Quantcast
PplWare Mobile

Análise Star Wars Battlefront (Xbox One)

Star Wars Battlefront

Género: Shooter
Plataforma Analisada: Xbox One
Outras Plataformas: Playstation 4, PC
Homepage: Star Wars Battlefront

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Paulo Silva


  1. Mylittlelife says:

    Pode ser impressao minha, mas mudam os cenários e os jogos actuais (do género) parecem-me todos iguais…

  2. ZarkBit says:

    O Battlefront 2 é bem melhor……..

  3. Bruno Tavares says:

    Peço desculpa pela correcção, mas um verdadeiro fã saberia que o Han Solo não se chama “Hans” Solo =P
    Star Wars nazi!

  4. Filipe Cordeiro says:

    Experimentei e não gostei do que vi.
    Os gráficos são excelentes e os efeitos de som também são muito bons, se fossem os próprios actores dos filmes a dar voz aos heroes e villains seria muito melhor.
    A jogabilidade é má. Teria que existir alguma mecânica que torna-se as armas menos precisas ao disparar vários tiros seguidos. Os veículos, principalmente as naves, deixam muito a desejar. E claro o sistema de tokens é ridículo.
    Não gosto muito dos jogos quando temos a opção de jogar em primeira ou terceira pessoa, principalmente quando esses jogos baseiam-se num multiplayer competitivo. Jogando em primeira pessoa parece que está tudo bem até ao momento que vais usar mira da arma. Nota-se que o jogo foi desenhado tendo em conta os jogadores casuais que provavelmente nunca jogaram algum FPS e vão jogar em terceira pessoa.

    Os mapas são poucos e embora o jogo tenha vários modos, muitos estão desertos porque foram mal desenhados. Quando um lado tem muito mais vitórias que o outro é porque algo está errado.

    Mas para mim o pior deste jogo é a falta de respeito que a EA tem para com os jogadores, a falta de campanha e a desculpa dada foi um insulto, os poucos mapas disponíveis e o preço de 49.99 euros da season pass sem sequer saber o que vais estar disponível e quando estará disponível. Ou seja a EA no seu estado normal.

    Gostaria que tentassem fazer uma avaliação do jogo retirando da equação o facto de ser um Star Wars, e virão que fora os gráficos bonitos o jogo não tem conteúdo que justifique o preço e a jogabilidade está muito casual, o que é injusto para os jogadores casuais que vão ser mortos a toda a hora por jogadores experientes de FPS ou mesmo esses jogadores com mais experiência facilmente irão-se fartar da falta de competitividade.

    Se querem jogar um jogo do Star Wars, o Star Wars Batlefront II continua a ser o melhor e mais completo, se querem um FPS aí nem falta escolhas melhores, desde CoD BO3, Destiny TTK, Halo 5, Planetside 2 e mesmo o Batlefield 4 que foi feito pela DICE o que mostra que eles até sabem fazer bons shooters e que esse jogo é apenas um insulto aos fans de Star Wars.

    • Telmo Barros says:

      Muito bem dito!! Um jogo que se justifica apenas pelo porreiro grafismo e mais nada. Cansativo, repetitivo e que, no meu ponto de vista, não irá ter uma grande longevidade…prometia muito, mas acabou no fim por falhar redondamente.

    • Paulo Silva says:

      Sim, os mapas poderiam ser mais. No entanto, no passado dia 8 (salvo erro), foi lançado mais um de Jakku. E mais virão a caminho. Resta saber em que moldes.

      Epah, quanto à mecânica e às armas … é Star Wars … aliás, tudo o que referes em relação ao jogo é Star Wars. Por exemplo, se te recordares, nos filmes chegas a ver cenas em que os combates se passam tendo milhares de tropas em frente umas das outras. Isso é impensável, certo? Desde quando é que na Guerra Moderna os soldados se colocam frente a frente?? Pois,a resposta é que é Star Wars e creio que assim é que o jogo tem de ser visto…

      Tal como mencionei mais acima, …como qualquer amante de Star Wars o que eu pretendia do jogo era que me divertisse e que me fizesse crer que estava perante o Império, os Rebeldes, a Força, … pessoalmente acho que Battlefront consegue fazê-lo e bem. Não é nenhum shooter hard como Battlefield ou outros mas também não aspira a ser. Apenas quer ser Star Wars.

      Agora é verdade e concordo contigo que a ausência do modo Campanha mina bastante o jogo.

      Quanto a servidores vazios, não concordo com o que o outro leito menciona. Até hoje o máximo que encontrei foi servidores a meio gás … mas nunca vazios.

  5. Calil says:

    quase ninguém jogo star wars battlefront no xbox one porque para entrar em uma partida é uma eternidade eu esperei mais de 20 e 40 minutos somente para encontrar uma partida quase cheia o sesan pass um absurdo 200 reais deveriam seguir i exemplo do gta v sendo tudo gratis

  6. Pedro Henriques says:

    Experimentar este jogo na PS4 com uma TV 4K foi brutal, é caso para dizer que parece mesmo real, aconselho vivamente.

