PplWare Mobile

Está disponível o GIMP 2.8, agora com interface unica


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Nuno Gonçalves says:

    Está se a tornar na minha opinião mais parecido com o photoshop, uma alternativa mais barata 🙂

  2. hm says:

    Boa peça, acabei há pouco de ler sobre o assunto, finalmente a janela única… agora vamos queixar-nos que gostávamos mais em janelas separadas eheh (se calhar até dá para optar, ainda não experimentei o 2.8)
    Quanto à questão, crise ou não, o Gimp sempre me pareceu uma excelente alternativa e nunca percebi porque não é mais usado.

    • Bruno Jacob says:

      Sim dá para escolher 😉

    • Hélio Félix says:

      Não é mais utilizado porque os designers estão habituados ao Photoshop. Normalmente começaram com Photoshop… o GIMP não é assim tão identico e fácil como o Photoshop para os designers.

      • Rui Costa says:

        Não é apenas uma questão de se estar habituado ao Photoshop. O modo como a Adobe concebeu a interacção entre teclas de atalho e botões de rato e mesmo o manuseamento das ferramentas está muito bom. Não digo que não seja possível fazer melhor mas é mesmo difícil.
        Por exemplo, eu comecei com o antigo Corel PhotoPaint – penso que era este o nome – e comecei a utilizar o Photoshop e o Gimp quase em simultâneo. Verdade seja dita, tenho de dar os meus parabéns a quem produz o Gimp, está muito bom, mas efectivamente o Photoshop tem lá tudo, quase sempre à mão e quase sempre fácil de utilizar.

        Quanto aos menus a flutuar pelo ecrã é simples. São complicados quando se trabalha com um monitor mas são excelentes quando se tem a hipótese de trabalhar com dois ou três monitores. O ideal mesmo é o utilizador ter a possibilidade de escolher, o que pelo que percebi é o que vem nesta nova versão.

    • Ecchin says:

      Nunca vi utilidade em ter menus a flutuar pela janela. A não ser, talvez, se o ecrã por grande o suficiente. Mas pronto, é sempre bom ter a opção.
      O Gimp não é uma boa alternativa porque o Photoshop, neste mundo, dita as regras. Uso o photoshop há 10 anos e mudar de um para o outro é quase começar do zero. Os menus contêm coisas diferentes; os menus de contexto (clique direito) são muito diferentes; as funcionalidades têm resultados diferentes e o conjunto delas é também diferente.
      Enquanto conseguir usar o produto da Adobe para fins não comerciais, mesmo que ilegalmente, não me apetece aprender tudo de novo.
      Mas não quer dizer que um novato não se safe bem. Quem me dera ter conhecido o Gimp muito mais cedo.

      Mas parabens Gimp, estás a ir no bom caminho, melhorando a usabilidade 🙂

    • carlosf says:

      Eu pessoalmente prefiro mesmo as janelas separadas, e o modo de funcionar do gimp vs photoshop (por isto digo, a organizacao dos menus e assim, gosto de manter as coisas simples). Se as pessoas que realmente usam Gimp a sério, fizessem doações generosas, teriamos um editor de imagens mais forte, e que desse menos trabalho ao utilizador, no gimp tudo se faz também, é um pouco mais trabalhoso. E já existia anteriormente modo de ficar com janela unica, mas não integrada com o Gimp por defeito.

  3. Iago Melo says:

    Finalmente!!

  4. Jorge says:

    Apesar de me parecer muito bom, penso que dificilmente (e infelizmente) chegará perto do photoshop. Tal como o inkscape com o illustrator, e o OpenOffice com o MS-Office. Claro que monetariamente também não se compara, mas pelo menos na usabilidade a diferença entre gimp e photoshop e inkscape e illustrator é abismal.

    Não me entendam mal porque sou completamente a favor destas aplicações, mas na minha opinião acho que ainda têm um longo caminho a percorrer.

    • Wykzl says:

      Só para dizer que, em principio, concordo.
      No entanto, se olharmos para a relação preço/qualidade (e excluindo os piratas), as aplicações que indicaste são imbativeis.
      Claro que há um “preço” a pagar… mas cerca de 1K Euros para ser mais fácil de usar…
      Até hoje ainda não vi ninguém disposto a pagar do seu bolso uma aplicação premium – é piratear ou usar o dinheiro “dos outros” (leia-se, o dinheiro dos impostos).

    • A. Lopes says:

      Olha que o Libre Office já se aproxima bastante do Ms Office

  5. Pedro Miguel says:

    Só uma coisa? Como podemos fazer para guardar imagens em CMIK no GIMP? é que já estou farto de procurar e não encontro nada e para fazer paginações para serem empresas numa gráfica, as imagens tem de ser CMIK, e não RGB. O GIMP é bastante bom e fácil de usar, mas tem essa falha, o CMIK, que estraga tudo não é?

