Quantcast
PplWare Mobile

A origem do Tux, a mascote do Linux!

                                    
                                

Autor: Ana Narciso


  1. Daniel Gomes says:

    Muito bom artigo, é sempre bom andar informados

  2. Paulo . Cunha says:

    Desconhecia que era este o motivo de a mascote ser um pinguim! 😀 lol.

  3. José Oliveira says:

    Fantástica informação e com o devido detalhe!
    Óptimo post!!
    Cumprimentos

  4. Gonçalves says:

    Existe um documentário acerca do linux/sofware livre que fala (entre outras coisas) do incidente do Linus com o pinguim.

  5. ric1 says:

    bom artigo , é curioso saber de onde veio a Mascote do Linux

  6. LOL! O Tuz está muito bom 😀

  7. Bruno M. says:

    Ora aqui está mais um excelente post informativo de Linux! 🙂

    É sempre bom saber estas curiosidades acerca do linux, deste SO que está cada vez mais a conquistar utilizadores e a ganhar ainda mais maturidade do que já tem!

  8. Jorge Carvalho says:

    Ergh… isto mostra quanto estou velho …. 🙁

    Abc

  9. Penguin vs Yeti says:

    Que romântico 😉

    Têm a certeza que a inspiração não saiu daqui ?

    http://games.cellbiol.com/yetisports1free.html

  10. Mark Silva says:

    Muito Bom Artigo!! Obrigado!!!

  11. monux says:

    – Muito Bom o texto !
    – O jovem mundo da informática é tão intenso que em poucas decadas parecem histórias bem mais antigas.
    – Olhem o primeiro Tux e o último com boas Gimpadas. hehehehehe

  12. lmx says:

    Realmente uma historia engraçada, eu também adoro pinguins , mas nunca tive a “sorte” lol de ser picado por um…hehehe
    não consigo ver o linux sem um pinguim como masco te!!

    cmps

  13. James Bond says:

    1996 foi o ano em que eu comecei a usar a sério o Linux! Porque antes andei a experimentá-lo, em dual-boot, com o Windows. Era um sistema difícil… Configurar um modem e até o teclado português era uma trabalheira dos diabos! Um ou dois anos depois, comprei o SuSE numa loja que havia ali ao pé do Técnico cujo nome não me lembro. E depois disso comprei uma catréfia de CD’s deLinux na CheapBytes porque na altura fazer o download de um CD de 650 MB com um modem de 14.400 kbps era obra! E coleccionei “infinitos” CD’s que vinham em revistas que eu mandava vir da estranja ou que comprava cá (revistas espanholas).
    Posso dizer que a minha colecção de CD’s poderia fazer a história do Linux. Infelizmente e porque a PDI não perdoa, acabei por deitar tudo fora. Foi tudo para o lixo, literalmente! É claro que eu gostaria de ter doado. Mas a quem?
    Mas deixemo-nos de coisas tristes, Ana! Vamos a coisas mais alegres: e então, já acabaste o curso dos teus sonhos – Consultora Imobiliária – que estavas a fazer no Instituto Superior de Mediação Imobiliária? Espero que sim… E já agora, espero também que já estejas a trabalhar e desejo que seja na *publicidade* que, como sabes, é a única empresa no nosso País que, pelo terceiro ano consecutivo, foi eleita a melhor empresa para se trabalhar em Portugal!!
    Mas se ainda não acabaste ou estás com dificuldades, não desesperes… Podes sempre pedir algumas equivalências na Lusófona e pode ser que a coisa se complete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.