PplWare Mobile

Mark ShuttleWorth anuncia Ubuntu para Android


Autor: Pedro Pinto


  1. Joaquim Silva says:

    Isto sim é inovar!!! é para chegar aos 200milhoes de utilizadores até 2015!

  2. lol says:

    Boas, adorei a novidade, mas poderiam ter sido mais explicito e dizer logo que se trata apenas de uma custom Firmware, tal como CM7 E MIUI, ou estarei eu enganado?

  3. roliveira says:

    Esta foi a notícia que dominou o dia e mereceu o elogio dos principais sites tecnológicos. Só para complementar o modelo de protótipo é baseado no Motorola Atrix, que trazia uma solução semelhante o webtop. Para quem não sabe esta última tecnologia era proprietária da Motorola e muito mais limitada (oferecia pouco mais que um browser e acesso a contactos).

    http://www.motorola.com/Consumers/US-EN/Consumer-Product-and-Services/WEBTOP/Meet-WEBTOP

    Com esta solução qualquer pessoa fica práticamente com um sistema completo no bolso. Grande aposta da canonical.

  4. Ricardo Ramos says:

    Muito bom… Vou ter que comprar um Smartphone melhor… 😛

  5. João Pedro Rodrigues dos Santos says:

    Já é possível correr o Ubuntu no android:

    https://market.android.com/details?id=com.zpwebsites.ubuntuinstall

    Corre como máquina virtual!

    Eu até tenho o Backtrack 5 a correr no meu! 🙂

  6. sideshow says:

    Fantástico, pena os requisitos mínimos…

    • @lmx says:

      boas…
      eu acho que estes requisitos mínimos são mesmo mínimos lol…

      faltou explicar a conectividade para controlo do equipamento via Dock, porque o hdmi apenas dará para imagem, falta o controlo do rato e teclado, que deverão estar ligados á dock…digo eu não sei, mas o Mark parece que não explicou isso!?

      cmps

      • helder silva says:

        porque é que o rato nao pode ser o próprio smartphone(o LCD, mais concretamente)????
        -Pode se transformar num rato multi-touch como o dos portateis..
        -Ou recorrer ao acelerômetro..

  7. Dr1ver says:

    Este projecto leva a algo que já se estava à espera, mas de outra forma. Este projecto é mais um passo na massificação dos smartphones, e no fim da era do computador como se conhece até hoje.
    Com este tipo de sistema a correr num dispositivo móvel, associado às vantagens e capacidades proporcionadas pela cloud, este dispositivo permitirá o melhor de dois mundos, num só aparelho.
    Além disso levará ainda à massificação do linux, porque com este tipo de características/capacidades os produtos microsoft ou sofrem uma grande restruturação, ou não serão capazes de competir com este novo “serviço”.
    Cada vez mais estou certo que os dispositivos como os conhecemos hoje serão cada vez mais um produto de nicho, e voltarão a estar apenas voltados para o seu publico alvo inicial, vindo agora o smartphone e os tablets ocupar o espaço antes ocupado pelos computadores de “baixa performance”…

    • Anonimus says:

      Deves pensar deves… tens a mania que percebes disto

      • Giuseppe says:

        Eu não resisto…
        É por causa de imbecis como tu, que este país está neste estado. Só criticas e não dizes nada em concreto.
        O post do Dr1ver parece-me bastante acertado, e não fossem os preços proibitivos dos smartphones topo de gama (neste momento os únicos passiveis de integrar tal serviço) aí sim todos teriam acesso a esta revolução na computação móvel.

  8. xtugap says:

    Bem eu como simpatizante do Android (apesar de ainda não ter um) apenas fiquei fascinado com este projecto… É sempre bom vermos um SO/karnel free (apesar da M$ estar a lucrar com ela de forma indirecta)a evoluir desta maneira. E acho que se o “linux” continuar assim acho que a M$ esta com os dias contados.
    Há umas semanas tinha visto uma noticia em que o Richard Cameron dizia que o nosso smartphone poderia ser o nosso pc em poucos anos… Na altura duvidei um pouco, mas só isto é sinal que estava errado. Isto é apenas um dos passos para isso acontecer. Mas estou aqui para ver como vai correr este projeto, parece ter futuro.

    cumps

  9. Dlencatre says:

    Tenho pena de não puder usar o iPad que tenho. Começo a comparar a abertura aos conteúdos proporcionada pela concorrência nos seus produtos, e pergunto porque é que a Apple fecha tanto os seus artigos. Recordo-me que antigamente todos criticavam a m$icro por ser tão fechada e em relação à Apple nada fazem. Aguardemos…

  10. vitor says:

    Muito boa ideia…
    Em relação aos requisitos o meu LG2X já os tem, nem mais nem menos… pelo menos já deve dar para experimentar…:D 😀

  11. Paulo Herias says:

    Falta ver isto em accão mas ao vivo. Nas demonstrações corre sempre tudo bem. O único senão são as características dos telefones. Tem de ser maquinas de topo de gama. Pelo menos avaliando as especificações que nos dão.

