Quantcast
PplWare Mobile

Zadira: Putin recorre a nova arma para tentar ganhar na Ucrânia

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. LA says:

    Ainda queimam o próprio armamento.

  2. :-) geek ??? says:

    propaganda…

  3. Joaquim Sobreiro says:

    O negócio de (todas) as armas vai bem. O da informação também. Não há motivos de preocupação, estes mesmos tratarão da nossa saúde.

  4. Stanley says:

    Os israelenses estão na frente no desenvolvimnto e aplicação prática desse tipo de armas a laser.

    Os russos podem até estar desenvolvendo essa tecnologia, mas se lambuzam tanto em corrupção que o projeto deve estar atrasado, e terão que usar chips de eletrodoméstico para funcionar (humor).

  5. Eu says:

    Os escudos com espelhos não repelem o laser?
    pelo menos é o que vemos nos laboratórios.

    • Mauricio says:

      depende do dielétrico do meio..
      Mas segundo as leis de snell, é quase impossível ter espelhos que não absorvam algo( no mundo real, é impossível).
      Ou seja há sempre perdas, mesmo dentro do próprio laser..
      E eu não estou a ver alguém nos campos de batalha com espelhos gigantes, a serem transportados como?de helicóptero?
      Não é pratico é é perigoso para ti, porque te transformas automaticamente num alvo gigante para o teu adversário no terreno..! 😀

      Pelo que li tem um alcance de pelo menos 1500 km..mas eu não considero o Zadira uma arma de guerra.
      É um projecto cientifico.
      Os Russos são muito bons em Física,Química, Matemática e Mecânica.
      Portanto teem todas as possibilidades de avançar os lasers para níveis incríveis..mas a corrupção também é alta..

      • eu22222 says:

        Um espelho que reflete cerca de 95% da luz deve ser capaz de proteger diminuindo a potência de aquecimento no local. E não precisa de ser um “espelho”, basta usar um qualquer material refletor.

  6. Sabe-se lá says:

    Então mas contigo é ver para crer?! E as vidas? A destruição que isso pode causar? Muita, pouca ou nenhuma…. Até pode ser tudo bluff e a Rússia não ter uma única bomba nuclear (é um exemplo…), mas vamos estar á espera de chegar a esse ponto? Estamos a falar do mundo! Da vida real!
    Isto não é nenhum jogo de computador que, quando dá m&%$a, dá-se um “Rage Quit” e começa-se de novo…

  7. Ru says:

    Gostavas de ver uma bomba em acção? Entusiasmado com armas?
    Sem (mais) comentários…..

  8. Secadegas says:

    Tentar? A sério, alguém acredita que a Ucrânia vai ganhar?

    • Urtencio says:

      tão vai perder?

    • JP says:

      Ninguém vai ganhar esta guerra. Isto quer dizer que a Russia não vai ganhar esta guerra.
      Vai haver um empate, a Russia obrigada a retirar e afundar-se mais e mais.

      • Godlike says:

        Mais rápido vês a Rússia a limpar toda a Europa do mapa do que a perder uma “guerra” na Ucrânia.

        Infelizmente a guerra só vai terminar quando a Rússia ativar o seu armamento nuclear em direção ao solo dos EUA, pois percebem cada vez mais que enquanto o ocidente não se sentir diretamente ameaçado vai continuar a usar os seus lacaios como carne para canhão.

        Vão ser tempos difíceis, especialmente para a Europa, mas fomos nós que mais uma vez nos deixamos ser enganados.

          • Godlike says:

            Não são opiniões, são factos que qualquer um pode observar.
            Basta olhar para o desenrolar de toda a situação e ver quem está a lucrar e quem beneficia em manter este conflito ativo.

            Pois uma coisa que ambos os lados podem concordar é que não é a Rússia que está a lucrar com isto.

            Mas até compreendo a posição de muitos aqui infelizmente, pois hoje em dia as Big Techs e a Média escolhem a narrativa que preferem consoante a sua afiliação política e censuram tudo o resto de forma a demonizar quem questione o que quer que seja.

          • eu22222 says:

            Claro que a Rússia beneficia disto tudo, senão já tinha parado o que está a fazer. Se não parou é porque acha mais importante o que está a fazer do que o que já perdeu e pode vir a perder

        • Mauricio says:

          Pois, essa é de facto uma opção que eles teem.
          A parte que não gosto é que nós pusemos-nos do “outro lado”.
          SE chegar a esse ponto podem vir a desaparecer países, pelo menos na Europa, que mesmo assim será do agrado dos EUA, ou seja, nós é que vamos perder sempre. 🙁

          É uma pena ver Países a pagar para verem uma guerra, como se estivessem a comprar bilhetes de futebol…tornamos-nos ridículos e superficiais… valores?…nenhuns.

    • :-) geek ??? says:

      nesta guerra só a derrotados basta olhar para brusca subida da inflação, o aumento das taxas de juro, o incremento do preço dos bens alimentares, etc..

    • Greg says:

      As guerras normalmente terminam com um acordo.
      Quem consegue definir os termos do acordo é teoricamente o vencedor, mas neste caso nem que a guerra dure 100 anos, vai haver sempre resistência e quando a economia russa colapsar poder ser que o vencedor seja outro.
      como é que é possível que 80 anos depois da 2ª guerra mundial, ainda existam países que tentam aumentar o seu território através de guerras.

