Quantcast
PplWare Mobile

MAPiNET bloqueia site sem qualquer fundamento (outra vez)

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Ru1Sous4 says:

    A questão é, não existe consequências legais por este tipo de acções?

    • Carlos says:

      Achas?
      Claro que não! Se houvesse não o faziam.

    • Daniel says:

      Isto deveria de ser assim: por cada dia que um site esteja bloqueado incorrectamente a conta bancária de todos os membros é bloqueada (congelada) por um mês, sendo que mesmo que um site só esteja bloqueado uma hora corresponde a um dia (seja 5 segundos, seja 23h59m).

      Aí é que se iria ver essa associaçãozeca a ter cuidado com o que faz.

  2. Carlos says:

    “movimento cívico” é muito bom.

    Mas isso quer dizer que qualquer grupo de pessoas pode obrigar os fornecedores de Internet a bloquear qualquer site que lhe apeteça desde que dê a desculpa de haver uma violação dos direitos de autor? Hmmm… Isso parece-me boa ideia…

    E ainda, isto só acontece porque em Portugal a Justiça não funcionava. Num país onde funciona os moços do MAPiNET levavam com um processo em cima tão depressa que até andavam de roda. Aqui? Aqui ficam impunes.

    • José says:

      Deixar a Justiça nas mãos de privados é, perigosíssimo! No fim de contas estes tipos agem como policias e juízes, sem dar contas a ninguém e em defesa de interesses próprios! É como a EMEL, uma empresa privada de estacionamentos, que andava falida há uns poucos de anos e agora anda a multar em Lisboa, como se fosse polícia e multa até automóveis, fora da estrada e em terrenos que não são do Estado, basta, estar fora do “parque deles”! Essa eu vi! Como vejo esta gente a tomar decisões, à toa sem controlo nem legitimidade e o nosso poder político anda a dormir! O problema é que os políticos têm interesses particulares nestas empresas. Esta tirania é, do mais inconstitucional que pode haver, vai contra todos os princípios consagrados na CRP. estas associações não servem absolutamente para nada, nem têm qualquer legitimidade, e no entanto eis um “acordo” como se fosse uma antiga coutada, onde estas criaturas agem como querem e entendem. Gostava de conhecer as razões para tal acordo, e não me falem em pirataria, termo que ELES adoptaram, essa é a desculpa mais imbecil de sempre para defender um capitalismo selvagem, desmedido e sem controlo. Não alterei até hoje o DNS, mas agora fiz. Ninguém me pode impor um crime que não cometi, muito menos uma associação de interesses privados, para destas associações, a única que conheço e age desta forma chama-se máfia!

    • Vasco says:

      Apetece denunciar o site da MAPiNET com a indicação de que eles violam os direitos de autor.

    • Vlad says:

      Não é só aqui que rolam impunes! Basta olhares sobre outros países da UE, EUA,… e ver que são a mesma coisa ou piores. O bloqueio de sites sem qualquer tipo de tratamento jurídico já acontece nos EUA à uns anos atrás e já estão fartos de bloquear sites legítimos.

    • Ha cada um... says:

      Mas olha a melhor….
      No site da passmusica tem um comunicado de imprensa que diz isto:

      O TRIBUNAL DA PROPRIEDADE INTELECTUAL RECONHECE À PASSMÚSICA O SEU DIREITO A
      AUTORIZAR OU PROIBIR A UTILIZAÇÃO DE OBRAS EM ESTABELECIMENTOS DE
      RESTAURAÇÃO E BEBIDAS ATRAVÉS DE RÁDIO E CANAIS DE TELEVISÃO
      (…)
      sustenta que a utilização de música, mesmo que
      provindo de emissão de estação de rádio sintonizada num aparelho existente num
      determinado estabelecimento de restauração e/ou bebidas, não deixa de constituir
      comunicação ao público ou execução pública, pelo que carece de autorização dos respectivos
      produtores e respectiva remuneração a estes e aos artistas

      So neste pais… Como se o passar musica na Tv ou na radio as pobres coitadas das editoras ja nao comessem o seu… Mas como a Passmusica e os seus amigos da MAPINET nao comeram, ha que tentar a todo o custo xular o seu… So neste pais…

  3. migas says:

    CENSURA PURA!!!

