PplWare Mobile

8 interessantes alternativas ao WinRar


Autor: Mário Sousa


  1. NelsII says:

    Há muito que utilizo o 7zip e estou mesmo muito satisfeito, não me passando pela cabeça mudar.

  2. Mota says:

    Para mim falta aqui a melhor alternativa ao winrar:

    Izarc.

    Esse sim! E ainda abre o dobro dos formatos do winrar.

  3. António Silva says:

    Acho que devia constar o Bandizip é o que uso à bastante tempo e até agora impecável.

  4. ervilhoid says:

    Antes tinha o haozip mas não vejo desenvolvimento, mudei para o Peazip não quero outro

  5. Olly says:

    Comecei há uns tempos a usar o Bandizip, apenas por curiosidade, e agora é o que recomendo.

  6. Gonçalo says:

    Por amor de deus tirem daí o Trucrypt, ele já não é seguro e descontinuado à quase meio ano.

    Pela segurança dos leitores..

  7. Gonçalo says:

    Por amor de deus tirem daí o Truecrypt, ele já não é seguro e descontinuado à quase meio ano.

    Pela segurança dos leitores..

    • Manuel Santos says:

      Não entendam o meu comentário como uma criticas.
      Porque é que não é seguro? Por ter sido vendido?
      Há coisas que mesmo antigas funcionam perfeitamente e com muito bons resultados

    • Joselito says:

      Tanto o Truecrypt e o Daemon Tools Lite não deveriam estar nesta lista, pois são para uma outra finalidade e devem pertencer a uma outra categoria que não um mero compressor/descompressor.

      Ainda por cima o Truecrypt é um projecto que foi terminado e foi desaconselhado pelos seus criadores ao descobrirem falhas de segurança graves. Os próprios remetem os utilizadores para outros produtos.

  8. panhonhas says:

    Não faz sentido colocacarem alternativas que já foram descontinuadas, como o truecrypt e o 7-zip. Para além de que não existe alternativas ao winrar e ao formato de arquivo RAR5. Usem o keygen FFF e sejam felizes, porque os grupos da scene utilizam o rar nos seus lançamentos, portanto é obrigatório e não há alternativas, pronto.

    • João P. says:

      7-zip descontinuado? Só se for na tua cabeça! Eheheh

      • panhonhas says:

        Que eu saiba a última versão stable é de 2010. Há 5 anos que só têm lançado apenas alphas e betas. Está mais do que descontinuado e fora da minha lista de programas a instalar.

        • Joselito says:

          Pois…. O facto de não haver uma versão stable mais recente não quer dizer que o projecto esteja fechado. Alias, a última build (9.38 beta) é bem recente: 03-01-2015. Já saiu da fase alpha e já está em beta. O projecto está a mexer, por isso não compreendo o teu comentário panhonha. Repara que o Gmail andou também anos como beta… e hoje está descontinuado?

        • Joselito says:

          Novamente mandas bitaites para o ar…
          Esta ultima versão está em pt-PT e sem o acordo ortografico. Consigo ler palavras como “pasta” e “actualizar” ao invés de “diretório” e “refrescar”.
          Que tal descarregar esta ultima versão e depois vem aqui dar uma opinião concreta, pois ainda não mandaste uma p’ra caixa!

          Relativamente às terminologias alphas ou betas são apenas estágios da programação do produto. Outros projectos e programas utilizam apenas a numeração da versão. Veja o caso do Google Chrome, que já passa da versão 40, é um beta constante, que vão saindo como betas/devs e as consideradas mais estáveis ficam como finais.

        • A. Maj says:

          oh panhonhas, não fales asneiras, mais vale dizer que não gostas do 7-zip agora falar besteiras? eh pá…

    • Rebelde says:

      Como deixam passar um comentário que promove a pirataria?

      • pedro says:

        Não ligues ao que ele disse. Nem é preciso usar aquilo. O winrar diz que só tens X dias de uso e depois tens de comprar, mas mesmo anos depois da instalação continua a dizer que tens X dias e dá para continuar a usar. Por isso até se pode dizer que é “gratuito”.

      • Anarca says:

        Nem todos concordam com a sua definição de pirataria.

