PplWare Mobile

Meo Music vai morrer! Quais as alternativas da MEO?


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

93 Respostas

  1. Heli says:

    Deezer???? Uma *****, MEO Go Multi grátis já tenho, smart net já tenho, 30Gb no telemóvel para quê ter mais 2Gb???
    Ofertas muito fracas para o valor que tinha o meo music. Podia ser 6,99 mas para mim valia mais de 500€

    • Mr.T says:

      É por as pessoas subscreverem os serviços descriminados SmartNet, que em Portugal as Operadoras fazem o k querem e bem lhes apetece. Para que aumentar o plafond global de Net, se as pessoas pagam de bom grado 10€ extra para ter 10gb de net para usar em apenas algumas aplicações de um certo tipo…

    • Mr.T says:

      É desta forma que a neutralidade da Net vai pro galheiro.

  2. RMS says:

    Tenho meo exclusivamente pelo MEO Music. As alternativas não compensam. Pois a mensalidade não baixa e basicamente sou vou ter mais 3 meses de música. O Resto não me interessa para nada.
    Eu gostava era de saber se é possível anular o contrato cima MEO?

  3. paulex says:

    As “ofertas” são inferiores ao serviço que foi contratado, deixamos de ter um serviço confiável e completo de streaming, para termos um serviço incompleto… Faz sentido apresentar uma reclamação por não considerar esta alteração no contrato: uma redução do serviço “oferecido”?

  4. Pedro Ferreira says:

    A qualidade do Meo Music podia não ser excelente mas pelo menos tinhamos um catalogo de musica decente e trafego ilimitado para a aplicação. Agora em troca temos de subscrever e pagar um serviço e em troca dão 10gb tráfego por um ano..

  5. Luis Braz says:

    Para quem tem Meo Music gratuito para sempre isto é uma grande palhaçada!

    • FRANCISCA says:

      O nosso País é um circo e os palhaços somos todos nós que vamos atrás da carroça…..

    • Rui Mendes says:

      Quando liguei para a linha de apoio MEO, pedi para falar com a linha de retenção de clientes. Ao indicar que quando me venderem o Unlimited L para 3 números, a oferta do MEO Music era para sempre (vitalício), ao qual me pediram para provar o que estava a dizer, porque, segundo eles, nunca foi tratado como serviço vitalício. Então o que diziam nos anúncios e panfletos não passava de propaganda enganosa? Fiquei na mesma, sem o serviço e isso não é justa causa para resolver o contrato, pois não tenho maneira de comprovar isso 😉

  6. Ricardo says:

    em Janeiro acabaram com o meo Jogos
    em Fevereiro acabam com o meo music
    em Março vão acabar com….
    o total da factura é que nunca baixa 🙁

    • Olly says:

      Por acaso fiquei frustrado… No dia em que recebi o gamepad que tinha mandado vir para testar o MEO Jogos eles descontinuaram o serviço. Pontaria!

    • Mr.T says:

      Com o tempo vao acabar com a Meo, ups, ALtice. É assim quando se é guloso… So depende dos cosumidores. Quem não esta satisfeito so tem de mudar. Eu estou a ponderar seriamente mudar quando acabar a fidelização, ou entao rescindir caso seja possivel, por alteraçõa dos termos do contrato.

    • Marques says:

      Acho que a seguir vai o meo go

  7. José Manuel says:

    O rídiculo desta situação é que o serviço MEO MUSIC ou estava incluído como componente de uma opção de tarifário, ou era facturado à parte. Logo não se compreende que no mínimo não se coloque a opção do MEO Smart Net Music não esteja disponível para todos os que neste momento tinham o MEO MUSIC incorporado na sua opção de tarifário enquanto este tarifário se manter e não apenas durante 12 meses.

  8. N1ldo says:

    E eles podem simplesmente acabar sem indenizar os clientes?
    Isso não é quebra de contrato?
    Então se um cliente quebrar o contrato é obrigatório pagar os meses restantes, e agora como fica da parte deles?
    Não sou cliente MEO, mas fiquei curioso.

