PplWare Mobile

Spamhaus vítima de ataque de DDoS em larga escala


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Ru1Sous4 says:

    Interessante.

  2. Bruno Marques says:

    Uma guerra entre empresas…não existe uma entidade reguladora?
    Que estranho

    • lmx says:

      não é bem uma guerra entre empresas…trata-se de uma empresa que de uma forma ilegal abriga entidades criminosas…e por isso deve ser banida!!

      É evidante que eles não querem ser banidos, mas isto ja deveria ter sido tratado judicialmente…mas a justiça é lenta…a A2B tem muita culpa, mesmo sabendo da actividade deles, deu-lhes guarida…

      cmps

  3. Eu says:

    “In October, 2011, Spamhaus identified CyberBunker as providing hosting for spammers” – http://en.wikipedia.org/wiki/CyberBunker

    E no artigo diz:
    “O início desta história remonta ao passado mês de Outubro quando a SpamHous declarou que a CyberBunker estava a dar alojamento a Spammers”

    🙂

  4. afundou says:

    enquanto visitava o site da acapor acabei de o ver a ir abaixo

  5. Pedro A. says:

    O CloudFlare fez hoje um update ao tema:
    http://blog.cloudflare.com/the-ddos-that-almost-broke-the-internet

    Já agora gostava de ver um artigo feito por entendidos no assunto em relação ao serviço do CloudFlare. Já activei o servido diversas vezes mas nunca fiquei completamente convencido sobra as vantagens embora teóricamente parece excelente.

    • Pedro says:

      Boa ideia.. também gostava de saber quais as vantagens.

    • PPh says:

      Please, os gajos ate videos tem a explicar como tudo funciona.

      • Pedro A. says:

        Será que leste o que escrevi? Eu sei que têm videos, e tb já li muito sobre o assunto, mas gostava de ter algum feedback nacional.
        O meu provider de alojamento está listado como partner para actualmente parece-me que não estão para aí virados, por isso não devem ser só rosas, deve haver alguns espinhos tb…

        • Andrew says:

          Eu uso CloudFlare em todos os meus dominios, é excelente pois colocam-me sites que não sejam escritos com linguagem dinâmica, online mesmo que o servidor esta em manutenção, ou até mesmo off. CloudFlare também oferece (se é que podemos chamar assim) CDN como a Amazon Cloud, o que facilita a abertura de sites mais pesados de forma mais rápida, e sim protege o servidor pois estas a usar IPs facultados pela CloudFlare para esse mesmo efeito. Pensa nisso como um “proxy revertido” 😉

    • lmx says:

      a ideia que eu tenho é que eles escolheram essa empresa por ser uma empresa neutra…ou seja nem sequer é europeia, mas sim americana…eles não iriam deixar ao dispor de uma empresa europeia os seus datacenters, podendo esta empresa de alguma forma lucrar, ou participar no ataque…acho que foi por isso que a escolheram…por ser neutra no conflito 😉

      cmps

  6. pixar says:

    Pelo que li noutros sites de notícias, o ataque não se limita à Spamhaus.
    O que acho surpreendente é não haver autoridades a controlar estas situações. Afinal temos uma comissão europeia muito atenta (ou não) às ilegalidades informáticas…
    Compreendo que as empresas de hosting não queiram perder clientes, mas é bem pior perder tudo. Vamos ver o desfecho.
    Espero que isto termine depressa pois todos perdemos com isto. Ontem e hoje a Internet esteve claramente mais lenta. Por outro lado, quem configura servidores de email sabe bem o jeito que dá ter estas listas de spammers.

  7. Severino says:

    Números fake.

    • might says:

      Não… é verdade mesmo!!! 300 mil MILHÕES… shasuahsau.
      A noticia pode ser verdadeira, mas…

    • Jorge Carvalho says:

      At the bottom of this attack we once again find the problem of open DNS recursors. The attackers were able to generate more than 300Gbps of traffic likely with a network of their own that only had access 1/100th of that amount of traffic themselves

      Mais de 300Gbps …

      Não é fake 🙂

      Abc

  8. Anonimos says:

    E tem muito mais.
    Aguardem!!!

  9. sakura says:

    DDos n~ao ´e atake ….. pode ser usado para atakar ….
    usa-se ddos para….

  10. JMCS says:

    Agora já sei porque voltei a receber mais de publicidade a “viagar”, “viarga”, etc. O link do mail para encomendas termina em “.ru”. O Spamhaus precisa de mudar a política de rejeição de mail baseado no endereço IP e passar a ser baseado no nome do site, se houver… Faça-se como no Cipre, assaltem-se as contas bancárias na esperança de atingir alguns russos. Pelo caminho há inocentes a ser a ser espoliados…

  11. sakura says:

    off topic…. sorry all

    nem sei qual ´e o prtocologo usado mos atm s ….

    eu so uzo tcp ip and cisco soft .
    winsharkkkkkk .

  12. Jean says:

    Em minha opinião, qualquer crime, como o ataque cibernético de ontem, deve ser repreendido seriamente pelas autoridades policiais.

    Por outro lado, como usuário de sistemas de e-mail marketing, já fui várias vezes prejudicado pelos bloqueios autoritários e inconstitucionais dos meus endereços de e-mail e domínios de internet impostos por ‘empresas’ como a SpamHaus, Barracuda, etc..

    Parece que o maior objetivo destas ‘blacklists’ é proteger as grandes empresas que monopolizam o mercado de e-mail marketing, cobrando preços exorbitantes que chegam a custar 10 vezes mais do que um preço razoavelmente justo.

    Como resultado, pequenos empreendedores, como eu, que tentam fazer seu próprio e-mail marketing, se tornam reféns destas empresas e têm suas iniciativas privadas limitadas por critérios de bloqueios que no mínimo são obscuros, pois além de não serem transparentes, são praticados arbitrariamente e sem aviso prévio, sem proporcionar a menor chance de defesa e nos impedindo de entregar e-mails legítimos.

    Portanto, por uma internet sem monopólios e mais democrática, sou a favor que empresas como a SpamHaus também sejam investigadas para se verificar se não há a existência de práticas criminosas, como abuso de poder.

    Afinal, monopólio é um crime tão prejudicial à sociedade quanto o terrorismo cibernético!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.