguns casos nos USA), pelo que isto não tem propriedade intelectual.

          Vejamos, muitas vezes o que importa nestas coisas não é tanto a novidade mas sim como se faz. Serviços de alojamento de curto prazo já existiam, mas o Airbnb veio revolucionar o mercado. O mesmo se pode dizer de Uber, Amazon e afins. Simplesmente estas empresas conseguiram uma tração brutal – algo que o Snapchat também conseguiu, mas esqueceu-se de que estava a competir com uma empresa que lhes custava 0 desenvolver a mesma ideia e que não era um “dinossauro” no mercado – o facebook não existia 10 anos antes de terem feito a proposta, por isso conseguiam ter um ambiente muito dinâmico. No fundo a proposta do Facebook era uma maneira mais rápida de não ter de desenvolver a plataforma e ter já alguns clientes, algo que acabaram por fazer apesar de ter demorado um pouco mais tempo.

          • PMS says:

            “a única coisa verdadeiramente nova foi a das imagens se auto-destruírem” – e é a isto que me refiro . e eles conseguir criar “uma rede social” através deste conceito! não é para qualquer um…

            depois de “educarem o mercado” neste sentido, veio outra (instagram) que copiou a ideia que, tal como referiu, não tem direito a patente (infelizmente! deveria ter)

          • maxim says:

            discordo! isso é um modelo de negócio, as pessoas deviam ser mais protegidas dessas empresas que querem comer tudo…

        • Miguel Costa says:

          A ideia deles não é nada de novo ou inovador… em 2000 estas funções já existiam em serviços de IRC. Claro que não havia tanto suporte porque fazer o upload de uma foto de 3mb demorava 7 minutos e recebe-la de volta tratada eram 3 minutos e meio. Não foi o snapchat que inventou nada do que usa. Deu-lhe uma nova roupagem e adicionou coisas que já existiam. Até ao apagar as mensagens e as fotos, é algo que sempre existiu em vários serviços, com a coisa que se fores ler o contrato, afinal eles não as apagam, pois vão manter os dados durante 20 anos, só os tornando não acessíveis aos próprios utilizadores. (As outras redes sociais fazem o mesmo, tal como os serviços de e-mail.)

      • Joao says:

        É assim que funciona a tecnologia. Quem é pioneiro numa ideia tem o “lucro” no início, depois, se não crescer rápido os tubarões devoram os peixes.

        Depois, há os tubarões que começam a agir como peixinhos. Como o caso da NOKIA, era o tubarão mais temido e deixou outros tubarões o engolirem.

        Sempre foi assim e é sempre assim que vai ser.

  3. Helder says:

    Mas podia ser pior, podia ser o Google Plus ou o Hangouts/Allo/O que seja…

  4. Toder says:

    é uma rede que que não tem futuro, pois é daquelas coisa que vem, fica por um tempo e depois ninguém que saber mais. depois o CEO deste Snapchat é um dos piores CEO.s que ja vi, ate Steve Ballmer não era assim tao mau. Entao agora que o Snapchat esta a cair, o gajo diz que Snapchat é so para os ricos. lol wtf. e depois diz que países como india, spain são países pobres e portanto ele não vai trazer o aplicativo para aqueles países, ahahah wtfff o gajo enterrasse sozinho

    • Nuldev says:

      Muita soberba …..recusou desenvolver windows phone, persegui clientes de terceiros, recusou a oferta de compra…. Muita mania pelo meio….agora bye bye….

    • Miguel Costa says:

      O problema dele é que tem um serviço que só funciona em redes de 4mbs para cima. A maioria dos países onde o facebook tem quotas gigantescas, é onde as redes andam entre o 1mbs e os 2mbs. Obviamente que não conseguem lá entrar.
      Cá em Portugal temos internet do melhor que há no mundo… até em muitos países da Europa, não se conseguem 5% da velocidade que se arranja por cá. (Também pagamos mais que eles… e 99,995% dos utilizadores nunca usa 1% da capacidade da ligação.)

  5. int3 says:

    Muito fixe. Tirar fotos, mandar para a lista de amantes. Não há provas. O povo gosta.
    5*.

  6. Snapchunga says:

    Não me espanta mesmo nada, creio que esta deve ser a rede social com pior suporte do mundo. Eu tinha uma conta no Spapchat que raramente utilizei. Passados uns tempos decidi dar-lhe nova oportunidade, mas tentei fazer login e já não consegui. Contactei o suporte várias vezes, ao fim de 3 semanas responderam-me que não sabiam identificar o problema e aconselharam-me a criar uma conta nova…! Pois bem, tentei criar outra conta através da app deles para Android e para meu espanto também não consegui, só me aparecia uma mensagem a dizer que ocorreu um erro desconhecido… lolol! Parece que o Snapchat anda a dormir, não sabe nada, não resolve nada. Da minha parte, adeus e até nunca mais.