  9. N1ldo says:

    E eles podem simplesmente acabar sem indenizar os clientes?
    Isso não é quebra de contrato?
    Então se um cliente quebrar o contrato é obrigatório pagar os meses restantes, e agora como fica da parte deles?
    Não sou cliente MEO, mas fiquei curioso.

  10. Fernando Peça says:

    Isto é uma verdadeira fraude. Eu já fiz uma reclamação na Anacom. Façam o mesmo: https://www.livroreclamacoes.pt/inicio/reclamacao

  11. Tiago Silva says:

    Alternativas!?!? Não sei como se pode chamar a isto alternativas! É desta que deixo a MEO, só estava agarrado pelo Meo Music!

  12. Fernando Peça says:

    Isto é uma verdadeira fraude. Eu já fiz uma reclamação na Anacom. Façam o mesmo!

    • Krystyna says:

      Provavelmente também farei uma reclamação. O MEO music era única razão para eu ainda me manter cliente MEO. Agora farei uma reclamação e/ou acabarei o contrato. Já estou farta disto.

  13. Carlos costa says:

    Lol recomendar esses tarifários que são um crime para a neutralidade da net

    • Mr.T says:

      Neutralidade da Net? O que é isso? Ninguem se interessa por isso. As pessoas pagam a mesma e nem reclamam. Se estivessem mesmo importadas com a qualidade do serviço e com o que pagam, nao subscriviam as “Smart Net’s”, e como consequencia, elas cabariam por desaparecer e o plafind global de net oferecida aumentaria ao invés de diminuir. Acabaria essa chulice e agora esta que estão a anunciar, provavelmente nunca seria anunciada. Mas aspessoas pagam e não bufam… portanto para a MEO, é so vantagens… Triste realidade a nossa.

      • RL says:

        Desculpe lá mas você não sabe o que está a dizer sobre a neutralidade da internet. Alguma vez algum operador cobrou lhe/ obrigou a subscrever algo para aceder ao YouTube? Alguem lhe bloqueou o acesso ao seu servidor de email porque não tem parceria com o seu ISP? Não pois não? Então vamos nos deixar de contos de fadas e chamar as coisas pelos nomes. Existe SIM neutralidade da internet em Portugal.

        • Marco says:

          Com os tarifários Smart Net é diferenciado o tráfego entre o Spotify (por exemplo) e o youtube. Isso quer dizer que afinal nem todo o tráfego é igual, sendo privilegiado o tráfego para o spotify. Não é que seja mais rápido ou mais lento, mas é mais “barato”. Isso quer dizer que afinal o ISP não é neutro em relação ao tráfego de internet. Nem é neutro em relação a outras aplicações concorrentes menos conhecidas, que assim têm menos hipóteses de fazer concorrência em pé de igualdade e vingar no mercado. Afinal de contas, se o tráfego para o Spotify for gratuito e ilimitado, mas o tráfego para o AllMyMusic (serviço inventado, não sei se existe) é limitado a 2GB tirado do mesmo plafond que todo o resto das comunicações, mesmo que ambos tenham o mesmo preço de subscrição ou que o AllMyMusic seja ligeiramente mais barato, a grande maioria das pessoas irá escolher Spotify mesmo só por causa do tráfego.

        • Mr.T says:

          Parece-me que o Marco deu um belissimo exemplo sobre o tema. Asi, RL, aconselho a informar-se melhor sobre o tema da Neutralidade da Net. Não é tão preto no branco como pensa ser. Inclusive o caso das Smart Net’s da MEO, já foi usado como exemplo negativo num debate sobre a Neutralidade da Net, nos EUA. É questão de pesquisar um pouco que vai achar o artigo escrito na altura do debate.

