Quantcast
PplWare Mobile

Canonical já trabalha no Ubuntu 11.04 – Natty Narwhal

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Silva says:

    Porque é que a canonical lança 400 versões de linux em 10 segundos?
    Epa, sinceramente, na minha opinião deviam esperar mais tempo entre versões, e apresentar mais melhoramentos e diferenças entre cada uma….
    Mas é provavel que isto seja por medidas financeiras relacionadas com o suporte à distribuição… porque cada versão tem um tempo de vida útil curtíssimo.
    Admiro muito a plataforma linux.. o problema é que ainda não está bem no ponto certo para ser um bom concorrente a mainstream desktop OS…..

    • eu says:

      faz assim pegas na tua mão e tapas metade do sol… estás a ver? diz LTS não é? ubuntu LTS 😉

      PS: raio de comentário o meu 😛

      • Silva says:

        Qual sol? e o que quer dizer LTS? Limited Time Suckers? (lol…)

        P.S: como é que eu pego na minha mão?

      • naoseionome says:

        LTS significa Long Term Service, tens actualizações a nível de segurança durante mais tempo, que não sei ao certo quanto tempo é, mas olhando para os gráficos parece-me ser 5 anos, a nível de aplicações, interface, optimização do sistema em geral fica estagnado (penso eu, corrigam-me se estiver errado).

    • TigTex says:

      Linux nao é só ubuntu… tens distribuiçoes que nao teem versoes (rolling release) e estao sempre actualizadas (bleeding edge). Archlinux e gentoo sao bons exemplos.
      Escolhe a distribuiçao que melhor se adapta a ti sendo o ubuntu a distribuiçao mais “facil para novatos”, nao necessariamente a melhor para quem conhece o linux ou quer aprender.

      • Silva says:

        ah… linux não é só ubuntu… hm.. pois..
        mas o que é que o teu comentário tem a ver com o que disse… sinceramente não percebi…

        P.S: não sou muito experiente em linux.. mas sei que “Linux não é só Ubuntu…”

    • Migas says:

      Primneiro-Não és obrigado a actualizar
      Segundo-É gratuito
      Terceiro-Define mainstream desktop OS. Já experimentaste alguma versão Ubuntu como tal?

      • Silva says:

        queres que continue a contagem? era fixe.. tentarmos bater o recorde de maior contagem escrita em comentários. Bom.. vamos lá tentar?

        Quarto: Google translate > Inglês para Português > “Mainstream” > Traduzir.

        Quinto: o que queres dizer com “á experimentaste alguma versão Ubuntu como tal?”…. como tal o que? como mainstream?… se era isso que tentaste dizer, não, não experimentei nenhuma porque (a meu ver) simplesmente não existem… indica-me uma distro de linux que seja tão simples de usar para o utilizador comum como windows…

        • Kadu says:

          Não é inteligente dizer “indica-me uma distro de linux que seja tão simples de usar para o utilizador comum como windows…”, pois o Ubuntu atingiu um nível de usabilidade e facilidade que supera o Windows há anos luz. Seja em facilidade de instalação do sistema, de segurança, de interface de usuário (uso como base o Ubuntu 10.10)

          O que faz a diferença na plataforma da Microsoft são os softwares que você pode instalar e que não possuem sua versão para o Linux. Posso citar algumas e suas facilidades?

          * Windows Live Mail, Live Writer
          * Suite Microsoft Office (já que tem para Mac, poderia ter para quem não gosta do OpenOffice no Linux.
          * Suite Adobe Creative
          * Plataforma de jogos, como o Steam.

          Reparou que são quatro pontos cruciais para atender a todo e qualquer tipo de usuário?

          Os gamers, os artistas digitais, os blogueiros que não possuem um software DECENTE para postar no Linux e os usuários corporativos que precisam de Excel e Outlook.

          Sanados estes pontos, diga-me em que o Linux ficaria devendo?

          • Silva says:

            Pois, realmente tem razao, mas por favor leia o meu reply ao Sr.DoContra, porque julgo que também se aplica a si.