  7. Miguel says:

    O Snapchat ainda vai acabar primeiro que o Windows 10 mobile… hahahaha é bem feito.

  8. Redin says:

    Não me parece que seja novidade nem que os proprietários estejam muito preocupados. Está acabam sempre por serem compradas por grandes players sendo que o seu lucro estará nos utilizadores que conseguirão aderir. O WhatsApp também não faça lucro. A Uber tem prejuízos de milhões. As tendências é que marcam a apetência para que os investidores continuem a acreditar que vai continuar a valer a pena. O Twitter deve ser a mesma coisa. Nós, os utilizadores, somos o produto.

    • Joao says:

      Estás enganado. Pelo menos quanto ao Twitter.

    • Miguel Costa says:

      A uber tem milhares de milhões de prejuízos na empresa registada nos EUA… tem centenas de biliões de lucros nas empresas que tem sedeadas na Holanda, Ilhas virgens britânicas e a pequena empresa que tem no Delaware que deu 3700 milhões de dólares em dividendos em 2016. A Amazon também passou 9 anos a dar prejuízos na Inglaterra, Alemanha e França, ao mesmo tempo dava lucros brutais no Luxemburgo, Holanda e Irlanda. O Facebook deu 2100 milhões de prejuízo na Inglaterra, tendo 4000 milhões de lucros na Irlanda. Estas empresas tem operações para pagarem o mínimo de impostos.

  9. DarkMode says:

    Pois!… Deve ser por nunca ter estado no WP/W10M…

  10. Luis Santos says:

    O Snapchat foi uma moda que passou ,e mais vão passar.Mas este não tenho pena nenhuma ,porque simplesmente ignorou o Windows phone\mobile ,devido á um odiozinho de criança á MS.

  11. Joao says:

    é a unica que uso. não tenho facebook, nem instagram, mas à conta da minha Maria tenho o Snapchat que todos os dias me envia um snap novo para não perder os “foguinhos”.

    Para os que nao leram bem a notícia. o Snapchat está a crescer. está é a crescer lentamente. quem me dera a mim ter uma app com 1milhao de utilizadores quanto mais 166milhoes. A amazon tambem deu prejuizo durante muitos anos, quem me dera ter 1% do que facturam anualmente.

  12. Jorge Santos says:

    O prejuízo foi grande por causa dos prémios que pagaram aos fundadores pelo IPO.. só ao Evan pagaram 750 Milhões. Estas “unicórnios” são uma bolha medonha que um dia se rebenta…

  13. Hugo Santos says:

    Se o arrependimento matasse os donos do Snapchat já estariam mortos. Claro que deviam ter aceite a oferta de compra… Assim, foram comidos…

  14. Janito says:

    O snapchat precisava de retrabalhar o modelo de como faz publicidade, não ser agressiva demais nem com retorno a menos
    O problema é que quase todos os utilizadores não querem perceber o quão crucial a publicidade é para terem que pagar pelos serviços
    Não duvido que o snap afunde, o que me mete um bocado de nojo é o facebook (instagram é do fb) fazer copy paste das funcionalidades do snap para todas as suas as apps (até wpp…) e não haver uma única consequência
    Eu sinceramente não conheço uma única pessoa que meta histórias nas história do fb ou do wpp, porque não são as apps ideais para isso… o snap é um modelo muito particular de aplicação, simples e acho que sempre foi melhorado ao longo do tempo mas claro que os gigantes comem sempre os mais pequeninos
    Qualquer dia deixa de haver internet e há apenas rede facebook, onde tudo passa por essa rede, o resto passa a ser considerado “deep web” ou não porque o google faz frente, espero
    Se calhar o snapchat não recolhe tantos dados dos utilizadores para vender e então não consegue fazer tanto dinheiro… podiam fazer copy paste dessa funcionalidade, olho por olho, mesmo que o snap não opere em tantos dispositivos e plataformas como o facebook

  15. Alvega says:

    Second life, Hi 5, snapchat, etc…etc.
    O difícil, nao é chegar ao topo, é lá permanecer.
    È a vida.
    Nunca precisei, e nao é que continuo a viver normalmente.
    Pronto, reconheço que nao vejo assassínios e violações em directo, mas nao faz o meu género, estou a falar do Facebook, que um dia , distante ou nao vai ser outro dos que vai passar a historia.
    Um dia vamos contactar uns com os outros por telepatia, nao vao ser precisas redes sociais.

  16. Lisbon lover says:

    Que assim seja então. Não precisamos de Snapcoiso para nada… Há coisas mais importantes a fazer 🙂

  17. Fortuna says:

    Um dia todos morreremos, uns terão a hipótese de pensar, outros afortunados não terão, “dei o melhor de mim aos meus? tive uma melhor comunicação com os meus, que os homo sapien sapiens primitivos tiverão com os seus?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.