Quantcast
PplWare Mobile

Tiny Core Linux 5.1 – 9 MB de RAM e 6 segundos para boot

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Tiago says:

    Usei o TinyCore para simulação projecto de redes no GNS3 recomendo bastante.

  2. Pedro Peixoto says:

    É possível instalar nisto um servidor LAMP? 😉

  3. Nuno Fernandes says:

    É possível a instalação em Raspberry Pi?

  4. quimkaos says:

    isto dá-me vontade de ressuscitar os cadáveres que estão na arrecadação!

  5. lmx says:

    de facto esta distro é expectacular…

    pela leveza e funcionalidades..

    cmps

  6. Paulo Jorge says:

    Hum ,vou testar em Vm para ver no que dá, se bem que ainda não me decidi qual a distro que deveria usar para um Newbie em linux, já corri o Ubuntu mas o resultado num netbook não foi o mais famoso.

  7. ETOscar says:

    Esta distro é espectacular pelo seu paradigma de funcionamento. Mesmo “instalada”, é muito boa pois permite-me fazer algo que sempre quero em Linux e cada vez é mais complicado: ter um sistema básico, apenas com as ferramentas básicas do OS, e expandir a partir daí. Hoje em dia parece que todas as distros estão numa corrida para ver quem mete mais software (pelo menos nos pacotes “normais”). É óptimo para as minhas máquinas dedicadas.

    Faz-me lembrar um pouco o AmigaOS. [nostalgia mode ON] Nenhum Amiga era igual, pois o AmigaOS era muito básico (leia-se rápido e eficiente), e depois cada um expandia à sua maneira…. [nostalgia mode OFF]

  8. João says:

    E para um leigo informático como é que se instala esta distro num PC?

  9. Pedro Azevedo says:

    Digam-me só uma coisa: Com o Linux é preciso instalar anti-virus, firewall, anti-spyware,etc, como por exemplo o Kaspersky Internet Security que utilizo em PCs com Windows, mas que tornam o sistema mais lento. Como quero ressuscitar um Pentium III, 1Ghz, 512MB gostaria de saber se posso ficar mais ou menos “descansado” ou fico muito vulnerável. Já tentei um Windows XP com o KIS e o sistema fica lentíssimo e outras soluções de protecção gratuitas também pouco melhora. Se me puderem esclarecer agradecia.

    • quimkaos says:

      Não, não precisas de antivírus ou anti-spyware e firewall só mesmo se quiseres.
      O teu problema neste momento são as especificações do PC. Apesar de conseguires por a funcionar com uma distro “normal”, tipo Ubuntu, Caixa Mágica, Mint, fedora, etc, vai-te ficar lento, pelo que mesmo dentro destas distribuições deves escolher uma versão que venha com um ambiente de trabalho (Desktop environment) leve, tal como o LXDE ou XFCE (existem outros).
      A melhor opção para ficares com o PC a correr melhor será construíres o sistema tu próprio e é aqui que entra este tipo de distros. Além do TinyCore, tens o histórico slackware e o mais recente Arch por exemplo. O problema é que o sistema não é “Out of the box” e provavelmente terás muito que configurar e muito que aprender.
      se quiseres ver um vídeo cómico criado pelo gajos Kaspersky vê isto:
      https://www.youtube.com/watch?v=Liw86dRI0Qo
      o problema é que o vídeo é uma mentira do principio ao fim e ainda por cima eles falam como se fosse a sério, o que pelo nível de desonestidade faz-me nunca sequer pensar em adquirir qualquer produto destes senhores.

      • JP says:

        O que eu ri com esse vídeo, obrigado pela partilha.

        • lmx says:

          O autor parece ser uma pessoa desprovida de complexos 🙂
          Mas gostei de ver, porque o video além de educativo torna-se menos enfadonho…

          Não foi o steve balmer que uma vez entrou em palco e parecia um macaco aos saltos?! hehehe

          cmps

      • Pedro Azevedo says:

        Obrigado pelos esclarecimentos. Já instalei o Lubuntu 13.10 e serve perfeitamente para o que quero e não tem comparação na velocidade de arranque e funcionamento para o Windows XP. Que diferença. É verdade que não tenho nem metade da “porcaria” que tinha no Windows, mas se posso ficar mais ou menos descansado quanto à segurança, ainda melhor.

        Já agora, se quiser colocar firewall há alguma recomendada ou que mais utilizada especificamente para Linux?

      • Nélson Horta says:

        Existem vírus para todos os tipos de SO’s!!! Deixem de ser totós e julgar que estão imunes só porque não usam Windows!!! A diferença está na quantidade e na necessidade de interacção por parte do utilizador. Qualquer sistema pode ser comprometido e espalhar malware por todo o lado!!! O Windows apenas é mais atacado por ser proprietário da Microsoft e o mais utilizado no mundo!

        • Pedro Azevedo says:

          São opiniões como esta e que ainda recentemente existiram outras por aqui que me colocam de pé atrás. Às vezes na navegação aleatória como numa busca vai-se parar a sites que não conhecemos, no Windows com o KIS alertava-me sempre que tinha bloqueado qualquer coisa na página, ou tentativas de ataque. Já deu para perceber que entre motivos concepção e popularidade o Linux é menos sujeito a ataques e viroses. Eu só espero que o Lubuntu me proteja minimamente.