        • Matias says:

          Penso que esta decisão da Anacom o contraria… https://www.anacom.pt/render.jsp?contentId=1429932

  14. R says:

    Realmente é mau. Compreendo que até fosse um serviço que não compensava manter, mas pensei que iam fazer uma parceria, mas não.~
    A solução que encontrei foi aderir ao Spotify família que custa 10.99€/mês até 6 utilizadores.

  15. Nuno Martinho says:

    Meo music o melhor serviço de musica como pode isto acabar….

    • Mr.T says:

      Desconfio que a razao verdadeira por detras disto tem a ver com o facto de a Deezer ser uma empresa francesa (tal qual como a Altice), e quase que aposto que a Altice tem alguma participação na Deezer ou então tem alguma contra-partida financeira indirecta nesta jogada. Enfim… É triste mas é a realidade. Aos olhos da ALtice (e outras multinacionais gananciosas) não passamos de potenciais sacos de dinheiro que é preciso esmifrar ao maximo.

  16. transcendez says:

    Acho piada substituir um serviço grátis, por algo que não é grátis. Como se não bastasse ainda por cima ter que pagar o tráfego à parte. Obrigado Meo, mas não obrigado.

  17. CS says:

    e para usufruir dos 3 meses de Deezer, é preciso associar cartão ou paypal
    vai haver imensas pessoas que vão pagar o 1o mes por esquecimento
    grande “oferta” MEO

  18. Pedro says:

    O segundo mail enviado por mim ao provedor de cliente meo

    “Exmo. Senhores

    Obrigado pelo vosso contacto.

    Na sequência do mesmo, gostaria de apontar as falhas dos vossos “pacotes de substituição”.

    O meu pacote incluía acesso gratuito ao meo music. A vossa proposta é o acesso ao serviço Deezer premium 3 meses e depois pagamento de 5,99eur de mensalidade.

    No meu pacote os dados do meo music não eram contabilizados, vocês estão a propor MEO Smart Net Music grátis durante 12 meses, Após os 12 meses o MEO Smart Net Music deixará de estar disponível.

    Claramente a altice, apesar de ter comunicado o término do serviço meo music, demonstrou toda a falta de respeito pela inteligência dos seus clientes com esta insultuosa oferta. Relembro que vos pago 90 € mensais em serviços de comunicações.

    Melhores cumprimentos”

  19. Nelson says:

    Isto não é uma substituição. É o retirar de um serviço “gratuito” por um de valor pago.
    É apenas uma maneira diferente de vender serviços extra.

  20. Luis says:

    alguma vez esteve vivo?

  21. Hugo Gomes says:

    Deixa morrer bem morto. Deixa os clientes mudar de rede por causa de certas coisas quando tiverem bues a sair os rebuçados voltam

    • Mr.T says:

      Sim tambem aco que so assim aprendem… Por mim, e pela politica que estão a apresentar desde que a Altice entrou, bem que podem ir à falencia, que é um favor que fazem ao País.

  22. Mr.T says:

    Alternativas ? Provavelmente voltar ao velhinho MP3 Ripado, e a ouvir ainda mais Radio FM no telemovel, ou no carro, tanto dá.
    Outra alternativa será trocar de operadora para uma que inclua algum serviço de streaming de musica sem contabilizar trafego ou com algum preço realmente de jeito.

  23. Goncalo says:

    Por acaso até pensei que fossem ter alguma parceria com o Spotify, visto a yorn ter abandonado o contracto que tinha com eles. Isso sim, era um bom substituto.

  24. Goncalo says:

    Por acaso até pensei que fossem ter alguma parceria com o Spotify, visto a yorn ter abandonado o contracto que tinha com eles. Isso sim, era um bom substituto.

  25. numa10 says:

    Boas ,
    com VPN (para inscrição) e conta paypal (eles não verifica o pais de origem da conta ), o Deezer premium+ custa entra 2- 3 euros/meses em certo países (Tunísia, Filipinas…). Fica a dica
    Ps: para a netflix é igual : Bresil, México…

  26. Zozcastro says:

    Tenho 3 telemoveis meo com a oferta do meomusic no contrato que é igual a dizer oferta uma aplicação de stream de musica sem qualquer plublicidade e sem consumo de dados, se isto deixa de existir é uma quebra ao contarto existente.
    Onde e a quem reclamar?