      • Sabe-se lá says:

        Exato! Impor a vontade através da força é uma coisa tão…limitado! Lembro-me que se falava em 2019 ou 2020 antes da pandemia que a China estava a comprar muitas empresas, em vários ramos. Ora, nota-se perfeitamente que o método de domínio no século XXI é o económico, porque se assim continuasse, quando notássemos, todas as grandes empresas eram chinesas, e assim, tínhamos todos que “responder” ‘a china.
        Assim se domina no séc. XXI, e não ao murro e á bomba…

      • Godlike says:

        “Economia russa colapsar” ? Haha, essa foi boa.
        Olha à tua volta e vê quem realmente está a sofrer as consequências, pensas que Putin formado em advocacia e excelente estratagista militar não sabe o que está a fazer? Pensas que uma operação militar destas é preparada da noite para o dia? Que a Rússia não se vem preparando aos anos?!

        Além disso não te esqueças, a Rússia é aliada da China e Índia, estes 3 países podem tomar o mundo sozinhos em todas as vertentes!

        • kolas says:

          estratagista?! também é brasileiro isso? Erros de português à parte, sim a economia russa vai sofrer muito. Historicamente não há nenhum país que fique com a economia em boa saúde depois de uma guerra com estas caracteristicas, mais ainda com as repercussões que tem tido com as sanções e mais o que está para vir. Já se arrependeram há uns tempos, e só não se vão embora por vergonha. Quem vai pagar a factura disto do lado russo, vai ser o povo, por isso aos oligarcas tantos faz. Colapsar, ninguém vai deixar que aconteça, mas vai ficar muito pior vais sim.

        • Mauricio says:

          Godlike,
          Eu percebo onde queres chegar, mas houve muitas coisas no inicio da operação militar, que são estranhas, e o Putin não pode resolver isso.
          Houve talvez erros estranhos de explicar, ou tácticas que são difíceis de perceber( eu ainda não consegui.. ), e essas opções foram tomadas por chefias militares no terreno, e por os militares, do meu ponto de vista houve muito desmazelo.Estão agora a perceber isso..
          De qualquer forma, do meu ponto de vista a Rússia devia ter resolvido este problema em 2014, quando ele começou, e ai acho que o Putin falhou.
          E também não podemos esquecer que para os nazis, é fácil lutar contra os Russos psicologicamente(eles teem a cabeça feita num 8, com ideologias da raça suprema, ódio, e terror), já para os Russos é muito difícil porque veem os Ucranianos como povo irmão…metade do país são Russos, psicologicamente isso dá cabo dos Russos..

          É uma luta a vários níveis..e enquanto isso, a EU,EUA,UK salivam só de ver a malta morrer no campo de batalha, a Turquia encolhe os ombros, e tenta vedar a Finlândia e Suécia da NATO para tentar evitar a 3ª Guerra mundial… 🙁

          Enquanto estas coisas todas acontecem, e muitas outras…nós aqui no pplware da-mos bitaites de bancada e comemos uns tremoços e bebemos umas imperiais, e rezamos muito para não começarem a cair aqueles supositórios da Paz enormes..

          • Francisco R says:

            “E também não podemos esquecer que para os nazis, é fácil lutar contra os Russos psicologicamente(eles teem a cabeça feita num 8, com ideologias da raça suprema, ódio, e terror), já para os Russos é muito difícil porque veem os Ucranianos como povo irmão…metade do país são Russos, psicologicamente isso dá cabo dos Russos..” HAHAHAHA que atrasado, os nazis ucranianos sao apenas alguns nao representam como putin diz grande parte do exercito. Os restantes 90 % diz me lá sao uns mauzoes que adoram matar russos e os coitadinhos dos russos que estao a invadir e matar e VIOLAR MULHERES E CRIANCAS sao o quê? No teu ponto de vista uns coitadinhos , veja la se acorda e deixe se de ideologias…

          • Mauricio says:

            Francisco R,
            Eu percebo que nem todos são Nazis, mas uma grande maioria são.
            A Ucrânia tem vindo a criar batalhões novos desde 2014,e estes batalhões novos infelizmente tem muitos nazis, e aqueles que não o são, temem represálias, e agem a mando dos nazis.
            Os Nazis normalmente são cobardes, no campo de batalha ficam sempre na retaguarda, por 2 motivos 1) A probabilidade de morrer é menor, 2) Se algum dos militares que esta a combater decidir desertar, eles matam-no pela retaguarda.
            Mas os nazis cometem muitos crimes, violações, tortura, campos de execução, etc.
            Do que Tenho ouvido falar os batalhões com mais nazis e crimes de guerra serão:
            Azov,donbass,aidar,tornado,dnipro, há mais,mas eu não me recordo dos nomes.
            O batalhão Aidar tinha campos de concentração no leste da Ucrânia
            Alguns batalhões treinados por forças especiais Israelitas, Aidar,tornado,dnipro
            Eu presumo que o batalhão de Azov é treinado por americanos, canadianos, e Ingleses

            Até pode haver crimes contra civis cometidos pelos Russos, mas seria muito improvável dado que a população de Donbass são étnicos Russos, ou seja não me parece que Russos tivessem interesse de magoar aqueles que eles estão lá a defender, pelo menos para mim isso não cola.A população só diz bem dos Russos, só ouvi uma vez um fulano ou fulana, dizer qualquer coisa sobre um soldado Russo, e eu acho que tinha a ver com o facto de ele estar a dispara…agora não consigo lembrar-me do contexto.
            Antigamente o exercito Ucraniano não tinha nazis, mas o Zelinsky legalizou o nazismo, quer no exercito, quer no Governo, e agora é um “salve-se quem puder..”