  4. Tecnical says:

    Posso estar enganado, mas este acordo que permite o bloqueio indiscriminado de qualquer site, ainda vai dar que falar.

  5. Diogo says:

    Existem sites bloqueados em Portugal? 😮
    Não tinha reparado… Deve ser por ter trocado de DNS 😛

  6. Jorge says:

    Abriram a caixa de Pandora….

  7. Jose says:

    Estes senhores da mapinet são uma verdadeira anedota

  8. Francisco says:

    Não investiguem os sites que não é preciso -.-

  9. já vem tarde a ideia says:

    surgiro então que se fassa um ddos attack a esse tal site para que nao censurem e nao estejam abloquear a torto e a direito e tambem nao abusem do poder. lol

  10. Renato says:

    Vergonhoso….

  11. Jsp says:

    Opa ja começa o bloqueio de sites sem razão. Daqui a uns tempos é o bloqueio de blogs e sites que falam mal do governo ou que denunciam a corrupção com a justificação que não tem licença para falar do governo e afins.

  12. Francisco Gomes says:

    Já faltou mais o regresso ao 24’Abr’74, à CENSURA PRÉVIA, lápis azul & companhia… Ou vcs ainda sonham que esta coisa é uma “democracia”???

  13. Fernando Costa says:

    A MAPINET começa a ser como a antiga censura,eu apenas continuo sem saber como sem haver uma ordem de um tribunal se bloqueiam sites a seu belo prazer, pois como já li varias vezes qualquer dia só por não se gostar do conteudo de algum site, lá vem bloqueio.
    “A bancada parlamentar do BE vai solicitar ao Governo a extinção do memorando que permite bloquear o acesso a sites piratas sem o recurso a uma decisão judicial.”( Retirado de uma noticia publicada na exame informática), pessoalmente acho que é a melhor opção, porque entre partilha e pirataria vai ainda uma grande diferença.

  14. BlinZk says:

    É uma vergonha, as operadoras serem obrigadas por lei a bloquear conteúdos aos seus clientes, que pagam por um serviço de acesso sem restrições! Isso sim, é uma violação do contrato que as operadoras são obrigadas a fazer, por ordem de um tribunal!
    Só é legitimo penalizar quem infringe! E portanto, se acham que o “criminoso” é quem publica, tem que encontrar formas de o penalizar sem que as operadores tenham que restringir o serviço que lhes é pago pelos seus clientes!

    Agora, se X ou Y é crime ou não, isso já é outra história!

  15. joao figueira says:

    paginas amarelas = 8.8.8.8 ou 8.8.4.4 done.

  16. atento says:

    Eis a prova que “eles são os donos disto tudo” e só estão interessados nas negociatas e serem eles a negociar com os artistas e não aceitam concorrência…
    Isto não é nenhuma associação/entidade que defenda os direitos dos artistas.
    Espera-se que agora um determinado numero de cidadãos apresente nas entidades próprias com queixa sobre estes senhores, inclusive nas entidades próprias europeias.
    Vergonha de país e de povinho que deixa criar estas empresas parasita apenas para os tachos…

  17. zé povino says:

    d d o s a t t a c k
    a esse site

  18. Truth says:

    Metem campónios mais ignorantes que um puto de 10 anos a “regular”… Estão a espera do que?

  19. Devinex says:

    Alguma associação ou entidade que possa travar este tipo de bloqueios? Como é que fazemos para ter leis como as que são associadas à Suiça?

    • Daniel says:

      É levar a tribunal, basicamente. Quanto à segunda parte, é fazer abaixo assinados atrás de abaixo assinados para que a situação seja discutida em plenário na Assembleia da República.

