Quantcast
PplWare Mobile

Flutter: A revolução mobile da gigante Google

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Asdrúbal says:

    Para quem que desenvolver para a WEB ou MOBILE, alem das alternativas apresentadas (e outras) recomendo vivamente a plataforma low-code OutSystems que é duma empresa portuguesa com provas dadas pelo mundo inteiro, experimentem que vão gostar…
    https://www.outsystems.com/

    • Mario says:

      O performance das aplicações feitas em flutter não se compara a algo feito em outsystems.
      As aplicações que tive oportunidade de ver feitas em outsystems não são nada agradaveis. Para não falar que não temos a mesma liberdade em termos de UI/UX do que algo como flutter.
      Criar componentes, customizar e reutilizar é de longe mais eficiente no flutter.
      Outra coisa o flutter é free!

      • Asdrúbal says:

        A única coisa que consigo concordar contigo é que o flutter é free

        No resto não tens razão em nada do que dizes (performance? não são nada agradáveis? liberdade em termos de UI/UX? Criar componentes, customizar e reutilizar?) só estás a confirmar que não conheces nada de OutSystems…

        Alem disso, muito sinceramente, pensei que estávamos a falar em criar APPS profissionais
        Se te estás a referir que é para brincar então o flutter até pode ser “jeitoso”, mas não queiras comparar as duas coisas por favor

        • Rui says:

          Mas alguma vez uma linguagem de programação de alto nível, já para nem falar de outsystems, tem a mesma performance que uma de mais baixo nível?
          Não passa de publicidade.

          Outsystems é uma versão do Scratch para crianças maiores…

          • in21h says:

            Para crianças com muito dinheiro e pouco juízo 🙂
            tontos de modas, lmao

          • Carlos says:

            Ainda que a opinião do Asdrúbal pareça-me tendenciosa, não podemos considerar o Flutter um linguagem de baixo nível. Verdade que não existe a camada que proporciona o “Low-Code”, mas só por sí não faz do Flutter uma solução obviamente mais rápida. Honestamente ainda não se proporcionou meter “as mãos na massa” no Outsystem, por isso não vou opinar sobre performance e facilidade de trabalho, no entanto os valores de licenciamento conheço-os e não são nada simpáticos.

          • Asdrúbal says:

            Lá está o falar do que não se sabe…
            Outsystems não é uma linguagem de programação, é uma “linguagem” de prototipagem que gera código nativo -SEMPRE-

            portanto, à questão “tem a mesma performance que uma de mais baixo nível”, sim tem! pela simples razão que gera código nativo tendo por base linguagens de baixo nível

            E também não consigo perceber porque falam tão mal duma ferramenta produzida por portugueses, em Portugal e que está cada vez mais a substituir outras ferramentas de desenvolvimento entre as maiores empresas do mundo

            Procurem no google por “gartner magic quadrant low code” e vejam quem são os players neste mercado, e qual é a empresa líder no sector

            Quando não fazemos, é porque é típico do tuga, lá fora é que é bom
            Quando fazemos mal, é porque e tipo do tuga, lá fora é que é bom
            Se fazemos bem, então “é para crianças maiores” e vamos criticar… enfim…

          • Filipe Lopes says:

            Mas toda a gente tem que concordar contigo e dizer que é bom ? Dentro do seu segmento até pode ser, mas nunca na vida dá para comparar com uma aplicação desenvolvida à medida.
            Claro que Outsystems não é uma linguagem de programação, o computador não entende blocos e setinhas.
            Sim gera código nativo, mas como é “one size fits all” o código gerado fica pouco optimizado, devido às camadas de abstração envolvidas.
            Estamos avaliar a tecnologia, não o País que a produziu.

        • Infinity says:

          Chegas ao fim do dia e o que sabes de programação? arrastar bolinhas e entidades?

    • in21h says:

      lol, mais um que levou lavagem cerebral, aprende a programar e deixa-te de brinquedos caros.

  2. Rodrigo Feijao says:

    1. Flutter nao e’ uma alternativa ao React, e’ uma alternativa ao React Native.
    2. Muitos utilizadores preferem user Flutter? Quais as fontes? O mercado continua muito mais rico em RN em production do que Flutter.
    3. Flutter Web e’ a alternativa ao antigo Angular 1.x, que so vai ser adoptado por quem e’ saudoso dessa tecnologia e por quem nao se adaptou ao React ou Vue.