        • Migas says:

          Vá, a minha resposta não era agressiva, mas agora vai ser 😛
          Queres uma versão simples como Windows? Tens o Windows…
          Queres uma versão simples em Linux?
          Tens Ubuntu…
          MacOS também é simples de usar mas não tem concorrência no ramo!
          Depende das necessidades que se tem.
          O fervilhar de versões semestrais do Ubuntu fez mais pelo mundo nix->mundo que outra versão qualquer. Digamos que é uma evolução Darwin à pressão. Nem sempre tudo corre bem mas o melhor de cada versão prevalece.
          Se nunca experimentaste usar o Ubuntu no teu dia-a-dia não te atrevas a dizer que não serve… eu uso e serve muito bem, ok?

          • Silva says:

            bem, eu ja usei linux… inclusive uso-o no trabalho..
            mas se consideras a resposta agressiva… “look again my friend”

        • Champs says:

          Tão fácil de usar como infectar com vírus.

    • Ecchin says:

      Não acho que 5 anos seja um tempo de vida curtíssimo. Principalmente quando é taaaaão gratis e fácil de actualizar para uma versão mais recente. As versões standard são tipo “sub versoes” quase.
      Vê o exemplo da Microsoft…
      Lançou o Windows XP em 2001 e depois só lançou o Windows 7 em 2009. Yah, sure, lançou uma versão intermédia antes, mas isso foi a tal “sub versao”, hehe.
      Antes lançarem novas versões a cada meio ano (ou a cada 0,025 segundos, segundo dizes) do que esperar quase uma década para sair uma coisa nova. E o pior é que quando compras um PC com o Windows da época, mais vale nem trocar por outro, senão arriscas-te a não funcionar hardware nenhum por falta de suporte ao hardware.
      Agora com Ubuntu ou outro Linux? Apetece-te ficar com a versão 8? Tenha avontade! Damos-te suporte até 2013, pode ser?

    • DoContra says:

      Sr. Silva (espero que não seja o de Boliqueime…)

      2 x ano é ligeiramente inferior a 400 por segundo. Eu explico melhor: O Ubuntu é actualizado em Abril (as versões xx.04) e em Outubro (obviamente as xx.10) de cada ano. Espero que perceba que por “xx” se deve entender os últimos 2 dígitos do ano em questão. Para perceber ainda melhor, a versão actual, 10.10, significa que “saiu” em Outubro de 2010.

      Para o ajudar melhor na sua confusão, acrescenta-se que de dois em dois anos as versões xx.04 (as de Abril, lembra-se?) são LTS. Não, não tem qualquer conotação partidária nem modelo de viatura com formato de pinguim. Significa “Long Term Support” que, na língua de Camões (sem acrordo ortográfico aplicado) se traduz por “Suporte de Longa Duração”, pois a respectiva versão tem 3 anos de apoio (5 na versão servidor).

      Mas, como já aqui foi referido, ninguém o obriga a actualizar gratuitamente a “sua” versão Ubuntu. Nem será ameaçado que “a partir do mês X do ano Y a sua versão do XXX deixará de ter qualquer suporte e terá que adquirir a versão YYY” (sim, adquirir).

      Exercício: Adquira o Windows 2000; instale-o e actualize-o; aguarde pela resposta do Windows Update (pois… agora é Microsoft Update). Desespere. Desista e faça o que lhe mandaram, Adquira o Windows XP. Actualize-o.

      (Uma semana e 265435753 actualizações depois, descobrirá que o Windows XP pouco mais sobreviverá. Não caia na asneira de adquirir o Vista, passe logo para o 7. Adquirido, pois claro! Mas aí descobrirá que terá de adquirir… uma máquina actualizada!)

      • Silva says:

        Wow… não acredito que se deu ao trabalho de escrever uma enciclopédia só por causa de um comentário evidentemente irónico por minha parte (note-se que fui, novamente, irónico ao comparar o comentário do sr DoContra com uma enciclopédia). Não consigo compreender a forma como certas pessoas assumem-se mais inteligentes do que os outros, apenas ao ler (ainda por cima) o que dizem. O que mais me fascina é a forma como começou o comentário, enchendo-se de confiança e certo de que me iria chamar à razão.. sinceramente, mesmo sem o ouvir a falar, consigo (e estou certo de que não sou o único) perceber a entoação e a intenção por detrás do seu oportuno comentário.
        Mera especulação, não é (penso eu) considerada uma afirmação.

