PplWare Mobile

GNU/Linux – Teste a 8 Browsers


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Lxxs says:

    Destaco a superioridade do opera em relação ao firefox…. (just saying)

  2. joao L says:

    e o chromium? penso que fique com estatisticas iguais a do chrome mas podia ser testado

    • PapiMigas says:

      Viva
      De acordo com o que sei, o Chromium partilha da mesma base do Chrome. Não deixará de ser interessante ver se a nível de performance serão também iguais…

    • cmr says:

      Fiz o mesmo teste, porém utilizando o chromium e kubuntu 11.04. O resultado foi praticamente o mesmo e o chromium ficou junto com o Midori.

  3. serva says:

    Boa noite ,

    Não esperava quem em Linux o Firefox fica-se tão mal classificado , estava mesmo convencido que a diferença seria residual , fiquei surpreendido .

    Muito obrigado pelo teste

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  4. serva says:

    Boa noite de novo ,

    Seria possível incorporares no teste mais um browser , chama-se Dooble , na minha maquina é rapidíssimo , bate aos pontos o chrome .

    Obrigado

    Cumprimentos

    Serva

    • Navyseal says:

      Na altura que testeis os navegadores houve vários que tiveram de ser colocados de lado porque algum motivo ou erro de instalação, o Dooble era um desses. Num próximo teste, será feita nova tentativa. 🙂

  5. djx says:

    Porque não testaram o tempo de arranque?

  6. Marco Martins says:

    Google Chrome é o que está a dar! 😀

  7. a friend® says:

    Mesmo assim, que se tenha conhecimento, o Chrome é o unico browser que ao ser instalado nas máquinas, cria um ID unico e recolhe dados do que pesquisamos e vemos e envia constantemente para a Google.

    Há que ter atenção a essa “feature” na hora da escolha do browser.

    • Jose says:

      Tendo em atenção que o browser só faz o que deixas fazer, e não vale a pena atirar pedras ao google chrome, porque são raros os programas que não fazem isso. Simplesmente tens de confiar na empresa que criou o programa.

      • Drakul says:

        As outras até podem fazer, mas a única que usa esses dados nas nossas pesquisas é o Chrome. Não deixa de ser perigoso.
        Ainda para mais quando em Portugal que se recusa chips nas matriculas, fotografias dos radares de frente e qualquer câmara de vigilância exige uma burocracia por tratamentos de dados, porque violam a privacidade,

      • a friend® says:

        Exacto, não confio na Google em tudo o que faço, apenas parte, aquela que eu consinto. E o Chrome faz coisas que nem sempre consentimos.

        Essa é a minha unica critica a este browser. Outra é que, deixou de longe de ser o browser mais leve. Ele era sim leve quando tinha poucas features, com o tempo foi adicionando features (nativas) que os outros tinham e ficou tão ou mais pesado que muitos browsers em termos de recursos necessários da ram.

        Na parte privacidade, fica um link interessante:
        http://lifehacker.com/5763452/what-data-does-chrome-send-to-google-about-me

    • Raicuparta says:

      Existem alternativas, uso o Iron que não faz nada disso mas de resto é exactamente igual ao Chrome.

  8. Nuno says:

    só um aparte, se é teste de browsers em linux, mas que raio faz o icon do IE na imagem? loooool

  9. serva says:

    Boa noite , uma vez mais , no Kubuntu o Rekong é muito rápido , mais que o Chrome , não esquecer que este é o navegador nativo desta distro e que deverá estar perfeitamente optimizado para a mesma

    Cumprimentos

    Serva

  10. Nuno says:

    Continuo a utilizar o firefox so por causa do firebug.
    O ie e uma bela bosta.
    Alguem conhece algum plug-in como o firebug para o chrome ou o opera ?

    • Sérgio Amaral says:

      Não precisas de plugin, tens nativo o Drangonfly que na nova versão é de longe melhor que o Firebug.
      Basta fazer Ctrl+Shift+I, para aparecer, poder se quiseres colocar um botão para activar na interface.