        • Carlos Costa says:

          100000% de acordo, ja somos mtos a sair do MATRIX.
          THE GREAT AWAKENING esta acontecer….
          the veil is falling….

    • Castro says:

      tendo em conta que a Russia já teve que ceder muito território conquistado em diferentes frentes, continua a perder material e homens a um ritmo elevado, e o ritmo a que a Ucrânia recebe armas está a aumentar… diria que que é a Ucrânia que está mais no caminho de ganhar militarmente do que a Russia. Já estamos num ponto em que a Russia já não consegue evitar que o seu próprio território seja bombardeado… o que já diz muito das suas debilidades.
      Ou há alguma mudança profunda do lado da Russia (que implicaria quase de certeza ir buscar homens na reserva), ou no final a Russia vai acabar por ter que aceitar retirar-se para as fronteiras anteriores à guerra. O tempo não está do lado da Russia.

      • Mauricio says:

        Não Castro, a Ucrânia está a perder e muito, todos os dias há avanços Russos..
        Há dias de avanços pequenos tipo 5km no terreno, mas são avanços.. há tropas Ucranianas a se renderam quase aos milhares de cada vez..

        Só agora teem 16000 encurralados em Lugansk, e o resultado disso a gente já sabe qual vai ser, a coisa boa é que a Rússia dá sempre uma segunda opção…renderem-se.

        Mas esta guerra não tinha que acontecer, porque a Ucrânia estava prestes a aceitar os termos de paz, na Turquia, só que a EU, os EUA, e os Ingleses ameaçaram o Zelinsky.
        A partir daí o Zelinsky desistiu dos acordos de paz..

        • Castro says:

          Deverias aprender um pouco de história de guerra! Avanços e recuos em frentes de batalha duma força invasora é o normal, faz parte da dinâmica. O que não é normal é uma força invasora ver-se obrigada a retirar-se duma frente de guerra e do território conquistado por já não ter capacidade militar para manter essa frente, e isso já aconteceu em diferentes regiões da Ucrânia, ao ponto de agora a Russia ter linhas de abastecimento no seu próprio território expostas a bombardeamentos.
          As rendições em Mariupol não te dão qualquer imagem sobre o que se passa no resto do país… e não sei onde é que viste que há tropas encurraladas em Lugansk… a Russia tem falhado nas suas tentativas para cercar forças ucranianas nessa região.

          Acho que lês demasiada propaganda Russa! A Ucrânia nunca esteve disposta a aceitar perder território (vai ler bem o que a Ucrânia sempre disse), coisa que a Russia estava a exigir e nunca deixou de exigir para o Donbass todo. Ninguém ameaçou Zelinsky, Zelinsky é que conseguiu ganhar tempo e obter as armas que andava a pedir desde o início, já que a Russia nunca aceitou retirar as tropas para as fronteiras anteriores à invasão.

          • Mauricio says:

            Refiro-me aos 16000 encurralados em Lugansk..
            Mas o futuro dirá, até pode ser que eles consigam quebrar o cerco, mas dificilmente..
            A Ucrânia estava disposta a aceitar a perda da Crimeia e do Donbass sim.
            Inclusive nos acordos de Paz, a Ucrânia queria deixar de fora das garantias a Crimeia e o Donbass precisamente por isso.
            Eles sabem os crimes de Guerra que teem vindo a cometer em Donbass, e sabem que aquela população nunca os vai aceitar de volta, depois das atrocidades que os nazis cometeram lá..!
            O que se passou é que o presidente do UK foi a Ucrânia ameaçar o Zelinsky, para ele parar com as conversações de paz porque caso contrario acabavam as armas..
            A Guerra da Ucrânia é uma proxy war entre os EUA e a Rússia, a Ucrânia é só um peão no campo de batalha..

          • Castro says:

            Mauricio, sinceramente não sei onde é que andas a ler informações, mas a Ucrânia nunca esteve disposta a aceitar a perda do Donbass, o máximo que aceitou foi um referendo daqui a uns anos e depois da Russia se retirar totalmente dos territórios. Até mesmo para a Crimeia requeria uma nova avaliação daqui a vários anos. Isto foram coisas que a Russia nunca aceitou! E a tua lógica sobre a ameaça não faz qualquer sentido… se estavam dispostos a aceitar a paz com perda de território então não era de armas que precisavam – pensa um pouco, deixa de usar palas!

            Não há soldados cercados em Lugansk.

          • Mauricio says:

            Castro,
            Não estas suficientemente informado..

            Muito provavelmente essa informação não vai passar na nossa propaganda, mas a Rússia diz que a libertação de lugansk por completo …está para breve.Ora eles dizem isso depois de 16000 estarem cercados em Lugansk…o que achas que vai acontecer?