        Exercício: aprenda a controlar-se e a evitar fazer comentários negativos por impulso. Mas enfim.. são pessoas que se preocupam em demasia com assuntos deste género, e que, infelizmente, não lhes é possível evitar essa obcessão de forçar os outros à razão, despejando quilos de conheçimento em cima do sujeito-alvo (que neste caso, infelizmente sou eu)

        No fim de contas, acabei também por escrever uma enciclopédia estando, de certa forma, a contradizer-me.. mas a quem é que isso importa? a mim não é certamente, porque a vida é mais do que isso.

        P.S: adoro filosofia, e assuntos relacionados com o Objectivo da vida humana. Sou também um grande apreciador de café.

        • DoContra says:

          Caro Sr. Silva (que continuo a esperar que não seja o de Boliqueime, embora a sua resposta à minha resposta levante ainda mais suspeitas…)

          Ironicamente, eu respondi com ironia ao seu irónico comentário. Foi uma ironia do destino não ter aceite isso dessa maneira.

          Nunca foi minha intenção “chama-lo à atenção”, mas apenas contribuir para a desmistificação de uma afirmação ironicamente enganadora.

          Aceite os meus cumprimentos (sem ironia!) 😀

          • Migas says:

            Eu acho que o Sr. Silva de Boliqueime usa o Ubuntu desde a versão 09.10, altura em que perguntou aos portugueses: “será possível alguém do exterior entrar no meu computador e conhecer os meus e-mails?”. Andou uns tempos a tirar dúvidas nos fóruns mas depressa aprendeu como ligar e desligar o PC.

            Cumps

    • Nuno says:

      Epah juro que eu hoje quando li isto na main page do pplware eu pensei em vir escrever 1 comentário EXACTAMENTE igual ao teu. E claro que já disseste toda a verdade e por isso só tenho de dizer que tens toda a razão.
      Eu ADORO linux mas o problema é esse. Querem que as pessoas de 6 em 6 meses formatem o PC para por a nova versão… Ainda por cima o que fazem com a nova versão podem bem fazer com os updates. Resumindo é por estas e outras que o linux ainda está a alguns aninhos de chegar ao Windows ou Mac OS ou assim.
      E atenção fala 1 pessoa que ADORA o linux muito mais que o windows, mas sinceramente para ter no pc que USO mesmo não dá. Tem de ser Windows. Linux é como secundário ou numa Virtual Machine só para brincar

  2. ara says:

    Narwhal = Narval

  3. Ryan says:

    Pois eles bem deveriam era ocupar-se em melhorar algumas coisas. Sobretudo quando fazemos apenas um upgrade sem ser de raiz. Usei algumas versoes sem instalar de raiz mas nesta ultima la tive de fazer uma instalacao nova. Nao gostei nada de o ter feito. Sendo assim seria bom pensar em upgrades mais fiaveis e menos problematicos.

    • DoContra says:

      Fiz o upgrade da versão 10.04 para a 10.10 integralmente via net e não me apercebi de qualquer problema! Podes ser mais concreto?

      • Silva says:

        Mas… tás aqui pa resolver problemas aos outros? tás aqui pa defender o linux? epa dá a tua opinião e cala-te. se faz favor é claro.. educação fica sempre bem.

        P.S: deixei o comentário em aberto, assim podem-me criticar à vontade!

        • DoContra says:

          Pelo contrário! Não estou aqui a criticar, apenas pedi um exemplo concreto em tivesse dificuldade na actualização! Estamos aqui para nos ajudarmos (pelo menos é essa a minha ideia), não para defender o Linux, Windows ou Mac. E não entendo como posso dar uma opinião calado…

          Não entendi essa da “má educação”. Pelo contrário, a sua resposta é que denota grosseria.

        • Pedro says:

          É incrível, ele nem falou contigo, pediu apenas detalhes sobre a dúvida de outra pessoa, essa sim interessada em troca de conhecimentos, e vens tu, trollzeco da treta, mandar provocar e achincalhar, ainda para mais sobre um assunto que já provaste nada saber? És lame até dizer chega!

          Havias de ter respondido assim comigo e ias ver a resposta que levavas. Desaparece troll, a tua laia não é bemvinda a fóruns sérios.

  4. RF says:

    Já uso o Ubuntu à uns anitos no netbook, e tem vindo a evoluir positivamente, mas ainda falta tornarem mais acessivel a quem pouco percebe de instalações e personalizações em ambiente Linux, porque usar a consola pode ser um pouco complicado.

    • Silva says:

      Claro, exactamente!

