Quantcast
PplWare Mobile

Configurar o GRUB no Ubuntu

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pplware


  1. t@ndre says:

    é sempre bom ver howtos de linux em pt!!

    keep the good work!

  2. Pirotas says:

    Bem porreiro.
    Parece simples (e é simples) mas o pessoal que começa em Linux sente-se intimidado por não saber sequer, efectuar um passo destes e muitas vezes desistem.
    Podem querer que estas dicas podem ser básicas mas são muito bem vindas.
    Abraço.

  3. Balari says:

    @Pirotas

    Concordo contigo, mas felizmente já existem algumas distribuições que têm um gestor de grup gráfico, dispensando mexer na linha de comandos nem alterar ficheiros manualmente.

    O melhor caso que conheço é o openSUSE.

  4. nuno says:

    as distribuições mais recentes instalam-no e configuram-no automaticamente, de modo a que só é preciso saber mexer em alguma coisa quando der estouro (ou se reinstalar o windows, visto que ele vai escrever a MBR sem ter respeito pelos que lá estiver..).

  5. Balari says:

    Sim Nuno, tens razão, mas refiro-me às configurações que aqui estão feitas (vê as 3 que estão explicadas como meter ao gosto do utilizador).

  6. nuno says:

    balari, eu percebi. Era só para esclarecer quem não conhece que não tem de saber isto (estas coisas assustam, pá ;)) para instalar um Ubuntu, por exemplo. Acho que um dos motivos pelo qual quem vem do windows tem tanto medo da linha de comandos, por exemplo, é porque a linha de comandos em windows é o verdadeiro “atraso de vida”. É certo que em linux já não é preciso saber comandos, mas saber alguns ajuda imenso às vezes, no sentido em que pode aumentar muito a produtividade.

  7. Fitas says:

    Boas tardes, só uma pergunta. Eu tento ver o artigo em versão pdf mas n consigo fazer a conversão. Será so cmg que isto acontece?

  8. psimoes says:

    @Fitas,

    Não leves a mal a minha pergunta, mas tens algum leitor de PDF’s instalado na máquina? É que carreguei no icone do PDF e abri às mil maravilhas!

    Até pensei que tinha “estragado” a coisa de novo! Mas aparentemente não, está a funcionar aqui nos 3 pc’s da sala!

  9. R_Rodrigues says:

    Boas. Desde ja os meus parabens pelo post que está bastante perceptível. Agora a minha pergunta…Faço as alterações correctamente como estão exemplificadas e a opção de ‘alterar o numero de kernels visíveis’ é a única que não me altera nada(aparecem todos os kernels)…Será que se deve ao facto da instrução estar em comentario? Se souberem explicar agradecia.

    Bem haja e bom fds

  10. Balari says:

    @R_Rodrigues

    Não, o “comment” tem de permanecer lá.
    O que se passa é que essa modificação a que te referes não tem efeitos retroactivos, ou seja, só ficarás com 1 kernel no menu grub quando te surgir um novo kernel nas actualizações.

    O que eu costumo fazer é mal instalo o Ubuntu faço logo essa modificação antes de qualquer update.

    Mas tem em atenção que nem sempre é boa politica ter no menu grub só um kernel, já que o mais recente pode ter algum problema, ou ser incompativel com o teu pc (isto é raro acontecer mas por vezes pode-se dar o caso : como eu que no feisty beta tive a impossibilidade de bootar o kernel 2.6.20-13 e -14 durante semanas, tendo de utilizar o -12).

    Bom fim de semana para ti.

  11. Icewarp says:

    Alguém sabe explicar como colocar o boot do Linux na partição ao invés da MBR? Assim podemos usar outro gerenciador de boot.

  12. xupiter says:

    Acho que falta esta informação:

    No final das alterações –> guardar –> fechar o editor –> executar o comando update-grub no terminal, isto vai dar ordem de actualização.

    + informação em:
    http://wiki.ubuntubrasil.org/grub

  13. Duk says:

    Caro amigo, essa sua dica foi muito boa agradeço a sua experiencia e competência e claro por dividila connosco creio que isso seja o mais importante.
    Obrigado.
    Duk

  14. Ninja says:

    Kra valeu pela dica… vou ver se dar certo!! valeu!!!

  15. luisgts says:

    Não ajudou nada!!!! eu preciso saber o numero das outras opções. o grub não mostra nem mesmo o tutorial… não me ajudou em nada…

  16. Roger says:

    Muito bem explicativo, agora me tira uma dúvida?
    Após instalar o slackare(uso 2 HD’S o do Vista eu desconecto ele por falta de experiência de desastre anteriores) terminada a instalação deu erro 15 sem saber o que fazer reinstalei o Ubuntu.
    Gostaria de instalar no meu HD master fazendo dual boot Ubuntu/slackware mas quero usar o Grubo não o lilo mesmo dizendo pra não instalar ele rebarbou e deu tudo errado sou novo no linux e quando algo dá errado eu não penso 2 vezes formato e começo do zero.
    me ajude de uma maneira simples ter o Ubuntu com o Grub nele inicializando por ele e o Slack com sistema secundario tem como madar pro meu email uma sintaxe simples para novatos que eu possa ler e aprender.
    Origado.

  17. alexmv says:

    Boas..

    não consigo encontrar o grub para o alterar.. :S

    alguem m pode ajudar?

    abraços

  18. Tenho dois HD na máquina, um com Windows e outro com Linux (Ubuntu).
    Perdi o Grub quando reinstalei o Windows e não consigo seguir as instruções que leio nos forum, pois todos se referem a partições de um único HD. Poderia me ajudar?

  19. Leandro Sciola says:

    Excelente dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.