            Sim foi o presidente da Inglaterra que foi a Ucrânia ameaçar o Zelinsky, para não aceitar nada dos termos de paz porque se não acabavam as armas.
            E o Zelisnky acabou por congelar as negociações de paz.

            A Crimeia usou a Lei internacional, ou seja já fez o seu referendo em 2014, não precisa da permissão dos nazis de Kiev.
            O Donbass também já fez os seus referendos em 2014, não faz sentido fazê-los outra vez..

            A Ucrânia teve uma excelente opção para puder ficar com o Donbass como território Ucraniano, isso chamava-se Acordos de Minsk, pela lei internacional, o Donbass seriam regiões autónomas, mas a Ucrânia não só rejeitou os acordos como mandou os militares fazer genocídio em Donbass.
            Ora pela lei internacional, só restava reconhecer o Donbass como países independentes que a Rússia fez em Fevereiro 2022..
            A Ucrânia só se pode culpar a ela pela situação em que se encontra.

          • Tadeu says:

            enfim… homem acorda! Ninguém que está prestes a assinar um acordo de paz precisa de mais armas.
            A Ucrânia demonstrou disponibilidade para cumprir os acordos de Minsk antes de a Russia invadir. O problema é que a Russia exigiu muito mais do que os acordos de Minsk…

          • Mauricio says:

            Tadeu,
            Claro que precisa, tu nunca sabes como as coisas vão correr e precisas sempre de manter o teu elemento protector perto e bem armado!

    • Vrael says:

      A Ucrânia vai ganhar a guerra isso é certo, e ganhar a guerra não significa entrar pela Russia a dentro, significa impedir a Russia de invadir e recuperar o território de volta. As armas e dinheiro que a Ucrânia recebe ultrapassa completamente a Russia, a Ucrânia tem os homens cheios de moral e com uma vontade gigante de defender a sua terra. Os russos usam equipamento antigo, os soldados estão mal preparados, a moral deles nunca foi boa, já perderam carradas de tropas e equipamentos, estão a ser empurrados. A Russia levou com as maiores sanções de sempre, vai ficar de rastos, ao ponto de até se poder dividir, aquilo vai estar uma terra de ninguém completamente isolada do mundo, vai ser pior que a coreia do Norte, a Finlândia e a Suecia vao pata a Nato, a NATO está mais forte que nunca assim como a EU, querem maior derrota que esta???

      • Mauricio says:

        A Única coisa que a Ucrânia podia eventualmente ganhar( mas eu duvido muito disso.. ), era muito Juízo.
        Desde que avançaram com o derrube do Governo democraticamente eleito em 2014, passando pela ascensão do nazismo oficialmente, até ao genocídio e Crime organizado…tem sido só loucuras na Ucrânia.Cada uma maior que a anterior..infelizmente.

    • ElConquistador says:

      Ninguém vai ganhar nesta guerra, mas acredito que a Rússia não esta a ganhar e vai sair com sabor de derrota.

  9. jorgeg says:

    Portugal
    Abril – Inflacao 7.2% previsao de que continuara a subir
    Diminuicao do poder de compra
    Gasolina: €1.90 a €2.00 previsao de que continuara a subir
    Escassez de comida
    Bazuca cancelada.

    Nao existe precedente desde o inicio do surgimento do homem na terra, o nivel de incompetencia e corrupcao dos lideres actuais do mundo ocidental.

    • Grunho says:

      Portugal faz parte da lista dos derrotados desta guerra. Seja qual for o resultado, vai-nos sair do bolso. E bem.

    • Grunho says:

      Portugal faz parte da lista dos derrotados desta guerra. Seja qual for o resultado, vai-nos sair do bolso. E bem.

    • PorcoDoPunjab says:

      Jorgeg, os políticos actuais são uma farsa, uma aldrabice total.
      Estão a criar uma tempestade e quem vai levar com as ondas nas ventas são os otários que votaram neles.
      O gás que há pouco tempo custava 23 euros agora 30 euros já não chega.
      Quando começar a haver racionamentos aí é que vamos ver se o pessoal dança a música ou salta fora.
      Eu já disse aqui e volto a repetir as vezes que forem necessárias.
      Andam a colocar alguma coisa na água para anestesiar o pessoal.
      Cm este grau de estupidez só vejo esta explicação.

      Se a guerra não terminar rapidamente, vcs nem imaginam o que aí vem.
      Nem quero dizer mais porque sinceramente nem vale a pena.
      Cada um que se oriente como souber.

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab

      • Mauricio says:

        +1
        Parecemos os Alemães dos anos 30s em suporte pelo nazismo, que loucura.
        No entanto por muito que me custe admitir, os Alemães dos anos 30s, tinham um milhão de razões por apoiar essa maluqueira, enquanto que nós …nós temos zero desculpas!

      • jorgeg says:

        Concordo plenamente,… nao sei se e incompetencia (burrice mesmo) ou e propositado o que estao a fazer, qual destas duas opcoes e a pior.

        E pelo que tenho visto estes incompetentes corruptos ocidentais nao fazem a menor intensao de apaziguar ou acabar com o conflito pelo contrario . O que se esta a passar no Sri Lanka ira passar-se aqui.