    • Alucard says:

      Honestamente, acho que essa de usar a consola está a tornar-se um mito. Eu ainda a uso um pouco, mas só porque me apetece, porque actualmente tens programas com interface gráfica intuitiva para virtualmente tudo o que um utilizador comum possa querer fazer no pc. Simplesmente nem todos vem incluídos por omissão com o sistema, e tens que os instalar, enquanto que na consola podes já fazer muita coisa sem instalações nenhumas. Os maiores obstáculos a um novo utilizador no Linux, podem advir de muita gente ser preguiçosa demais para despender 5 min que sejam a googlar uma solução para os seus problemas.

  5. Miguel says:

    É sempre a abrir!
    Acho mais do de uma nova versão de Ubuntu, é esperar pela versão 3.0 do Gnome.

    • lmx says:

      podes crer estou contigo, para lhe por as “unhas”, esta versão 3.0 tras algumas mudanças na filosofia de trabalho, pelo menos foi esta a ideia com que fiquei…

      cmps

  6. Fernando Santos says:

    Tanto a Microsoft como a Apple fazem actualizações todas as semanas. A diferença é que o Ubuntu pega num conjunto estável delas e dá-lhe um nome. Francamente acho bem mais divertido e actual do que o sistema da MS ou Apple.

  7. a Friend® says:

    “Mark Shuttleworth, fundador do Ubuntu, já veio a publico também referir que a nova versão do Ubuntu terá como pontos chave a “suavidade e elegância” entre muitas outras novas funcionalidades.”

    Ui, será que é desta que vão concretizar aquilo que mais aguardo? Uma interface nova.. simples, arrumada e fluida estilo Mac? Espero que sim, é que já está mesmo na altura…

    É mesmo o único “pecado” que o Ubuntu tem.. porque de resto tem estado num caminho excelente mesmo.

    @Silva

    Open-source é mesmo assim.. cresce ao segundo porque tem muita contribuição e ajuda da comunidade linux, ou seja, todas as inovações são acompanhadas em tempo real daí não haver “esperas”. Se fosse às escuras era software proprietario. 😀

  8. EacHTimE says:

    E a versão netbook como vai ser? Vão manter a nova interface gráfica? É que esta última é terrivelmente lenta 😐

  9. gnu\linux rocks says:

    boas,eu fui 1 utilizador do ubuntu durante 3 anos.
    mas fique farto de formatar 6 em 6 meses.eu sei que posso actualizar mas nunca fica a 100%!agora sou um feliz utilizador do (kdemod)archlinux com kde muito bom !e uso também o (sabayon linux) (gentoo linux)com o gnome muito bom também! ((rolling release))é o que está a dar na minha opinião!
    ps:arch & gentoo são muito mais rápidas que o ubuntu!

    • lmx says:

      isso de serem mais rapidas tem muito que se lhe diga, embora existam diferenças a nivel de código a maioria delas vem do facto de essa distro vir com menos suporte a nivel de drivers e o principal segredo é a optimização na altura de compilação para arquitecturas mais recentes e que tiram partido ja de novos sets de instruções presents nos cpu’s.
      O ubuntu é uma distro que agrada a tudo e todos e por isso continua a manter a retrocompatibilidade com a versão 386, embora se diga que é uma versão x86, e esta correcto pois suporta todas.
      Ao passo que outras distros ao compilarem para arquitecturas mais recentes, não poderao manter o x86 como que suportassem todo o x86, porque na pratica so suportam a partir de x arquitectura.
      Experimenta compilar um kernel so com os drivers que quiseres para a arquitectura da tua maquina,e tenta faze-lo com opções de optimização e vais notar bem a diferença.

      cmps

  10. Nuno José says:

    codenames?????? lol mais uma cópia de algum artigo brasileiro??? desculpem mas é mau escrever codenames numblog português.

  11. Pena says:

    Steam no Ubuntu e não quero outro S.O.

  12. Paulo Ferreira says:

    O ubuntu é uma boa distro mas tem um defeito : o gnome como interface. O meu pc não se dá bem com o gnome – leitura de video com lags com o compiz activado – o que não aconteçe em ambiente KDE. Pclinuxos é a minha escolha “roling distro”, elegante e extremamente funcional a 1ª sem grandes afinações.