  20. zé povino says:

    kcattasodd a esse site, leiam do inicio para o fim

  21. BajayzuzTheBeast says:

    The amount of f*cks i give depois de trocar o meu DNS = 0.
    Bloqueiem a net toda PT se quiserem. Quando forem alvo de queixa de censura avisem, até lá vou para a baía dos piratas apanhar sol. See ya.

  22. mrshanly says:

    Não percebo como é que bloqueiam páginas sem qualquer referência a legislação em vigor ou a qualquer decisão judicial… como é que a pessoa responsável pela página é obrigada a cumprir uma sentença que não conhece e cujos fundamentos não pode controlar e s não foi tida nem achada nisso? isto é completamente abusivo…

  23. Antonio says:

    Mas afinal que organização (MAPiNET) é esta e de onde lhe vem a legitimidade para fazer o que tem andado a fazer?

  24. Dinis Coelho says:

    Dns da Google, obrigado por me salvares dos dramas deste país…

    • Alucard says:

      A mim foi-me recomendado usar o OpenDNS da Cisco. Alguém aqui usa?
      Entre confiar toda a minha navegação à Cisco ou à Google, estou mais inclinado para a primeira.

  25. Dantas says:

    Daqui a uns anos ficamos iguais à China… só falta impor o sistema operativo!

  26. joao says:

    Mas estes gajos da mapinet ainda nao perceberam que tao a fazer um trabalho em vao? Andam meses a reunir sites e blogs para bloquea-los e depois no nosso lado é so alterar um dns que demora 10segundos. Tantas pessoas a ganhar ordenados para que? Quem os paga? Tanta gente a passar fome e estes gajos nem devem saber o que é uma vpn , ou proxy e devem ganhar balurdios. Eu tinha vergonha de fazer um trabalho destes, ainda por cima ja andam a bloquear sites que nao têm nada a ver com pirataria. Eu falo por mim, antes de estes palhaços aparecerem ja eu usava os dns da google há muito tempo.

    • sómaisum says:

      Mas desde quando é que é em vão? Se livremente bloqueiam o acesso, ou melhor, o reedirecionamento a determinados sites, brevemente bloqueiam tudo, e esse é o grande problema, não é como saber dar a volta, é a liberdade com que eles fazem isto

  27. 3nvy says:

    É mais do mesmo, eles agora andam a fazer “publicidade” a ver se ganham uns trocos lol.

  28. N.Silva says:

    http://www.mapinet.org/site/index.php/legislacao , por isso é que fazem mais ou menos como lhes aptece… 😛

  29. Wistfultale says:

    Acho muito bem bloquearem e tentarem acabar com a pirataria pela raiz. Agora, daí a bloquear páginas que se limitam a divulgar artistas? Pela amor de Deus… Então quer dizer, eu estou prestes lançar-me no mundo da música, irei lançar um Single de graça (sim, 100% grátis!) no meu site. Será que irei ser bloqueado? Era o que mais me faltava…

  30. Miguel Sousa says:

    Já não é só o 2… 4 fóruns que usava para conhecer as aplicações gratuitas da Google store, foram bloqueados, porque não se pode usar instaladores externos aos telemóveis/tablets. Incluindo um aviso que tablets android eram perigosos para os utilizadores, principalmente se andasse a instalar aplicações através de pens usb. (basicamente uma publicidade à Apple que só permite instalações a quem tenha internet nos seus dispositivos)
    E nem vale a pena reclamar… porque ainda se levam respostas más e ameaças de serem processados por 50 milhões de euros, como aconteceu ao que mantinha um dos fóruns.

  31. Bruno says:

    MOVIMENTO CÍVICO
    ANTI PIRATARIA NA INTERNET
    COMBATER A PIRATARIA É UM SINAL
    DE CIVILIZAÇÃO E CULTURA

    É o que está no site deles… Civilização e cultura??? Movimento civico???? Ainda por cima tem o patrocinio da TVI e da SIC!!!!!Ver mais abaixo no site deles…

  32. Paulo Santos says:

    Ponto 2º de Objjectivos (deles)
    “- Combater a pirataria na Internet, através da dinamização de uma atitude responsável por parte dos utilizadores”

    Contradizem-se logo com uma acção destas. Façam o que eu digo não façam o que eu faço, deve ser o lema deles….

