Quantcast
PplWare Mobile

UberStudent – O Ubuntu para estudantes e professores

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Sira Mendes says:

    Para mim o ubuntu (seja em que distribuição) morreu hoje, com a prova de que o edge era um mero embuste da canonical….

    • Marcos Silva says:

      Gostava de te ver juntar 30M….

    • ” o edge era um mero embuste da canonical….” Realmente a Canonical só tem vindo a prejudicar o Gnu/LInux não é?

      Foi a primeira vez que um projecto no Indiegogo chegou aos 12,809,906, quase 13 milhões, isso não quer dizer nada não é? Maldita Canonical… As outras é que são boas…

      STFU!

      • Sira Mendes says:

        Se tivessem acompanhado, como eu o fiz, toda a campanha decerto percebiam a razão de ser do meu comentário. Teriam se apercebido dos constantes tiros no pé da Canonical neste processo, com constantes alterações do preço do equipamento, falta de apoio à divulgação do projecto, recusa em aumentar o tempo da campanha, etc, etc, etc. Mas sei que ao contrário de mim (3 edges) vocês reservaram muitos edges, tiveram muitos referrals e fizeram muitos comentários na pagina do projecto… é isso?!?!

        • Eu não precisava de 3, apenas um bastava. E divulguei muito o projecto. E ainda aposto que acompanhei mais o projecto do que tu pensas…

          Eu sei que a culpa do projecto não ser bem sucedido é da própria Canonical, se tivessem mantido desde o inicio a 3 ou 4 alteração que eles fizeram ( que acho que foi a que mais rendeu ) tinha corrido muito melhor. Mas dai até dizer que a Canonical não vale nada… Em poucos anos já fez mais pelo Gnu/Linux do que outros com 20 anos a mais em cima.

  2. Hugo says:

    Nao sei ler nem escrever.tambem ha distro para mim ?
    Lol

  3. Pedro says:

    Da para instalar numa pen??

  4. Bruno Jesus says:

    Ainda não percebi o que é esse Zotero… Alguem que use pode me esclarecer?

    • Bruno says:

      Basicamente, ermite criar uma espécie de Base de Dados de referências, e inseri-las sempre que necessário ao documento.Entre outras ferramentas que disponibiliza que facilita em muito a criação de artigos.

      Uso EndNote. Mas o Zotero está em franco crescimento de utilizadores.

  5. Alberto says:

    Não sei se isto terá grande impacto neste país! Em 2011/2012 estive a trabalhar como técnico de informática num agrupamento e a minha percepção é que o “professor”, usa apenas o computador que tenha lá o MSOffice. Ele nem sabe ou quer saber o que é ou qual é o windows, é o MSOffice. Recordo-me de mostrar o Ubuntu e defazer uma demo a diversos professores, e a resposta foi igual… tem office?! Esqueçam lá o open-office ou libre office. Não vai lá.

    Os computadores PTE nas escolas têm dual-boot, uma para o windows e outra para o Caixa Mágica… Ninguém usa, e os que usavam eram os miudos na biblioteca para jogar o pinguim! Tive pena realmente, pensei que houvesse maior entusiasmo, mas a Microsoft volta a ganhar! Curiosamente, a rede PTE assenta ou assentava no Edgebox com Linux a bombar a toda a força… mas claro ninguém sabia sequer do que estava a falar! Talvez com o Kingsoft Office isto venha a melhorar!

    • lmx says:

      Boas…

      Eu é precisamente o contrario…trabalho em locais onde não se trabalha com o windows…e quando aparece uma maquina com windows…a malta até olha uns para os outros 😀

      Mas confesso que em muitos locais, se não mesmo a maioria quando se pensa em sistema operativo, pensa-se em windows, connosco acontece o mesmo, embora nós pensemos em linux, e bsd…

      Em relação ao Office não tem razão de ser essa relutância na mudança, pois as suites de produtividade são em grande parte muito idênticas…o que pode variar são algumas coisas na sua filosofia de fazer as coisas…mas isso aprende-se.

      Parecem clubes de futebol, ou os clubes políticos…as pessoas querem ser de um clube/partido até morrer e votam sempre no mesmo, seja bom ou mau para eles…é impressionante…

      O ser humano é um animal de hábitos, e a mudança é algo que ele não gosta muito, embora uns percebam as vantagens, outros nem por isso.E se forem pessoas de idade, ou acomodadas na vida…então ainda pior…

      cmps

    • pixar says:

      O ensino, ou melhor, tudo que tenha a ver com o estado, ainda assenta quase em exclusivo na MS.
      A verdade é que a maioria dos profs, excluindo os de Informática, apenas conhecem Windows e os seus programas. O resto é paisagem. Lá aparece um curioso, mas são poucos.
      Os manuais das TIC, quando falam de processadores de texto ou folhas de cálculo, apenas apresentam imagens dos produtos MS. A menos que o prof por sua iniciativa fale de outros SO, os alunos ficam-se pelo SO Windows.

  6. Marcelo Esch says:

    Alguem descobriu como se loga no sistema?
    Não foi informado login / senha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.