  10. Carlos Costa says:

    isto vai te proteger no futuro dos aliens que governaram este planeta….fomos governados por repteis shapeshifters, mas compreendo que para voces eu devo fumar muito, quando a vossa consciência atingir a frequencia desejada a realidade vai cair…esta quase….

  11. Francisco.M says:

    Tens noção do poder astronómico e dos estragos que essas super bombas atômicas causariam, sem falar no excesso de radiação e do alcançe inimaginval de danos que as mesmas poderiam provocar na Europa e no resto do mundo?

  12. paulo says:

    Pode ser na tua rua? Os alvos podem ser os teus familiares?

  13. paulo says:

    Que video mais demonstrativo de nada. Primeiro, qual a necessidade de irem a correr para os camiões? Aquilo é para fazer com calma, sem nervos. Segundo, podiam estar a mostrar um novo sistema de fazer conservas que ia dar ao mesmo. Terceiro, aquilo não assusta nem um rato….

  14. Bruno Mota says:

    Os russos, com essa suposta tecnologia, têm uma mão cheia de nada. Basta um indivíduo sozinho com um NLAW ou um JAVELIN e puff….

  15. Carlos says:

    Ucrânia tá tomando uma surra e ocidentais acreditando no que suas mídias compradas noticiam. Saiam da Matrix e enxerguem a realidade. Fim do neo-colonialismo ocidental. Nova ordem mundial está à caminho! Viva a Russia, Viva a China!

  16. Bruno Mota says:

    Emigra para a Rússia.

    • Mauricio says:

      Já varias pessoas me disseram o mesmo, mas isso é ridículo.. dá ideia que estás a tentar dar ordens a outras pessoas..
      Eu pessoalmente considero isso uma grande falta de carácter.

  17. Bruno Mota says:

    Não sejas patinho…

  18. Pintor says:

    Onde tu gostavas de por a “bomba” imagino eu.

  19. Luis says:

    Rui patinho sabes por acaso o que é uma tsar bomb? Não deves saber de certeza. Foi a bomba mais potente termonuclear com um potencial explosivo correspondente a 57 megatonelads de TNT. A chamada Bomba de Hidrogénio.

  20. Mauricio says:

    De facto a Ucrânia é onde a Rússia começou 🙂
    Kiev era a capital da Rússia há muitas décadas..

    O problema é que a Ucrânia de oeste quer limpar o sebo aos Ucranianos de leste 🙁
    eles pensam que são a raça suprema, é nazismo puro..não admira que sejam apoiados pela Alemanha, Polónia, Lituânia, Letónia, Estónia,EUA, e outros..
    A antes que me venham perguntar porque inclui estes Países em particular…estudem historia 🙂

    • Castro says:

      Meu deus, a ignorância! Mais um que ignora toda a evolução das populações locais e confunde a Russia com um reino antigo que nem durou muito tempo e que se desfez em pequenos reinos há quase mil anos atrás.
      Por essa ordem de ideias Portugal não deveria existir.

      • Mauricio says:

        Mas qual evolução local?
        A Ucrânia é um País com pouco mais de 20 anos de existência, acorde para a realidade..

        • Castro says:

          Mauricio, ignorância é lixada! O território da Ucrânia só passou a fazer parte da Russia no final do século 18, com vários movimentos nacionalistas desde então (à semelhança de tantos outros países que nasceram na Europa nessa altura). Só a partir desse século é que os Russos se começaram a instalar na região misturando-se com ucranianos e outros povos.
          E antes do domínio russo, já o povo ucraniano lutava para ser mais independente do domínio lituano-polaco, e lutava nas fronteiras contra os Tartaros. Já havia uma cultura local, já havia costumes locais, já havia estruturais estatais, que há séculos se desenvolviam de forma independente dos russos.
          Pela tua lógica muitos países Europeus não deveriam existir, já que só apareceram nos últimos 30 anos – que interessa a vontade do povo!!

        • Mauricio says:

          Kiev foi fundada pelos Russos, já ouviste falar em KievanRUS, eram os RUS??
          Sim eles mais cedo ou mais tarde tendem todos a separa-se e a haver guerras e afins, mas isso acontece em todos os lados..
          Se reparares, todos os povos que vivem a leste de Kiev são Russos, e não não é por acaso..
          Os Russos são descendentes dos povos Viking, que se estabeleceram primeiro nas estepes a leste daquilo que agora se chama Kiev.
          E a Ucrânia já muito muito depois(década de 90) foi fundada com mais de metade do País, de território Russo.

          No meu ver ai é que está o problema, porque basicamente, eles juntaram dois povos que não são compatíveis no mesmo País.
          Nazis a Oeste, e Socialistas a Leste.
          Os Russos que foram á força colocados na Ucrânia, não queriam ser Ucraniano, mas naquela altura não havia democracia na zona, só ditaduras.
          Aquilo que tu agora assistes é os nazis de oeste, com a mania da raça suprema a querer dominar os povos de leste, e a tentar escraviza-los.