  13. Serva says:

    fala-se muito pouco aqui da Suse o novo Suse estavel o 11,3 está fantastico , tenho várias distribuições linux uso preferencialmente o Ubuntu em hambiente Gnome e esta última versão a 10,10 esperava sinceramente mais dela apesar que todo o processo de instalação de pacotes Deb ficou bem mais facilitado , mas pareçe-me que de facto se avançou pouco da 10,04 para a 10,10 0 que não aconteceu por exemplo em outras actualizações em que claramente se notacvam melhorias significativas ao nivel de suporte para redes wireless etc , o aspecto do SO pouco me preocupa existem tantas possibilidades de customização que as vezes até acho ridiculo quando alguem espera ansiosamente que uma nova distribuição traga um novo tema , concordo que desde que uso linux a cerca de 5 anos deram-se passos de gigante hoje as distribuições estão estaveis com muito poucos bugs e acima de tudo o imensidão de programas para fazer quase tudo que se possa imaginar e gratuitamente com o esforço desta comunidade maravilhosa que está espalhada por todo o mundo , por tanto eu nem sequer gostaria de discutir os os outros Sos quem usa Microsoft como utilizador domestico só o faz se gostar de jogos , nas empresas a conversa já é outra a MAC tem um sistema muito fechado com muito poucas aplicações e garanto-vos que não é melhor que o linux eu tenho um MAC e sei o que estou a dizer .
    Concluindo penso que faria algum sentido dar-se umpouco mais de tempo para amadurecer novos lançamentos deveria melhorar-se as actualizações de distribuição porrque de facto quando se actualiza não fica exactamente igual a instalção de raiz e continuar-mos todos no bom caminho que até agora temos trilhado hoje o Linuz já mete medo a muita gente só não tem o impacto que a Mac actualmente tem porque não produz nenhuma marca própria e ainda esta muito conotado como se verifica nos comentários acima com NERDS .

    Fiquem bem e não se zanguem

  14. Jonas says:

    boas ppl… tenho uma peq. questao, quem puder ajudar agradecia….
    qd comprei o meu portatil isto vinha com um disco de 500gb, cm o so eh 64bits tive de arranjar um programa para faxer uma partiçao no disco sem recorrer a formatar o pc… ate aki td bem…. acontece que qd instalo o ubuntu com o wubi ele nao me reconhece a outra partiçao do disco, tipo tenho o c: “onde se encontra o windows e o ubuntu”, o “e:” k eh a minha outra partiçao do disco nd aparece, ja andei perdido em tdos os forusn e nao encontro nd, se alguem poder ajudar agradecia…

    p.s. -> o d: eh a minha drive de cds, cm nao formatei o portatil e recorri a um prog. para tal as minhas unidades de armazenamento sao o c: e o e:

  15. CMatomic says:

    O pessoal que utiliza o windows, querem o linux como windows, mas se linux fica como windows, não seria linux, por isso parem dizer que é difícil , o windows tem isto o linux não tem bla bla bla windows, o difícil é não querer aprender, a qualidade não é aspecto mas sim a partilha de conhecimentos.
    Portanto se acham dificil, ajudem a melhorar o sistema para não ficar como o windows, mas uma alternativa para agradar a todos, pois digo isto vejo aqui muita gente a comentar sem saber as coisas principalmente por parte de quem só utiliza o windows e as vezes utiliza o ubuntu na maquina virtual, e depois bla bla bla falta isto falta aquilo, já existe tudo para linux, o que pessoal do windows quer é marcas, para depois ir buscar aos p2p , digo o linux é de todos não é de única empresa como é o windows ou Mac Ox, e é o único sistema operativo para pc criado fora dos estados unidos, o ubuntu não representa o linux,cada vez o ubuntu a ficar um sistema para netbocks, menos para pc, portanto se querem conhecer o linux pesquisem,aprendem sobre o sistema os comandos etc.
    Existem os espertos e os inteligentes e minha definição para isto é :
    O conhecimento resume-se a inteligência , a esperteza resume-se ao engano.

  16. João Henriques says:

    Silva => Trolling fail

    • Silva says:

      lool. Que eu saiba dei a minha opinião aqui no pplware. Tu, por outro lado vens insultar os outros para aqui? lol.. “the irony”… e tu és o que?… só nao insulto porque estaria assim a contradizer-me, mas pront.. é isso.. mas considero-te “fixe” por me teres insultado. era isso que querias não era? estou certo de que sim.

      cumps

      • João Henriques says:

        Ninguém te ofendeu. Tu é que andas muito susceptível, e só te “enterras” cada vez mais, à medida que vais tentando justificar o injustificável. Sem querer ser adivinho, pressinto que tens muito tempo livre, e não te está a fazer nada bem.