  6. Luís Cachulo says:

    Como gosto de fazer pouco esforço a habituar-me a novas aplicações e como tenho a sorte de ter licenças disponíveis de photoshop, o Gimp nunca foi alternativa precisamente pq não me habituei em tempo “útil” à utilização das várias janelas separadas para utilização da aplicação.

    Mas sim, concordo que para aplicação open source, é uma excelente alternativa ao Photoshop! Penso que para a utilização comum que se dá ao photoshop, é uma aplicação bastante completa.

  7. Pedro A. says:

    Ainda não existe a instalação para windows 🙁

  8. Ricardo Sousa says:

    Dá para instalar no Ubuntu 10.10 ?

  9. fmlm says:

    Alguem me poderia indicar um bom tutorial do GIMP?

    Obrigado

  10. Charly says:

    Bem eu trabalho numa empresa de design, e não se vê a hipotese de usar o gimp, pois todos temos os softwares da adobe actualizados, mas aposto que será uma boa hipotese para empresas com pouco capital e estão a começar agora.

  11. Lagunna says:

    Esta versão não dá para Windows?

    Bem hajam!

  12. Serva says:

    Eu gosto e uso , já fiz o download da última versão enquanto estou a escrever , e a resposta é sim pode perfeitamente substituir o Photoshop , eventualmente para um uso profissional muito especifico provavelmente nem o Photoshop será suficiente , é o mesmo em relação ao Libre office estamos neste momento na versão 3.5.2 e está cada vez melhor .

    Cumprimentos

    Serva

  13. dido says:

    Grande surpresa ao ver uma nova versão deste editor de imagem. Sempre fui fiel ao gimp e ja trabalho com ele a alguns anos. Agora vem a adaptaçao a esta nova versão com um visual muito mais apelativo.

  14. tfae says:

    Finalmente a interface única!
    Nunca gostei muito do GIMP precisamente devido às suas várias janelas, que só complicam.
    E gostei das outras novidades desta versão.

    Bom artigo 🙂

  15. Rui Gomes says:

    Eu tenho a versão 2.6 instalada e não consigo atualizar para a 2.8 com o comando fornecido na publicação: sudo apt-get dist-upgrade

    O que posso fazer ?
    Cumprimentos 🙂

  16. Pedro H says:

    Bolas… finalmente a janela única…
    Agora só falta um release para o mac… xD

  17. moedinha says:

    Alguém teve uma mensagem ao adicionar o repositorio a dizer que esta versão não era estavel para ubuntu 12.04 ?

  18. ZiLOG says:

    Alguém sabe como instalar em Fuduntu?

  19. psantos says:

    Oficialemnte.. para windows só existe como estável a gimp-2.6.12-i686

    Existe é uma versão gimp-2.8.0-rc1-setup.exe na secção GIMP + GTK+ (development rel.)

    Cump.

  20. Serva says:

    E para Linux também na RC1

    Cumprimentos

    Serva

  21. Serva says:

    desculpa queria esta também na RC1

    Serva

  22. dido says:

    E em relação a skins/temas, alguém sabe onde posso arranjar para esta nova versão?

  23. Afterburner says:

    Paint.net

  24. Texugoelectrico says:

    Do que eu já mexi (confesso que não foi muito extensivo) fiquei com a impressão que fica uns furos atrás do Photoshop, mas apenas em termos de acessibilidade (facilidade de utilização), no Photoshop há acções que podemos fazer de uma só vez e que neste temos que contornar de outras formas. No entanto parece-me que não há muito que o Photoshop faça que este não faça, talvez um utilizador bastante intensivo possa encontrar limites, eu não encontrei…

    No entanto ainda não experimentei esta nova versão… Vou ver…

  25. Flávio Nóbrega says:

    Sempre utilizei gimp porque comecei com ela na escola e fui aprendendo e tal e hoje é o meu programa essencial, e sempre utilizei-o em Inglês, mas já não era sem tempo haver uma versão em PT???? -_-

  26. MMesquita says:

    Programa muito Bom.

  27. monux says:

    – Me impressiona a evolução do Gimp a cada nova versão.
    – É essêncial em meus trabalhos.
    – Abrçs

  28. JME says:

    Aplicação excelente. Grato pelo link para o Gimp for windows.

  29. Em termos profissionais o Gimp já é uma opção mas tem que ser muito melhorado a nível de performance, quando se usa com imagens de grande qualidade ele demora muito mais tempo a executar filtros por exemplo que o photoshop e isso pode ser impeditivo, estmos a falar de 4X mais tempo…
    Mas sim uma grande aplicação que eu aconselho a toda a gente principalmente a webdesigners pois normalmente trabalham com resoloções baixas, quem faz montagens de arquitectura é preciso ter cuidado com o tempo que vão perder a executar filtros.. como o blure ou o noise.

  30. FernandoB says:

    Olá a todos! Será que alguém me pode ajudar a remover esta instalação através da linha de comandos. O que se passa é que tentei instalar Gimp e parece que não ficou lá muito bem, então o meu receio é isto ficar a ocupar espaço que necessito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.