Quantcast
PplWare Mobile

Star Wars: The Old Republic– Rise of the Rakghouls já disponivel!

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Paulo Silva


  1. Legion says:

    Experimentei e sinceramente…. meh…
    Sinceramente MMORPG = WOW

    • Strong, the force is says:

      Há gostos e gostos.. Eu mudei para SWTOR do WoW e sinceramente estou a gostar mais da experiência.

    • Fontinhas says:

      São opiniões. Para mim WOW…meh 🙂
      Acho que o WOW já está muito batido. Joguei da Vanilla até ao fim da Wotlk e acho que o jogo tem vindo a perder muito. É bom que apareçam estes jogos de vez em quando para relembrar à Blizzard que há alguma concorrencia.
      Tenho estado a jogar este desde meio de Dezembro e parece-me bastante bem conseguido. O replay value deste jogo é muito mais interessante que o do WoW por exemplo, devido às diferentes storylines. O facto dos dialogos das quests serem realmente dialogos e não texto e mais texto que no WoW simplesmente se ignorava, dá uma profundidade ao jogo diferente. O end game está muito longe daquilo que o WoW oferece, mas comparando ao end game do WoW quando saíu, não anda muito longe, antes pelo contrário.
      Se este jogo vai ser o WoW Killer? Não, e duvido que algum dia haja um jogo que o seja.
      Se vai tirar algum player base ao WoW? Sem dúvida.

  2. K says:

    Concordo. Este jogo é wow com uma skin starwars e ainda por cima não é particularmente barato. Depois de ver um trailer gameplay demonstrado por um produtor do ponto de vista do “healer” fiquei esclarecido e nada convencido. A mecânica 1 tank, 1 healer, 3 dps são wow classico.

    O tank era um personagem com uma brutal machinegun (arma de alcance) mas andava sempre a corpo-a-corpo com o “boss” e o healer tinha a arma ficticia mais fixe de todos os tempos numa mão (o lightsaber, arma corpo-a-corpo) e não a usou uma única vez, optando por levantar a outra mão livre sempre que fazia “cast” de um “spell” de cura, à distância.
    São preciosismos, claro, mas pouco coerentes e talvez mal pensados, o que me deixa a ideia que é mais um jogo para fazer render uns trocos à custa da saga starwars.
    Se fosse gratuito, ou pelo menos sem mensalidade, nem me incomodava, mas é pago e bem pago por isso penso que tenho a direito a exigir alguma qualidade de produção.

    Mais, neste tipo de jogos só costuma ser lançada uma expansão quando o jogo precisa de novo folego e já começa a cansar (a fazer fé no que vi em 4 anos de wow). Foi lançado no dia 20/12/2011 (a fazer fé na pagina da wiki), ou seja à pouco mais de 1 mês, e já leva uma expansão?

    Até sair Guild Wars 2, não me estou a ver jogar mais nenhum MMORPG.

    • lolada says:

      Pelo que entendi, isto não é uma expansão, mas sim um patch, como no WoW existe “major patches” que até tem direito a nome.

      Também vi uns vídeos e tal deste jogo e até parece a ser bom. Claro que tem alguns aspectos parecidos com o WoW…mas o WoW também tinha coisas parecidas com MMO’s anteriores…aproveitam-se o melhor de cada jogo e faz se um novo. É a evolução.

      Contudo, não vou jogar este jogo, apesar de parecer a estar bom, mas o universo Star Wars não me fascina.

      A ver vamos como será o Guild Wars 2.

    • Fontinhas says:

      Não é uma expansão, é um patch. São coisas diferentes. O WoW teve N patches entre expansões, e várias tinham um nome. 4.3 Hour of Twilight, 4.2 Rage of the Firelands etc.

      “A mecânica 1 tank, 1 healer, 3 dps são wow classico.” As parties são de 4 e não 5.

      “e o healer tinha a arma ficticia mais fixe de todos os tempos numa mão (o lightsaber, arma corpo-a-corpo) e não a usou uma única vez, optando por levantar a outra mão livre sempre que fazia “cast” de um “spell” de cura, à distância.” No WoW tinhas situações muito semelhantes. Lembro-me de ter jogado com a class Mage no WoW durante a Burning Crusade e ter sacado a Tempest of Chaos, uma espada com um look completamente “badass” do ultimo boss de Hyjal. No entanto, os Mages limitavam-se a usa-la na mão enquanto faziam cast de spells à distancia.