          Portugal por acaso já no tempo dos Romanos, existia a Gália Ibérica, de onde saiu um dos bravos.. o grande grande Viriato, que fez gato sapato com as temíveis legiões militares Romanas 🙂
          Portanto já nessa altura havia a Gália Ibérica, apesar de que a Gália Ibérica, continha território até Vigo, no norte de Espanha.
          Por isso é que até hoje os povos que vivem relativamente perto da fronteira Portuguesa a norte, se dizem ser povo Português e não Espanhol.
          E sim há uns quantos em França que se dizem Gauleses(mas só a ideia em si é estúpida), Gália vem dos Romanos e significa qualquer coisa próximo a “Território Administrativo”, um Exemplo de uma Gália nos dias de Hoje, todo o território administrativo de Viana do Castelo, por exemplo.
          Na Altura, o mais próximo a Portugal era a Gália Ibérica, portanto já nessa altura estávamos representados e tivemos um líder(Viriato) que era o maior Guerreiro/Estratega que os Romanos alguma vez tinham visto! 🙂
          E o Engraçado é que o Viriato nas Suas conquistas chegou a Ir até perto de Madrid, onde depois foi traído e assassinado pelos seus companheiros, tudo por moedas de ouro, que eles nem sequer chegaram a receber..
          Tivesse Viriato seguido com a sua vida intacta, e hoje Portugal, era a Península Ibérica inteira!!

        • Castro says:

          Mauricio, teimas com a ignorância!
          Kievan Rus não são os russos. Kievan Rus foi um reino composto por vários povos/tribos (incluindo uma minoria de povos de origem viking) que no seu auge açambarcou uma determinada região na Russia e Ucrânia actuais. Os que seriam os russos actuais eram apenas um desses povos.
          Quer os russos quer os ucranianos são Eslavos, não se pode dizer que são descendentes dos povos Viking.
          E confundes regiões russofonas com Russo – deverias aprender um pouco de história, nem todos os que falam russo na Ucrânia o fazem porque são de origem Russa, houve durante várias décadas políticas de Russificação, impedindo o uso da língua Ucraniana; da mesma maneira que nem todos os que falam castelhano em Espanha o fazem porque são de origem castelhana.

          “Gália Ibérica”?? cada calinada. A província romana era Hispania Gallaecia (Galicia/Galiza), não tinha nada a ver com Gália. Viriato era da região da Lusitania, de outras tribos. Dá para ver que de História sabes pouco.

        • Mauricio says:

          Os Vikings é que povoaram aquela zona da Europa!
          E quem implementou o Cristianismo nessa região, foi o príncipe Vladimir de Novgorod na Rússia..!

          Não faz sentido vires com propaganda a dizer que a Ucrânia foi Russificada, e que a língua Ucraniana foi suprimida porque não há pura e simplesmente uma língua Ucraniana porque a Ucrânia é uma coisa recente, foi criada na década de 90 com grande parte do seu território sendo território Russo.
          Mais, grande parte dos Russos Ucranianos ainda teem família na Rússia.
          Até ao golpe de estado em 2014, a Linguagem Oficial era o Russo, mas os outros dialetos podiam ser e eram, falados abertamente sem nenhum problema.
          Com o Golpe de estado é que foi implementado um dialeto dos povos da Galijia( os nazis Ucranianos ), e o Russo foi proibido.

          Gália Ibérica era como os Romanos chamavam a Região administrativa da Lusitânia.Tem que ser Gália qualquer coisa..eram Romanos..

        • Castro says:

          Mauricio, é incrível tanta ignorância. Pensa lá um bocadinho – russos são Eslavos, Vikings não são Eslavos. Estás a confundir a presença de vikings como sendo todos vikings, o que é estapafúrdio.
          Como não há uma língua Ucraniana se já existia literatura ucraniana há alguns séculos atrás??
          “Gália Ibérica”? porque teimas em dizer disparates?
          A região da Lusitania segundo os romanos chamava-se Lusitania, ou Hispania Lusitania.
          Gália (Gallia) era o nome dado pelos romanos à região onde as tribos Gaulesas tinham vivido. Por favor, pega num dicionário ou enciclopédia para deixar de ter que corrigir coisas tão básicas.

        • Mauricio says:

          Castro,
          Como é que existia Literatura Ucraniana há Séculos atrás se a Ucrânia foi criada na década de 90…sim 1994?
          Percebes o estapafúrdio que estas a dizer?
          Como é que eles antes de existir criaram essa literatura???
          O que havia era literatura na Língua Russa, ou literatura em outro dialecto local, mas nunca em Ucraniano, porque não há língua Ucraniana..eles não são apenas um povo, e nem existiam nessa altura como País.

          O que havia eram diversos povos, e a Ucrânia foi formada por alguns desses povos,(Maioritariamente por 2 tipos que ainda por cima são incompatíveis..) mas não existe o conceito de Língua Ucraniana, porque a Ucrânia não é só constituída por um único povo, tipo Portugal.
          Até 2014 tiveram uma língua Oficial que era o Russo, depois de 2014 renunciaram ao Russo, e usam um dialecto que eles teem vindo a desenvolver para o tornar numa língua completa, mas fazem-no usando a língua Russa como base, esse dialecto é usado pelo povo do Oeste da Ucrânia.

          Mas não podes falar em língua Ucraniana.. quando um País é formado por mais de 10 etnias diferentes..

          Gália é o nome atribuído a cada uma das Regiões administrativas que os Romanos controlavam no tempo do Império Romano, cada região que eles controlavam era uma Gália.Mas cada gália tinha um nome.
          Não, não estou a confundir com os Franceses do Asterix e obelix..eles também eram uma Gália, a coisa é que eram apenas mais uma, e não a única, até porque o Império Romano era vasto.

