Quantcast
PplWare Mobile

Nunca mais se esqueça do leite!

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Ana Narciso


  1. João Santos says:

    Este é um serviço muito interessante. Acabei agora mesmo de me registar e gostei principalmente da integração que este tem com o Gmail. Recomendo.

  2. Alexvf says:

    Tenho um pequeno blog (em inglês) apenas sobre este tipo de serviços (Web 2.0).
    Para além de ter escrito um pouco sobre o “Remember the Milk” – um dos melhores do seu tipo – escrevi sobre outros concorrentes. Se estiverem curiosos podem dar uma vista de olhos aqui. Basta clicarem na categoria “to-do lists”.

    Abraço.

  3. Samuel says:

    Também me inscrevi há pouco e instalei o add-on do firefox para ter ligação com o Gmail.
    Vai ser um serviço muito útil de certeza. Recomenda-se!

  4. Ana Narciso says:

    @Alexvf
    Gostei do teu blog!
    Porque não falares um pouco sobre ele no nosso fórum, na secção “Tesourinhos da Web”? 😉

    http://forum.pplware.com

  5. Redux says:

    Só uma questão…

    Não têm preocupação relativamente a quem tem acesso aos vossos dados?

    Digo isto porque recentemente o Google anulou-me uma conta do AdSense, e informou-me que não me podia dar detalhes sobre essa anulação para proteger o sistema deles. Fiquei chateado não por ter perdido uma quantia irrisória de anúncios, mas pela falta de transparência! Realmente nas “letrinhas pequeninas” tem lá que podem anular a conta quando bem entenderem (embora isso não seja propriamente correcto).

    Então perdi algum tempo a ler as “letrinhas pequeninas” dos contratos dos serviços online… E encontrei coisas interessantes, tal como os arquivos que recebemos no Gmail podem nunca ser definitivamente removidos dos servidores do Google (mesmo que a nossa conta seja removida), etc.

    Confesso que fiquei preocupado com a muita informação que por exemplo o Google (e todos os outros serviços online) ficam sobre nós! Ficam a saber o que fazemos e quando fazemos (Google Calendar), quem e quando visitam o nosso website (Google Analytics), o que pesquisamos (Google Search), os nossos contactos (Gmail), o que compramos e vendemos (PayPal), os nossos documentos (Google Docs), os vídeos que vemos (YouTube)…

    Claro que não vão perder tempo caso a caso, mas têm informação suficiente para estudarem tendências de áreas de mercado, ou de comunidades, e usarem essa valiosa informação em proveito próprio. Se uma empresa vos telefonasse a pedir a vossa agenda, os vossos contactos, os vossos documentos, os vossos e-mails, as estatísticas dos vossos websites, o extracto da vossa conta bancária… vocês certamente não davam! Então porque é que dão toda essa informação ás empresas de serviços online?

    Bem, desculpem a extensão do comentário, mas realmente é uma situação que me deixou a pensar…

    Abraços!

  6. Excelente dica.Aconselho este tipo de gestores online para organização do quotidiano. Utilizo um semelhante e facilita imenso o dia-a-dia.

    @ Redux

    Ponto de vista muito interessante. De facto o poder do Google cresce a um ritmo assustador.

    Cumprimentos

  7. Redux says:

    Já agora só mais uma coisinha: não há maneira de “fugir” a esta monitorização.

    Mesmo que seja só o “utilizador az2938”, sem qualquer serviço por exemplo na rede Google, está a informar o Google que você, o “az2938 do IP 127.0.0.222”, visitou o blog X do blogspot.com, depois pesquisou por Y no Google ou associados, visitou o site abc.com durante 12 segundos (que utiliza Google Analytics), depois o def.com durante 27 segundos (que também utiliza Google Analytics), e finalmente viu o vídeo funny_dogs no YouTube, às 23h47, a partir do seu Windows XP com o Firefox 2… Sem querer, já revelaram muitos dados às empresas de serviços online.

    Já pensaram se isto acontecesse na vida real? Sempre que abrissem uma revista, apontavam a hora a que a abriam, as páginas que liam, quanto tempo demoravam a ler cada página, que óculos usavam… E depois relacionassem isto com todas as outras revistas e jornais que lêm, e os programas de televisão que viam, as estações de rádio que ouviam e os livros que liam… é informação a mais não acham? Mas quer queiramos quer não, esta informação é toda recolhida pelos serviços online.