  27. Pedro Pinto says:

    Eu também estou descontente com o fim do Meo music e fui hoje me manhã saber quais alternativas e ofertas de forma a compensar pela perda…
    Posta em causa a possibilidade de Anular o contrato, foi me logo dito que não é possível porque o Meo music é uma oferta sendo assim teria de pagar o resto até fim de contrato.
    Portanto existe alternativas e gostava de saber opinião sobre elas, vantagens, desvantagens e etc…
    Estamos todos no mesmo barco e pplware se puder nos ajudar, creio que ficamos todos gratos pelo bom serviço que nos tem prestado.

    • Mr.T says:

      E isso foi dito por quem? Por algum colaborador da MEO, ou por alguem que efetivamente perceba de leis? É que quando aceitei o contrato, o Meo music fazia parte do apcote e de forma gratuita durante X meses, passando depois a pagar por ele. Se ainda estiveres dentro do periodo de “oferta”, creio que o serviço tenha de estar ativo porque senao estao a quebrar um contrato onde dizia que por um preço X te oferecem Y serviços (onde um deles será o Meo Music com streaming de musica). Será uma bela questão para a DECO ou alguma entidade liga a leis, responder.

    • Filipe Ferreira says:

      Se na subscrição do contrato, te oferecem pela duração do período de fidelização, o aluguer de uma box adicional e durante esse período resolvem retirar essa oferta deixando como opções pagares mais para continuares a usufruir ou deixares de usufruir, é ou não quebra do acordo/contrato? Dá-te ou não direito a cancelares esse mesmo contrato?
      O serviço Meo Music é o equivalente a essa suposta box adicional…
      Eu cá não vou em cantigas… Vou começar pela provedoria e depois vemos…

    • jota says:

      o meo music não é uma oferta. O facto de ser creditado o valor dele é uma clausula do contrato. Foi uma benesse para aceitar a exclusividade. Se assim não fosse nunca viria na factura o seu preço e depois o crédito.

  28. Keepitheavy says:

    Vou rescindir contrato….

  29. Mário Oliveira says:

    Os gestores da MEO brincam com os clientes. Tenho o MEO 5O, cuja fidelização acaba este ano.
    Aceitei a proposta deles, uma vez que o MEO Music desaparece.
    Logo que a fidelização acabe, emigrarei para uma outra operadora
    Farto da Altice!!!

    • Rafa says:

      Típico Português não aceita qualquer alteração que não lhe traga benéficos, ainda me lembro no tempo do Sócrates tinha colegas sem fazer nada em casa e a receber do fundo de desemprego quando o ‘bem bom’ acabou, revoltaram-se tal como o Sr. Mário o está a fazer, mas mudar de operadora? Tenho Vodafone e não oferecem nada semelhante e para quem pensa que não existem problemas como nas outras operadoras, está muito bem enganado.

      • Cláudia says:

        Realmente é mesmo idêntico hahahahahaha sinceramente se nem és da Meo porque vens aqui fazer um comentário depreciativo dos clientes Meo!!! Claro que em todas as operadoras á problemas, se não te ofereceram algo semelhante, nem idêntico é porque não soubestes negociar. “Quem não se sente não é filho de boa gente”

  30. Ricardo Pardal says:

    Reclamação já feita através do livro de reclamações online! E também ao provedor.
    Se estão descontentes com esta alteração, passem à acção e reclamem também.
    Passo a citar:

