Quantcast
PplWare Mobile

29k FJN: A app portuguesa que ajuda na Saúde Mental

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Jonny says:

    É isso malta toca a instalar para partilhem os vosso dados pessoais.
    Isto até deveria ser crime publicar uma noticia destas num fórum ou blog ou whatever de informática.

  2. sempre na boa onda says:

    Que medo !

    Como diria o outro …

    Deus me valha !

    Isto é que vai uma crise , pro mental das pessoas !

    Saudinha !

  3. Ricardo Fonseca says:

    Sabem o que ajuda na saúde mental? deixarem de usar telemóveis e Apps, estão a tentar resolver com o próprio problema

  4. diogo says:

    Temos app para tudo, sempre a despachar dados pessoais!

  5. Nocode says:

    A todas as virgens ofendidas da partilha de dados,podem fazer opt-out de dados. Só acho piada que a malta que está aqui comentar depois cria contas em todo o sítio para sacar cenas ilegais e tvs piratas na esperança de que é tudo seguro e a clicar em tudo o que é vídeo do pornhub.

    É um facto que temos que partilhar dados para usufruir de certos serviços , uns para terem analítica para perceber utilização da app e perceber anonimamente os dados de forma a adequar o conteúdo. Outros usam-nos para sales funnel. Para o primeiro caso até concordo desde que seja anónima, a segunda oponho-me

  6. Micas says:

    O que faço:
    Para se conhecer melhor – olhar para o espelho logo de manhã
    Melhorar as suas relações interpessoais – ir ao café e conversar com os outros dando-lhes muita atenção
    Consciência plena das suas emoções – comparar as minhas reações com as dos outros
    Aumentar a autoestima – ajudar um cego a atravessar a rua conversando com ele, apoiar um sem abrigo
    Alcançar paz de espírito – ler Fernando Pessoa
    Melhorar o seu sentido de autocompaixão – comparar a minha vida com a de um emigrante norte africano
    Gerir os níveis de stress e ansiedade – não ver televisão, nem ler a imprensa sensacionalista
    Tornar-se mais consciente – deixar-me de fumos e outras drogas
    Sentires-te menos sozinha/o – sair à rua e falar com os vizinhos
    Resumindo: deixar-me de tangas e procurar ser um ser humano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.