PplWare Mobile

Linux Mint com KDE e xFCE já estão disponíveis


Autor: Pedro Pinto


  1. David Oliveira says:

    Para mim, o mint xfce está muito bom! o whisker menu vem a colmatar uma falha do menu do ambiente xfce que estava em falta há muito. Agora finalmente tem um menu simples, elegante, e com capacidade de pesquisa! 😀
    Essa imagem do xfce é que podia ser melhorzinha… para mostrar todo o potencial de uma máquina com esse ambiente gŕafico 😀

    • Darktux says:

      Simplesmente não é a imagem do mint xfce.
      Com aquela imagem a malta até foge do xfce 🙂
      A personalização que a equipa do mint faz ao xfce está de facto muito boa.
      Deve ter sido uma instalação do xfce “em cima” do KDE.

  2. cnavigator says:

    Penso que não é preciso descrever as razões que fazem do Linux Mint uma distribuição bastante popular e, discutivelmente ou não, a melhor distribuição para Desktop/Laptop doméstico.

    De entre as alternativas trabalhadas pela equipa do Mint, o Linux Mint XFCE é actualmente a minha distribuição de eleição, sendo a minha distro principal. Por essa razão, prefiro deixar de parte este upgrade, uma vez que o suporte será de apenas 6 meses, na prática, enquanto que a versão 14 tem suporte até Abril de 2014, além de ter feito uma grande personalização do meu sistema. Tendo em conta que os responsáveis do Linux Mint recomendam a reinstalação completa do sistema entre upgrades, não me parece que vá arriscar a interferir com este sistema que está tão bem polido e estável.

    No entanto, irei testar as novidades em ambiente virtual ou em Live-USB. Estou particularmente interessado em descobrir se algumas das limitações deste ambiente gráfico estão corrigidas, como a falta de uma GUI para configurar as definições de proxy ao nível de todo o sistema, obrigando a usar editores de configurações que nem todas as aplicações respeitam e também os problemas com displays externos (que não grava as definições entre sessões nem alterna automaticamente entre monitores). Gostaria de saber se nesta nova versão existem melhorias nestes aspectos.

    Algumas adições como o Synapse, MintMenu ou até mesmo Cairo Dock conseguiam colmatar na perfeição falta de uma ferramenta de pesquisa no Menu XFCE, mas de facto este novo Whisker’s menu já fazia falta há muito tempo para deixar este ambiente gráfico mais funcional e menos simplório, pelo que me agrada que esta outra limitação foi tida em conta. Cada vez mais o XFCE consegue aliar a leveza à funcionalidade, mantendo as inúmeras opções personalização, pelo que não é de admirar que reuna cada vez mais adeptos entre aqueles que procuram alternativas ao Unity, Gnome ou KDE.

  3. Francisco says:

    Se eu instalar o mint em dual-boot com o windows, depois posso “eliminar” o mint ou entao o windows?

    • Nome says:

      Sim. A nível de partições tudo é possível. Tens é que ter em atenção os backups de ficheiros antes de mover ou criar partições. Também aconselho a fazer backup MBR antes de fazeres experiências, ou então usas uma máquina virtual. Instalas o Windows depois o Mint e experimentas.

    • Dumitru says:

      Claro Francisco! Mesmo sem dual boot podes eliminar o windows xD, mas ai ficas com nada :d e dpx teras que instalar alguma coisa a tua escolha!

  4. xoxota says:

    Debian Mint Xfce? Isso é que seria de valor

  5. pixar says:

    Tenho o Linux Mint Cinnamon instalado no portátil e tenho gostado da experiência. Depois de já ter experimentado outras distrbuições, que também gostei, esta parece-me a melhor.

  6. João says:

    Boas,
    Tenho o Windows 7 e queria instalar o Linux Mint XFCE em dual boot, como se faz isso? Cumps.

  7. wellington says:

    tiraram o compiz do mint.. não funciona mais.. mas não sei porque funciona no ubuntu 13.4… sem essa ferramenta o mint não ficou tão personalizável.. foi retirado um diferencial do linux..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.