PplWare Mobile

Correções do Meltdown e Spectre tornaram Windows 7 inseguro

Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

28 Respostas

  1. sdfghjk says:

    lol ao ponto que a ms chegou….

  2. Pérolas says:

    Tudo isto para obrigar o pessoal do w7 a migrar para o window$ 10 bb edition LOL

  3. Hugo Gomes says:

    O que não se faz para puxar a,malta para o 10

  4. Paulo says:

    eu cai na asneira de migrar para o windows 10 e com as atualizações que ele fez não consigo fazer nada nem sequer desinstalar para voltar ao w7 ou w8

  5. Jorge says:

    Com o Spectre e Meltdown, problema dos CPU da Intel, qualquer hacker poderia introduzir o código malicioso através de script numa página web maliciosa. Ou seja, em Windows ou Linux ou Apple, estariam sempre vulneráveis a navegar online.

    Com a correção do firmware (patch para a respetiva BIOS da respetiva motherboard do vosso PC), só uma aplicação instalada por nós é que poderá ter acesso, se for maliciosa, e só no Win 7. O título desta notícia, não deixa de ter razão, mas é portanto exageradamente alarmista.

    A atualização não tornou o sistema inseguro. Corrigiu algo gravíssimo (que por sorte, durante uma década, nunca foi explorado por nenhum hacker), e criou uma falha da qual 100% dos utilizadores, para já, estão protegidos.

    Quem quiser saber exatamente qual a atualização do Win 7 que corrigiu isto, e criou o novo problema, é o pacote de Janeiro de 2017. Se preferirem, desistalem-na, é o que eu vou fazer. Já tenho a nova BIOS da minha motherboard flashada com sucesso, com o patch para a minha CPU Intel. Basta-me usar Linux Mint, e deixar o Windows de vez., e fico 100% protegido desta incompetência toda.

    Se isto acontecesse no Win 10, não poderiam fazer nada disto, porque a MS passou a ser dona do vosso PC. É muito interessante como a “correção” abre uma falha especificamente na versão (7) do SO que a própria M$ quer matar… se já tinha pouca confiança nesta empresa, a partir de agora ela morreu.

    E quanto ao Estado, de cuja segurança estamos todos dependentes, toca a passar tudo para software Open Source, tal como os mais avançados países (França) e cidades (Berlim) estão a fazer. Não se pode deixar a nossa segurança e privacidade nas mãos de NSA e companhia, que acham que o Edward Snowden (um herói Mundial) é que é o mau da fita…

    • Miguel Costa says:

      Só para tua informação, mesmo com o patch, a protecção é de 0,000000000000001% se te quiserem atacar o computador. Linux sem ter sido compilado por ti, tem mais de 3000 milhões de buracos do que qualquer versão do Windows, pela simples razão que não sabes nada sobre ele. Se te quiserem atacar o sistema directamente, estás pior do que entregares o computador aos hackers. Pergunta ao pessoal de Atlanta que tinham a distro de Outubro de 2017 de Linux e ficaram a mamar na pata do cavalo, quando um hacker se limitou a usar uma das portas de actualizações, para instalar um malware que demorou 5 dias a ser expurgado do sistema, pela simples razão que não tinham software técnico para isso…. Já agora, falas de França? As 5 cidades que usavam Open Source já desistiram, pois estão a gastar 830% do que gastariam se usassem software proprietário. Berlim também já estás desactualizado. Para além dos serviços camarários, o resto já passaram para o Windows 10, por gastarem em 7 anos o mesmo que gastavam em 12 meses com os open source. Pena que começaste tão bem e terminas de forma tão estúpida a dizer que open source=segurança=gratuita.
      Já agora, ainda a semana passada saiu o estudo do governo Andaluz (Espanha) que usaram software open source para os seus serviços de estado, em que o valor gasto em 8 anos dava para pagar 100 anos de contratos com a microsoft.

  6. N'uno says:

    Não tem, ou então terá muita dificuldade em distinguir o que é verídico do que é fake news… Mas esta é uma guerra perdida, em que a força dos $$ consegue manobrar a opinião pública e forçar demasiados lobbies. A coisa só vai mudar quando o mundo proprietário for comprometido de forma tão catastrófica que seja impossível afirmar barbaridades como as acima…

    • N'uno says:

      Este comentário deveria ter sido uma resposta ao “eu” acima.