  33. tiago says:

    Só gostaria de perguntar a esses senhores da MAPiNET onde, para eles, começa a pirataria… mesmo curioso de saber a resposta deles… e dps só lhes dava este caso… “explique-me então porque uma semana antes de ser lançado oficialmente no mercado, o Win98 já se encontrava na net para sacar?” 😉

    Oh MAPiNET cresce e aparece…

    • José says:

      De lado algum! Nem quem lhe deu a permissão o fez à luz de um documento que rege toda a sociedade e deveria ser sempre a orientação desta; A Constituição da República Portuguesa.

  34. João Costa says:

    Uma vergonha.

    Muito difícil compreender como é que conseguem fazer uma coisa destas. É muito estúpido bloquear conteúdos do youtube, vevo, spotify, entre outros. Tendo a compreender o resultado negativo para os artistas , mas bloquear desta forma, é como prender preventivamente todos os que têm carros que conseguem ultrapassar os limites de velocidade.

    O mercado está a mudar e os operadores, e intermediários do vídeo e música têm tendência a desaparecer. Não sei se é bom ou se é mau, mas entendo que este movimento é uma espécie de tentativa de sobrevivência desajeitada.

    A seguir fazem o quê, bloqueiam os servidores de DNS do google, ou do opendns? E depois o site do PS, PSD, CDS, BE, PCP, etc. E finalmente ficamos com a interntet de antigamente, antes de 1973… há… pois… não havia.

    A todos, Mudem os servidores de DNS da vossa configuração:
    http://www.howtogeek.com/164981/how-to-switch-to-opendns-or-google-dns-to-speed-up-web-browsing/
    Google DNS
    Preferred: 8.8.8.8
    Alternate: 8.8.4.4

    OpenDNS
    Preferred: 208.67.222.222
    Alternate: 208.67.220.220

    • Alucard says:

      Obrigado pelo tutorial, muito útil. De facto demora apenas um minuto ou menos a fazer a alteração. Já não estamos no tempo de lápis azuis e censura e o OpenDNS acabou de ganhar mais um utilizador.

  35. Jorge says:

    Também gostaria de perguntar a estes senhores da MAPiNET , onde começa a pirataria?
    – E já agora, assinem e partilhem esta petição: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=AC1990

    • Sergio says:

      A ACAPOR já está extinta e já foi fechada a imenso tempo deu falencia procura no Google Noticias, o pior é que essa assinatura também já é antiga.. não faz qualquer sentido! Informem-se.

  36. seco says:

    Quando é que vão por na cabeça que este tipo de bloqueios nada tem a ver com a pirataria mas sim com a censura que se está a querer implementar na net? Isto é só uma desculpa desonesta.

    • NT says:

      Naaaa vamos é lutar contra o terrorismo! Ver o BigBrother ou a quinta que isso é que é cultura!
      E trabalhar a 2 cêntimos por hora mas a descontar para o ‘estado’ 1 cêntimo, mais ,5 cêntimos para os ‘artistas’ e outros ,5 para o FMI.

  37. miguel says:

    Deve estar para breve bloquearem o youtube. Resolviam isso bem acabavam com internet, TV e radio de vez em portugal sim escrito com letra pequena e voltavamos a ler o jornal que eles aprovem antes de sair para as bancas.