  7. Dino says:

    Eu comprei uma xbox one a cerca de uma semana . é impressão minha ou a comunidade Portuguesa é quase nenhuma ? ja tentei procurar esquipas / clãs / guilds e nao encontrei nenhuma é que ter uma xbox one so para single player é aborrecido . existe alguam guild que queria recrutar ? ou alguém que me queria adicionar a lista Dino Silva / Alquimista13 ou AlquimistaPt

  8. José says:

    Ando para comprar este jogo, porque como quase todos gosta da saga e eu sou daqueles que cresceu com ela. Julgo eu que será tão engraçado como os anteriores, sobretudo o 2º. Mas leio aqui não ter campanha e, como tal para apenas jogar on-line não estou interessado já caí nesse erro duas ou três vezes e detestei, basta ver as queixas do comentador Dino, ter jogos sem ninguém ou com servidores fechados é triste e um logro, sou demasiado independente e autónomo para gostar de depender dos caprichos de outros no outro lado do Mundo. Quero jogos completos, com todas as vertentes, sabendo que um dia se fecharem os servidores, poderei continuar a jogar, no multiplayer, dou muito mais importância ao ecrã divido para jogar com amigos ou familiares ao vivo, o que tem sido “esquecido” ultimamente nestes anos, são raras as excepções. Outra dúvida, para X-Box One ou PS4? Tenho ambas. Creio que estará um pouco melhor nesta última, mas será mesmo assim?

    • Paulo Silva says:

      Boas. Lendo com atenção o que dizes, não deixo de concordar contigo. Tal como tu, sou fã de Star Wars desde sempre e a ausência de um Modo Campanha mina e muito a imersão e emotividade que o jogo poderia ter. Se tivesse um modo História onde pudéssemos sentir que estávamos dentro da história em vez de combates isolados seria uma experiência muito melhor.

      Quanto ao Multiplayer local, essa opção existe … e acredito que seja divertido quanto o multiplayer online (retirando da equação estarmos a jogar contra Bots).

      Por fim, gostaria apenas de acrescentar uma coisa … como qualquer amante de Star Wars eu esperava um jogo que me divertisse e que me fizesse crer que estava perante o Império, os Rebeldes, a Força, … pessoalmente acho que Battlefront consegue fazer isso. Não é nenhum shooter mais hard como Battlefield ou outros mas também não aspira a ser. O que foi feito em Battlefront está muito bem feito, verdade dita.

      Agora é verdade que a ausência do modo Campanha mina o jogo.

      Quanto a servidores vazios, não concordo com o que o outro leito menciona. Até hoje o máximo que encontrei foi servidores a meio gás … mas nunca vazios.

    • Filipe Cordeiro says:

      Quanto que consola escolher, compra para a PS4. Li em varios sites que havia mais jogadores na PS4 do que no PC e XBox One juntos, a noticia já tem alguns dias e pode já não existir uma diferença muito grande mas ainda assim escolhia a PS4.

      • Paulo Silva says:

        Posso apenas pronunciar-me em relação à Xbox One e posso dizer que a maior parte dos servidores (nos modos Supremacia, Ataque dos Walkers, Esquadrão de Combate ou Drop Zone) surgem quase sempre cheios ou a 80%.

        • José says:

          Muito obrigado pela pela vossa resposta. O meu filho tem pedido o jogo e eu sou franco tenho dificuldade em dizer que não porque, é como todos nós admitimos gostamos da aventura que a saga proporciona. Paulo eu tenho um jogo, é certo que já tem algum tempo, mas que tem estado às moscas e era uma jogo muito recomendado na altura, chama-se SOCOM Confrontation, para a PS3, só tem modo on-line, é disso que tenho receio. O mesmo receio que tenho em relação a Titanfall, Zombies V Plants2 ou Destiny que tem um modo misto. Mas como me informou que tem multiplayer, sem ser apenas on-line irei vou comprar o jogo, pois jogar com os familiares e amigos numa altura destas é muito divertido e pode dar umas birras valentes para os menos desportistas ;). Pena a falta do modo campanha, há jogos com histórias memoráveis. Acredito que obriga os estúdios a realizar uma história, o que dará por ventura mais trabalho. Mais uma vez obrigado pela colaboração a ambos.

          • Duarte says:

            realmente o problema é ser online e quando eles fecharem a torneira acabou. de resto, servidores sempre cheios em quase todos os modos.

  9. PG says:

    Por acaso a minha frustração em relação ao jogo resulta da falta de um modo campanha ou “story mode” o que seja, estava à espera de um jogo mais ao estilo de um Destiny no ambiente Star Wars o que seria surreal e saiu completamente defraudada, é engraçado mas não passa disso o modo single player. Em relação o multiplayer poderá ser mais interessante mas lá está ai não faltam alternativas muito válidas.

  10. Go says:

    Eu admito sem quaisquer rodeios que a critica seria perfeita massss existe algo já feito em 2004…

    È que este jogo é uma sequela, se não tivessem já saído as sequelas anteriores pois ai ficaria com o entusiasmo do momento que partilhas…

    A pontuação é exagerada, pois neste momento já havia 2 sequelas feitas nas quais aqui não há qualquer referência ou comentário simplesmente passam ignorados os anteriores Battlefront 1 / 2 da produtora Lucas Arts e editados pela Pandemic Studios (esta ultima extinta) como se nunta tivessem sido já feitos é que estes anteriores foram muitos bons jogos e tendo em conta com as anteriores ideias frescas e inovadoras há que ter em consideração esse facto.

    Agora sem um passado anterior e se este jogo fosse “escrito do zero” em ideias e realização ai na minha perspectiva esta critica seria imaculada e seria um brinde de frescura e diversidade á qual esta industria necessita urgentemente…

    Foi bom ter sido apenas a 3 sequela, mas saltando a geração anterior sem duvida temos que exigir mais nos dias de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.