        • Silva says:

          não acredito que voltaste a esta página para leres o que eu escrevi… quem é que tem tempo livre agora?
          “João Henriques:
          Tu, porque te deste ao trabalho de escrever isso. lol és um fail Silva”
          e pronto, já se passou…

  17. grifo74 says:

    ubuntu ubuntu ubuntu, e que tal pclinuxos

    • lmx says:

      não gosto de hibridos, para mim não ha ca misturas, ou bigamias(rspeito a vontade dos outros claro).
      Para mim é Debian Based, podia ser outra coisa qualquer, mas misturas não.

      cmps

  18. Serva says:

    Boas estou de acordo com o que diz o CMatomic , o Linux e fantastico é poderoso e bem melhor que windows e Mac isso posso assegurar , agora de facto é diferente , mas diferente não significa ser pior pelo contrario o Mac também é diferente do Windows eé em tudo mais semelhante ao Linux só com uma grande diferença todas as aplicações são gratuitas e cada vez têm mais qualidade , digam-me lá se por exemplo o open office não incomoda-se a Microsoft e fosse assim tão mau como eles apregoaram no video que fizeram acham que eles íam-se incomadar em fazer um video ?….NA , o Linux como Mac tem o problema da malta que só usa o pc para os jogos , mas desculpem-me que vos diga quem usa um pc só para jogos para mim não tem classificação .
    O Linux está cada vez melhor é um facto inquestionavel fruto de uma comunidade fora dos States que ajuda a fazer esta maravilha que é este SO , aprendam e fiquem fascinados com as potencialidades deste SO , numca ouviram esta expressão : primeiro estranha-se e depois entranha-se .
    Eu hoje muito raramente uso windows mas quando comecei com o linux a 5 anos atrás lembro-me das dificuldades , mas hoje mesmo com a linha de comandos qualquer dúvida está a um clik no google ou no youtube aonde existem vários tutoriais para aprender o basico em linux e depois o resto vem por gosto em aprender coisas novas e boas .

    Um abraço a todos

  19. nomadewolf says:

    É assim:
    – Quem quer ter Linux, não tem que formatar o PC de 6 em 6 meses.
    – Quer quer ter Ubuntu SEMPRE NA VERSÃO MAIS RECENTE, aí sim, tem de formatar. No entanto, como Linux, é melhor que o aborto do windows, basta ter a directoria /home numa partição diferente, que mesmo formatando, FICA TUDO COMO ESTAVA. Fundo do ecrã, favoritos do browser, contas de IM, músicas, imagens, TUDO!
    – Mesmo assim, se não estão dispostos a perder 15min de 6 em 6 meses para se manterem actualizados com o Ubuntu, basta não fazerem nada, que funciona tudo na mesma…
    – Ou então, utilizam uma Rolling Release. Trata-se de uma distribuição de Linux em que basta ir actualizando o Sistema através da Internet de modo a manterem-se actualizados, ou seja, sem formatar. Um exemplo é o Arch Linux, que é dos melhores, mais rápidos, e ocupa pouco espaço em disco. Outro bastante bom é o Linux Mint, é tipo o Ubuntu, mas melhor, e além disso, a versão LMDE é Rolling Release…
    – Por fim, Linux não é Windows, nem quer ser. Quem vem à procura do Linux, é porque não está satisfeito com Windows, e portanto quer algo melhor. Linux é melhor, mas para ser MELHOR, é preciso ser DIFERENTE, senão era a mesmíssima m*rda…

    • Pedro says:

      Porque é de todos os Linux, o Ubuntu é o único em que é supostamente preciso formatar? Não é isso o que eu ouço por aí… Onde foste buscar isso?

