Quantcast
PplWare Mobile

A Nintendo Switch é a próxima a cair nas mãos dos hackers

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Carlos Mogas da Silva says:

    A switch já está mais que crackada….

    https://twitter.com/fail0verflow/status/953084954145181696

  2. JonnyKid says:

    O problema agora é que o fabricante fica a saber o que provoca as falhas de segurança e vai modificar o seu hardware. Para quem ainda não tem uma Switch o ideal é comprar agora antes que saia uma nova versão alterada.

  3. Rui Nunes says:

    Apesar de gostar de ter uma consola desbloqueada preferia que tivessem feito isso à PS4. A Switch ainda é muito nova e isso pode reduzir-lhe o apoio.

  4. miguel.estrada86@gmail.com says:

    Se houver um desbloqueio efectivo e que funcione, compro uma switch. No meu caso a nintendo só tem a ganhar com a pirataria. Pois se a switch for desbloqueada compro ainda e talvez uma ou outro jogo original nas promos.
    Se a Switch não for desbloqueada não compro nada, nem switch nem jogos.

    • Pois says:

      O problema é existir pouca gente que pense assim e haja muitos a dar milhares de euros na consola + jogos!

      Faz-me lembrar o pay to win. Se ninguém pagasse para ter ouro ou diamantes as empresas não bloqueavam o avanço nos jogos para quem não paga!

      Eu pura e simplesmente não dou um tostão para bloqueios ou atalhos em jogos e só dou dinheiro quando acho que o jogo merece! Quanto à Switch, estou como o miguel. Se estiver desbloqueada invisto 400€ na consola mais uns joguitos, senão, nem um tostão!

    • PMS says:

      claro que é um pouco triste dizermos isto…porque estamos a apoiar a pirataria

      mas custa, em 2018, dar 330€ por uma consola + 60€ por jogo (sendo muitos deles remakes… com 6 jogos estou a dar 690€ pela consola (é muito dinheiro!)

      portanto, também digo o mesmo… só comprarei a nintendo switch se houver certezas em relação a um desbloqueio 🙂

      • André says:

        Vale bem o preço. Muito diferente das outras e só o facto de conseguires jogar em qualquer lado é muito positivo para muita gente. Pagas isso mas também tens logo 2 comandos por exemplo… nem tudo é mau.

        • António Fagundes says:

          Comprei uma e não acho que valha o preço, acho que vale mais os 400 que custava uma ps4 ou xbox, só comprei por causa dos títulos, mas tenho noção que está overpriced e se não fosse pelo mário e zelda, não compraria.

    • Renato Nismo says:

      switch é caro para o preço que é, consola portátil com hardware inferior e mais cara que uma xbox one ou ps4 normais…. se nós estamos habituado com bom pc e xbox one.. com o switch não vamos ter aquele factor uau impressionante.

      depois as promos dos jogos é que é nada.
      é só ver os da xbox store, calhou promoções excelentes como o gta v que esteve a 16€ na turquia, forza 6 por 10€ e jogos com alguma idade por 5€ e tal. estes preços são da store de outros países em que nós podemos comprar gift cards estrangeiros 😉

      e ainda há mais, o xbox gold, ea access e xbox gamepass, aproveitei a promoção de 1€ cada no black friday e natal.
      tenho xbox one há mais de um ano, devo ter jogado perto de uma centena de jogos e não gastei quase nada 😉

      • André says:

        Estas enganado. Eu apenas compro jogos em promoção e já começas a ver bastantes. A questão é que a consola é muito recente comparando com o mercado da PSN e da xbox.

      • André says:

        Mas compreendo o que queres dizer. No entanto se tivesses uma switch desde o dia 1 vias que a evolução tem sido muito boa e tem muito mais jogos e cada vez saem mais. Para mim é tudo uma questao de tempo como por exemplo a parte online. Cumps

      • António Fagundes says:

        E para que queres jogar uma centena de jogos? Eu jogo 1 ou 2 e levo cerca de 1 ano a chegar ao fim de cada um.
        Os meus filhos quando tiverem idade para jogar vão jogar 1 hora por dia sempre que não tiverem tarefas.

        • Renato Nismo says:

          para dar uso como deve ser, eu não sei porquê dão 300€ por uma consola e jogar 2 ou 3.

          não exploram, não divertem, não conhecem a verdadeira arte de alguns jogos, as novas sensações de jogos bonitos, outros jogos muito cool….

          e eu nunca tenho de comprar jogos que estiveram, estejam ou vão estar disponíveis gratuitamente. Halo Wars 2 é um bom jogo para acabar em campanha e como eu adoro jogos de estratégias, vai estar free em fevereiro.

          e sou gamer desde pequenino na era do NES e acabo cada jogo rápido.

          eu não queria comentar se jogavas muito mal para levares 1 ano a acabar, a não ser que seja o The Witcher 3 que tenhas de terminar a 100%.

          • António Fagundes says:

            Porque é estupido jogar tempos infindaveis, e qualquer adulto que trabalhe e tenha familia não tem ou não deveria ter tempo para mais.