  38. Miaggy says:

    Por menos ja vi sites de entidades a serem atingidos com LOIC em massa. A MAPiNET coloca-se cada vez mais a jeito de merecer um pouco do seu veneno…

  39. Romeno says:

    O “dono” da MAPiNET é o Dr. António Paulo Antunes dos Santos (e da GEDIPE – Associação para a Gestão de Direitos de Autor, Produtores e Editores e da FEVIP – Federação de Editores de Videogramas)
    Vão a publicacoes.mj.pt, pesquisem por MAPINET e vejam o documento da constituição.
    Aqui podem consultar o curriculum (págs. 8 a 12): http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR23543.pdf

  40. George Orwell says:

    Em
    http://www.mapinet.org/site/index.php/artigos-noticias/25-assinado-um-acordo-que-simplifica-o-bloqueio-de-sites
    pode ler-se o seguinte:
    “…este memorando que acaba por ter contornos pioneiros na Europa, onde não existe nenhum caso tão claro de auto-regulação. O bloqueio de DNS está em vigor no Reino Unido, mas obriga a ordem judicial,…A solução excelente seria ter a legislação do nosso lado, mas acreditamos que o Estado não tem de ser o regulador de tudo e sim ser uma parte e patrocinar estes acordos”

    Do acima reproduzido ficamos então a saber que eles sabem que não têm a legislação do seu lado. Mais, pasme-se, são pioneiros na Europa ! Eu até diria que são pioneiros no mundo inteiro pois conseguem ter poderes extra territoriais ou universais que lhes permitem bloquear o acesso da universalidade dos cidadãos portugueses a sites com domínio ou localização do servidor, por exemplo, nos USA.

    Os atrasados bretões do país da Magna Carta e do Bill of Rights que lançaram os fundamentos do moderno estado de Direito não prescindem de uma ordem judicial ! Que coisa estranha!! Suspeito que os USA dos pais fundadores que legaram a Constituição americana ainda vigente também não prescindam.

    E como o Estado não pode regular tudo, aí estão eles para regular o que o Estado não pode ou não quer regular, presumivelmente ungidos por algum poder sobrenatural acima do escrutínio universal e directo que deu maioria parlamentar com poderes constituintes para inscrever os direitos fundamentais da Constituição da República Portuguesa que garantem ao cidadão o direito de defesa, de livre expressão, direito ao conhecimento do fundamento das decisões administrativas, divisão de poderes e recurso aos tribunais, uns meros percalços pelo caminho, nada que uma boa e inovadora “auto-regulação” não possa ultrapassar.

    Que pioneiros “auto-reguladores” são estes ?? Ainda vão ganhar um qualquer Prémio Nobel !

  41. Pedro H. says:

    Creio que o Mapinet deveria bloquear o acesso a outros sites, passo a listar:
    Google: Contém links para artigos e documentos protegidos por da’s.
    Youtube e similares: mesma razão de cima

    Bem… Se calhar todos os sites de notícias que não produzam conteúdos próprios, sendo um deles por exemplo, a Wired que de vez em quando manda uns artigos de outras fontes ( devidamente mencionadas claro, se têm autorização não sei… )

    Se calhar os sites de receitas também deveriam ser bloqueados porque copiaram a receita de arroz doce da minha tia-avó ( sarcasmo here ) e provavelmente todos os sites de artes marciais cujos autores certamente “copiaram” as técnicas de grandes mestres do passado…

    Ahhhh… Eu podia continuar mas a lista é demasiado longa… LOL…

    Se calhar certas pessoas na Internet deveriam mandar abaixo o site da mapinet de vez, ou pelo menos durante algum tempo, mas se calhar é melhor não, não vá eles fazerem-se de coitadinhos…

  42. Limonada says:

    Ninguem mete a mão nestes gajos da Mapinet?

  43. Nuno says:

    Já foi à algum tempo que apareceu um tipo dessas associacoes a aceder com uma pinta do caneco ao “novo” btuga,o btnext.
    Ora quem era utilizador do antigo sabe bem o jeito que dava,não tanto pelos torrents mas pelo fórum de inter-ajuda e sabia tambem que os valores em publicidade eram simpáticos.
    Este novo nao passa de uma copia e face ao crescente bloqueio de sites,imunidade do bt a estes e o acesso destes senhores a este site levanta-me a suspeita que o referido site pertence a estes,que o usam para obter lucros com publicidade (nada contra) e simultaneamente fazerem um phishig aos users registados..obtendo ips,operadoras,mails etc…Claro que podem sempre alegar a tal historia judicial mas relembro que tal foi com o btuga e nao btnext e parece-me ser so mandar areia para os olhos e deturpar a realidade.
    Experimentem deixar devo usar a ver se a mapinet nao fecha portas..
    Eu ja nao uso..antes viroses que me abrem a travessa do dvd a ter a maquina scaneada pelo trojan do mapinet.