        • Mauricio says:

          Castro,
          “58 BC _Julius Caesar is named Procónsul of the Gaul of the south (Galia Narbonense and Galia Cisalpina) that uses as it bases to conquer the Galia Comata”
          Percebes-te? 3 Gálias diferentes, Narbonense, Cisalpina,Comata

        • Mauricio says:

          Castro,
          De facto não encontro Documentação em Referencia a uma Gália Lusitana, só encontro em relação a uma Gália Hispânica.
          Mas não importa , Gália Significa “Região administrativa” em Romano, e não pode ser confundida com termos Gauls, ou Gallia, ou ainda Galicia..

          O que eu queria dizer acho que…no meu primeiro comentário é que já na Altura dos Romanos tínhamos grande parte do nosso Território definido, é verdade que demos muitas voltas, mas no fim de contas acabamos com mais ou menos o território que tínhamos, talvez um pouco a menos..A Ucrânia é diferente, ela não existia, foi criada na década de 90,( amontoaram uma série de povos e criaram um País que **nunca tinha existido** ) e significa Fronteira..

        • Castro says:

          Acho incrível como é que alguém não consegue perceber que a existência duma lingua não necessita da existência dum Estado específico!
          Nunca existiu um estado Mirandês e não é por isso que não existe a língua Mirandesa… Vê se entendes que na Europa durante séculos houve reinos cuja população era composta de diferentes etnias e em que havia diferentes línguas. No auge do império Austríaco, ou da Polónia-Lituania havia dezenas de linguas faladas e muitas desenvolveram literatura próprias…
          Eslovacos, Eslovenos, Croatas têm a sua língua e cultura próprias e no entanto só surgiram como países ainda mais tarde do que a Ucrânia. Países como o Uzbequistão (e que nunca tinham sido países), que também nasceram como a Ucrânia a partir da URSS (e antigo império Russo), têm uma língua que nada tem a ver com as línguas eslavas (Russo, Ucraniano, etc). Como é que não consegues encaixar que um povo que viveu fora do domínio Russo durante séculos, a milhares de quilómetros, com instituições de ensino próprios, etc, não foi capaz de ter uma língua própria?
          Já agora para que saibas a Ucrânia chegou a ser independente no início do século XX a seguir à primeira grande guerra.

          “não podes falar em língua Ucraniana.. quando um País é formado por mais de 10 etnias diferentes”
          Mesmo na Russia actual existem diferentes etnias, logo pela tua lógica não existe Russo.

          Pareces ser incapaz de ler um dicionário ou enciclopédia… O teu significado para gália é completamente errado.
          A Gália (região mais ou menos coincidente com a França) era dividida em províncias, tal como a Hispania era dividida em provincias. Daí a existência de Galia Narbonense, Galia Cisalpina, ou Hispania Lusitania, Hispania Tarraconensis, etc! Não existiu nenhuma “Gália Hispânica”
          O território português não coincide com nenhuma província romana, é aliás estúpido dizer que coincide com a Lusitania quando as fronteiras do país cresceram de norte para sul a partir da região daquilo que era a Galicia, e depois de muitas influências dos Suevos e Visigodos, e de muitas outras fronteiras.

          “Ucrânia é diferente”? Naquela região já se dava um nome semelhante ao nome actual antes de pertencer à Russia, e os Cossacos Ucranianos já lá viviam há séculos.

        • Mauricio says:

          Castro,
          O que eu estou a tentar dizer é que a Ucrânia tem uns 10 dialetos diferentes(se não até mais), não existe o conceito de Língua Ucraniana porque o País é formado por muitas etnias.

          A Rússia é diferente, toda a Rússia fala Russo, portanto eles teem uma língua. Se a Rússia tivesse 30 dialectos diferentes, já não podias dizer que tinham uma língua.
          Percebes porquê?porque seriam 30 coisas separadas umas das outras..isso não é uma língua, e cada um falaria a sua..que é o que se passa na Ucrânia …cada um fala o seu dialecto.

          A única coisa que podemos dizer é que na Ucrânia há vários dialetos a serem falados, cada etnia fala o seu.

          Eu percebo onde andas a ler informação, é do Wikipédia, mas o Wikipédia esta completamente desvirtuado para assuntos político/Militares( é só propaganda.. ), portanto não deves beber informação do Wikipédia porque a maioria que lá esta nestes tópicos é falsa!

          O Wikipédia é uma boa fonte de informação para tecnologia, não para assuntos político/Militares.

          O Wikipédia fala na língua Ucraniana, mas o que ele se refere como Língua Ucraniana, e a um dialecto de um grupo étnico, mais precisamente da região de Galicija, mas a Ucrânia tem muitos outros dialectos, e grupos étnicos, tens que ter cuidado com o Wikipédia no que toca a temas politico/Militares, vai ver as varias versões das paginas do Wikipédia, até te passas com a quantidade de alterações que existe quase todos os dias..eles estão a tentar reescrever a historia, acontece que a historia é uma coisa imutável no tempo!

          Não deves usar a Wikipédia para dares uma de grande historiador.As coisas que eu falei aqui falei de cabeça, mas tu vasculhas-te a Wikipédia e agora eu percebo o porquê da tua insistência no erro..

