Quantcast
PplWare Mobile

Bitlocker: Mantenha sempre a sua informação segura no Windows

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. R says:

    Sugiro um artigo pplware para descodificar a activação e utilização e eventuais aspectos negativos.
    Obrigado.

  2. Joao Ptt says:

    No fundo mantenha a sua informação segura, excepto se o atacante tiver acesso à sua conta Microsoft onde pode ver a chave secreta que permite aceder à sua informação. A Microsoft mesmo preocupada com a sua segurança, de tal forma que até fica com a sua chave privada só por via das dúvidas eh eh.

    • Antonio Ferreira says:

      A Microsoft não guarda a chave de encriptação. O que o texto diz/aconselha:

      (…) Portanto, é fundamental salvaguardar a chave de recuperação do BitLocker, num ficheiro dentro de outro dispositivo ou unidade de disco, numa conta Microsoft ou até mesmo num papel impresso. Poderá consultar como encontrar a sua chave de recuperação BitLocker no Windows (…)

      Portanto, se perdeu o papel, a pen onde guardou a chave, deixa de ter acesso a toda a informação encriptada.

      • Joao Ptt says:

        É só abrir o link do artigo da Microsoft para ver que a Microsoft guarda a chave de encriptação sim: https://account.microsoft.com/devices/recoverykey pelo menos se tiver uma conta Microsoft associada à instalação, mas mesmo que não tenha, nada impede de mandarem a chave na mesma.

        Talvez até consiga apagar a chave de recuperação da conta, não sei, mas eles recebem a sua chave. Se depois de você apagar a chave da conta Microsoft, será que eles apagam mesmo? Ou deixam uma cópia para os amigos dos serviços secretos, polícia e por aí em diante? E isto se não enviaram uma cópia directamente para eles assim que a receberam, e mesmo que respeitem o pedido do cliente final para eliminar, não interessa porque os outros podem mantê-la (segurança nacional ou outra desculpa qualquer).

  3. Diz lá says:

    Há encriptação por hardware e por software. Em termos de encriptação por software – que sempre “puxa” um pouco mais pelo CPU – Veracrypt deixa Bitlocker a milhas de distância e é open Source, pelo que está verificada que não tem backdoors.

    • R says:

      Há 2-3 anos estive a ver o site do Veracrypt e fiquei algo confuso.
      Uma das dúvidas que tenho é com o backups. Ou seja, com o Windows a correr, o backups (para um NAS, por ex:) não ficam encriptados, correcto?

      • Joao Ptt says:

        Correcto. O VeraCrypt corre de forma transparente, protege o que estiver no disco, quando o mesmo estiver em “descanso” por tanto desligado, se o liga e pelo programa VeraCrypt torna os dados acessíveis a partir daí eles vão para onde os mandar ir em claro.
        Se fizer backup terá de ser o software de backup ou o local para onde envia os backups a encriptar os dados.

  4. N quest says:

    na realidade era um bom serviço um tutorial Veracrypt com esta informação – opensource, atualizado tem conseguido ficar um standard

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.