          • Renato Nismo says:

            depende das pessoas que têm os seus planos diários

            conheço amigos que são pais, têm mulher e filhos, ou novos ou crescidos, que têm a sua vida de trabalho, e também adeptos de moddings nos carros nas suas garagens, entre tantas outras coisas.

            e quando sobra tempo, conseguem tirar umas horas para jogar por semana para distrair ou jogar com filhos.
            há que gerir o tempo deles.

    • André says:

      Eu percebo porque nunca foi realmente um fã de nintendo. Se fosse nao falaria assim. Mas são tipos de jogadores diferentes.

    • Duarte says:

      Custa muito dizer isto mas… quem tem 300 ou 400 euros para dar por uma consola tem 30 a 60 para dar por jogos. Conversa da Treta mesmo… É a mesma coisa que se queixarem que a vida está cara, mas toda a gente paga Sport TV, enche os espaços de concertos… O que critico é que se pense que ah e tal é bom estar desbloqueada e entao vamos comprar a consola já que depois podemos ter os jogos que quisermos. Agora vou falar na optica dos produtores de jogos. Ai está desbloqueada ? isso vai dar menos retorno nas vendas do nosso jogo, entao nao vou produzir o jogo para essa consola. Assim ficam satisfeitos ? Dá que pensar nao dá ? Quem nao pode nao tem vicios, cristalino como agua. Tenho dito.

      • Matheus Felipe says:

        Imagina para nós brasileiros aqui, onde o salario mínimo é em torno de R$900,00 e o console custa R$1700,00 ~ R$2300,00(SEM JOGO), não sei como está a economia de Portugal, mas é triste ver que nós brasileiros temos que trabalhar 2 a 3 meses para pagar totalmente um console sem jogo, alias um jogo aqui custa 1/3 do nosso salário minimo, em torno de R$300,00 cada jogo. Então eu torço para que saia desbloqueio para eu poder adquirir, como eu sempre digo, quem mora no Brasil não vive e sim sobrevive.

        • João says:

          Agora fiquei com uma lágrima no canto do olho, em consideração aos Brasileiros, e a pensar como será na Síria, quantos meses de ordenado precisam os pais das crianças para lhes comprar uma Switch…

          Mas não devem estar preocupados, pois devem ter problemas mais sérios!

  5. Bruno says:

    O pessoal até pode achar imensa piada a isto, achar piada à pirataria, achar que isto sim é que é justo e que estas empresas só nos roubam etc etc…
    Por essa razão, devido a este “culto” do aceder de forma ilegal, o de copiar sem autorização, o de “roubar” só um bocadinho, porque eles tem muito e a vida custa a todos, é que este mundo vai de mal a pior, no que concerne aos valores humanos, onde o vale tudo é a regra do dia a dia.
    Posto isto a velha máxima do “não há dinheiro, não há vícios” deveria ser timbrada na pele dos que prevaricam de tais práticas.

    • Há muito mais que pirataria como resultado desta quebra. Sim, o mais lógico será esses fins menos lícito, mas abre a mente.

      • Duarte says:

        Pedro, essa frase é de facto o politicamente correto. Não é uma questao de abrir a mente, pois quem anda no meio, de facto, tem os “horizontes” mais abertos, mas já agora diz-me que consola foi hackeada com outros propositos que nao correr os jogos ? Dou uma dica, já cá ando há muito tempo, por isso tenta recuar bem no tempo para ver se encontras 😛

        • Eles abrem as portas, quem entra e o que faz é da responsabilidade de cada um. Lembro-me da XBOX e do que fizeram, para correr outro software que não estava disponível. Este é um bom exemplo.

          • Bruno says:

            Não é por isso que deixa de ser errado. Se por alguma razão alguém vos apanhasse 50€ todos os meses sem poderem fazer nada contra isso, aí já havia problema.
            Ilegalidade é legalidade, seja pequena ou grande.
            Roubar 1€ é um roubo na mesma como roubar 1 milhão. As proporções são diferentes, mas o ato é o mesmo.
            Com isto encerro o meu comentário, referindo apenas que “roubar” em conjunto os outros parece que de fixe, mas quando nos roubam a nos, ai já é um crime da pior espécie.
            Falta bom senso, e muita boa educação nestas novas gerações do fácil, do fixe e do abrir mentes.

  6. André says:

    Só por causa de alguns comentário hoje até vou comprar o Mário.

  7. Nunes says:

    Desculpem a minha ignorância sou novo nisto, eu tenho uma wii u, sabem como desbloquea la de forma simples e segura? Que já tenha sido mais do que testado? E já agora onde posso tirar os jogos? Desde já muito obrigado

  8. Nunes says:

    Obrigado Rui já andei a ver mas eu queria. Algo simples e dos tugas nada de pt—br que aparecem aos montes e nao sei o que vale?? Algo de alguém daqui ja tivesse feito entendes? Obrigado e desculpem

  9. Luis says:

    A consola não é cara.. nós é que temos pouco dinheiro!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.