        • quimkaos says:

          tens toda a razão! Existem vírus para todos os sistemas! Não existe nenhum sistema 100% seguro! Mas sinceramente tu é que devias deixar de ser totó! Isto porque no Linux, a razão pelo qual é desnecessário ter um antivírus instalado para proteger o próprio sistema é a própria estrutura do sistema e facto de ser open source que tem a consequência de que 99.99999… % dos vírus em Linux não funcionarem em sistemas actualizados, porque as vulnerabilidades que os vírus/malware se aproveitam são corrigidas: o antivírus do Linux é o próprio sistema de updates. A grande diferença é esta. O Linux apoia-se em si próprio para resolver a vulnerabilidade do seu próprio sistema, enquanto o Windows, além de ser um sistema fechado (com vulnerabilidades não corrigidas com décadas de existência) apoia-se em terceiros para corrigir as suas vulnerabilidades, com a instalação de antivírus, anti spyware, anti malware anti a pqp (pardon my french)…
          Até porque não existe antivírus para linux. o que existe é para proteger outros sistemas (mailservers e virtualservers por exemplo) ou fazer scan a ficheiros que são transmitidos para outros sistemas (pens, suportes ópticos e rede)
          Não, não é por ser da Microsoft ou por ser o sistema mais utilizado no mundo.

  10. Pedro says:

    Boa tarde a todos,

    É possível instalar nesta distro as apps mais conhecidas como o Libre Office ou o Kingsoft Office? Xbmc? e já agora se sim como é que é feito o processo? recorre-se a RPMs? DEBs?

    Obrigado desde já.

    • lmx says:

      eu penso que nem a um nem a outro…

      mas deve existir um processo de instalação…em ultimo caso instalas a unha, esse processo nunca falha 😉

      cmps

    • Alberto Silva says:

      Esta distro traz o que e necessario para instalar tudo e ainda mais alguma coisa inclusive os que mencionou. nos icones em baixo tem os programas (apps, salvo erro e outro que nao me lembro agora)ja preparados para o fazer e o procedimento e simples. Ha uma diferenca entre estes dois:apps instala a partir da net o outro (o tal de que nao lembro o nome) faz exatamente a mesma coisa mas aqui e como se as aplicacoes estivessesm pre instaladas) Nao vale a pena usar uma maquina virtual para testar porque o boot e tao rapido que costumo dizer que faco 50 reboots enquanto em windows so faco um! (a pontuacao deste post esta uma m… porque estou a utilizar um teclado US nativo, sorry…)

      • Pedro says:

        Olá Alberto,
        muito obrigado pelo feedback! Creio que sendo assim irei dar uma oportunidade a esta distro.. a ideia é colocar uma distro linux muito leve e rápida para o PC lá de casa que os meus Pais usam e como tal não necessito de muito mas o Libre Office ou Kingsoft Office e o XBMC são talvez os que eu reparei que a distro não trazia e queria assegurar que daria para instalar.

        • Alberto Silva says:

          Viva Pedro!
          Infelizmente voce tem alguma razao. Eu estava a reportar/me ao qq conhecia da versao 4.7.7 que, esta sim, tem o libreoffice e o xbmc disponiveis. A versao 5.1 so ontem fui comprovar o seu funcionamento. Ja nao traz o ScmApps mas em Apps aparecem os pacotes locale *as versoes preinstaladas (hoje estou pior que ontem, pois estou no tynicore e ainda nao preparei o teclado…(. Honestamente, o TC e mais adequado a pessoal com bastante experiencia em linux, porque nao experimenta o PUPPY? O puppyprecise baseia/se no ubuntu e e muito mais amigavel e tb e super leve /corre na memoria mesmo quando instalado no disco /pode instalar mesmo em qq suporte/
          Se pretende um SO mesmo leve e amigavel, eu aconselho o puppy. Se o PC for mesmo muito antigo, nao use a versao precise, use a WARY. esta poe quase tudo a funcionar.
          Se precisar de alguma ajuda…ja sabe que pode encontra/la aqui no forum…bom trabalho!

          • Pedro says:

            Olá Alberto,
            Pois eu hoje estive a ler mais sobre o tiny e realmente apercebi-me que não iria ser o que eu procurava!
            O puppy parece-me ser mais adequado, uma vez que é baseado no ubuntu terá à partida as mesmas aplicações e nomeadamente as que eu procuro para colocar no PC cá de casa 🙂
            Muito obrigado pela ajuda.

  11. Redin says:

    Quando eu quero ir para a Home Page: Tiny Core que é indicado no fim do artigo, o browser do Chrome lança um aviso de pagina fraudulenta. Têm alguma indicação de ser verdade?

  12. Nuno F says:

    Alguém já testou XBMC nisto?
    Se sim, é rápido qb para o TinyCore com XBMC substituir o RaspBMC na totalidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.