      • nomadewolf says:

        Nenhum Linux é preciso formatar.
        Mas toda a gente sabe que actualizar por cima do anterior fica uma m*rda. Isso válido para Linux, Windows, MacOS e tudo o que se possa imaginar.
        O ‘mal’ do Ubuntu (segundo alguns) é que como sai uma versão nova duas vezes por ano (abril e outubro) queixam-se que tem de andar sempre a formatar.
        Pois eu formato, e passei do Ubuntu 10.04, para o Mint 9, para o Mint KDE 9, para o Kubuntu 10.04, para o Kubuntu 10.10 e agora estou no Ubuntu 10.10 enquanto não sai o Mint 10, e formatei sempre, e nunca perdi dados nenhuns, nem tive de fazer backup a nada. E funciona tudo de uns para os outros. Programas instalados, programas do Windows (com Wine), contas de mail, contas de IM, etc…

  20. Pedro says:

    Até nem é muito grave, ter que formatar aquilo que é no fundo apenas o core do linux, mantendo-se tudo o resto, e só 2 vezes ao ano não é nada de especial. Sacar o iso, metê-lo (para não estragar CDs) num CD-RW, pendrive ou outro, instalar na partição e ir tomar um café.

    Já agora quando dizes, que actualizar por cima fica uma bosta, referes-te só a essas actualizações semestrais, não às pequenas actualizações esporádicas que ocorrem muito mais frequentemente, não é?

    Cumprimentos

    • nomadewolf says:

      Exactamente.
      As actualizações de segurança podem e devem ser instaladas à vontade sem formatar. Aliás, só nesta última versão é que o Ubuntu permite sacar as actualizações durante a instalação. O que até foi um grande avanço, dado que o sistema começa a ser instalado mesmo antes de responderes a todas as perguntas, e é iniciado o download das actualizações ao mesmo tempo que se começam a copiar os ficheiros. Isto resulta numa instalação extremamente rápida e podemos começar logo a utilizar o pc.

      Quando saem as actualizações semestrais, essas sim, deve-se formatar o pc, porque actualizar do 10.10 para o 11.04 correrá certamente, dado que existem montes de ficheiros de configuração, espalhados por montes de pastas, e se na nova versão, for necessário um que não exista na anterior, ou que esteja numa pasta diferente, ou exista uma configuração que já não é suportada na nova versão, ou mesmo a nível de drivers que tem de ser compiladas para a versão do kernel (já nem é da distro, é do kernel mesmo).
      Em suma, há montes de aspectos relativos ao SO que podem fazer com que uma actualização corra mal…

  21. Serva says:

    Boas , mas como se disse aqui várias vezes não é necessario formatar nada e muitas vezez podemos tranquilamente aguaradar 2 anos no caso do Ubuntu por exemplo sem que tu sintas necessidade absoluta de usares a distribuição mais recente até porque parte dessas actualizações já as recebes regularmente pela actualização dos ficheiros , se se recordam eu já escrevi que as diferenças que existem da versão do Ubuntu 10,04 para a versão 10,10 não justificam ainda uma formatação ou uma actualização eu no meu caso tenho os 2 instalados em pcs diferentes e nãp esquecer que durante 3 anos estas distribuições tẽm suporte para as actualizações de segurança incluindo as de Kernel

    Fiquem bem

  22. Pedro says:

    Ok, portanto não é mandatório formatarmos para actualizar a versão, mas *poderá* resultar melhor por causa das ‘pontas soltas’. E também não é necessário irmos logo a correr actualizar para a nova versão porque algumas das melhorias desta poder-se-ão encontrar na anterior desde que tenhamos feitos os updates.
    Obrigado pelas respostas

  23. nostradamus.999 says:

    Tenho amigos

  24. nostradamus.999 says:

    Tenho amigos que preferem windows. Eu tenho um dual boot: ubuntu /windows.

    Infelizmente as grandes empresas desenvolvem quase só para windows. Para quando o Premiere ou After Effects para LINUX??

    Por algumas razões sou “obrigado” a ter windows. Venha de lá o GIMP ou outro, nesta área nada bate o Photoshop.

    Pessoalmente adoro o Ubuntu, facilidade, bastantes tutoriais, tudo serve para fazer moça à Microsoft. Só o facto de (quase) não se ter de usar anti-virus que é mais uma mina, onde se ganha muito dinheiro… isto para dizer que todas as novas versões do ubuntu são bem-vindas.

    Muita gente esquece-se que quando se instala o ubuntu, ou outro, instalamos tudo de uma só vez o que poupa muito trabalho e tempo: drivers, software, etc.

    Independentemente de qual a distribuição, viva o linux. Viva a liberdade! Mais: venham de lá todas as versões novas do ubuntu. Não se esqueçam que para ter a versão mais recente não se tem de desinstalar e fazer uma instalação nova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.