  44. RM says:

    Só falta dizerem que 99.9% dos sites não têm qualquer licenciamento para operar […] em território Português!

  45. TrasMontano says:

    Alguém me pode informar com que legitimidade (base legal), este movimento opera?

    • João says:

      Nenhuma! Violam inclusive a Constituição, como já foi referido! Este é apenas um meio de interesses privados evitatem concorrência. Mas não passa de um gesto desesperado e ilegal, tanto deles com de quem os deixou fazer isto.

    • João says:

      Nenhuma! Violam inclusive a Constituição, como já foi referido! Este é apenas um meio de interesses privados evitatem concorrência. Mas não passa de um gesto desesperado e ilegal, tanto deles com de quem os deixou fazer isto.

  46. Bill Gaitas says:

    MAPINET sao um nojo… bando de pessoas que nao quer trabalhar e vive na era dos dinosauros.

  47. Adolfo Dinis says:

    e que tal porem a mapinet e o estado português em tribunal?

  48. nikov says:

    A melhor forma de protesto contra essa dita cuja associação mapiANTInet , é fazer download de tudo e principalmente ignorar esses prochenetas.

  49. NT says:

    Ficam as questões no ar…
    Por exemplo a SIC tem vários vídeos no sapo.pt, Será que ambos os sites têm os tais licenciamentos?
    E se formos a ver tecnicamente estamos todos “ilegais”. Porque hoje em dia todos nós temos um router em casa. Ora se o conteúdo, por exemplo, do youtube não é acedido diretamente pelo nosso computador, tem que passar pelo router certo? Que por sua vez passa o conteúdo para o nosso computador. Será que os isp’s estão a pagar ‘os licenciamentos’? E os ISP’s já têm a lista de ip’s que eles fornecem… Mas agora se os ISP’s desistirem de ter servidor dns e passarem a usar um dns de outro país? ou o da google?

    Já agora onde é que poderemos obter tais licenciamentos? E quais os custos?

  50. Gajos das IT's says:

    Vou só deixar isto aqui. O método profissional da MAPinet:

    https://vid.me/3Lp7

  51. Krasy says:

    isto tem apenas um nome Caça ás Bruxas!!!

  52. André says:

    Gostaria que este fosse bloqueado: http://www.mapinet.org/site/

  53. joao silva says:

    a internet conforme a conhecemos tem os dias contados. em breve não será necessário operadores nem servidores. cada aparelho será um servidor e cada pessoa um operador.

  54. Agora says:

    Aonde andam agora os Anonimous ?
    We need yoy :-0

  55. pedro silva says:

    Esta é a mesma história da taxa que colocaram nos dispositivos de armazenamento… entidades sem qualquer estatuto legal, deontológico ou sequer idoneidade que se aproveitam ocultando-se em argumentos vagos. A minha empresa deixou de comprar – com muita pena das empresas nacionais – dispositivos de armazenamento em Portugal dado o aumento de quase 30% que isso significaria no nosso orçamento para esses dispositivos ao final do ano (sobretudo DVDs, Blu-rays e cartões de memória).
    Este caso é ainda mais grave quando se trata de uma acção ilegal. O facto de não haver contrato não interessa pois os artistas e editoras têm controlo sobre as geografias nas quais disponibilizar os conteúdos. Só eles o podem bloquear se assim o desejarem e não uma qualquer auto-intitulada entidade de interesses próprios.

  56. Fernando "Eagle" de Sousa says:

    Acho esse um caso de autoritarismo, caso não tenha havido pesquisa anterior para que se saiba a origem do conteúdo, e é claro que deve haver sempre o princípio da ampla defesa e do contraditório.