      • eu says:

        Mas ja nao foi ?
        Nao so o senhor disse barbaridades como continuar a responder com mais barbaridades, so que outro nick 😉 … e triste

        • N'uno says:

          Deve estar a haver aqui alguma confusão. Quando referi que deveria ter sido uma resposta na thread anterior é porque o meu browser limpou parte dos meus dados, obrigando-me a corrigi-los. Nessa altura não reparei que já não estava como resposta, mas sim como post normal. Daí a minha observação.
          E se leu bem, eu referia-me às barbaridades afirmadas pelo @Miguel. Não sei que cena é essa do “outro nick”. O meu não muda há anos!

  7. arc says:

    @Miguel Costa, onde está essa fonte de informação, relativa aos seus comentários das vulnerabilidades? Gostaria de ler com atenção, quando lhe fosse possível disponibilizar as fontes informativas.

    É que sabe, pode mandar umas “bocas” assim para os leigos, para os mais distraídos, a ver se a moda pega, mas não manda para todos.

    Você afirma “mesmo com o patch, a protecção é de 0,000000000000001% se te quiserem atacar o computador.”, onde foi recolher essa info?

    Olhe estas informações de uma das minhas máquinas cá em casa, onde eu estou agora a escrever:

    [arc@arc-orbital ~]$ zgrep CONFIG_PAGE_TABLE_ISOLATION /proc/config.gz
    CONFIG_PAGE_TABLE_ISOLATION=y

    Obviamente, como é conhecedor, não necessita que eu explique o que para si é ÓBVIO!

    Pois não sabe! Limitou-se a atirar um numero para o ar, mas isto não é fogo de artificio!!!!

    Afirma “Linux sem ter sido compilado por ti, tem mais de 3000 milhões de buracos do que qualquer versão do Windows, pela simples razão que não sabes nada sobre ele.”

    Esta sua afirmação é de um profundo conhecedor de sistemas operativos, como eu nunca li!!!

    Já agora, explique por favor, qual a finalidade de compilar o kernel do Linux, para colmatar essas vulnarabilidades?

    Sabe ao menos o que é o Kernel do Linux ou um qualquer outro Kernel?

    Sabe que as vulnerabilidades Spectre e Meltdown, não atacam directa ou indirectamente o Kernel do Linux, nem outro Kernel?

    Sabe que o kernel não se encontra embutido no hardware?

    E “3000 milhões de buracos do que qualquer versão do Windows, pela simples razão que não sabes nada sobre ele.”

    Esta sua afirmação, é ir ás lágrimas NO MÍNIMO!!!

    Sabe, por acaso, que o Kernel do Linux, deve ser a peça de software por acaso, sim por muito acaso, talvez o componente mais escrutinado por uma vasta comunidade de utilizadores em todo o mundo e não só por aqueles que usam uma distribuição de Linux?

    Se desejarem escrutinar o Kernel do Linux, ele encontra-se à disposição de todos, incrível que mesmo você o pode fazer!

    Ops, espere, já sei que você conhece muito bem o kenel do Windows, e já o deve ter compilado ao menos uma ÚNICA vez, verdade?

    Já sei que não sabe, aliás você nem do NADA pouco você deve saber, o que também não me espanta RIGOROSAMENTE MESMO NADA.

  8. informado says:

    Essa do Linux ter buracos é de rir– Quanto ao Windows nada me surpreeende — A pior coisa que jamais vi .. Código igual a um queijo suiço…

  9. eu says:

    O mais grave nisto tudo e que o Windows Server 2008 R2 também esta incluído nesta brincadeira …

  10. José says:

    Senhor Pedro Simões. Será que já poderei comprar um novo Processador Intel. já sem este problema “Spectre e Meltdown”. É que não sei se Intel, já construi-o, ou não, novos Processadores sem esse problema. Depois há outro problema, se instalar esse novo Processador, por exemplo com o SO Windows 10, será que as atualizações da Microsoft, que têm essa correção, não interferirão no desempenho do PC. Muito obrigado, se me poder elucidar sobre isto.

  11. Balearic Soul says:

    A Microsoft a obrigar o pessoal a meter o Windows 10.

  12. Zinco says:

    Diselgate da tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.