PplWare Mobile

Vamos começar a usar o Linux Ubuntu em vez do Windows 10? (5)


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. jota says:

    Não obrigado, não quero passar de cavalo para burro!

    • Nilton says:

      Pelo que eu vejo o linux está crescendo pouco a pouco e são poucos os que estão mudando do windows para linux, nos estados unidos e muito menos no resto do mundo, a microsoft viu isso por isso no inicio colocou a possibilidade usar terminal do linux no windows e depois começou a usar um núcleo do linux para fazer um sistema para internet das coisas! A microsoft vai fazer qualquer coisa para não perder o mercado do sistema mais usado do mundo, sem falar que o android também usa o núcleo do linux!

    • Gabriel says:

      Outra vez o mesmo comentário? Para quem não quer saber do mundo do pinguim andas muito ativo nas publicações sobre Linux

    • Diogo says:

      Não entendo. Se não gostas de Linux, porque te dás ao trabalho de abrir o artigo e comentar?
      Se calhar gostas mais do que pensas.

  2. Irlm says:

    Podem fazer um tutorial sobre openSUSE?

  3. Carlos Silva says:

    Podem mostrar como correr WiBU e Codemeter?
    Se conseguirem eu sigo o conselho e mudo.
    PS: Estas aplicações não correm em Wine.

    • arc says:

      “Podem mostrar como correr WiBU e Codemeter?”

      Correr com quem?

      Outra vez a mesma pergunta falaciosa?
      Já foi respondido.

      • Carlos Silva says:

        Já foi? Então mostra lá como correr essas aplicações…

        • arc says:

          Eu não tenho nada que mostrar e muito menos ENSINAR. Se quer provar que uma qualquer Distribuição de Linux está impedida nativamente de pode executar essas aplicações, então NADA melhor que nos DEMONSTRAR, que tal NÃO é POSSIVEL.

    • jaugusto says:

      ah ah ao que parece os gajos com windows não tem internet:
      http://codemeter.com/us/service/downloads_linux.html

      • arc says:

        @jaugusto, NÃO percas tempo a ensinar quem vem desdenhar as Distribuições de Linux, só porque sim.
        Liga os IGNOROS, eles que procurem se quiserem!!!

      • Carlos Silva says:

        Contínuo a não ver suporte para a minha Ignition Key nessa lista.
        Ao que parece ps gajos com Linux não têm internet….

        • arc says:

          SIM SIM, … então nada melhor que mudar de ares!!!

          • d4rkw3b says:

            Ele tem razão, a Ignition Key não corre em Linux, e nem existe suporte para tal.
            A Ignition Key é parte de uma protecção de software, á imagem do iLok. Ambas não correm, e não existe forma de correr em Linux.
            Acho que o unico que precisa de mudar de ares és mesmo tu, já que as tuas respostas em nada ajudam, e mostram que estás fora deste assunto.

          • arc says:

            @d4rkw3b, menos, muito menos. Pois, pois, eu NÃO tenho de ajudar NINGUÉM e muito menos com perguntas falaciosas. E quanto a si @d4rkw3b, pode pensar o que quiser. Já estou como o outro, acabaram os almoços GRÁTIS para as Distribuições de Linux, querem saber mais, estudem, pesquisem, ou mudem de ares!!!

          • arc says:

            @d4rkw3b, voce também corre? È cada um…é só particantes de corridas!!!

          • d4rkw3b says:

            Falas, falas, mas és dos 0.01% que usa linux, que não diz nada, e muito menos respeita os outros com a mania que és superior aos outros.
            Se saires da caverna, percebes que existe um Mundo em evolução, e ninguém que saber da tua azia

        • arc says:

          @d4rkw3b..vamos por parte, sff…

          Primeiro ERRO…EU NÃO USO Linux.

          “Falas, falas, mas és dos 0.01% que usa linux”

          Aliás, eu penso que ninguém usa Linux.
          EU USO, 2 Distribuições de Linux, uma é Arch Linux e a outra é Debian Linux.
          Mas já agora, como chegou aos 0,01%?