  12. Toni Almeida says:

    O youtube disse que: “Este vídeo é privado.”
    Não estou a conseguir vê-lo …

  13. silva says:

    Temos de lembrar da autonomia da bateria, quanto dura seu notebook, com uma bateria muito maior? Pensei que iam fazer um ubuntu que funcionasse os aplicativos do android.

  14. TTT says:

    Cuidadinho, a Canonical está a avançar a passos muito largos. Em breve poderá mesmo competir com a Microsoft e Apple. Está a criar um produto bastante bom e apelativo, que por sua vez é grátis o que ainda motiva mais as pessoas a testarem.

    • Scheldon says:

      Eu já acho o contrario, a canonical esta a avançar sim, mas em um rumo completamente diferente da M$ e da frutinha, assim como o ubuntu TV ele mira um nicho de mercado bem diferente.

  15. Nuno Moreira says:

    Excelente notícia!

    Com esses requisitos mínimos, significa que o poderei utilizar o meu Asus Prime TF201 em conjunto com o Android 4.0, podendo escolher alternar de sistema operativo sempre que necessário, tendo acesso permanente ao Ubuntu.
    E com o TF201 nem é necessário ligar a um monitor.

  16. Muito, muito boas notícias!

  17. serva says:

    @roliveira

    Boa tarde , vai ser o caminho o nosso smartphone ser o nosso pc pessoal , penso que é para aí que tudo começa a tender , basicamente deves ligar-te a uma dock que estará ligada ao monitor e assim podes usufruir de todo o potencial do smartphone no teu monitor , com a 4G a porta provavelmente as velocidades de net móvel já podem atingir velocidades satisfatórias para uma navegação fluida .

    Cumprimentos

    Serva

  18. serva says:

    Miguel Ribeiro ,

    Boa tarde obrigado por teres colocado um link do vídeo que ainda funciona , de facto impressionante , todo o poder de um SO adulto dentro de um Smartphone , quem diria , que isto poderia acontecer há 1 ano atrás ??? …. os tablets começam a não fazer qualquer sentido , é provável com todos estes avanços ao nível da capacidade de processamento e dos Gpus destes aparelhos possamos de facto ter um Smartphone que nos faz tudo .

    Fiquei impressionado .

    Cumprimentos

    Serva

    • Pedro says:

      Fico surpreso por ver materializado o ideal tipo do computador, que até ontem apenas existia nos meus sonhos.
      Existe a partir de agora a possibilidade do nosso pc estar fisicamente apenas numa máquina, always on, o nosso smartphone, todo um centro multimédia (e talvez workstation) cujas capacidades variam no momento em função dos periféricos em redor. Já não é preciso um grande desktop, netbook e portáteis ou tablets, ora acoplado a um ecrá portátil de maior dimensão, ora acoplado a um grande ecrá para videojogos, perfeito

  19. HP says:

    Os tablets continuam a fazer sentido sim. Por mais evoluido que um smartphone seja, terá sempre uma àrea limitada de visionamento. Não há tecnologia que lhe valha.. O ideal é associar o smartphone ao tablet. O que se quer do tablet é só servir de tela…

  20. K says:

    Está espetacular. Nunca gostei do unity mas é uma questão de hábito. Mesmo em fase experimental parece bastante fluido e funcional. Pena o meu poderoso SGS já não estar à altura, pode ser uma boa razão para o trocar daqui a uns tempos 🙂

  21. Barbio says:

    Não vejo bem o objectivo . O que é levaria um utilizador a usar ubuntu num telefone . A ver vamos 🙂 e para IOS ?

  22. aver says:

    Ligo um smartphone através de uma dock a um monitor e tenho o quê ? As app do smartphone num ecrã grande.

    Subtítulo do post, de que alguns comentários fazem eco: “O teu próximo desktop pode ser um … smartphone!”

    Sim, e aonde é que estão as aplicações, como as de produtividade, que só existem para sistemas operativos para desktop ?