    Abraços!

  8. Redux says:

    Desculpem estar a alongar esta temática, mas deixo-vos só um conselho útil: percam um bocadinho de tempo a ler todos os termos de utilização dos serviços online que utilizam diariamente. E pensem que os serviços podem ser grátis, mas quanto vale a vossa privacidade e os vossos dados?

    Vejam só este excerto dos termos de utilização do Gmail:
    “You may organize or delete your messages through your Gmail account or terminate your account through the Google Account section of Gmail settings. Such deletions or terminations will take immediate effect in your account view. Residual copies of deleted messages and accounts may take up to 60 days to be deleted from our active servers and may remain in our offline backup systems.”

    Basicamente estão a aceitar que o Google pode ficar com cópias dos vossos e-mails, mesmo depois de terminarem a conta. Já tinham pensado nisso?

    Mas há mais:

    “Também poderemos utilizar informações pessoais para fins de auditoria, pesquisa e análise no sentido de operar e melhorar as tecnologias e serviços da Google.”

    Basicamente uma pessoa está a aceitar não só a que o Google tenha acesso a todos os nossos dados, como está também a aceitar que fique com eles para sempre, e os use como entender para “melhorar os serviços prestados”… assim não admira que o Google ganhe milhões à custa de serviços gratuitos… tenham é cuidado e leiam todos os termos com atenção!

    Abraços!

  9. @Redux

    Não te preocupes com quem legalmente tem de escrever muita coisa para não ser acusado por tentar perceber quanto tempo perdes num site numa determinada página…

    Talvez seja um bocado defensor do Google, mas simplesmente porque nunca me fizeram nada de mal (que eu tivesse conhecimento, pelo menos).

    Lê os Termos do Windows e aí sim, preocupa-te… mas lê mesmo.

  10. @Reddux

    A não ser que trabalhes para uma agência secreta, não vejo motivo para preocupação. Como vês nos Termos de Uso do Gmail:

    «We will not use any of your content for any purpose except to provide you with the Service.»

    Algo como, «não iremos utilizar qualquer tipo de conteúdo seu a não ser para lhe prestar o serviço».

    A informação que é processada é a que introduzes durante o registo para uma Google Account. Para além do que está contemplado na Política de Privacidade, a informação pessoal não será vendida, emprestada ou sequer partilhada com terceiros.

  11. Ricardo Almeida says:

    Boas!

    Mas isto sempre envia por SMS ou não?

  12. Ana Narciso says:

    http://www.rememberthemilk.com/help/answers/reminders/smsnetworks.rtm

    Infelizmente, por cá ainda não está disponível para nenhuma operadora.

  13. Redux says:

    @Ricardo Ferreira
    Os termos do Gmail chegam a contradizer-se. Dizem que não utilizam os nossos dados para mais nada a não ser para prestar o serviço, mas também dizem que podem utilizar os dados para fins legais, que podem transferir os dados para outros países além dos Estados Unidos (ficando aí sujeito às leis desses países), dizem que podem alterar a política de privacidade de tempos em tempos, e que podem utilizar os dados para auditoria, pesquisa e análise…
    Além de que o facto da informação não ser vendida, partilhada, etc., é relativo, mais tarde, se o Google perder o seu poder e for comprado por outra empresa, os dados passam a pertencer a essa nova empresa (seja ela qual for), e podem alterar os termos de utilização se assim entenderem, e os vossos dados continuam lá, mesmo que terminem as contas.

    @Bruno Bernardino
    Eu nunca poderei acusar formalmente o Google de nada, porque não tenho acesso a nenhum dado deles (ao contrario deles, que têm imensos dados meus). Eu nunca poderia acusar o Google de ler os meus e-mails, ver a minha agenda, consultar os meus contactos e as minhas pesquisas, etc, porque não tenho acesso a qualquer informação do que se passa internamente na rede Google. Se eles anulam uma conta e nem indicam exactamente a razão específica para o fazerem (e estamos a falar de assuntos comercias, que envolvem dinheiro), e não fornecem sequer os dados em que se basearam para terminar a conta, logicamente que também não vão dar qualquer informação sobre o tipo de tratamento que a informação recolhida tem.
    Eles não precisam de escrever nada para justificar o acesso seja a que informação for, porque ninguém sabe se eles acedem ou não a essa informação.