          Segundo ERRO…

          “que não diz nada”

          DIGO SIM, mas QUANDO EU QUERO e A QUEM EU QUERO.
          A gratuitidade do conhecimento mediano em SOs Linux, que EU tenho, NÃO é DESTINADA A TODOS.
          E cada vez menos, deixarei de ajudar, especialemente todos aqueles, quem vem provocar a troco de NADA.
          Sendo que a PROVOCAÇÃO, está implícita aqui: “PS: Estas aplicações não correm em Wine.”

          Terceiro ERRO…

          “e muito menos respeita os outros com a mania que és superior aos outros.
          Se saires da caverna, percebes que existe um Mundo em evolução, e ninguém que saber da tua azia”

          EU respeito todos, os que se dão ao respeito, os OUTROS …NÃO RESPEITO, aliás vão para /dev/null.

          Meu caro, já saí da caverna….HÁ MUITO TEMPO!!!

          Quanto à possível azia, LAMENTO, mas ainda NÃO padeço desse tipo de maleita.

    • Ruy Acquaviva says:

      Alguém pode me mostrar como usar uma chave de um automóvel Ford em um automóvel Toyota? Se conseguirem eu juro que mudo de automóvel.
      Esse comentário deveria receber algum prêmio como o comentário mais despropositado do o site, quiçá de toda a Web.
      Não quero viver em um mundo onde alguém capaz de cometer esse comentário (cometer sim, pois é um crime contra o bom senso) utilize o sistema Linux. Espero que isso jamais aconteça.

  4. Filipe View says:

    Este verão nada melhor que aprender a usar todo o potencial do Linux. Os patos que vão à praia e sair para copos deviam era aprender a usar Linux e largar o Windows.

    • Pedro Pinto says:

      Era este o comentário que tinhas para sair com tanta pressa? 🙁

      • Filipe View says:

        O Linux cresce exponencialmente e é preciso que toda a gente perceba que Windows não é necessário para o dia a dia. O Linux actualmente faz tudo o que e preciso e o wine corre com qualidade qualquer programa ou jogo do Windows. Isto é um espaço aberto para comentários e discussões logo porque insistem em censurar alguns comentários e permitir outros bem ofensivos?

        • Filipe says:

          O linux não cresce exponencialmente nem faz actualmente tudo o que é preciso e o wine corre com qualidade qualquer programa ou jogo do Windows. O utilizador comum que utiliza linux na sua máquina tem ali uma pequena “tostadeira”, logo instalar linux serviu apenas para a revitalizar um pouco. Fora isso, o wine não iria lá correr coisa alguma com qualidade. És o Heldr do linux: falar muito sem ter a noção do que acabou de dizer. O windows continua a ser essencial como “pão para fome”. Corre absolutamente tudo, se não for no 10 é no 7 ou xp. As distros de linux até podem ficar boas um dia, e serem um concorrente à altura, e era bom que assim fosse, mas por agora ainda têm um caminho muito longo a percorrer e muito provavelmente nunca irão sequer chegar a meio.

          • Costa says:

            O meu computador não é uma tostadeira e corre apenas Linux, portanto, já há computadores não tostadeiras a correr Linux, viva viva… só usa o wine quem quer correr algo feito apenas para Windows, ou seja, limitado. O Windows é essencial para putos que jogam, ou talvez para aqueles que usam o Office e acham que é a última batata do pacote para escrever um documento, ou fazer um gráfico no Excel, ou uma apresentação cheia de bonecos no PowerPoint, de resto, a sua fome deve de ser de outra coisa, agora de software de qualidade não é…
            Eu diria que o Windows está para o utilizador como o mágico está para o público, o mágico carrega num botão e acontece um truque, carrega noutro botão, e pimba, outro truque, e o espectador bate palmas e sorri feito parvo sem saber o que aconteceu. Alteramos qualquer coisa no espetáculo e pronto, eram apenas truques de ilusão…

  5. Antonio Pais says:

    Caro pessoal.
    Neste momento ainda não consigui instalar o ubunto directamente no disco; experimentei fazê-lo com o 18 e a meio veio uma mensagem mortal.
    Do Mint 18.2 para o 18.3 a instalação deu pedreira.
    Foi preciso tirar o disco, ligá-lo a um adaptador usb no Windows limpá-lo e então já foi possível instalar o Mint 19 32b direitinho.
    Segundo informação de outra distribuição, seria preciso mexer na bios.
    Estarei errado? É possível; não me parece lógico este procedimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.