    • Joao says:

      A versão mais recente (Beta) do 7-Zip saiu a 3 de Janeiro de 2015.

      O TrueCrypt não é considerado inseguro até ao momento, pelo menos ainda ninguém demonstrou existir alguma falha crítica, e se existir já existem vários projetos prontos a corrigir a(s) mesma(s) e a disponibilizar uma atualização… se bem que quase todos andam à espera da analise ao código do TrueCrypt para depois começarem uma nova versão inspirada no TrueCrypt, mas de preferência sem cometerem os eventuais erros que possam ter sido cometidos no TrueCrypt.

  9. Pedro Gomes says:

    A pergunta que se coloca é: quem é que ainda usa o WinRAR?

  10. antonio says:

    Eu uso o KGB! Em racio de compressão, não ha melhor!

  11. Luis Pedro says:

    E o kgb archiver?

  12. F.F.Gomes says:

    Eu uso o winrar,sempre funcionou sem problema algum.
    Para quê mudar ?

  13. Sergio J says:

    E o arj?

    Sempre usei o winrar. Nas empresas por onde passo de vez em quando vejo-o, mas o típico é o 7zip.

  14. PAULO SILVA says:

    IZARC faltou na lista opensource…

  15. joaotomas says:

    Eu uso o keka no mac!

  16. Aybara says:

    +1 para o Bandizip

  17. David Guerreiro says:

    Faltou o PowerArchiver.

  18. joaopires says:

    Faltou o extractnow!!!!!

    Granda falha XD.

  19. iFernando says:

    E finalmente eu uso o windows 8.1. Isto é já vem no proprio windows integrado no Explorer, por isso não uso nenhum programa.

  20. TrasMontano says:

    Uso peazip há anos. Nunca falhou.

  21. oi says:

    eu uso o lha ainda, podiam ter incluido na lista

  22. Pedro says:

    Eu em alternativa ao winrar utilizo o FreeArc, existe uma diferença muito grande para com o winrar em relação ao tamanho dos ficheiros, o FreeArc consegue ocupar muito menos espaço, tem o senão de requerer alguma memória ram para descompactar

  23. Emannxx says:

    Sempre usei o Winrar e agora com o RAR5 não quero outro 🙂

  24. Tiago says:

    Não percebo porque é que se precisa de uma alternativ ao winrar quando faz tudo o que é preciso

  25. André Almeida says:

    unzip file.zip
    unrar file.rar
    tar -xzvf file.tar.gz

  26. Alucard says:

    Em Windows prefiro o WinZip, é um clássico.
    Em Linux costumo usar o default da distribuição, normal o File Roller do Gnome.

  27. Sargas says:

    E do que pensam do extractnow? Também é eficaz e rápido…

  28. João says:

    O Haozip é tão bom tão bom que ao tentar fazer o download o meu Anti-Malware (Malwarebytes) bloqueia a página…. LOOOL

  29. Homo Erectíssimo says:

    HaoZip mas de longe!!Deixa todos os outros descompactadores a léguas!!É o melhor de todos,de todos!!Já agora,excelente artigo,senhor Mário Sousa.Um abraço. 🙂

  30. Santos says:

    Eu cá comigo fico com o 7-zip, para além de ser grátis pode ser usado através de qualquer dispositivo móvel sem a necessidade de o instalar.
    Este já faz parte do software que acompanha as placas-mãe dos computadores.
    Quem tiver alguns conhecimentos nesta área pode facilmente encontra-lo lá, como foi o meu caso e desde então passou a ser o meu preferido.

  31. Carlos Bonaparte says:

    para quem utiliza o 4shared, o b1 archiver também é uma boa solução, e trabalha pelo menos com rar e zip

  32. David ferreira says:

    Admirame não estar na lista o WinAce

  33. Ricardo Ruivo says:

    Malta em que é que o Deamon tools litle se pode comparar ao winrar ou programas de compressão!?! Se a unica coisa que o Litle faz é criar imagens de cds ISO e monta-las???

  34. Rui says:

    Para usar o winrar em empresas é necessário pagar a licença? (Já vi tantas com este software e nunca vi ninguem a pagar)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.