    Um serviço que me fez contratar o unlimited L foi o facto de dar acesso sem restrições ao MEO Music. Serviço que dava acesso sem limites (de tráfego e de uso), que julgava ser durante a vigência do contrato de 24 meses. Hoje vejo-me confrontado com o seu fim e substituição de outros serviços com a mesma finalidade. A questão não está nas aplicações que podem substituir o MEO music, mas sim como podem ser utilizados esses serviços. Dos 24 meses de contrato, os serviços passam a ser grátis por 12 meses; da utilização ilimitada (sem contabilizar tráfego), passam a ter um limite de 10 gigas! Acabando estes limites passam a ser cobrados. Se tinha um serviço gratuito sem restrições, vou passar a ter obrigatoriamente um serviço limitado e pago! Não foi isto o contratado e sublinho, que foi o serviço de música grátis sem contabilizar tráfego umas das características que pesou na decisão de contratar o pacote por 24 meses. Questiono sem também vão reduzir o tempo de contrato para os 12 meses a par da nova “oferta”.

  31. Ricardo Pardal says:

    Reposta do provedor:
    No seguimento da exposição que apresentou na Provedoria do cliente da PT, que mereceu a nossa melhor atenção, e após análise da situação que nos apresentou, informamos que:
    A partir de dia 1 de março de 2018, o serviço MEO Music será descontinuado, deixando de estar disponível na oferta de serviços do MEO, tendo essa situação sido comunicada com a antecedência prevista nos termos e condições do serviço.
    Conforme comunicado pela MEO, os clientes do serviço MEO Music dispõem de um conjunto de ofertas de substituição, para que possam aceder a conteúdos de música e muito mais, e que poderá consultar em https://www.meo.pt/servico-musica.
    Tendo a descontinuação do serviço sido comunicada atempadamente, de acordo com os termos e condições do serviço, e estando a ser disponibilizado aos clientes um conjunto de ofertas de substituição para que possam continuar a aceder a conteúdos de musica, não lhe assiste o direito de cancelar o serviço de comunicações eletrónicas / pacote MEO, sem encargos associados.
    Em conformidade, e caso mantenha a sua intenção de cancelar o seu serviço de comunicações eletrónicas / pacote MEO, antes de decorrido o período de fidelização estabelecido, informamos que será emitida e cobrada a fatura de incumprimento contratual.
    Para estes e outros esclarecimentos deverá contactar a linha de apoio a cliente ou em alternativa efetuar envio de exposição através da sua área de cliente meo em http://www.meo.pt.

    Ficamos, como sempre, à sua disposição.

    Atentamente,
    A Provedoria do Cliente da PT

    E com estas ameaças de emissão e cobrança da fatura de incumprimento contratual, vos deixo. De facto é de lamentar. O cliente, o elo mais fraco continua a ver o sector das telecomunicações a fazer o que lhes apetece.
    Podem deixar de prestar o serviço que era gratuito, colocar um novo serviço com restrições e a pagar que está tudo bem.
    Contratos de 24 meses passam a ter o serviço apenas por 12 meses com limite de 10GB.
    Adeus MEO

    • Ricardo Santos says:

      E o que acontece se se rescindir o contrato e não se pagar a referida “fatura de incumprimento contratual”… É como se se deixasse de pagar o serviço, certo? Não acredito que ponham ações judiciais aos clientes por causa disso…

  32. Jimmy says:

    Pessoal, peçam o livro de reclamações, para além de todas as outras formas de luta. Mal tenha tempo vou à uma loja meo tratar disso. Trata-se de uma quebra de contrato. Caso alguém tenha mais noticias é favor de dizer.

    • Jona says:

      Na meo vao.te dizer ke nao podes como é obvio. Tens contrato assinado com a meo? Se sim leva.o a um advogado. Sinceramente, penso que o caso é bem simples. Se nao tiver algures no contrato que podem mudar um servico por outro do lado deles sem o nosso consentimento, podem cancelar o contrato por quebra de do mesmo. Agora, devem ter uma janela legal para o fazer…kuantos dias tem para reclamar nao sei…quanto mais tarde pior. Nao percebo 3 pq a deco ou qualquer outra entidade de defesa do consumidor, nao alerte nada. Vao jantar todos juntos no final do dia….