        • Castro says:

          Tu metes os pés pelas mãos… Tu nem sequer fazes ideia da quantidade de línguas que existem na Russia (há mais de 20 línguas oficiais), e tens a lata de vir com essas teorias? Até o ucraniano é uma língua oficial numa das regiões russas.
          Os ucranianos sabem bem qual é a língua Ucraniana, a língua é ensinada na escola, existe gramática, etc, como para qualquer outra língua. Sinceramente não entendo como é que alguém nega a existência de algo autoevidente.
          Haver dialetos não nega a existência duma língua oficial Ucraniana, da mesma maneira que em Itália existem muitos dialetos locais. Ou será que também queres negar a cultura italiana. Tu de história sabes pouco como já se viu pelas barbaridades que já disseste sobre vikings, lusitanos, romanos, etc. Deixa de fumar a propaganda russa e lê um livro.

        • Mauricio says:

          Castro,
          estas a autoprojectar..

          É Claro que na Rússia existem muitas línguas, e são bem mais do que 20!
          A diferença é que na Rússia todos falam Russo,ou seja existe a noção de Língua Russa, como elemento base de troca de informação entre pessoas.

          Na Ucrânia tens 10 dialetos diferentes, e cada etnia fala o seu.
          Por isso não podes falar em Língua Ucraniana, quando cada etnia fala a sua..percebes onde quero chegar?

          Depois o que tu estas a chamar de” Língua Ucraniana” é um dialeto da Galijia, **apenas isso**, ou seja um dialeto de **uma das etnias** presentes no Oeste da Ucrânia..
          Talvez um dia venha a haver uma Língua falada por todos, até 2014, a Língua Ucraniana era o Russo.

          Até pode ser esse dialeto da Galijia..que tem grande base no Russo, e é ensinada desde 2014(quando os nazis viraram a Ucrânia do avesso) em **muitas escolas, mas não em todas**, mas para se tornar na língua Ucraniana tem que ser usada por todos!
          E ai, nessa situação, poderás dizer que há uma Língua Ucraniana outra vez( como acontece por exemplo na Rússia, ou em Portugal), mas até lá nem sequer faz sentido dizeres que há uma “língua Ucraniana”, quando.. cada um fala a sua etnia..

          Até 2014 havia uma Língua Ucraniana e chamava-se Russo.
          Desde 2014 o Russo foi banido, as pessoas que o falam proibidas de falar Russo por lei, e foi introduzido nas escolas um dialeto de uma das etnias presentes na Ucrânia, para vir a ser a Língua Ucraniana, eu tenho impressão que é o dialeto da Galijia, por outras palavras …o dialeto dos Nazis(para quem estudou historia da 2ª Guerra mundial em especial entre 1943-1945, e para quem acompanha a loucura da Ucrânia desde 2014..).

          Se uma pessoa do Oeste falar com uma Pessoa de Leste, eles falam..mas cada um fala a sua língua, o mesmo com os Gregos ucranianos, o mesmo com os turcos ucranianos, russos ucranianos, etc.
          E sim apesar da Língua Russa ter sido proibida, os Russos ucranianos continuam a falar Russo, mesmo sobre ameaça de assassinato!
          Portanto não vai ser fácil obrigares toda a gente a falar o dialecto dos nazis..

          Depois podes me dizer qual a região da Rússia que …fala “Ucraniano”…?fiquei curioso.. os Ucranianos não falam “Ucraniano”, mas dizes que os Russos é que falam “Ucraniano”..é confuso.

          Vá conta lá a tua historia 😀

        • Castro says:

          Não posso falar em língua ucraniana e, no entanto, são os próprios russos que reconhecem o Ucraniano como língua oficialmente reconhecida na Crimeia! Sim, fazes imenso sentido…
          Desde o início da URSS que o Ucraniano era usado a par do Russo no ensino – o Ucraniano está codificado pelas autoridades desde muito antes da independência de 1991.

          “ dialeto da Galijia..que tem grande base no Russo,”
          isso é o mesmo que dizer que o Português tem grande base no Espanhol, uma estupidez… Continuas a não entender que origens comuns de há séculos atrás, não é equivalente a um ser subalterno de outro.
          “Até 2014 havia uma Língua Ucraniana e chamava-se Russo.”
          Santo deus, tamanha ignorância. O Ucraniano é uma língua oficial da Ucrânia desde a independência, e o seu ensino está mais do que estandardizado há mais de 1 século
          Precisas de aprender mais sobre o mundo, em vez de mandares postas de pescada.

    • Rui says:

      Necessitas de ajuda, e urgente.

  21. Vasco says:

    Pode ver. Teoricamente não existem limites de potência para a sua criação. Existem modelos teóricos e simulações em computador. Ao vivo seria a última vez que observaria tal explosão.

  22. Joaquim Oliveira says:

    Tem muita ganza por estas bandas. Alguns calados eram bons poetas.

  23. ElConquistador says:

    Este só fala para chamar atenção, de pensar que é um fora da caixa, no fundo será um pobre coitado.

  24. putinimanhoso says:

    Deve de ser como os tanques “terminator” vai-se a ver e nem 10 têm fabricados e se calhar feitos de aço manhoso, a maioria deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.