  57. Risca says:

    E falando em sites bloqueados, alguem me sabe explicar o porque de este tambem estar bloqueado?

    http://www.bankrollmob.com/

    Estando num país livre, qualquer dia a net em portugal é só para ler as noticias que eles querem.

    ….

    Venha o fim de semana, para ver o futebol hehehe

    querem, mas não conseguem

  58. Ha cada um... says:

    A situaçao aqui e simples…
    O site é legal, tem conteudo legal, mas como eles nao encheram o bolsinho ja é ilegal.
    Isto é o tipico desta “associaçao” que:
    – Ate tens pirataria mas pagas a comissao deles : Tudo OK
    – Tens um site legal mas nao lhes das a comissao deles (porque legalmente nao o tens que dar): Site pirata

  59. Dino says:

    A situação é simples chegará uma altura que os pardais irão cair do ninho.
    Quando o Povo Revoltado começar a fazer justiça pelas próprias mão esses arrogantes deixaram de pensar que são intocáveis, Não querem acreditar mas quando alguém começar a fazer vingança mas com cabeça e pé isto tudo muda . Bloqueiam para mostrar serviço e para se gabarem aos seus círculos de amigos que são uns Heróis uns salvadores da Pátria … que na realidade quase toda a suas vidas não passam de uns vermos que se acostumaram aos taxos

  60. Luis M.A. Rodrigues says:

    È impressionante, como autênticas associações de malfeitores conseguem dentro do quadro legal manipular a legislação a favor do próprio bolso, como é ocaso da lei da cópia privada, eu utilizo varias pens para documentos privados e cada vez que compro uma tenho de contribuir para esses ladrões, agora já vão ao ponto de bloquearem sites legais sem uma decisão judicial, isto é pior que no tempo do índex.

  61. Carlos says:

    A questão de fundo é: Privados a tomarem medidas, reservadas a tribunais. Não sei até que ponto isto constitui ou não um crime publico e se o for, o Ministério Público é obrigado a investigar, mesmo que ninguém tenha feito queixa.

    • Alucard says:

      É pelo menos a meu ver, manifestamente inconstitucional. Mas para o Tribunal Constitucional analisar é preciso que haja um certo número de deputados a requerê-lo. Se fossem subvenções e outras mordomias de políticos…

      Temos uma justiça lenta e disfuncional e depois temos leis especiais para grandes empresas e grupos de interesse fora do quadro judicial. Este é um exemplo, outro é o que a NOS usa para fazer penhoras dos bens em dívidas de baixo valor sem a pessoa ser formalmente notificada nem presente a um juiz (vejam o Sexta às 9 de ontem). Ou as concessionárias das auto-estradas que tem acordos especiais com a Autoridade Tributária para ser a máquina do Estado a encontrar os seus devedores às nossas expensas. Porque os tribunais funcionam mal, mas as Finanças conseguem sempre esmagar o cidadão. Dizem para aí que vivemos num Estado de Direito, eu até me rio.

  62. Carlos says:

    A SIC e TVI são membros da Mapinet, porque não começar logo por atingir e deixar de ver estes dois lixos televisivos que são estas escórias de canais de TV?

  63. J says:

    Este bloqueio de sites é ilegal. Ainda por cima é um grupo privado. Existe um acordo que mt gente nao sabe, mas se por acaso um site que eles fechem apresentar queixa e o casa vai a tribunal e têm de indemnizar o site quem paga são as editoras. Isto so vai acabar qual o povo se mexer

  64. Bruno says:

    A União Europeia vai acabar com este tipo de bloqueio, alem de serem ilegais prejudicam os ISP’s, esta MAPINET está com os dias contados visto hoje em dia ser tudo via cloud, vá bloqueiem o dropbox, mega, Drive, iCloud e por ai fora.

  65. Alípio says:

    Cuidado com o que aqui dizem! Olhem que essa gente ainda fecha o site!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.