  33. Jimmy says:

    Pessoal, peçam o livro de reclamações, para além de todas as outras formas de luta. Mal tenha tempo vou à uma loja meo tratar disso. Trata-se de uma quebra de contrato. Caso alguém tenha mais noticias é favor de dizer.

  34. Luis Silva says:

    Pergunta simples: É possível renunciar o contrato por causa disto?
    Se sim, como é que se deve fazer?

    • Rafa says:

      Não é possível, como já li em fóruns no próprio contrato informa o cliente que qualquer tipo de alteração aos serviços/preços no mesmo têm que ser dadas soluções alternativas, coisa que a operadora em questão o está a fazer.
      Depois dos acontecimentos de Agosto do ano passado (a questão dos aumentos) duvido em pleno que as operadoras vão correr o risco de não seguir o contrato há letra, pelo menos durante os próximos anos.

  35. Pedro Pinto says:

    Alguém que já tenha rescindido contrato que se manifeste por favor!
    Obrigado

  36. RJP says:

    No seguimento da exposição que apresentou na Provedoria do cliente da PT, que mereceu a nossa melhor atenção, e após análise da situação que nos apresentou, informamos que:

    A partir de dia 1 de março de 2018, o serviço MEO Music será descontinuado, deixando de estar disponível na oferta de serviços do MEO, tendo essa situação sido comunicada com a antecedência prevista nos termos e condições do serviço.

    Conforme comunicado pela MEO, os clientes do serviço MEO Music dispõem de um conjunto de ofertas de substituição, para que possam aceder a conteúdos de música e muito mais, e que poderá consultar em https://www.meo.pt/servico-musica.

    Tendo a descontinuação do serviço sido comunicada atempadamente, de acordo com os termos e condições do serviço, e estando a ser disponibilizado aos clientes um conjunto de ofertas de substituição para que possam continuar a aceder a conteúdos de musica, não lhe assiste o direito de cancelar o serviço de comunicações eletrónicas / pacote MEO, sem encargos associados.

    Em conformidade, e caso mantenha a sua intenção de cancelar o seu serviço de comunicações eletrónicas / pacote MEO, antes de decorrido o período de fidelização estabelecido, informamos que será emitida e cobrada a fatura de incumprimento contratual.

    Para estes e outros esclarecimentos deverá contactar a linha de apoio a cliente ou em alternativa efetuar envio de exposição através da sua área de cliente meo em http://www.meo.pt.

    Ficamos, como sempre, à sua disposição.

    Atentamente,
    A Provedoria do Cliente da PT

  37. Nuno Fernandes says:

    acham mesmo que podem rescindir contrato por causa disto? levam com a fidelização em cima! mas cada um sabe de si! e depois de rescindir vão para onde? para a nos que nem serviço destes tem? mas atenção não estou a defender a atitude da meo acabar com um serviço gratuito para um pago é muito mau! façam como eu não activem oferta nenhuma nem usem o deezer!

    • Rafa says:

      Ativar as ofertas pelo que percebi não impõe nenhuma fidelização e concordo com o que disse, não existe nenhum outro operador que ofereça este tipo de serviço apesar de muitos pesarem que a Vodafone oferece a Spotify! Isto não acontece, apenas tenho tráfego para a aplicação se quiseres usar-la tenho de pagar subscrição da mesma forma, tal como o Deezer ou semelhante.

  38. Pedro Pinto says:

    Vou dar as propostas que me foram dadas pela Meo em compensação pelo fim do Meo music.
    – NET smart 10gb mês para uso mas aplicações de música que já foi aqui referido durante 12 meses mais Meo go.
    – Ou mais 2gb de NET acrescentar ao plano sem custos adicionais até ao fim do contrato.

    Sondei propostas das outras operadoras e nenhuma oferece tarifário melhor por um preço tão baixo quanto a Meo.

