Quantcast
PplWare Mobile

Seamless Wi-Fi – Interoperabilidade entre redes Wifi e móveis

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Sérgio C says:

    Bom artigo académico, para que cadeira foi?
    Eu tenho alguns sobre estas temáticas, se vocês quiserem tambem os faculto.

  2. M.Manuelito says:

    Excelente artigo. Parabéns!

  3. gg says:

    Muito bom! Espero com expetativa!

  4. Manel says:

    A união europeia no tinha um projecto de internet gratuita para a união europeia?
    Isso é que era! Vamos ja para a rua exigir isso! Caros europeus estão convocados!

  5. Justino Lourenço says:

    Obrg pelos vossos comentários.

  6. viperbruno says:

    Em aldeias onde fica caro transplantar de entre ruelas cabo de fibra óptica (maioria das vezes um ADSL com raspas de sinal) aonde já estão longe da central e só nesses vais vens se perde o pouco que se poderia dar, este pontos wifi seriam a opção a adoptar com urgência se poder ser. Ou continuará-se a pagar mais que na cidade para ter abaixo dos mínimos da PT (os 4mbps)?

    Vamos ver que colocar antenas fica caro, pois para cobrir tal investimento seriam precisos anos, assim como arrastar fio para tanta casa dispersa quando com esta solução só se alimentava pontos estratégicos, menos volume de sinal distribuído, mais estabilidade/velocidade

    Para quem conhecer o Norte do país vou dar um exemplo de um amador que consegue fazer aquilo que os sapinhos não conseguem, fazer uma ligação WiFi de Canelas (junto ao famoso conselho de Eja (Entre-os-rios pertence a Eja)) e na outra margem do rio, já no lado de Castelo de Paiva o sinal chegar lá.
    Poderemos estar a falar de 20 km em linha recta, não sei ao certo, vou tentar usar o Google Maps para dar mais certezas.

  7. VC says:

    O tempo do 3G/4G vai ser muito reduzido…Pesquisadores alemães alcançaram uma velocidade de transmissão de dados sem fios de 40 gigabits por segundo (Gbit/s) entre uma distancia superior a 1 Km…Para se ter uma ideia de o que isso significa, basta ver que o padrão 4G LTE, o mais moderno padrão de transmissão de dados wireless, chega aos 75 megabits por segundo.

    Ou seja, o novo recorde, obtido em escala experimental, é quase 550 vezes mais rápido do que o padrão 4G

    http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=recorde-mundial-velocidade-transmissao-wireless&id=010150130528

    • Fábio says:

      O 4G (em formato LTE Advance) pode chegar até ao Gigabit/s.

      Em Portugal já foram feitos testes em 2 operadoras a 300Mbit/s, por exemplo.

      Esses 75Mbit/s não será um valor máximo (ou pelo menos actualizado).

  8. Raclima23 says:

    Adorei o artigo muitos parabéns PPLware sempre a surpreender

  9. VC says:

    Sinceramente n percebo o criterio de aprovacao de comentário 🙂 a dar uma informação importante sobre este tema, e recusado… enfim pplware n vos percebo

  10. João says:

    Excelente e espectácular, mas no final é sempre uma questão de custos versus retorno do invetimento realizado em ‘x’ tempo. Como tudo na vida..é tudo uma questão de números.

  11. João says:

    A TIM, operador brasileiro? Não será um operador italiano que por acaso um dos acionistas é a Telefónica?

    • Justino Lourenço says:

      Referi-me a TIM como operador Brasileiro (www.tim.com.br), como me poderia referir em Portugal à Vodafone como operador móvel Português (apesar de ser um grupo internacional). Mas entendo o reparo.

  12. Paulo Monteiro says:

    Muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.