Quantcast
PplWare Mobile

Sabia que o seu smartphone tem mais bactérias que uma sanita?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Andre says:

    Bom artigo, dicas de como limpar estes equipamentos eram bem vindas 🙂

    • Manuel Silva says:

      É simples: um bafo e limpa-se na perna (de preferência com calças vestidas)… 😉

    • Joao says:

      Que tal embeber um pano que não solte fios (daquele pano em material usado para limpar os óculos ou similar) em água oxigenada e passar pelo telemóvel/ smartphone/ tablet/ teclados, etc.

      Não deve estar a pingar mas sim impregnado e ir renovando a água oxigenada para manter a eficácia.

      Tem os três B’s:
      Bom, Bonito e Barato.

      Tenho feito ao longo do tempo nas minhas coisas e tem funcionado tudo às maravilhas e não parece deteriorar nada até ver.

  2. Entidade desreguladora says:

    Nada que um disco de algodão e alcool etílico não resolvam

  3. filipe says:

    Iphone tem revestimento oleofobico que elimina 100% das bacterias e limpa gordura dos dedos…o resto ja se sabe, n comprem

  4. NT says:

    Antigamente era os teclados dos pcs… Agora smartphones?

  5. Pedro Duarte says:

    depende do uso que cada um da ao smartphone.

  6. José Gaspar says:

    Imaginem os puxadores das portas…. !!! 😮

    • Jorge says:

      E varões nos transportes publicos!
      E terminais de pagamento nas lojas!
      E teclados de multibanco!
      ….
      Enfim… se vamos pensar nisto tudo não saimos de casa 😉

      • Joaquim Pedro says:

        Os varões dos transportes públicos então devem ter BILIÕES de bactérias… Só quem anda neles e observa as mãos que esfregam nessas áreas…

  7. Joselito says:

    Existe um fabricante de revestimento antibacteriano chamado Biocote que elimina 99,9% de bactérias e outros organismos das superfícies onde o material está aplicado. Era curioso saber se é possível aplicar nos telefones.

  8. ervilhoid says:

    bla bla bla, tudo 100% limpo depois o corpo encontra um viruszito e não consegue combate-lo

  9. Joaquim Pedro says:

    O corpo humano é um autêntico ninho de bactérias e nós vamos vivendo com elas, diariamente, semanalmente, mensalmente, anualmente. As defesas do organismo lá estão (se estiverem a funcionar) para anulá-las. Mas quanto às bactérias dos smarts ou telemóveis, o melhor é quando chegarmos a casa, deitar água para uma bacia ou o lavatório da casa de banho, uma pitada de sabonete líquido, fazer espuma e mergulhar o equipamento esfregando-a com uma escova de mãos. Sai limpinho, brilhante e com umas duas ou três bactérias… Faço isso ao meu Titans2… Sempre a brilhar! Quanto às outras marcas… já não sei se resulta!

  10. Strato says:

    Mais bactérias que uma sanita…olha que novidade…o meu smartphone é uma bela me*** mesmo…

  11. marco chapita says:

    mais bacterias que as sanitas das casas de banho dos postos de abastecimento ?? Duvido lololol

  12. MACnista says:

    Bom dia a todos, eu sei que o que vou perguntar não tem a ver com o que passa aqui mas preciso da vossa ajuda, alguém conhece algum sítio (em Lisboa) de confiança para substituir o ecrã de um BQ Aquaris E5 4G acho que para Espanha demora mto e já agora têm noção do preço ☹!! Obrigado desde já.

  13. daahhhh says:

    que noticia parva!!
    a boca também têm bactérias!..e a pele, e etc…..
    não são é as mesmas….o que é que interessa comparar o numero de bactérias se não são as mesmas…nem têm a mesma patogenicidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.