      • K says:

        Mas eu perdoo isto num jogo que vai fazer 8 anos de existência. Não num jogo que saiu o mês passado.
        Deveria ter feito melhor uso de toda a experiência existente neste ramo, não fazer igual e repetir os mesmos erros. Ainda bem que há pessoal que prefere senão o jogo já tinha morrido, mas isto é demasiado igual ao que já existe para eu querer voltar a investir.

        • Fontinhas says:

          São opiniões, claro.

          Mas aí pego em duas coisas que disseste no primeiro post.

          “Depois de ver um trailer gameplay demonstrado por um produtor do ponto de vista do “healer” fiquei esclarecido e nada convencido.”

          “São preciosismos, claro, mas pouco coerentes e talvez mal pensados, o que me deixa a ideia que é mais um jogo para fazer render uns trocos à custa da saga starwars.”

          Experimenta realmente o jogo e se calhar tens uma supresa 😉

  3. Dino Silva says:

    Legion fan boy do WoW joguei wow 5 anos agora esperimentei i swtor e é incrivel foi logo adeus a minha conta do wow , finalmente um mmorpg decente

  4. Sharp says:

    Sempre a mesma conversa.
    Para todos, qualquer MMORPG é copia do WOW, já me deixa mal disposto.

    Todos os jogos vão buscar elementos de outros e o WOW não foge à regra.
    Se tivesse tempo, certamente jogaria SWTOR e eu odeio o WOW desde que o vi pela primeira vez.

  5. Henrique C. says:

    Joguei WoW, estou a jogar SWTOR e estou a gostar, mas se eles querem que isto tire jogadores à concorrência em vez de andarem a lançar só + conteúdo, era começar mas é a resolver a quantidade de bugs gráficos que ele tem, tal como o facto de o jogo nem sequer aproveitar 1/4 dos recursos de um computador com uma gráfica actual. Existe uma infinidade de pessoal que está a ter muitos problemas com isso.
    Não me lembro de o wow ter tido estes bugs no inicio.

  6. Rui Ribeiro says:

    Quando o pessoal fala do WoW e diz que o Star Wars é mais uma cópia, mas futurista, ate se pode pensar que o WoW é o primeiro jogo no mundo deste género.

    Acordem, não sejam dorminhocos, há um mundo la fora.

    Não vou falar de outros jogos que de onde o WoW foi copiar. Já os criadores do Wow jogavam Everquest.

    Sou jogador de Wow há mais de 6 anos, gosto muito do jogo mas sim, o que é demais é seca.

    Estou a experimentar o Star Wars e digo-vos já que tem estrutura para durar e ter sucesso, primeiro porque tem uma comunidade de jogares que gostam da saga, segundo porque a ideias implementadas são muito boas e nenhum jogo começa grande.

    Falam de 5 jogares 1 tank 3 dps 1 healer. as instances do wow do momento com a dificuldade que têm, 1 dps pode tar a dormir que não faz falta, até 1 dps pode tankar.

    A filosofia da Blizzard esta a mudar ao longo dos tempos, cada vez mais a ser um jogos para qualquer pessoa do que um jogo para viciados em MMOs.

    Já no star wars são 4 e todos fazem falta porque a dificuldade esta la.

    Falam de bugs no star wars… são bugs que sinceramente nao me reduzem a vontade de jogar.

    Pensem assim, o jogo saio em dezembro e ja tem um patch novo. se a blizzard nao se poe a pau vai continuar a perder pessoas pela falta de novidades.

  7. Carlos says:

    Experimentei o SWTOR e honestamente, não sai dos moldes tradicionais dos MMO (Que foram definidos pelo WoW).
    Como tal larguei. Alem da quantidade de bugs que me deparei, que supostamente para um jogo ao preço que o SWTOR está não me parece admissível.
    Acabei por voltar para o RIFT. Se é para mudar do WoW para outra coisa do género, ao menos que esteja muito polido e para os requisitos de hardware o RIFT dá uma experiência visual muito melhor.
    Mas até GW2, os MMO não vão sair disto.

  8. Tiago P. says:

    Pessoal, só uma coisinha… Quanto se paga mensalidade no Swtor?

  9. Ze Sousa says:

    MMO=Lineage 2!

  10. Luis Matos says:

    League of Legends – N é MMORPG mas para quem está habituado a esse género vai adorar.
    Só tem 32.5 milhões de players registados e uma base diária de players de 4.2 milhões +/- :p

  11. Tugahunter says:

    Ainda alguém joga este jogo?

    Ando à procura de clãs Nacionais no servidor Europeu “Darth Malgus” mas de tempos a tempos só encontro um ou outro Português ainda a jogar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.