    Talvez vá aceitar os 2gb adicionais até fim de contrato…

    • Filipe Ferreira says:

      Eu tive direito ao serviço Meo Music por ser cliente 3P (TV+Net+Telefone).
      No meu caso em particular, nenhuma das opções propostas são validas pois na componente móvel não sou cliente MEO.
      Soluções alternativas como Smart NET Music ou tráfego adicional não me servem de nada no meu tarifário móvel da NOS.
      Só resta o Meo Go Multi que não substitui o Meo Music.

    • Ana Maria says:

      Tenho o Meo Music através do tarifário Unlimited XL (telemóvel) e aceitei a fidelização com este bónus ‘oferecido’ como ilimitado, principalmente porque me interessava manter este serviço em particular. Não vou aceitar que me façam passar a pagar extra dentro de algum tempo, por algo que tinha direito gratuitamente. Nem que tenha que apresentar queixa à supervisão e/ou mudar de operadora, mas não fica assim!

  39. Valter Pinho says:

    Malta, não vão à Anacom nem à Deco…tentem contactar com a Rtp, Sic e Tvi…sim porque ao que parece, sempre que passa nos telejornais das principais televisões generealistas tem mais impacto e a sua resolução parece que demora menos de uma semana…alguem conhece alguma menina repórter de alguma dessas grandes cadeias de tv ?

  40. Valter Pinho says:

    Vamos la ver…a Meo apenas se está a colocar em pé de igualdade com as outras operadoras…por acaso ja viram uma Nos Jogos ou Nos Music ? Ou alguma vez viram uma Vodafone Jogos ou uma Vodafone Music ? Ou uma Nowo Jogos ou Nowo Music ? Entao é isso…assim nao podem escolher a Meo por ter os Jogos ou o serviço de música…o próximo serviço a ter os dias contados será o Meo Kanal que coitado…ha muito que parou o desenvolvimento.

  41. Vasco says:

    Olá,

    Apresentei reclamação no MEO (online) e responderam (por telefone) que não tenho direito a renunciar o contrato pela desactivação do serviço MEO Music. Apresentei todas as razões que achava válidas para o fazer mas foram intransigentes. Do pouco que percebo e pelo que está nas condições contratuais, parece-me que têm razão (o que não deixo de considerar abusivo):

    “19. ALTERAÇÃO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS E CESSAÇÃO DA OFERTA
    19.1. A MEO poderá alterar as presentes Condições Gerais, bem como as Condições Específicas aplicáveis a cada serviço.
    19.2. No caso previsto no número anterior desta Condição, o cliente será notificado, através dos meios previstos na Condição 15., com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais. Caso delas discorde, o cliente dispõe de um prazo de 15 (quinze) dias para, por escrito, rescindir a relação contratual em causa, sem qualquer penalidade associada. A referida rescisão produzirá efeitos à data da entrada em vigor das alterações contratuais.
    19.3. Sempre que uma alteração contratual constitua uma vantagem objetiva para o cliente não é aplicável o disposto no número anterior.
    19.4. Em caso de cessação da oferta de qualquer serviço, a MEO compromete-se a notificar o cliente, por escrito, com uma antecedência mínima de 15 (quinze) dias sobre a data da sua verificação.”

    Podem desactivar serviços a seu belo prazer e cumpriram com o exposto no ponto 19.4. Alguém tem uma visão diferente?

    • Ana says:

      Caro Vasco, como advogada posso esclarecer que nos termos do 19.2 podemos rescindir com no prazo de 25 dias após 26 fevereiro quando as novas condições foram divulgadas (até ai so sabiamos q haveria alteração mas nao em q termos e se seria pior ou melhor). Só não se aplica se as condições fossem mais vantajosas 19.3, o que não é o caso para quase todos, aparentemente. A notificação deve ser por carta registada com conhecimento à anacom para não haver dúvidas….

      • Ana says:

        Desculpem o erro na mensagem mas o prazo é de 15 dias!