    O que me faz alguma confusão, é que toda a gente confie no Google e não se importem que o Google tenha toda a informação que quiser, porque acham que o Google é “boa empresa” (no sentido de “boa pessoa”). Como os serviços são grátis, não faz mal nenhum partilharmos todos os dados da nossa vida e as informações das nossas empresas com o Google (fotos, vídeos, documentos, dados pessoais, e-mails, contactos, agendas, tarefas, etc.)! Porque eles são bons rapazes e vão tratar bem dessa informação…

    Abraços!

  14. Rui says:

    Podem argumentar que os dados só ficam inofensivamente no sistema armazenados e que não lêm os emais, mas façam uma experiencia simples… De uma conta vossa para outra (assumindo que todos têm pelo menos duas contas e uma delas tem anuncios do google, o gmail por exemplo) enviem diversos mails com temas variados… Ex jogos de computador, abram uma página de qualquer site de noticias de jogos de computador e copiem algum texto, e façam o mesmo com um anuncio a casas, ou automoveis e vejam como os anuncios do google em cima e em baixo se alteram de acordo com o mail que receberam. isto funciona mesmo em português (em ingles é melhor).

    Com isto a google não pode dizer que não lê os emails… é lido de forma automática é certo mas estão a ser analisados e catalogados…

    E já que se fala de informação segura no google procurem onde para o serviço maravilha do google, onde deverias por todo o historial clínico… aí sim leiam as letras tamanho 6 e fiquem escandalizados

  15. @Redux

    O que acontece com a Google, acontece com qualquer empresa. Qualquer empresa pode alterar ou seus termos de uso a qualquer momento sem ter de notificar os utilizadores. Qualquer empresa se compromete a colaborar com as autoridades, revelando os dados necessários. É algo que não podes evitar. E achas que se os serviços fossem pagos terias mais privacidade? Claro que não!

    Até te digo mais, se tentares entrar em contacto com a Google, é o mesmo que estares a “falar pro boneco”, achas mesmo que eles andam a aceder à informação de cada utilizador? O tratamento da informação é feito de forma automática.

    Mais uma vez digo que, para o utilizador comum, não há que recear.

    PS: Podes continuar esta discussão no Fórum Pplware:
    http://forum.pplware.com

  16. zEs'78 says:

    Excelente Aplicação 😛
    Vou experimentar…

    Cumpz!
    http://ano3mil.net

  17. zEs'78 says:

    Redbux, acerca do teu primeiro comentario.. também podes acrescentar que sabem onde moras e a casa dos teus amigos ou familiares.. Google Earth.. xD

    cumpz!

  18. gui says:

    nao tens o serviço desponivel directamente por sms, mas podes sp usar o twitter para isso

  19. Acho o programa interessante… Mas a verdade é que o Google – mais exactamente o Gmail – já dispõe de uma “agenda” que faz tudo o que o RTM faz. Confesso que abri a conta, mas a verdade é que vou continuar a usar a “agenda” do Gmail – quanto mais não seja para não ter de reescrever as tarefas, aniversários etc.

  20. Relativamente ao Redux, acho pertinentes as suas preocupações. Mas a verdade é que o “Big Brother” já está instalado há muito tempo (vais a uma caixa multibanco e fica a tua imagem registada, por exemplo…). De certo modo, e sem querer desvalorizar as tuas preocupações, faz-me lembrar a alimentação: a carne tem hormonas, o peixe tem metais, os legumes e as frutas têm pesticidas… Comer o quê? Na informática, é parecido. A não ser que sejas capaz de indicar um servidor absolutamente inócuo e de confiança a toda a prova.

  21. Paulo39 says:

    De facto, é um serviço excelente, principalmente para pessoas que têm necessidade de ter tudo muito bem organizado e planeado, como eu xD.

    No entanto, tenho uma questão para vos colocar: Era perfeito se houvesse forma de sincronizar o RTM com o gestor de tarefas do Thunderbird, com o Lighting + Google provider.
    Sabem de alguma coisa??

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.