Quantcast
PplWare Mobile

Empresas envolvidas na FIFA World Cup Qatar 2022 alertam para o risco de cibercrimes

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. Tiago Rodrigues says:

    Os maiores crimes já foram cometidos:

    Mais de 5mil mortos na construção dos estádios;
    Grande parte dos trabalhadores não recebeu;
    Quem reclamou/protestou foi deportado.

    Mesmo assim, nenhum seleção boicotou a sua presença no mesmo.

    Mundial da vergonha, do descaramento e dos desumanos

    Eu não vou ajudar à festa!
    Boicote total.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.