    • João Fonseca says:

      O artigo refere o React Native, contudo o Flutter é mais que o uma alternativa ao React Native e é uma alternativa a Framework React também.

      A linguagem dart foi a que mais cresceu em percentagem nos últimos dois anos

      O Flutter vai definitivamente ser uma alternativa superior ao React e ao vue pela sua performance e desenvolvimento nativo.

    • Pedro Gomes says:

      O repositório de Dart foi o que mais cresceu nos últimos dois anos no GitHub,e o repositório do flutter ultrapassou em stars o repositório da RN. Isto mostra a popularidade do flutter

    • David says:

      Ora nem mais, RN no mercado está muito melhor, umas quantas vezes mais vagas. Sem dúvida que seria melhor para apostar em RN que o flutter.
      E sim também gostava de saber estas fontes.
      Depois a referirem o invejável UI/UX da Reflectly. Daria para fazer uma cópia exata em React Native, não vejo o porque de referirem como flutter mas ok, o trabalho vem dos designers, que nem devem ter sido eles a desenvolver em flutter.

      • Pedro Gomes says:

        Ninguém discute o facto do RN estar mais presente no mercado que o Flutter. A verdade é que o Flutter esta a crescer a um nível mais rápido que o RN ou qualquer outra Framework.

        Em relação a aplicação Reflectly até podia ser reproduzida em outras linguagens, mas claro, a facilidade e a velocidade não são as mesmas.

        A capacidade do Flutter é largamente superior a do RN e o tempo até chegar a produção é muito mais reduzido.

    • Daniel Dias says:

      No Google Trends a nível mundial é bastante perceptível o crescimento do Flutter a nível de interesse:
      https://trends.google.pt/trends/explore?q=react%20native,flutter

  3. Joana says:

    Concordo totalmente com o artigo. O Flutter é o novo canivete suíço do desenvolvimento de aplicações, tanto web como mobile. Apesar de o React Native ainda estar em maioria, é uma questão de tento até o Flutter o ultrapassar e quem sabe até no futuro acabar com todas as Frameworks de JavaScript, visto que com o Flutter é possível fazer tudo.

  4. João Ribeiro says:

    A avaliar pela quantidade de questões colocadas no Stack Overflow, o Flutter está a ganhar terreno:
    (Stack Overflow Trends)
    https://insights.stackoverflow.com/trends?tags=react-native%2Cflutter

  5. Pedro says:

    O problema que encontrei com o Flutter, é a dificuldade em obter permissões “especiais” como por exemplo, o bloqueio do ecrã. Mas também foi há algum tempo, pode ter mudado.
    Apesar disso achei muito interessante e com o acrescentar de funcionalidades pode tornar-se numa excelente opção.

    • Nuno Monteiro says:

      Cada permissão agora é simplesmente uma linha de código adicionada ao info.plist (IOS) e podes obviamente editar o texto com uma simples por debaixo do pedido de permissão.

      Flutter é o presente e vai continuar a crescer pois ultrapassa largamente o poder do RN.

  6. Rui says:

    A performance do Flutter Web é bastante má.
    Nunca na vida trocava por React.

  7. Eu says:

    Ja trabalhei com RN, e fiquei super desiludido com a performance das apps 😡 Muito lag nas animações básicas.
    Outro problema são as constantes atualizações de dependências, nao ha paciência 😀

    Relativamente a performance e manutenção das apps, o pessoal que ja desenvolveu para flutter, o que acharam?

    • Fla says:

      Flutter é superior a RN em performance. A manutenção ainda é algo que o futuro dirá devido a estar tudo muito fresco, os problemas de manutenção, a existirem, aparecerão mais tarde.

      Na minha opinião isto é a primeira Framework multiplataforma que poderá eventualmente destronar o desenvolvimento nativo.

      Não estou a dizer, claro, que RN não é uma opção. Para projectos com custos reduzidos continua a ser uma boa opção para se desenvolverem apps, especialmente por ser JS que é algo em que se arranjam facilmente devs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.