    • Hélder Ferreira says:

      Se o FF nas próximas versões vier a ter o que “eu quero”, volto para ele sem olhar para trás…

      Estes testes para mim não me dizem grande coisa…
      Eu uso um browser, não olho só se ele é supersónico ou não a carregar flash ou HTML5. Para mim, um browser tem de ser mais dinâmico e mais automático (por exemplo menos cliques para se fazer algo).

      O Chrome tem muita coisa mesmo a melhorar, não conta só a velocidade de carregamento do browser e das páginas, uma coisa principal é as funcionalidades e a usabilidade das mesmas.
      Uma coisa que me irrita e muito no Chrome é eu não poder arrastar uma tab para uma pasta ou para a barra de favoritos, tenho de clicar na estrela no lado direito da barra e escolher uma pasta, se ela não estiver na combo, tenho de a ir buscar.

      Já o disse no outro teste realizado, só uso o Chrome só porque cada Tab é um processo, e se uma tab bloquear o browser e as restantes tabs ficam a funcionar.

      Se o FF vier a ter processo por tab e processo por extensão, volto a ele em grande.

      Não venham já criticar só porque a vossa opinião é diferente, esta é só a minha opinião.

      • Hélder Ferreira says:

        Ups!!
        Isto não era para ser uma resposta ao comentário anterior, ao qual fiz responder…

      • Jorge Désirat says:

        o chrome é mais rapido a completar, a carregar a iniciar… é mais rapido em tudo… pelo menos eu dos 3 que uso diariamente(opera,ff e chrome) o chrome de longe mostra melhor desempenho apesar de gostar mais do opera q qq um dos outros, mas dou credito ao chrome. ff desde q apareceu o chrome deixou de ser o melhor e não mostra melhorias desde então.

      • RCS says:

        No chrome não arrastas a tab, arrastas o icon do site! De resto é igual ao FF.

    • Cláudio Esperança says:

      @Nuno: O Google Chrome/Chromium tem disponível as “Ferramentas do programador” no submenu “Ferramentas” no menu de opções. Podes ainda utilizar a combinação de teclas shift+ctrl+I no teclado para ativar a ferramenta ou utilizar a opção “Inspecionar elemento” no menu de contexto que pode ser ativado sob a página.

      Estas ferramentas de programação do Chrome disponibilizam imensas ferramentas interessantes com qualidade igual ou superior às disponíves no firebug. Recomendo vivamente.

      O ie é de facto um browser problemático principalmente nas versões anteriores à 8. Neste momento tento não me preocupar muito com os utilizadores que utilizam versões antigas deste browser também para “obrigar” os utilizadores a migrar para uma versão mais recente.

    • Tom says:

      O chrome tem essa funcionalidade nativamente. ctrl+shift+i abre essa janela.

  11. Anonimo says:

    Já não existe duvidas de qual é o melhor.

  12. SamC says:

    Nas versões anteriores tinha muitos problemas com o Flash no Firefox e quase nenhumas no Chromium.
    Agora que instalei de raiz a versão 11.04 do Ubuntu, não tenho tido problemas com o Firefox e nem instalei ainda o Chromium.

    Quanto aos problemas de privacidade do Chrome, para já não estou muito preocupado. Até prefiro que os resultados da web se aproximem mais dos meus gostos pessoais, torna-se mais produtivo e considero isso mais uma oferta de um melhor serviço do que uma limitação na liberdade da apresentação de resultados

  13. João Cardoso says:

    “Tento” usar bastante o konqueror por gostar da integração com o kde, pois para além de browser é tb um gestor de ficheiros como o explorer, e 1 visualizador de documentos. Também tem uma feature interessante que é a de permitir dividir o ecrã da maneira que quisermos. Mesmo assim, tenho que concordar que às vezes também me parece que parou no tempo. Flash não funciona bem, mas a implementação do html5 não avança. Outra coisa que pode ser considerada boa ou má, é que também não se esforça por “contornar” erros comuns em páginas html o que faz com a página seja mal rendida muitas vezes.