      • Marques says:

        Cara Ana, desculpe estar a discordar com sigo, mas o que se aplica ao Meo Music, é o ponto 19.4, pois o serviço era uma oferta. Se repararem nas vossas faturas, o serviço é cobrado (6,989€) e logo a seguir é descontado (-6,989€), como sendo uma oferta. Neste caso não há direito a qualquer rescisão de contrato. Aliás, nem são obrigados a compensar os clientes com outra oferta.

        • Ana says:

          Desculpe ter que entrar em ‘legalez’. Aqui podemos debater se é uma alteração (19.2 e 3) ou cessação do serviço (19.4). Se for considerado uma alteração, é preciso ter em conta que a concessão do Meo music é parte integrante do contrato como condição particular, pelo tempo aí determinado, e só não dá direito a ser compensado se o contrato incluir uma claúsula expressa, do tipo: ‘a qualquer momento o serviço [meo music] pode ser descontinuado sem que a empresa seja obrigada a compensar os Clientes ou apresentar alternativa equivalente…’., Se o serviço simplesmente cessar sem substituição, (note que 19.4 só se refere ao período de pré-aviso e mais nada), nos termos gerais de direito o contrato cessa por uma das parte não poder realizar integralmente a prestação contratada. O facto de na factura constar o valor da mensalidade e depois a devolução, é irrelevante. Não é ‘oferta’, é um bónus que consta expressamente i.e., está escrito no contrato (condição particular) e que vigora durante o tempo acordado pelas partes.
          Veja o comentário abaixo relativo à DECO; aparentemente têm o mesmo estendimento.

        • Napoleon Bonaparte says:

          Uma oferta que é apresentada no pacote como fazendo parte do que se contrata. Ah! Pois é…!

  42. Emanuel Azevedo says:

    A Deco acusou esta quinta-feira a Altice de desrespeitar a lei ao não avisar atempadamente sobre a descontinuação do serviço MEO Music, esclarecendo que os lesados podem rescindir sem penalizações e que denunciou o caso ao regulador Anacom.

    • Napoleon Bonaparte says:

      E a ANACOM vai fazer o quê? Multar a Meo?!
      Por favor! A ANACOM há muito que vive adormecida…! Venham dias, chuvam noites… e que lhes paguem os salários no fim do mês, mais um 13. e um 14. e não os chateiem, que eles querem é sossego!

  43. Mário Jorge says:

    A Alice está a fazer de tudo para encaixar dinheiro. Já na questão dos aumentos, aos quais a ANACOM impos limites, o certo é que muita gente ficou a perder. Dou este exemplo, a fidelização estava a findar, pelo que não interessava avançar com a rescisão visto ficar duplamente prejudicado. Outra coisa, os contratos são estabelecidos para serem cumpridos, pelo menos nessa boa fé, coisa que a Altice demonstra não ter. A forma usada no caso do meomusic é por demais evidente, nem sequer 15 dias antes recebi msg a informar que findava o dito. No meu caso só tenho este pós pago do smartphone com a Meo, cuja fidelização eram 18meses, extensíveis a 24. Eu tinha quase 5gb de música offline, noutro telefone mais perto de 3, mas nunca paguei nada pelo meomusic, tal como não vinha detalhado na factura do tarifário pós-pago com fidelização inerente. Claro que não deixei de dar voz à minha indignação, neste caso através do livro de reclamações online, evito ir às lojas, o meu tempo é bastante mais precioso. Claro que não aderi a nada daquilo que eles sugerem ou apresentam como alternativas. Temos outro caso idêntico de caça ao nosso bolso, a factura passar a ser paga, já deram por isso, é mais €1 ?!! Faz imenso tempo que não perdou nada, julgo que deviam considerar muito mais os clientes e adoptar critérios mais explícitos e nítidos para todos. Neste, como noutros casos, podiam cancelar para novos contratos e ir mantendo até ao findar os já existentes, sempre na perspectiva de possibilitar opções que não prejudiquem o cliente, o que era evidente ir acontecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia