PplWare Mobile

O Windows 10 já permite correr o Windows dentro do Windows


Autor: Pedro Simões


  1. joaotrindade says:

    pergunta: sendo o hardware reconhecido o mesmo, isso significa que os windows 10 dentro de outro windows 10 tem a licença válida ou não?

  2. Justino Figueiredo says:

    Dará para instalar o sistema operativo do MAC para que por exemplo pudéssemos programar para IOS sem ter que comprar um computador novo?

  3. rand says:

    Será que eles vão usar isto para correr um emulador de xbox dentro de um emulador de xbox360? (penso que isto será necessário para a nova xbox conseguir correr os jogos das suas duas antecessoras)

  4. Jorge Gabriel says:

    Uma questão isto serve para que exatamente?

    PS: I’m not an hatter and nothing else

    • The Onee says:

      Eu por exemplo tenho uma máquina virtual (windows 7) “dentro” do meu windows 7 que uso normalmente. Para que serve? Para correr uns macros que necessitam de mover o rato e usar o teclado. Fica o meu windows principal livre para eu usar enquanto que o outro fica a correr em background.

      • Jorge Gabriel says:

        OK isso eu percebo. Mas para que é que precisas de uma segunda VM dentro da primeira VM.
        É isso que não percebo

        • John says:

          A resposta é simples: “só porque sim”

        • Nuno Coelho says:

          Não é só porque sim! Uma cascata de máquinas virtuais serve para disponibilizar mais funcionalidades e utilizadores em segurança para aplicações de rede, como clouds.

          Uma máquina virtual é “apenas” um sistema operativo a correr como uma qualquer outra aplicação dentro do sistema nativo e isso permite algo tão simples quanto testar aplicações como criar uma infraestrutura de rede numa dessas máquinas virtuais. A Internet é assim que funciona, há muita coisa virtualizada nos servidores. Assim temos 1 máquina física e depois nesta correm vários sistemas operativos a dar serviços de DNS, email, cloud, etc. Se tivermos uma máquina virtual a correr dentro duma máquina virtual temos já aí 3 sistemas operativos, o nativo e os 2 virtuais.

          Podemos então ter na máquina nativa o Windows 10, na máquina virtual 1 o Windows Server e depois no Windows 10 Server (virtual) tempos por exemplo um Linux a registar logins e operações afins.

        • silva says:

          O Microcat por ex so corre em sistemas 32 bits.

  5. Ricardo says:

    Windowsception!

  6. int3 says:

    Não é uma funcionalidade. http://superuser.com/questions/312433/can-you-run-one-virtual-machine-inside-another
    Desde sempre o XEN ou KVM ou o que for “suportava”. Nenhuma coisa de diferente eu vejo aqui.

  7. mrc says:

    Pode-se instalar o Win7 dentro do 10?e o XP dentro do 7…

  8. Sérgio E. says:

    É mesmo necessário ter um processador Intel com VT-x ? Um processador AMD com AMD-v não corre ?

  9. Ricardo says:

    Pela primeira vez usei uma maquina virtual para experimentar o windows 10 no win7. Mas sou um leigo e esta noticia despertou-me a atenção para o seguinte:
    Desta forma podemos considerar que o windows 10 aceita correr o windows 10, dentro dele, N vezes até ao limite da capacidade da máquina real. Em cada sistema instalado, sem cruzamento, podem existir N utilizadores, sendo que cada utilizador pode estar presente em N sistemas, em N ambientes de trabalho diferentes, tudo dentro do mesmo equipamento real.
    Levando em conta as possibilidades e a complexidade, é impressão minha ou isto quase que soa a mundos paralelos?!

    • Nuno Coelho says:

      Não: é assim que a Internet e os serviços que esta disponibiliza funciona. Nós acedemos a sites, fazemos logins, usamos clouds, etc e não nos apercebemos que tudo isto é muitas vezes feito tudo em máquinas virtuais dentro de máquinas virtuais.

  10. ervilhoid says:

    Não percebi, isto era como no xp? onde está a ferramenta para correr o windows 10 virtualmente?

  11. Tiago says:

    LOL isto vai ser divertido…
    windows inside a windows inside a windows inside a windows… xD

  12. screamer says:

    Finalmente poderei correr o Hyper-V ou o VSphere dentro de uma VM no meu portátil a correr Windows 10. Muito útil para fazer demonstrações de sistemas de virtualização. Até agora tinha de usar o VMWare…

  13. chuck norris says:

    o conceito não é novo, pelo menos em VMWare é suportado há 7 anos

    https://communities.vmware.com/docs/DOC-8970

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.