  14. k.k.1000 says:

    Já são tantos anos com o Firefox que estes resultados não me dizem nada. Continuo a preferir o Firefox. Da-me mais jeito.
    Agora por vezes uso o Crome mas não é a mesma coisa. Por enquanto mantenho me no Firefox. Sem esquecer que foi ele que quebrou com o domínio do IE.
    1º Firefox
    2º Crome
    IE não gosto, opera tem sempre incompatibilidades.

  15.   says:

    -PESSOAL CHEGA DE TESTE, CHROME E LÍDER.

    TENS DUVIDAS?

  16. pl4za says:

    Gosto do chrome, no entanto voltei para o opera pois o scroll do chrome em sites com mais imagens (9gag por ex.) torna-se incrivelmente lento no meu atom..

    Ja agora, façam um artigo sobre o webgl. Corre incrivelmente bem no chrome. http://helloracer.com/webgl/

  17. CMatomic says:

    Gostava de preguntar ao autor deste artigo se realizou os testes numa maquina nativa ou numa maquina virtual ?

    Não podemos generalizar os sistemas GNU/Linux tendo ubuntu como referência.
    Querem uma boa distro experimentem o Funtoo , mas aviso é um sistema GNU/linux muito puro , ou seja , a instalação é feita atra-vez da compilação de todos os programas, mas resultado final é surpreendente mas é claro temos saber configurar O sistema, fiz um teste windows 7 vs funtoo em termos gráficos e qual foi o meu espanto que o funtoo tinha a melhor performance gráfica que o windows 7.

    • Navyseal says:

      Máquina nativa, fresh install do Ubuntu 11.10.

      A escolha do Ubuntu é simples, é a distro mais usada, portanto a que faria mais sentido de usar para testar uma variedade de navegadores disponíveis tanto para utilizadores avançados como para os recém chegados ao mundo do GNU/Linux.

      Compreendo o que sugeres, mas para utilizadores mais básicos tal rigor não é necessário. Lembra-te que a maioria das pessoas irá usar aplicativos já compilados quase out-of-the-box.

      Cumps

  18. Estou a usar o Opera no Ubuntu e estou extremante satisfeito! Corre ainda melhor que o FF em Linux.

  19. CMatomic says:

    “Peca pela performance do seu navegador para GNU/Linux ser inferior à versão Windows”
    inferior em que questão ?
    Não compreendo pois acho que o código de fonte é mesmo , a compilação é que é diferente , alias muitos programas para windows são compilados em sistemas GNU/Linux , por ser mais fácil do que no windows por causa das dependências necessários a compilação do programa , faltou fazer o teste ao irmão do chrome que o chromium que e a versão OpenSource do chrome , e esta disponível nos repositórios do ubuntu

  20. wolfytuga says:

    E porque não o teste à versão mais recente do Epiphany 3.2.0, basta fazerem o seguinte para o instalar:

    sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/gnome3
    sudo apt-get update
    sudo apt-get install epiphany-browser

    Permite criar Web Apps no Ubuntu 11.10

    Cumps.

  21. monux says:

    -Com a instabilidade que sofri nas ultimas versões do Firefox. -Escolhi o Chrome como navegador padrão, e não me arrependo.
    -Atualmente somente utilizo o FF para baixar arquivos,pelo gerenciador de downloads (Down Them All ).
    -Se alguém conhecer algum similar para o Chrome, favor postar!

  22. Jonathan says:

    Para quando um teste mas já com o Firefox 8?

  23. Thiago says:

    Qual e mais leve para usar no linux ? pois o linux aq da umas travadinhas quando tem muita coisa aberta
    At

  24. Paulo Guarnieri says:

    Mas como não testou quanto cada um consome de memória? Esse é um dado importante, pois não adianta o navegador ser rápido e encher a memória. Pra quem trabalha com computadores velhos, com pouca capacidade alguns megabytes de memória fazem uma grande diferença. Afinal existem até distros leves para computadores antigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.