    Os smartphones/tablets têm uma arquitectura (ARM) adequada a sistemas operativos leves que dão para correr montes de app independentes, que até fazem montes de coisas … mas que não passam de appzinhas que fazem umas coisinhas.

  23. aver says:

    Off topic

    Esta tem graça. Surra como o caraças do pessoal do Android+Linux na Apple por ter mandado à fava o flash.

    “Burocratas, prepotentes !”

    Agora foi a vez de a Adobe mandar à fava o Linux – flash player para Linux só através no Chrome.

    Sempre estou curioso sobre o que dizem agora 😉

    http://www.pcworld.com/businesscenter/article/250455/for_flash_on_linux_chrome_will_be_users_only_choice.html

    • Rui Moreira says:

      Pensa bem…. o flash vai morrer mais cedo ou mais tarde…. e o que a Adode disse foi que vai continuar a suportar a versão actual.
      Alem que existem outros flash players para linux disponíveis. Detesto este pessoal que ta sempre disponivel para atirar pedras aos linuxes ….

  24. serva says:

    Boa noite tu viste por acaso o vídeo ?? … tens o Ubuntu instalado e o Android simultaneamente , o que quer dizer que tens todas as aplicações de produtividade que vêm instaladas por defeito no Ubuntu , de facto estou com uma dúvida igual ao @LMX , nesta dock tem de existir ligações para os periféricos , coisa que não foi explicada no vídeo , são ouvidos os clicks do rato , mas não percebemos como se ligam .

    Cumprimentos

    Serva

    • aver says:

      Viste aplicações de produtividade do Ubuntu ? Quais ?

      Viste só algumas coisas que as próprias app do Smartphone te podiam mostrar. O que eu vi foi o Ubuntu Android – a servir de ineterface para alguns conteúdos e funcionalidades do smartphone. Não há mais nada no vídeo a não ser isso.

      Agora … se os requisitos de hardware não forem os de um smartphone podemos estar é a assistir a uma tremenda mistificação e aquilo não ser smartphone nenhum.

      • @lmx says:

        Boas…
        a parte do telemovel…é verdade visto que nós o vimos mesmo
        no video…é um motorola, empresa da google.
        o unity correrá no telemovel, mas falta mesmo a malta perceber a interface de todas as ligações necessarias, já se perecebeu que existe uma coisa para colocar o telemovel, mas é pouco, pelo que vi ja depois esta central tem um conector no fundo, mas falta saber mos os tipos e especificações da coisa…

        cmps

  25. serva says:

    Aver , passa o vídeo e toma atenção ao minuto 1,21 .

    Cumprimentos

    Serva

    • aver says:

      Minuto 1:21 e seguintes:

      Atalhos (símbolos) de Google Docs, Google Calendar, QuickOffice, Calculator, Twitter, Gmail, Talk … tudo app que existem no Android ou no iOS.

      Isso é que são “as aplicações de produtividade que vêm instaladas por defeito no Ubuntu” ? Pois sim, J’aquim.

      É Ubuntu para Android, não é Ubuntu ao lado (separado) do Android em que se possam instalar as aplicações para Ubuntu. Nem isso existe para arquitectura ARM. ‘Tá giro mas não passa de um interface para os conteúdos e funcionalidades do smartphone.

      Há uma confusão parecida à volta do Windows 8 ARM e do Windows 8 PC. É certo que o ARM está a evoluir e que os sistemas operativos e as aplicações acabarão por fazer uma adaptação – mas por enquanto sistemas operativos para ARM são uma coisa e para PC outra, e as aplicações para PC não correm em smartphones e tablets. Correm umas appzinhas, num sistema muito leve e ágil, que é o que se quer. Substituir um desktop por um smartphone por enquanto é treta, com Ubuntu ou com Windows 8.

  26. serva says:

    Não Aver , passa depressa , mas se reparares quando ele selecciona aplicações existem 2 possibilidades aplicações do Ubuntu e do Android , claro que no vídeo se dá mais ênfase a parte das aplicações do Android e fotos etc , mas se reparares todos os menus são tipicamente Ubuntu .

    Cumprimentos

    Serva

  27. serva says:

    Ao minuto 1,19 ao abrir a dash fala-se claramente em aplicações do Ubuntu e se reparares estão instaladas 33 aplicações do Ubuntu neste vídeo .

    Cumprimentos

    Serva

  28. serva says:

    Desculpa são 73 3 não 33 aplicações do Ubuntu que estão instaladas

    Serva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.